Página 2 de 10 PrimeiroPrimeiro 1234567 ... ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #21

    Smile Re: Um bom motivo para se utilizar Intelbras WOM 5000

    Citação Postado originalmente por SantiagoMG Ver Post
    Prezado Jonas, seguindo sua orientação resolvi pesquisar melhor sobre CSMA e TDMA e entender adequadamente como eles funcionam e para que eles servem para então dar uma opinião.

    Mas antes de dar minha opinião, vou fazer um resumo breve e simples do que é o CSMA e TDMA para que caso alguém que venha a ler e este tópico e não saiba o que é, mas tenha curiosidade, fique por dentro. Observação: Essa descrição é somente uma breve descrição sobre o que eu entendi.

    O CSMA e o TDMA são os chamados Métodos de Acesso ao Meio e tem como função organizar a comunicação entre o a AP e as estações, evitando que duas estações transmitam ao mesmo tempo causando colisoões e portanto atraplhando a comunicação.

    Funcionamento do CSMA: Neste método (que é padrão adotado em redes 802.11) o pacote enviado possui um campo que contém duração prevista para sua transmissão. Esta função é conhecida como Detecção Virtual da Portadora, e o campo que carrega esta informação é conhecido como “Duration Field". O valor extraído deste campo é então registrado num contador decrescente conhecido como NAV (Network Allocation Vector).
    Este contador opera como um cronômetro regressivo que enquanto não for igual a zero significa meio ocupado, e quando é igual a zero, meio livre. Após o NAV atingir o valor zero, um tempo aleatório deve ser aguardado antes da EM transmitir. Este tempo aleatório é conhecido como backoff time. Ele foi criado porque a probabilidade de duas EM transmitirem simultaneamente apóscontador NAV atingir zero é bastante considerável, e colisões não seriam evitadas.
    A probabilidade de colisão reduz a valores muito próximos de zero com a implementação do backoff time entretanto, mesmo com a implementação do Backoff time, poderia ocorrer uma colisão, caso um dos nós não recebesse o valor do contador, podendo transmitir achando que o meio estava livre quando na verdade não está, gerando colisão.
    Para evitar esse problema, foi implementado ao CSMA o método RTS/CTS, onde a estação que deseja transmitir envia um pacote RTS para a estação de destino. Se a estação de destino estiver livre, ela responde com um pacote CTS para a estação transmissora. Sendo assim, todas as estações ligadas ao AP ouvem este pacote e não fazem transmissões por um determinado período de tempo, permitindo assim que a estação transmissora envie seus dados e receba o pacote de reconhecimento (ACK) sem chance de colisões, porém ocorre um aumento no overhead.


    Funcionamento do TDMA:
    No TDMA o acesso ao meio é dividido entre as estações concetadas à estação, sendo que cada estação tem um determinado tempo para transmitir, encerrado esse tempo ela tem que aguardar sua próxima vez. Nesse método não ocorrem colisões e existe a possibilidade de priorização.


    Após esse estudo minhas conclusões são as seguintes:

    1- Com a utilização do RTS/CTS, a chance de colisões no CSMA são mínimas, praticamente zero, portanto não há perda significativa com relação à capacidade de clientes conectados quando comparado ao TDMA, na verdade, ao estudar os dois métodos, o CSMA até me pareceu mais eficiente do que o TDMA na gerencia de acesso ao meio, pois uma estação somete ocupa o meio pelo tempo estritamente necessário para sua comunicação. Essa melhor eficiência pode resultar até numa maior capacidade de clientes. Tanto pode ser verdade que os telefones celulares evoluíram do TDMA para o CDMA e não o ocntrário.

    2- Na verdade a única desvantagem do CSMA seria com relação ao maior overhead, o que com certeza vai resultar em uma menor banda ao usar 802.11 ao invés de TDMA, mas que em muitos casos, como o meu por exemplo, não é problema, pois esse aumento na banda também vem acompanhado de um aumento na latencia, e além de tudo minha a limitação nao está na parte wireless e sim na porta ethernet, sendo assim o aumento de banda não seria usufruido e eu só ficaria com o aumento da latência

    3- Essa questão de usar TDMA está me parecendo que na verdade se trata de uma boa estratégia de marketink da Mikrotik e Ubiquiti na tentativa de nos convencerem a usar seus protocolos proprietários e assim ficarmos vinculados a usar somente equipamentos deles.

