+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão O Fiasco da primeira conexão do PNBL

    Banda larga popular ainda esbarra no preço do modem.
    http://ipnews.com.br/telefoniaip/ima...oes/brasil.jpgO Plano Nacional de Banda Larga começou nesta terça-feira (23) no município goiano de Santo Antônio do Descoberto. Os moradores da cidade poderão contratar internet a velocidade de 1 Mbps por R$ 35 ao mês. O município fica na Região do Entorno de Brasília – a cerca de 50 quilômetros da capital – e tem cerca de 62 mil habitantes.

    A Sadnet será a operadora responsável pelo serviço na cidade. Segundo o gerente de marketing da empresa, Evandro Sá de Menezes, a população espera pelo início do serviço desde o anúncio da parceria firmada no início de junho com a Telebrás. “Essa demora foi necessária porque a Telebrás fez todos os testes e foi bom para ter uma estabilidade maior na rede”, disse. Segundo ele, a empresa tem condições de atender a demanda.
    Mas há um porém: para ter acesso ao serviço, será preciso comprar o modem de acesso e instalação do equipamento por R$ 299. O ministro Paulo Bernardo, das Comunicações, declarou na semana passada que iria negociar com a empresa a redução desse custo. A Sadnet, no entanto, disse que ainda não houve contato do ministério. De acordo com Meneses, é possível reduzir o valor para R$ 199 se o governo oferecer redução na carga tributária incidente sobre o equipamento, que representa 60% de seu preço final. Outra opção em estudo é oferecer o modem em regime de comodato, ou seja, o cliente fica com o aparelho enquanto tiver contrato com a empresa.

    Em setembro, a TIM deve começar a oferecer internet com velocidade de 1 Mbps a R$ 35 por mês, também com os incentivos do PNBL. As primeiras localidades atendidas pela operadora italiana serão Samambaia e Recanto das Emas, no Distrito Federal, e Águas Lindas e Santo Antônio do Descoberto, em Goiás.

    * com informações da Agência Brasil



    Já começaram a complicar as coisas, quando em uma cidade pequena de 5.000 hab, como e o caso de 80 % dos integrantes aqui do forum, que possuem provedores, existirá pessoas capazes de pagar R$ 300,00 em um modem ?

  2. #2
    MODERADOR-CHEFE Avatar de osmano807
    Ingresso
    Aug 2008
    Localização
    Araguari - Minas Gerais
    Posts
    1.985
    Posts de Blog
    5

    Padrão Re: O Fiasco da primeira conexão do PNBL

    ONDE. SE. ACHA. MODEM. POR. ESSE. PREÇO?
    Aqui é R$100 o mais caro no varejo, capaz que reduz muito se comprar em quantidade no atacado!



  3. #3

    Padrão Re: O Fiasco da primeira conexão do PNBL

    compro modem por 40,00 onde se viu isso e roubo na cara dura....

  4. #4

    Padrão Re: O Fiasco da primeira conexão do PNBL

    gente acorda o "modem" é o kit radio, antena detalhe tem que ser tudo com nota não vale mercado paralelo + instalação



  5. #5

    Padrão Re: O Fiasco da primeira conexão do PNBL

    se fosse eu daria em comodato...

  6. #6

    Padrão Re: O Fiasco da primeira conexão do PNBL

    Citação Postado originalmente por marcosddc Ver Post
    gente acorda o "modem" é o kit radio, antena detalhe tem que ser tudo com nota não vale mercado paralelo + instalação
    Concordo, amigo! Acho que estão falando aí é do kit para instalação. E não vejo onde está o dito "fiasco" nisso. A maioria que conheço por aqui e outros lugares, cobram em média de até 300,00 para instalar net nas casas de clientes, principalmente os que usam nano M5.
    Me interessaria, de verdade, é saber como estão ficando os concorrentes desta empresa agora, que não pegaram os links do PNBL lá.



  7. #7

    Padrão Re: O Fiasco da primeira conexão do PNBL

    Hoje eles usam wifi, pra aumentar a velocidade pra 1Mbps precisa 5.8GHz na maioria do país, e antena de grade e roteador 5.8 é difícil revender por menos de uns R$ 250 mesmo.

    (Grade 5.8 mais barata é de 23-28dB, geralmente uns R$ 130 de CUSTO, radio tem Krazer e Edimax também na casa dos R$ 130, fora cabos, suportes, custo de instalação, carga tributária na hora da compra (ICMS, IPI) e na venda (Simples, taxas de NF))

    (Antenas abertas (De CPE) são um tiro no pé conforme o uso aumenta, e o alcance é "pequeno" pra uma cidade espalhada com Sto Antonio, esse pessoal está sendo consciente se estão optando por antenas de angulo mínimo. Como 5.8 exige visada melhor e zona de fresnel maior, o jeito pra ter a qualidade que o PNBL requer (Pelo menos nesse projeto piloto) o jeito é antena de ganho alto e angulo fechado)

  8. #8

    Padrão Re: O Fiasco da primeira conexão do PNBL

    Concordo, caro Rubem !!!



