+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por gandalf Ver Post
    thiago, não lhe chamei aqui. Você veio aqui de livre e espontânea vontade. Denegrir minha denuncia taxando-a de "palhaçada" não vai mudar o teor da denuncia. Se não está gostando, volte ao seu mundinho em C e deixe que pessoas com mais condições de avaliação de uma assunto como este participem.
    Infelizmente, não posso dizer que foi um prazer em conhecer sua pessoa, visto que suas alegações tem somente o intuito de atingir a minha pessoa em vez de colaborar com o assunto. Não me admira você não fazer mais parte do projeto, porque com suas atitudes com certeza você não seria merecedor de ser um desenvolvedor nem em uma empresa fundo de quintal. Lamento profundamente por sua atitude tão descortês.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    lembrem-se, no brasil o software é regido por esta lei L9609

  2. Citação Postado originalmente por gandalf Ver Post
    thiago, não lhe chamei aqui. Você veio aqui de livre e espontânea vontade. Denegrir minha denuncia taxando-a de "palhaçada" não vai mudar o teor da denuncia. Se não está gostando, volte ao seu mundinho em C e deixe que pessoas com mais condições de avaliação de uma assunto como este participem.
    Infelizmente, não posso dizer que foi um prazer em conhecer sua pessoa, visto que suas alegações tem somente o intuito de atingir a minha pessoa em vez de colaborar com o assunto. Não me admira você não fazer mais parte do projeto, porque com suas atitudes com certeza você não seria merecedor de ser um desenvolvedor nem em uma empresa fundo de quintal. Lamento profundamente por sua atitude tão descortês.
    Não me desaprecie amigo.
    Não me convidou e nem convidou ninguem, más na boa. Não da para ler coisas como estas e ficar calado né? E mais, como anda o progresso do processo, daqui uns 50 anos tem algo pra nossos bisnetos?
    Sobre minha participação aqui, eu não vim ate aqui pra denegrir tua imagem, más convenhamos que é uma falta de respeito o que você tenta fazer com o projeto.
    E mesmo eu não fazendo parte dele, se preciso for, sairia em defesa dele, você não merece dizer que apoia a gpl, ou isso ou aquilo, más merece ficar bem quieto e deixar o povo trabalhar em paz....
    ps: Tem dois "Thiagos" por aqui, Thiago322 e thiago3222. Especifique com quem fala, a sua denuncia parece ja ter mudado de rumo, e sinto a sua amargura de longe.
    Infelizmente, vivemos no Brasil, e tudo o que você fez ou está fazendo não terá exito, veja a corrupção dos nossos representantes. Vá la denunciar a FSF o sistema usado pela prefeitura de Belo Horizonte, um Debian totalmente modificado e sem creditos. Ou será que so existe o bfw na terra...?
    Desisto....putz







  3. http://www.gnu.org/distros/common-distros.html

    Explicando por que nós não aprovamos Outros Sistemas


    Estamos muitas vezes perguntou por que nós não aprovamos um determinado sistema, normalmente uma distribuição GNU / Linux popular. A resposta curta a essa pergunta é que eles não seguem as diretrizes do sistema de distribuição gratuita . Mas uma vez que nem sempre é fácil ver como um determinado sistema não consegue seguir as orientações, nós começamos ainda a estas perguntas. Nós publicada esta lista para ajudar a resolver aqueles.
    Para saber mais sobre alternativas livres a estes sistemas, veja nossa lista de livre GNU / Linux .
    Exceto quando mencionado, todas as distribuições listados nesta página não seguir as orientações em pelo menos duas maneiras importantes:

    • Eles não têm uma política de apenas incluindo o software livre, e remoção de software nonfree se for descoberto. A maioria deles tem uma política clara sobre qual software eles vão aceitar ou rejeitar a todos. As distribuições que têm uma política, infelizmente, não são rígidas o suficiente, conforme explicado abaixo.
    • O kernel que eles distribuem (na maioria dos casos, Linux) inclui "bolhas": pedaços de código objeto distribuído sem fonte, geralmente firmware para executar algum dispositivo.

    Abaixo estão as notas adicionais sobre alguns populares distribuições GNU / Linux, listados em ordem alfabética. Isto pode não ser uma lista de todas as questões, enquanto nós fizemos o nosso melhor para ser abrangente, pode haver outras questões que nós simplesmente não conhecem. No outro lado, as circunstâncias podem ter mudado desde a última atualização desta página, se você acha que uma das questões aqui foi abordada, por favor nos avise . Revisamos todos os sistemas de cuidado antes de endossar-los.
    Arch GNU / Linux

    Arch tem os dois problemas de sempre: não há política clara sobre que software pode ser incluído, e as gotas nonfree são enviados com o kernel Linux. Arch também não tem uma política de não distribuição de software nonfree através de seus canais normal.
    CentOS

    Nós não estamos cientes dos problemas no CentOS além dos dois usuais: não há política clara sobre que software pode ser incluído, e as gotas nonfree são enviados com Linux, o kernel. Claro, sem uma política firme no lugar, pode haver software nonfree outras incluídas que perdemos.
    Debian GNU / Linux

