Página 6 de 6 PrimeiroPrimeiro ... 23456
+ Responder ao Tópico



  1. #101

    Padrão Re: O futuro dos Provedores de Internet a Rádio.

    Citação Postado originalmente por naldo864 Ver Post
    acho dificil os pequenos acabarem aqui em são paulo ja e possivel comprar o mega dedicado na fibra a r$ 90,00 e e possivel ja chegar neste preço de r$ 35,00 o 1 mega com garantia de 30%.
    Naldo aqui em Recife a GVT ta com uma promoção de R$ 80,00 o mega, para contratos fechados de 100Mbps, estou com 50Mbps na fibra, mas to pensando seriamente em aproveitar essa promoção.

    Abraço!

  2. #102
    tecnico chefe Avatar de naldo864
    Ingresso
    May 2010
    Localização
    Carapicuíba, Brazil, Brazil
    Posts
    3.104
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: O futuro dos Provedores de Internet a Rádio.

    Citação Postado originalmente por Maclaud Ver Post
    Naldo aqui em Recife a GVT ta com uma promoção de R$ 80,00 o mega, para contratos fechados de 100Mbps, estou com 50Mbps na fibra, mas to pensando seriamente em aproveitar essa promoção.

    Abraço!
    pois e ne aqui em são paulo ja tem operadora que ofereçe o mega a r$ 59,00....mas tem que ser para compras altas de 500 mega para cima ,mas se eu comprar 100 mega consigo um preço de r$ 80,00 aqui tambem.

    o que mata o pequeno provedor e o preço do cliente para sua instalação aqui trabalhamos com comodato e não cobramos nada do cliente para ele usar e custo zero e não consultamos spc para facilitar a entrada de novos clientes.
    e sim muita gente que tem spc sujo paga a internet direito sabe por que as grandes não instalam para eles e ai eles não tem esclha .
    um cliente para entrar na rede custa para o pequeno :

    1 nanoloco r$ 200,00 +tripe e cano r$ 15,00 +20 metros cabo de rede na media r$ 18,00 +gasolina e tecnico r$ 10,00
    ou seja ja custa r$ 243,00 para o provedor .
    tem que esperar pelo menos 3 meses para tirar este prejuizo,e no plano nacional de banda larga demoraria quase 8 meses .
    mas mesmo assim ainda e viavel visto que no plano nacional a obrigação e de 30% de banda ou seja .....



  3. #103

    Padrão Re: O futuro dos Provedores de Internet a Rádio.

    Citação Postado originalmente por naldo864 Ver Post
    pois e ne aqui em são paulo ja tem operadora que ofereçe o mega a r$ 59,00....mas tem que ser para compras altas de 500 mega para cima ,mas se eu comprar 100 mega consigo um preço de r$ 80,00 aqui tambem.

    o que mata o pequeno provedor e o preço do cliente para sua instalação aqui trabalhamos com comodato e não cobramos nada do cliente para ele usar e custo zero e não consultamos spc para facilitar a entrada de novos clientes.
    e sim muita gente que tem spc sujo paga a internet direito sabe por que as grandes não instalam para eles e ai eles não tem esclha .
    um cliente para entrar na rede custa para o pequeno :

    1 nanoloco r$ 200,00 +tripe e cano r$ 15,00 +20 metros cabo de rede na media r$ 18,00 +gasolina e tecnico r$ 10,00
    ou seja ja custa r$ 243,00 para o provedor .
    tem que esperar pelo menos 3 meses para tirar este prejuizo,e no plano nacional de banda larga demoraria quase 8 meses .
    mas mesmo assim ainda e viavel visto que no plano nacional a obrigação e de 30% de banda ou seja .....

    Para conquistar clientes aqui fiz instalação a preço baixo e deixava o NANO em comodato no inicio, mas hoje apos 2 anos ja estou filtrando e cobrando R$ 280,00 na instalação com NANO LOCO M5 e R$ 350,00 com NANOBRIDGE M5 22 divido em 3x no boleto.
    As instalações diminuiriam muito por causa do custo, as que aparece são indicação dos próprios clientes indicando a internet por ter uma boa qualidade, não tive como bancar mais o alto preço dos equipamentos UBNT. To focado agora em atender condomínios porque tá compensando melhor o retorno.