    Pra finalizar, cabe ressaltar que na minha rede tenho base com quase 50 clientes conectados e que não tem apresentado nehum problema, na verdade estão muito bem até agora. Daqui um tempo essa base vai ter 100 clientes ou mais, aí simj podererei ter certeza se a realmente o TDMA suporta mais clientes que o 802.11


    P.S. Desculpem pela extensão da resposta, mas não tinha como ficar menor.
    A tempos não via aqui uma resposta tão técnica baseada em pesquisas.

    A parte que mais me chamou atenção é quando diz que é uma questão de marketing, isso tem que ser levado e muito em consideração para dizer algo sobre tecnologia. Tem gente por ai que é como papagaio só repete o que os outros dizem, nem se da o trabalho de verificar a veracidade da informação, ao menos você Santiago me parece não fazer parte desse time.PARABÉNS.

  2. #22

    Padrão Re: Um bom motivo para se utilizar Intelbras WOM 5000

    Santiago, você quase entendeu a diferença entre as tecnologias, mas vou te explicar corretamente.

    1) Não é CSMA. É CDMA!

    2) Os celulares evoluíram de CDMA para TDMA, e não o contrário. Não confunda com W-CDMA.

    3) O CDMA funciona da seguinte forma:

    (Sem RTS/CTS). Quando uma estação quer transmitir, ela verifica se não há ninguém transmitindo e então inicia a sua transmissão. Em ambientes indoor, funciona bem, pois todas as estações se "ouvem". Mas em redes outdoor, como as nossas, as estações clientes ficam longe uma das outras e muitas não conseguem escutar as demais. Então a estação cliente inicia a sua transmissão, pensando que ninguém está transmitindo e acontece a famosa "colisão de pacotes", pois duas ou mais estações estão transmitindo ao mesmo tempo.

    (Com RTS/CTS). Ela faz exatamente o que acontece acima, entretanto antes de iniciar a transmissão, o cliente envia um pacote chamado "RTS - Request To Send". O AP então transmite outro pacote chamado "CTS - Clear To Send" quando nenhuma estação está transmitindo, autorizando a estação que solicitou a começar a transmitir. Todos os clientes ouvem esse "CTS" e então param de transmitir, aguardando terminar a transmissão do cliente que solicitou. As colisões de pacotes diminuem com esse recurso, mas não terminam, pois ainda acontecem colisões durante as requisições de RTS e quando alguma estação cliente não escuta o "CTS". O maior problema do RTS/CTS é que isso diminui o throughput da rede, pois para cada transmissão são usados mais 2 pacotes (RTS e CTS). Em alguns casos, a implementação de RTS/CTS causa mais lentidão na rede do que não usa-la.

    4) O TDMA funciona exatamente do jeito que você disse. Cada estação transmite durante o seu tempo, sem necessidade de RTS/CTS, sem colisões de pacotes, de forma ordenada. É a forma mais eficaz de transmissão.

    Santiago, não deixe se enganar. Estude mais, peça opinião das pessoas com mais experiência e verá que os seguintes pontos são verdades incontestáveis.

    Numa rede "outdoor" com muitos clientes:
    - Com CDMA existem MUITAS colisões de pacotes.
    - Com TDMA não existem colisões de pacotes dos clientes da mesma rede.
    - Com CDMA o throughput da rede é menor.
    - Com CDMA a latência é muito variável e chega a causar perda de pacotes.
    - Com TDMA a latência é constante e não há perda de pacotes por esse motivo.
    - TDMA é superior ao CDMA.

    Como você disse, Mikrotik e Ubiquiti querem SIM empurrar TDMA em você. Se você não quer, azar o seu!

    Abraços,
    Jonas Lima



  3. #23

    Padrão Re: Um bom motivo para se utilizar Intelbras WOM 5000

    Citação Postado originalmente por JonasMT Ver Post
    Estou montando um pop novo com apc m5 + Basestation e wom 5000 c/ ipool ON, pronto temos um protoloco tdma rodando na rede correto?

    Pois ja to de saco cheio de rocket queimando porta lan, e sim ja fiz todo o blabla discutido em todo topico. Ubnt é um baita radio pelo seu valor, mas este problema de porta queimando ou caindo pra /10 ja me encheu as paciencia.

    Se ipool nao presta, o geito vai ser continuar sendo mulher de malandro da ubnt.
    Chará, WOM 5000 não tem iPool, portanto é somente CDMA.

