Página 6 de 7 PrimeiroPrimeiro ... 234567 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Talvez eu possa ter exagerado um pouco no meu "desabafo" no topico de desabafo do outro colega... hehehe, mas me decepcionei mais com as pessoas que com o negócio em si.

    Aprendi desde criança que o que é meu é meu, e que nunca devemos subtrair ou causar danos a outras pessoas.
    Agora me vem uns pilantras, estragam minha aparelhagem ou tentam me furtar ela, ficam me devendo mensalidade, e ainda por cima saem falando de mim, como se eu fosse o vagando na história?

    Ou a quantidade de pessoas sem vergonha cresceu demais, ou a concentração delas por aqui está grande viu....
    Última edição por sergio; 23-01-2012 às 14:33. Razão: Quote sem referência

  2. Citação Postado originalmente por netosdr Ver Post
    Talvez eu possa ter exagerado um pouco no meu "desabafo" no topico de desabafo do outro colega... hehehe, mas me decepcionei mais com as pessoas que com o negócio em si.

    Aprendi desde criança que o que é meu é meu, e que nunca devemos subtrair ou causar danos a outras pessoas.
    Agora me vem uns pilantras, estragam minha aparelhagem ou tentam me furtar ela, ficam me devendo mensalidade, e ainda por cima saem falando de mim, como se eu fosse o vagando na história?

    Ou a quantidade de pessoas sem vergonha cresceu demais, ou a concentração delas por aqui está grande viu....
    Nao exagero nao ...o mundo e assim mesmo ...e esse topico pode nao ter mudado sua opniao mas deve ter dado pelo menos um pouco de motivaçao ..ampliado sua mente ...a vida continua meu amigo



  3. Eu estou começando agora, saiu a minha documentação, a parte burocrática felizmente está no fim, segunda se Deus quiser levanto minha primeira (de muitas) torre(s).

    O modelo de negócios que pensamos desde o início é de competir com as grandes, mas não no varejo, e sim no setor corporativo.

    Explico:
    Quanto custa 1 Mbps dedicado? Se você comprar 10 Mbps, diminuiu o custo? Se você vender 1 Mbps para alguma empresa que precise de maior disponibilidade, poderia vender mais barato que uma grande, dar o apoio inicial, suporte, estrutura e demais coisas agregadas?
    Se as duas últimas foram sim, vocês tem um novo cliente a procurar.

    Quem ai vende serviço de seguridade? Ipcam está barata e vocês já tem a estrutura montada, basta usá-la como portadora local e vender o serviço aos seus clientes.

    Um potencial cliente tem Speedy ou outro serviço e quer o seu serviço de segurança? Vá lá e venda, ofereça serviço agregado e quem sabe ele não vira seu cliente em todos os serviços?

    Li todo o post, vi os pessimistas, otimistas, exaltados e calmos. Realmente, é difícil combater uma grande por que ela tem estrutura, dinheiro e lobby, mas falta atenção ao cliente, o que creio que todos nós temos de sobra.

    Boa parte do que o Jadir falou, mesmo sem eu conhecê-lo, é o que venho pensando em aplicar, mesmo sem ter muita grana.

    E outra, a GVT já não é mais a mesma de quando começou, o serviço está muito ruim, e sem contar que junto com a Oi, tem os servidores DNS envenenados, ou seja, os clientes vão cair na GVT ou na OI e não vão poder abrir a globo.com, e já viu, em plena época de BBB, no teu provedor, não haverá esse problema, então ele volta

    Diversifiquem o trabalho, encolham custos, invistam e trabalhem bem, com isso terão sucesso.

    Se pensarem que é o teu ganha pão, e que daí sai o leite das crianças, e se considerar que recebendo para seus gastos, e se divertindo no trabalho, é o mínimo, está bem. Eu quando tinha minha loja de manutenção, tirando o suficiente para pagar a prestação da casa, e as despesas da loja, para mim já eram suficientes, pois complementava com o salário de professor.

    Hoje minha realidade é diferente, então, se eu conseguir me sustentar com o que sair do provedor, está ótimo, pois a intenção é investir forte para ampliar minha rede rapidamente e ganhar os clientes descontentes da telecomica e outras

    Amplexos.

    Velhinho.

  4. Da maneira como vocês escrevem parece que eu sou um muleque que começou ontem a brincar com antenas. Pessoal, tenho 4 anos de "experiência" no ramo, sai de dentro de uma faculdade de administração de empresas para desenvolver um modelo de negócio. Não sou nenhum aloprado que não sabe o que faz e o que diz. Pode ser pouco comparado aos pioneiros aqui do fórum, com 8, 10, 15 anos na área, mas posso dizer com toda a certeza que conheço o suficiente sobre o trabalho que faço.

    Em tempo:
    Citação Postado originalmente por Jadir Ver Post
    A regra da competitividade é simples: se há NET, Oi, Embratel, GVT ou Telefonica junto com você, é muito provável que consiga SIM link corporativo acessível. Agora, se é refém de uma operadora apenas, então é melhor rever o conceito do negócio e pensar se vale mesmo a pena.