    Contrato Social Debian afirma o objetivo de fazer software Debian inteiramente livre e conscientemente Debian mantém nonfree software do sistema Debian oficial. No entanto, o Debian fornece também um repositório de software nonfree. De acordo com o projeto, este software não é "parte do sistema Debian", mas o repositório está hospedado em muitos dos servidores principais do projecto, e as pessoas podem facilmente aprender sobre estes pacotes nonfree pelo navegador de banco de dados de pacotes do Debian online. Isto faz muito para orientar os usuários para o software proprietário para nós apoiá-la.
    Versões anteriores do Debian também incluiu blobs nonfree com o Linux kernel. Com o lançamento do Debian 6.0 ("squeeze") em fevereiro de 2011, essas bolhas foram movidos para fora da distribuição principal de pacotes separados no repositório nonfree.
    Fedora

    Fedora tem uma política clara sobre o que pode ser incluído na distribuição, e parece ser seguidas cuidadosamente. A política exige que a maioria de software e todas as fontes estarão disponíveis sob uma licença livre, mas faz uma exceção para certos tipos de firmware nonfree. Infelizmente, a decisão de permitir que o firmware na política mantém o Fedora a partir reunião as diretrizes distribuição gratuita do sistema.
    Gentoo GNU / Linux

    Gentoo torna mais fácil para instalar uma série de programas nonfree através de seu sistema embalagem primária.
    Mandriva GNU / Linux

    Mandriva tem uma política definida sobre o que pode ser incluído no sistema principal. Ele é baseado no Fedora, o que significa que ele também permite que certos tipos de firmware nonfree para ser incluído. Em cima disso, permite software liberado sob a licença artística original para ser incluído, apesar de que é uma licença nonfree.
    Mandriva também fornece software nonfree através de repositórios dedicados.
    openSUSE GNU / Linux

    openSUSE oferece aos seus usuários acesso a um repositório de software nonfree. Este é um exemplo de como "aberto" é mais fraco do que "livre" .
    Red Hat GNU / Linux

    Distribuição da Red Hat empresa segue principalmente as políticas de licenciamento mesma Fedora, com uma exceção. Assim, nós não endossá-lo para as mesmas razões . Além desses, a Red Hat não tem uma política contra a tomada de software nonfree disponível para o sistema através de canais de distribuição suplementar.
    Slackware

    Slackware tem os dois problemas de sempre: não há política clara sobre que software pode ser incluído, e as gotas nonfree estão incluídos no Linux, o kernel. Ele também vem com a imagem de visualização-nonfree programa xv. Claro, sem uma política firme no lugar, pode haver software nonfree outras incluídas que perdemos.
    SUSE GNU / Linux

    Além dos habituais dois problemas, vários programas de software nonfree estão disponíveis para download a partir do site FTP do SUSE oficial.
    Ubuntu GNU / Linux

    Ubuntu fornece repositórios específicos de software nonfree, e Canonical expressamente promove e recomenda software nonfree sob o nome de Ubuntu em alguns dos seus canais de distribuição. Ubuntu oferece a opção de instalar apenas pacotes livres, o que significa que também oferece a opção para instalar os pacotes nonfree também. Além disso, a versão do Linux incluído no Ubuntu contém blobs de firmware.
    Política do Ubuntu marca comercial proíbe redistribuição de cópias exactas de Ubuntu, negando uma importante liberdade.
    BSD sistemas

    FreeBSD, NetBSD, OpenBSD e todos incluem instruções para a obtenção de programas nonfree em seu sistema de portas. Além disso, os kernels incluem firmware blobs nonfree.
    Programas de firmware nonfree usado com o kernel do Linux são chamados de "bolhas", e é assim que usamos o termo. Na linguagem BSD, o termo "blob" significa outra coisa: um motorista nonfree. OpenBSD e talvez outras distribuições BSD tem a política de não incluindo aqueles. Que é a política de direita, como motoristas que diz respeito, mas quando os desenvolvedores dizem que essas distribuições "não contêm bolhas", que provoca um mal-entendido. Eles não estão falando sobre blobs de firmware.
    Nenhuma distribuição BSD tem políticas contra o firmware binary-only propriedade que pode ser carregado até mesmo por drivers livres.
    Haiku

    Haiku inclui algum software que você não tem permissão para modificar. Ele também inclui firmware blobs nonfree.



    Explaining Why We Don't Endorse Other Systems - GNU Project - Free Software Foundation






Tópicos Similares

  1. Respostas: 7
    Último Post: 09-12-2013, 08:52
  2. Como Proceder Bloqueio de Url
    Por mpsnet no fórum Redes
    Respostas: 8
    Último Post: 16-08-2012, 15:00
  3. Respostas: 14
    Último Post: 13-04-2009, 02:09
  4. InterBase com o Lazarus? Como proceder? Exemplos de fonte.
    Por Bit no fórum Linguagens de Programação
    Respostas: 2
    Último Post: 19-11-2005, 18:14
  5. Migração de sendmail para o Qmail ??? Como proceder ?
    Por rpapa no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 5
    Último Post: 11-06-2005, 15:43

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L