  4. #24

    Padrão Re: Um bom motivo para se utilizar Intelbras WOM 5000

    Olá,

    Me dei ao luxo de entrar nesse debate, trabalhei muitos anos com celulares e creio que posso embasar meus conhecimentos nas experiências que tenho na área...

    As extintas Maxitel (TIM), Telemig(Vivo) e ATL (Claro) usavam da tecnologia TDMA em seus aparelhos, no estado de MG, RJ e ES, já a Telefônica (Vivo) era a única que usava CDMA, no estado do RJ, ES e SP se não me engano, e vou te contar, a qualidade de voz era bem melhor, algo até muito citado em suas propagandas, e até pouco antes da implantação do GSM as redes CDMA de celular da Telefônica operavam a todo vapor, inclusive já com planos de pacote de dados, coisas inexistentes no mundo TDMA, sem contar que os aparelhos CDMA era muito mais evoluídos... Aonde entra o Wireless nessa história toda?

    Bem, voz e dados são trafegados em pacotes, logo se a qualidade CDMA é melhor... Tem algo errado aí em dizer que TDMA é tão superior ao CDMA, não tiro o mérito do TDMA, com seus protocolos proprietários, Nv2, AirMax e etc... O tempo passa as coisas evoluem, é a ordem natural das coisas, hoje o TDMA esta sim a frente. Discordo muito de você citar que MK não casa bem com UBNT, ou vice versa, os protocolos proprietários são bons sim!! Mas não essa maravilha toda, basta procurar aqui no fórum, inúmeros casos de pessoas que desligaram o AirMax, por aumento de latência e até mesmo lentidão, creio que uma rede bem planejada e principalmente bem configurada, pode oferecer sim bons resultados em modo "genérico" (todos os equipamentos operando no mesmo modo, no caso N, porém de marcas diferentes) não é o ideal, claro, mas hoje em dia não dá pra se amarrar somente em uma marca, já viu os preços de Intelbrás? A grande incidência de problemas com UBNT? O jeito é levar da maneira que cabe no bolso, e que funcione bem, porque meu amigo, teoria e bancada é uma coisa, agora no campo... A história muda e muito...

    Abraços

    Citação Postado originalmente por jlima2001 Ver Post
    Santiago, você quase entendeu a diferença entre as tecnologias, mas vou te explicar corretamente.

    1) Não é CSMA. É CDMA!

    2) Os celulares evoluíram de CDMA para TDMA, e não o contrário. Não confunda com W-CDMA.

    3) O CDMA funciona da seguinte forma:

    (Sem RTS/CTS). Quando uma estação quer transmitir, ela verifica se não há ninguém transmitindo e então inicia a sua transmissão. Em ambientes indoor, funciona bem, pois todas as estações se "ouvem". Mas em redes outdoor, como as nossas, as estações clientes ficam longe uma das outras e muitas não conseguem escutar as demais. Então a estação cliente inicia a sua transmissão, pensando que ninguém está transmitindo e acontece a famosa "colisão de pacotes", pois duas ou mais estações estão transmitindo ao mesmo tempo.

    (Com RTS/CTS). Ela faz exatamente o que acontece acima, entretanto antes de iniciar a transmissão, o cliente envia um pacote chamado "RTS - Request To Send". O AP então transmite outro pacote chamado "CTS - Clear To Send" quando nenhuma estação está transmitindo, autorizando a estação que solicitou a começar a transmitir. Todos os clientes ouvem esse "CTS" e então param de transmitir, aguardando terminar a transmissão do cliente que solicitou. As colisões de pacotes diminuem com esse recurso, mas não terminam, pois ainda acontecem colisões durante as requisições de RTS e quando alguma estação cliente não escuta o "CTS". O maior problema do RTS/CTS é que isso diminui o throughput da rede, pois para cada transmissão são usados mais 2 pacotes (RTS e CTS). Em alguns casos, a implementação de RTS/CTS causa mais lentidão na rede do que não usa-la.

    4) O TDMA funciona exatamente do jeito que você disse. Cada estação transmite durante o seu tempo, sem necessidade de RTS/CTS, sem colisões de pacotes, de forma ordenada. É a forma mais eficaz de transmissão.

    Santiago, não deixe se enganar. Estude mais, peça opinião das pessoas com mais experiência e verá que os seguintes pontos são verdades incontestáveis.