    Significa que você terá que fazer um levantamento, um plano de negócios ANTES de começar a comprar os equipamentos. Em administração, se fala de cenário do ponto de vista de comportamentos, sentimentos. Akio Morita, fundador da Sony diz que o consumidor não sabe o que quer, até que você apareça com um produto/serviço que o convença que é aquilo que ele quer.

    Se formos analisar o cenário dessa maneira, com base na hipocrisia, mau-caratismo, falta de compromisso, de palavra, as grandes empresas também passam pelo mesmo, afinal, o cliente é EXATAMENTE o mesmo. E nem por isso elas quebram.

    Outro ponto: estratégia é melhor do que excelência. Excelência sem planejamento é o mesmo que melhorar a porcaria que já existe. Quando se melhora uma porcaria, acontece o que o INSS fez: descobriu que os idosos morriam nas filas de espera da aposentadoria. O que eles fizeram? Instalaram CADEIRAS nas filas. Ótimo, agora os velhos morrem sentados.

    Ao invés de se queixar do cenário (que é um para todos), enquadre o seu negócio para a realidade de onde vive. Exemplo: a GVT quando entrou no nordeste criou a sua publicidade voltada para o termo Banda Larga. O detalhe é que na maioria dos estados do nordeste não se usa o termo Banda Larga, significando acesso de alta velocidade, e sim o termo Internet Rápida. E o que a GVT fez? Mudou TODA a sua publicidade para adequar-se a cultura do nordeste.

    Para finalizar, eu vou concordar mais uma vez com o amigo que disse o seguinte: falta mais espírito empreendedor e menos pessimismo. A dica de amigo que eu dou é preparar-se melhor, inclusive academicamente, antes de começar um negócio. Se não tem paciência ou competência para tocar um negócio, pelo menos de-se ao luxo de contratar uma equipe de gestão moderna e eficiente, para depois não ficar se lamentando que tudo foi para o buraco e que o mundo é um lugar feio de se viver.


    PS: quem quiser discutir gestão empresarial comigo sinta-se a vontade.



  5. Certo, entendi o teu ponto de vista.

    Sobre os vídeos, a ideia funciona dessa maneira: tenha as mídias originais em mãos, e as devidas notas fiscais. Nunca, jamais utilize downloads da internet em seu servidor.

    No meu caso, eu não sou o dono das mídias, por isso fiz um contrato com uma locadora. No caso, ELES estão oferecendo o serviço, não eu. Eu apenas permiti que eles vendessem o seu SVA usando minha rede SCM (que nem é minha, na prática, porque sou agente autorizado de uma operadora). Na fatura consta essa observação: Os direitos autorais das mídias estão reservadas para o CNPJ 11.111.111/0000-11

    E lei dos direitos autorais do Brasil diz que uma mídia só pode ser utilizada SEM licença adicional (valendo a autorização "embutida" na compra do original) quando se faz uso DOMÉSTICO da mídia. Por mais que se faça uso comercial (como no caso das locadoras), o filme é assistido dentro do ambiente doméstico de quem pagou para locar.

    A partir do momento em que o alguém paga para locar o filme e reproduz em um evento, em um escritório, deixa de valer a autorização de uso doméstico e o locador precisa de uma licença adicional, expressamente concedida pela produtora da mídia ou por agente autorizado do estúdio que produziu a mídia. Foi o que eu fiz, procurei uma entidade que representa os grandes estúdios (Fox, Paramount, Universal e outros) e me informei sobre as questões legais. Estou pensando inclusive em adquirir essa licença de uso, apenas como preventivo.

    Filmes adultos não são do meu interesse. Não quero incômodo com adolescentes e seus pais, e afins que venham a me colocar em uma saia justa. Embora seja exigência que cada mídia do catálogo tenha a classificação indicativa de forma acessível. Que seja, não quero me incomodar, ainda mais porque o serviço será disponibilizado de forma gratuita, na forma de combo.

    Sobre o site do Google em meu portal, sei que é possível incorporar a barra de pesquisa. Quanto a logo do Google, amanhã vou ligar para o escritório deles em São Paulo para obter maiores informações. Talvez eu consiga agregar interesses deles no meu portal, como por exemplo os adwords e demais links patrocinados. Enfim, eu sei que o negócio do Google é ganhar dinheiro, e o meu também.






Tópicos Similares

  1. Desabafo de um Provedor!
    Por marcelorodrigues no fórum Redes
    Respostas: 17
    Último Post: 30-07-2014, 17:47
  2. Vendo instalações de um provedor
    Por eidt2008 no fórum Assuntos não relacionados
    Respostas: 0
    Último Post: 28-11-2008, 00:44
  3. Dúvidas na montagem de um provedor???
    Por Ferocco no fórum Assuntos não relacionados
    Respostas: 19
    Último Post: 05-05-2008, 16:14
  4. Sinal de um provedor de internet a 8km? Como?
    Por rofegui no fórum Redes
    Respostas: 17
    Último Post: 20-02-2007, 19:26
  5. Exim - Enviando email usando SMTP de um provedor existente
    Por Luzumba no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 3
    Último Post: 31-08-2005, 08:02

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L