Página 4 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234
+ Responder ao Tópico



  1. #61

    Padrão Re: Pequenos provedores competir com o PNBL

    Citação Postado originalmente por bjaraujo Ver Post
    Quando ao teste parece não haverá problemas.
    Quanto à vazão não poderá ser menor que 20% da nominal ofertada e a média não poderá sem menor que 60% na nominal. ex.:

    1h 205k
    2h 550k
    3h 208k
    4h 856k
    5h 950k
    6h 210k
    7h 980k
    8h 850k
    9h 650k
    10h 502k
    11h 742k
    12h 941k

    Menor vazão: 205k (20,02%)
    Vazão Média: 627k (62,21%)
    Esta é a conta correta.

  2. #62

    Padrão Re: Pequenos provedores competir com o PNBL

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Esta é a conta correta.
    Caro 1929!
    Realmente, se acaso seguir tais procedimentos já adotados anteriormente, a média seria aplicada diretamente aos valores absolutos. Ou seja, 20% no mínimo e 60% na média de tentativas quanto a vazão.
    Vazão média
    Média maior que 60 % da vazão nominal anunciada ao consumidor.
    Vazão instantânea
    Valor instantâneo mínimo de 20% da vazão nominal anunciada ao consumidor.



  3. #63

    Padrão Re: Pequenos provedores competir com o PNBL

    Citação Postado originalmente por TenneT Ver Post
    Caro 1929!
    Realmente, se acaso seguir tais procedimentos já adotados anteriormente, a média seria aplicada diretamente aos valores absolutos. Ou seja, 20% no mínimo e 60% na média de tentativas quanto a vazão.
    Exatamente, e estas medições serão feitas de forma aleatória. Em alguns assinantes estarão colocando equipamentos esclusivos para estas medições.

    Quem acha que os problemas estarão resolvidos com preços baixos de link, que se preparem.

    É como o Jodrix citou, tem que ter estrutura boa, senão vai virar tudo numa latência medonha e daí é "ferro na boneca".

  4. #64

    Padrão Re: Pequenos provedores competir com o PNBL

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Exatamente, e estas medições serão feitas de forma aleatória. Em alguns assinantes estarão colocando equipamentos esclusivos para estas medições.

    Quem acha que os problemas estarão resolvidos com preços baixos de link, que se preparem.

    É como o Jodrix citou, tem que ter estrutura boa, senão vai virar tudo numa latência medonha e daí é "ferro na boneca".
    Correto. Porém, para mim e outros que compram links de mais 1.700,00 por 1mbps ainda continua sendo a saída, pois a diferença de preço do link é gritante. Já para quem tem preços de links baratos não seria interessante mesmo para abraçar tais compromissos como retorno. E quanto a melhoria nos serviços a própria concorrência já nos obriga a tal.
    Por isto venho sempre ressaltando a idéia de que vale agrupar os que não precisam dos links da Telebras, e por outro lado os que de fato precisam de tais links possam trocar idéias num tópico mais convergente em torno de um quadro mais prático possível.
    Abraço



  5. #65

    Padrão Re: Pequenos provedores competir com o PNBL

    Eu ainda insisto, façam o possível para trazer link mais barato de outro lugar[1], ainda que feche com a telebrás, o que, em minha opinião, deve ser evitado.
    E bom se informar se há aplicação de multa, quanto é, a possibilidade de cancelamento da scm ou apenas o cancelamento do link pela telebrás.
    Ele PNBL mais está parecendo uma franquia ao invés do que deveria ser, venda de link mais barato.
    ___
    1- Seria ótimo se todos se unissem com aluguel de torre, se necessário, compra de equipamentos e estruturação. Haveria o compromisso inicial de dividir quaisquer custos decorrentes desta estrutura, seja reparo ou melhorias. Acredito para início dá conta; se alguém de fora quisesse participar poderia entrar no mesmo modelo ou poderiam revender o link com lucro e a estrutura de tornaria auto-suficiente.
    Última edição por bjaraujo; 16-07-2011 às 13:01.

  6. #66

    Padrão Re: Pequenos provedores competir com o PNBL

    Em minha região, os meus vizinhos parecem ter medo que eu cresça, então desconversam toda vez que tento abordar o assunto sobre compartilhar a rede de busca dos links. Então já estou com a minha rede armada em 5,8ghz (MK) pra chegar até o POP da eletronet (TELEBRAS, UNOTEL, MINASMAIS, ETC...) mas fora a telebras, todos os outros fornecedores de links pedem acima de 680,00 mesmo assim que eu compre acima de 10mbps, sem contar com pagamento de montão de taxas de instalação, locação do POP, e lá vai bordoadas... Então só me resta a opção de esperar um pouco mais e ir pagando 1.780,00 por 1 mísero mega Oi.
    Pois a proporção de 1.780,00 por mega da telemar e 230,00 da telebras, não dá nem pra começar a discutir.
    Como se tem despesas com a rede do mesmo jeito tanto pra um quanto pra outro (link fora o da telemar), pagar 6.800,00 por 10mbps-link unotel,embratel, minasmais... ao invés de pagar 2.300,00 pelo link de 10mbps Telebras, abrindo mão de R$4.500,00 não precisa nem ser contabilista como eu pra achar a razão disso tudo, já que nem mesmo todo "doido" rasga dinheiro ou come kaka. rsssss.
    Abraço.