    Numa rede "outdoor" com muitos clientes:
    - Com CDMA existem MUITAS colisões de pacotes.
    - Com TDMA não existem colisões de pacotes dos clientes da mesma rede.
    - Com CDMA o throughput da rede é menor.
    - Com CDMA a latência é muito variável e chega a causar perda de pacotes.
    - Com TDMA a latência é constante e não há perda de pacotes por esse motivo.
    - TDMA é superior ao CDMA.

    Como você disse, Mikrotik e Ubiquiti querem SIM empurrar TDMA em você. Se você não quer, azar o seu!

    Abraços,
    Jonas Lima



  5. #25

    Padrão Re: Um bom motivo para se utilizar Intelbras WOM 5000

    Citação Postado originalmente por Smart Ver Post
    Olá,

    Me dei ao luxo de entrar nesse debate, trabalhei muitos anos com celulares e creio que posso embasar meus conhecimentos nas experiências que tenho na área...

    As extintas Maxitel (TIM), Telemig(Vivo) e ATL (Claro) usavam da tecnologia TDMA em seus aparelhos, no estado de MG, RJ e ES, já a Telefônica (Vivo) era a única que usava CDMA, no estado do RJ, ES e SP se não me engano, e vou te contar, a qualidade de voz era bem melhor, algo até muito citado em suas propagandas, e até pouco antes da implantação do GSM as redes CDMA de celular da Telefônica operavam a todo vapor, inclusive já com planos de pacote de dados, coisas inexistentes no mundo TDMA, sem contar que os aparelhos CDMA era muito mais evoluídos... Aonde entra o Wireless nessa história toda?

    Bem, voz e dados são trafegados em pacotes, logo se a qualidade CDMA é melhor... Tem algo errado aí em dizer que TDMA é tão superior ao CDMA, não tiro o mérito do TDMA, com seus protocolos proprietários, Nv2, AirMax e etc... O tempo passa as coisas evoluem, é a ordem natural das coisas, hoje o TDMA esta sim a frente. Discordo muito de você citar que MK não casa bem com UBNT, ou vice versa, os protocolos proprietários são bons sim!! Mas não essa maravilha toda, basta procurar aqui no fórum, inúmeros casos de pessoas que desligaram o AirMax, por aumento de latência e até mesmo lentidão, creio que uma rede bem planejada e principalmente bem configurada, pode oferecer sim bons resultados em modo "genérico" (todos os equipamentos operando no mesmo modo, no caso N, porém de marcas diferentes) não é o ideal, claro, mas hoje em dia não dá pra se amarrar somente em uma marca, já viu os preços de Intelbrás? A grande incidência de problemas com UBNT? O jeito é levar da maneira que cabe no bolso, e que funcione bem, porque meu amigo, teoria e bancada é uma coisa, agora no campo... A história muda e muito...

    Abraços

    Boa meu garoto, penso assim como você. Conheço as tecnologias também, antes de ter o provedor tinha uma autorizada de aparelhos eletrônicos, tinha 10 autorizadas e estava sempre trabalhando dia a dia com o que aparecia de mais recente no Brasil.

    Conheço também as armadilhas da industria, temos uma rede de porte médio aqui e me peguei muito dependente da UBNT, então resolvi ''descentralizar'' e montar outros POP's com outras tecnologias, até agora está indo bem, sem usar protocolo proprietário as minhas opções de hardware são diversas, temos mais de 800 clientes em protocolos proprietários e quero acabar com essa dependência.

    Trabalhamos com setorização e cada POP nosso vai em média 100 clientes, então montei o POP intelbrás (só em N) e estamos associando os clientes neles, o bom dessa experiência é que estamos descobrindo hardwares de qualidade que não deixam nada a desejar a Ubiquiti como a antena da Maxxstation, é uma maravilha, depois de atualizar o firmware dela ela trabalha em (A,B,N) acredite, pode-se ativar o Airmax ou não dependendo do que se precisa ela é a antena (atualmente) ideal.

  6. #26

    Padrão Re: Um bom motivo para se utilizar Intelbras WOM 5000

    Citação Postado originalmente por jlima2001 Ver Post
    Santiago, você quase entendeu a diferença entre as tecnologias, mas vou te explicar corretamente.

    1) Não é CSMA. É CDMA!
    Caro Jonas,

    Primeiro, uma frase: "Pelo amor..."

    Na boa... Nunca mais cometa esse terrível erro!! Do contrário, seus comentários serão desconsiderados totalmente.
    Tecnologia Wi-Fi (802.11) é CSMA/CA!!! Não é CDMA!! CDMA é coisa de telefonia celular!!