  9. #9

    Padrão Re: O Fiasco da primeira conexão do PNBL

    embratel usando aqui docis

  10. #10

    Padrão Re: O Fiasco da primeira conexão do PNBL

    MODEM = CPE, CPE = (modem, kit cliente, receptor, etc)



  11. #11

    Padrão Re: O Fiasco da primeira conexão do PNBL

    A reprodução deste notícia é mais um exemplo de que temos que filtrar o que jornalistas escrevem.
    Quem não está na área só conhece mesmo é o modem. Ou talvêz o 'gerente de marketing' da empresa tenha simplificado o palavreado para se tornar mais compreensível.

    Mas a verdade é que ninguém pensou nisso antes. Eu tenho contestado a validade deste tabelamento de 35 reais por um mega. Isto não passa de populismo.

    Só falta agora dar o computador e o "modem". heheheh

    Existem muitos custos envolvidos em fornecer internet. Muito mais que em telefonia. E se compararmos o custo hora de internet e custo hora de telefonia, é coisa que beira o absurdo.
    Porque então estes administradores não lançaram um plano nacional de telefonia?
    É porque internet está na boca do povo e isso gera votos.

    Para as operadoras de telefonia, internet é um pacote acessório que já utiliza a infraestrutura básica da telefonia.

    Ninguém fêz um estudo sério sobre os custos envolvidos. E aos poucos seremos expulsos do mercado.
    Somente serviços "combo" é que poderão ser viáveis.

  12. #12

    Padrão Re: O Fiasco da primeira conexão do PNBL

    O governo acha que a internet chegar pelo preço que eles querem ao cliente final é tão fácil quanto eles usarem o dinheiro público para impulsionar a Telebrás !!! A meu ver, ném mesmo o comodato é legal pois, você instala em um cliente tem um custo inicial e 2 meses depois o cliente muda para outro bairro ou municipio ou cidade ou estado, eeeeeee tudo bem, você terá custo alguem tirar o equipamento para ser instalado em outro cliente, detalhe este equipamento ele é seu mas já sofreu descargas eletromágnetica, subtenção, sobretensão, falta de enegia, retorno de energia, e por ai vai... eu acho que este negócio de comodato não é legal !!!



  13. #13

    Padrão Re: O Fiasco da primeira conexão do PNBL

    O marcosddc está correto é o kit cliente pra internet por ondas de rádio, provavelmente nano ou similar em 5.8 ghz

    Este negocio de chamar de modem é bom hein. aqui e em muitos lugares o termo internet a rádio é queimado, então a tendencia é dar outros nomes pra equipamento e serviço, aqui por exemplo não chamo de internet rádio e sim internet banda larga que é o correto o meio de entrega disso é rádio mas desde que tenha qualidade não tem problema.

    abraços

  14. #14

    Padrão Re: O Fiasco da primeira conexão do PNBL

    comodato , eh pedir para se quebrar, meu custo para um kit nano5 + suporte + cabo de rede + mao de obra custa $ 260,00, cobro 190,00 (a vista) ou 220, 00 a prazo , se for fazer comodato a 35,00 vou levar 8 meses para comecar a ter "lucro" com este cliente, nao se esquecendo que tem bastante inadimplente...



  15. #15

    Padrão Re: O Fiasco da primeira conexão do PNBL

    Pelo que eu conheço essa SADNET.eles são bem queimados na cidade pelo péssimo serviço que prestam.Acho que isso de pnbl é mais uma jogada de marketing deles.queria ver algum cliente deles falar aqui que esta satisfeito com o serviço deles.são muito truculentos e arrogantes.

  16. #16

    Padrão Re: O Fiasco da primeira conexão do PNBL

    Citação Postado originalmente por kleberbrasil Ver Post
    MODEM = CPE, CPE = (modem, kit cliente, receptor, etc)
    Com toda certeza, caro KLEBER. Acho que deveríamos até adotar este termo em definitivo, pois toda vez que falam de "kits" etc... Vem na cabeça dos clientes aquela antiga e deturpada idéia de internet "via rádio" , a qual tem qualidade questionável pelos "kitzinhos" do Py.
    Então, MODEN soa melhor não é mesmo???!!! rsss
    Afinal, é uma nomenclatura mais categórica, em síntese comercial.
    Abraço.



  17. #17

    Padrão Re: O Fiasco da primeira conexão do PNBL

    Concordo com o colega 1929, e uma coisa é certa, nos todos somos pequenos, e os prquenos que aderirem ao PNBL com toda certeza nao irao adquirir a receita necessaria para manter o seu provedor devido as exgencias do PNBL. Aparentemente com o preço do mega dedicado da a idéia de que o problema está resolvido mas na realidade o problema só está começando. E por culpa daqueles que difamen e prestam um serviço lixo de internet via rádio, seria uma boa usar sinonimos para os equipamentos utilizados.
    Última edição por Zarttron; 25-08-2011 às 23:34.