    Uma coisa é certa os clientes que estiverem conosco de 3 e 5 megas estão satisfeitos, e sabemos que mesmo chegando as GRANDES com alto trafego de 15, 35, 50 e 100 megas eles não sairão até porque quando chega a fatura muitos acabam retornando, rsrs.

  4. #104

    Padrão Re: O futuro dos Provedores de Internet a Rádio.

    Naldo, neste teu cálculo com NanoLoco, tu não fez uma previsão para substituição do rádio. Pois o que tem NanoLoco parando do nada....

    As contas para o nosso lado nunca vão fechar bonitinho, pois temos muita despesa com suporte em wi-fi.
    Por outro lado temos pcba rtl8186 já com 5 anos sem trocar. Só que rtl 8186 hoje já não consegue atender as novas demandas.
    Atheros atende muito melhor, seja 2.4 ou 5.8

    Porém tenho notado que os equipamentos de pouco tempo para cá já não tem a longevidade que havia antes.
    E isso pode ser um complicador muito sério a medida que o provedor cresce com wi-fi.
    Pois se preço de link baixa, custos de suporte continuam pegando pesado.
    Nós sentimos a mesma coisa que o McClaud. Diminuiu bastante a entrada de novos clientes. Mas nunca estivemos com o caixa tão aliviado. Se isso é bom ou ruim, só o tempo dirá.
    Enquanto isso vamos melhorando o sinal para aqueles com mais dificuldades ou até deixando de atender. Nossa cidade é muito ruim para distribuir o sinal devido a geografia e vegetação.



  5. #105

    Padrão Re:

    Carlos, eu prefiro cobrar o justo. O preço justo é aquele que não é tão barato ao ponto de depreciar o valor do seu produto/serviço e nem tão caro que se torne impeditivo para o cliente adquirir.

    Já tive as duas experiências, de cobrar muito caro e muito barato. Cobrando muito caro, os clientes procuram outra empresa. Cobrando muito barato, enche de clientes, mas a maioria maus pagadores.

    Atualmente cobro R$ 120,00 e justifico para o cliente que trata-se da ativação da linha, e não aquisição de equipamento. Deixo bem claro para o cliente na compra da linha que não vendemos equipamentos, locamos enquanto estiver com o serviço ativo, por se tratar de um equipamento de uso exclusivo em telecomunicações, de uso por operadoras autorizadas (o que não deixa de ser verdade). Quando o cliente deixa de utilizar, seja por atraso, mudança ou cancelamento, agendamos horário e retiramos a aparelhagem. Até o presente momento nenhuma queixa ou problema para retirar equipamentos. É uma estratégia que vem dando certo.

    Se formos pesar na balança, custa caro e se torna impeditivo de acordo com a renda de alguns. Mas ao mesmo tempo torna-se um diferenciador, porque só vai assinar quem realmente tem interesse e, na grande maioria das vezes, pode pagar. E esse detalhe do poder pagar faz toda a diferença, porque o fluxo de caixa dos clientes ativos e que pagam em dia é que realmente mantém a empresa operando.

  6. #106
    tecnico chefe Avatar de naldo864
    Ingresso
    May 2010
    Localização
    Carapicuíba, Brazil, Brazil
    Posts
    3.104
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: O futuro dos Provedores de Internet a Rádio.

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Naldo, neste teu cálculo com NanoLoco, tu não fez uma previsão para substituição do rádio. Pois o que tem NanoLoco parando do nada....

    As contas para o nosso lado nunca vão fechar bonitinho, pois temos muita despesa com suporte em wi-fi.
    Por outro lado temos pcba rtl8186 já com 5 anos sem trocar. Só que rtl 8186 hoje já não consegue atender as novas demandas.
    Atheros atende muito melhor, seja 2.4 ou 5.8