  7. #27

    Padrão Re: Um bom motivo para se utilizar Intelbras WOM 5000

    Citação Postado originalmente por GuileW Ver Post
    Caro Jonas,

    Primeiro, uma frase: "Pelo amor..."

    Na boa... Nunca mais cometa esse terrível erro!! Do contrário, seus comentários serão desconsiderados totalmente.
    Tecnologia Wi-Fi (802.11) é CSMA/CA!!! Não é CDMA!! CDMA é coisa de telefonia celular!!
    Valeu pela dica.

  8. #28

    Padrão Re: Um bom motivo para se utilizar Intelbras WOM 5000

    Pra quem quer ter motivo bom, teste a nova solução Krazer.

    Novas CPEs 5.8GHz Plataforma Atheros - 150Mbps 1T1R A partir de R$ 149.90 e MiMo 300Mbps 2T2R - AirOS compativeis

    Atenção!

    A todos os clientes e amigos do UNDERLINUX, a Krazer irá oferecer equipamentos 5GHz compatível com rede Ubiquiti e AirMax por um preço especial.

    A CPE Krazer 5GHz 1T1R 150Mbps 26dbm com Antena de 18dBi (abertura 60 graus) c/ fonte PoE e Suporte Pan e Tilt a R$ 149.90 (R$ 169.90) * Roda AirMax 5.1.2

    A CPE Krazer 5GHz 1T1R 150Mbps 26dbm com Antena de 20dBi XPOL (abertura 20 graus) c/ fonte PoE e Suporte Pan e Tilt a R$ 163.90 (R$ 189.90) * Roda AirMax 5.1.2

    Com a Antena de 20dBi XPOL a distancia e a largura de banda fica excelente, recomendo ela!

    Para clientes com necessidades de MiMo 2T2R HxV 300Mbps, segue a proposta do novo equipamento lançado em fevereiro que concorre com a NM5 e MaxxStation.

    Krazer KN5 = 300Mbps Atheros 2x2 até 1000mW de potência antena integrada de 18dBi c/ fonte poe 24v a R$ 189.90 (frete gratis acima de 10 peças via PAC ou Transportadora para todo brasil)
    http://www.krazer.com.br/cpekn5/

    entrem em contato direto com a venda na fabrica.

    aceitamos pagamento com cartão bndes.

    todos produtos com nota fiscal.

    Gerente de Vendas: Val Campos
    [email protected]
    Vivo Fixo: (19) 3256-5557
    Vivo Fixo: (19) 3245-0708
    NET Fixo: (19) 3342-8100
    Tim Fixo: (19) 4107-1111
    Tim Cel: (19) 8421-3666
    Nextel: (19) 7824-5217
    Radiol: 55*85*159811



  9. #29

    Padrão Re: Um bom motivo para se utilizar Intelbras WOM 5000

    Citação Postado originalmente por GuileW Ver Post
    Caro Jonas,

    Primeiro, uma frase: "Pelo amor..."

    Na boa... Nunca mais cometa esse terrível erro!! Do contrário, seus comentários serão desconsiderados totalmente.
    Tecnologia Wi-Fi (802.11) é CSMA/CA!!! Não é CDMA!! CDMA é coisa de telefonia celular!!
    Colega, vamos por partes aqui.

    CSMA/CA quer dizer: Carrier sense multiple access with collision avoidance (Acesso múltiplo com verificação de portadora com anulação/prevenção de colisão) [1]

    Também temos uma variante da técnica, que seria: Carrier Sense Multiple Access with Collision Detection [2]

    O CSMA/CA usa o RTS/CTS para controle e prevencao de colisao de pacotes.

    Porque as colisoes de pacotes devem ser evitadas?
    R: Porque elas podiam derrubar uma rede, no caso das redes em topologia anel usando cabos coaxiais, como redes Token Ring [3] da IBM. Nessas redes, o meio físico é compartilhado, afinal, era um único cabo coaxial ligando todas as estacoes. Se duas ou mais máquinas fossem enviar dados ao mesmo tempo, haveria colisao de pacotes, já que o meio era compartilhado. Para evitar isso, foi criado as técnicas de acesso ao meio, CSMA e suas variantes CA e CD.

    CA[4] previne a colisao de pacotes usando RTS (Request to Send), que é um pacote que o ap cliente envia para o ap emissor perguntando se ele pode enviar, e o CTS (Clear to Send) no qual o ap emissor avisa ao ap cliente que o meio está livre por "x" microssegundos e ele pode transmitir. Essa técnica evita o nó escondido que foi levantando em um tópico criado pelo colega @1929; salvo engano.