    Porém tenho notado que os equipamentos de pouco tempo para cá já não tem a longevidade que havia antes.
    E isso pode ser um complicador muito sério a medida que o provedor cresce com wi-fi.
    Pois se preço de link baixa, custos de suporte continuam pegando pesado.
    Nós sentimos a mesma coisa que o McClaud. Diminuiu bastante a entrada de novos clientes. Mas nunca estivemos com o caixa tão aliviado. Se isso é bom ou ruim, só o tempo dirá.
    Enquanto isso vamos melhorando o sinal para aqueles com mais dificuldades ou até deixando de atender. Nossa cidade é muito ruim para distribuir o sinal devido a geografia e vegetação.
    sim e verdade tem os radios que param mas aqui vejo que e coisa de 1% da rede por mes ,da uma media de 2 radios por mes .
    massss infelismente isto não tem jeito .
    se for trabalhar com radio tem o custo dele ,se for trabalhar com fibra tem o custo das olts fora o cabeamento e não tem jeito.
    acho uma boa e o provedor tirar seu asn e conseguir seu bloco de ips para distribuir para clientes corporativos com um custo mas alto da internet isto ajuda muito o provedor pequeno.
    fora que pode ser neste modelo de negocio a chance de criar as redes de fibra otica sendo que este modelo compensa o investimento.



  7. #107

    Padrão Re: O futuro dos Provedores de Internet a Rádio.

    Tá muito bom de preço Jadir.

    Mesmo para os que estão crescendo a passos largos, dar uma acalmada na entrada de novos assinantes pode ajudar o fluxo de caixa. A não ser nos casos onde o provedor pode repassar todos os custos de novo cliente.
    Aqui tivemos alguns casos que foi preferível perder o cliente, seja por ser mau pagador ou seja por dificuldade de manter um sinal bom e estável. Mas acaba sempre entrando um novo no lugar e daí o remanejamento dos equipamentos contribui para o fluxo de caixa.
    Agora o que preocupa é o futuro incerto com respeito a novas tecnologias para manter planos mais altos. Em dois anos ninguém mais vai querer 1 mega. Vai ser coisa de 10 mega. Mesmo que não precisem, mas a publicidade das grandes operadoras acabam fazendo a cabeça do consumidor.
    Aliado a isso, os conteúdos estão ficando cada vez mais pesados e isso pode invibializar os planos de baixo consumo.
    Então os provedores terão que continuar investindo na área. Este é o nosso futuro.

  8. #108

    Padrão Re: O futuro dos Provedores de Internet a Rádio.

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Tá muito bom de preço Jadir.

    Mesmo para os que estão crescendo a passos largos, dar uma acalmada na entrada de novos assinantes pode ajudar o fluxo de caixa. A não ser nos casos onde o provedor pode repassar todos os custos de novo cliente.
    Aqui tivemos alguns casos que foi preferível perder o cliente, seja por ser mau pagador ou seja por dificuldade de manter um sinal bom e estável. Mas acaba sempre entrando um novo no lugar e daí o remanejamento dos equipamentos contribui para o fluxo de caixa.
    Agora o que preocupa é o futuro incerto com respeito a novas tecnologias para manter planos mais altos. Em dois anos ninguém mais vai querer 1 mega. Vai ser coisa de 10 mega. Mesmo que não precisem, mas a publicidade das grandes operadoras acabam fazendo a cabeça do consumidor.
    Aliado a isso, os conteúdos estão ficando cada vez mais pesados e isso pode invibializar os planos de baixo consumo.
    Então os provedores terão que continuar investindo na área. Este é o nosso futuro.

    concordo com você em relação ao futuro incerto de poder de compra e investimento em novas TECNOLOGIAS. E nesse ponto o que nos emperra é os financiamentos a longo prazo para poder crescer um pouco mais e oferecer velocidades decentes a preço competitivo.

    a 6 meses estou na espera do cartão BNDES, não sei porque ta emperrado, aqui ta tudo em dia! empresa 100% legalizada, aberta a 2 anos, SCM e toda documentação do jeito que tem q ser e nada! Não liberam nem que a vaca tussa! precisava mesmo de uma linha de credito, para estender minhas fibras até outros pequenos POPs que estou montando, mas tá complicado.

    Sexta passada o gerente de nossa conta jurídica do Bradesco vieram aqui e viram nosso projeto de expansão e ficaram até impressionados, prometeram uma linha de credito, mas já adiantei que não adianta vir com taxas de juros acima de 1.5% que não iremos assinar! estranho de tudo isso é que quando as GRANDES estão em dificuldade o BNDES, BANCO do NORDESTE e etc, logo socorrem e até mesmo o governo. mas a nós pequenos somos vistos talvez como um cliente de alto risco que pode não honrar os compromissos de assumir uma financiamento dessa magnitude.
    Com cerca de R$ 500.000,00 dava pra atender aqui toda cidade em apenas mais 2 anos e também a região da CIDADE DA COPA., comprar equipamentos e fazer como o JADIR disse deixar a um preço mais justo a adesão, e o equipamento em comodato.

    Mas não desistimos, a cada 3 meses estamos reinvestindo com uma reserva que separamos de nosso caixa. Tenho certeza que estamos no caminho certo e que não iremos sucumbir.



  9. #109

    Padrão Re: O futuro dos Provedores de Internet a Rádio.

    Entrando no fim da conversa, mas penso assim:

    Se não expandir e investir em fibra realmente o futuro é incerto, coaxial e par metálico (dsl) é uma boa porem já é uma tecnologia ultrapassada, realmente vejo futuro em quem investir em fibra que daí sim esta com estrutura para QUALQUER serviço que vier a existir, pois mesmo num futuro um pouco distante, fibra ainda será o extremo da tecnologia.

    Ao meu ponto de vista outras tecnologias é investir em algo já ultrapassado.

    Tendo 2 opções de tecnologia para o cliente ele pode optar, fibra mais caro um pouco ou rádio mais barato e assim não perdemos o cliente que quer mais banda. Teremos a solução porem com um custo mais alto na instalação e consequentemente mensal.

    Aqui cobro na instalação R$ 200,00 no Mikrotik SXT em comodato e R$ 250,00 c/ roteador também em comodato, mais barato que isso é pagar pra trabalhar, mesmo o cliente praticamente pagando o equipamento (pago R$ 210,00 em cada) tem o cano, cabo e suporte e ainda corro o risco de ter que trocar o equipamento do cliente sem custo e ter que arcar com o valor do equipamento.

    Então estes equipamentos wifi "com data de validade" acaba comendo a gente pelas pernas.

    E com o aumento do consumo de banda, você terá ofertas de link mais barato, no meu caso pago pouco mais que R$ 50,00 por mega (busco a 80km) dai com um preço acessível podemos ter planos maiores e mais acessíveis, mas temos que ter a tecnologia para levar até a casa do cliente.

    Hoje eu tenho banda sobrando e tenho 32 torres para atender os clientes, e mesmo assim já me esbarro no problema de entregar planos de 10 MB com QUALIDADE.

    Pois o que adianta link se não consegue distribuir, melhor ter 1000 clientes pagando R$ 100,00/mês do que 2000 pagando R$ 50,00 e vendendo planos menores teremos que ter o dobro de cliente (dobro de dor de cabeça) para ter a mesma receita, com planos maiores você mantem seus clientes pagando mais e consequentemente lucrando mais também.

    Resumindo e frisando mais uma vez, VAI SOBREVIVER QUEM CAMINHAR COM A TECNOLOGIA, CASO CONTRARIO AS TELES VÃO NOS ATROPELAR !!

  10. #110

    Padrão Re: O futuro dos Provedores de Internet a Rádio.

    Pessoal, estou ressucitando o topico a praticamente 1 ano parado, gostaria de compartilhar com vocês o que tem mudado nesses 2 anos desse topico desde que foi criado, algum relato positivo para o futuro dos provedores via rádio, como estão hoje a qualidade dos links, a quantidade de clientes de vocês aumentaram? e como estão novos projetos com as novas tecnologias que tem surgido?

    vamos começar a atualizar nossos projetos, aguardo vocês aqui...

    Aqui a 1 ano estamos focados em atender condomínio e dobramos nossa carteira de clientes, com os novos rádios chegando e passando um pouco mais de banda melhorou muito aqui, por isso ainda não iniciamos redes cabeadas, porque a região tem muito corte de cabos, muitas vezes até de propósito, como os condomínios estão nascendo ate 2km estou fazendo PTP e cabeando. tô com essa receita de sucesso, esse inicio de ano deu uma baixa nas instalações, agora na segunda quinzena de março já tá melhorando.



  11. #111

    Padrão Re: O futuro dos Provedores de Internet a Rádio.

    Desde que o mundo existe tem as grandes catástrofe, o povo sempre sobreviveu e nessa podemos muito sobrevier também.
    sabe como se chama isso?... trabalho e persistência e no que sabemos fazer e fazer bem feito.
    vocês conhecem aquele ditado o brutos também chora.