    Quando eu comecei a estudar redes, isso em 2002, aprendi sobre o CSMA/CD, e com os anos fui aperfeicoando o conhecimento e a cada dia entendo mais o que essas 6 letras querem dizer. Em redes Ethernet cabeadas usando um HUB, a colisao de pacotes era algo comum, que afetava a rede, pois as estacoes tinham que retransmitir várias vezes. Com o uso de Switchs isso diminui, e com a evolucao, em redes Gigabit isso já nem existe (colisao de pacotes).

    Demorei alguns anos (10 na verdade) para entender que o meio físico em redes Ethernet cabeadas era o cabo de rede e que por sua vez, a analogia poderia ser carregada aos ares, ao espectro radioelétrico, no qual o meio físico sao os canais, logo todos (o provedor, seus clientes e seus concorrentes) que usam um determinado canal compartem o meio físico, e como já foi mencionado acima, nem todos os participantes da concorrência do canal tem como saber se estao transmitindo ou nao, e todos comecam a transmitir na esperanca de serem escutados.

    De fato, CDMA e TDMA sao coisas diferentes ao CSMA (CA ou CD), já que quando falamos em CSMA falamos em acesso ao meio, e quando falamos em CDMA e TDMA falamos em protocolos de transmissao usando o meio.

    CDMA [5]
    CDMA (Code Division Multiple Access, ou Acesso Múltiplo por Divisão de Código) é um método de acesso a canais em sistemas de comunicação. É utilizado tanto para a telefonia celularquanto para o rastreamento via satélite (GPS) e usa os prefixos tecnológicos como o IS-95 da 1.ª geração -1G- e o tão popular IS-2000 da 3.ª geração -3G.
    Ele usa uma forma de codificar os dados e dividir por canais e enviar tudo ao mesmo tempo. É uma forma de envio de dados.

    TDMA [6]
    A sigla TDMA vem do inglês Time Division Multiple Access , que quer dizer "Acesso Múltiplo por Divisão de Tempo"
    Aqui a técnica é dividir os dados e enviar em "subcanais", quer dizer, dentro de um canal, ele pega uma frequência e manda uma quantidade de dados, pega outra frequência e manda outra quantidade de dados. Com isso ele foge da interfência e da colisao de pacotes, já que se algum dado se perder, basta com que o receptor envie un noack e o emissor envia apenas os dados faltantes.

    Fazendo uma analogia ao transito seria como se ao invés de mandar um determinado lote de mercadorias por caminhao (facilitaria o transporte, já que vai tudo de uma vez por um único meio), dividissemos o envio entre 3 motocicletas. No caso das motos, o envio só estaria completo quando as 3 chegassem e montassem o pacote enviado, e se um motociclista sofresse algum acidente, era só dar uma ligada e pedir para a agência enviar novamente (uma cópia do) o pacote que o motorista acidentado estava transportando.
    Se o caminhao sofresse um acidente, teriam que enviar tudo novamente.

    Cada técnica e protocolo de transmissao tem sua vantagem/desvantagem, cabe a nós escolher o melhor.

    Referências:

    [1] http://pt.wikipedia.org/wiki/CSMA/CA
    [2] http://pt.wikipedia.org/wiki/CSMA/CD
    [3] http://pt.wikipedia.org/wiki/Token_Ring
    [4] http://en.wikipedia.org/wiki/IEEE_802.11_RTS/CTS
    [5] http://pt.wikipedia.org/wiki/Cdma
    [6] http://pt.wikipedia.org/wiki/Tdma

  10. #30

    Padrão Re: Um bom motivo para se utilizar Intelbras WOM 5000

    Citação Postado originalmente por filzek Ver Post
    Pra quem quer ter motivo bom, teste a nova solução Krazer.

    Novas CPEs 5.8GHz Plataforma Atheros - 150Mbps 1T1R A partir de R$ 149.90 e MiMo 300Mbps 2T2R - AirOS compativeis

    Atenção!

    A todos os clientes e amigos do UNDERLINUX, a Krazer irá oferecer equipamentos 5GHz compatível com rede Ubiquiti e AirMax por um preço especial.

    A CPE Krazer 5GHz 1T1R 150Mbps 26dbm com Antena de 18dBi (abertura 60 graus) c/ fonte PoE e Suporte Pan e Tilt a R$ 149.90 (R$ 169.90) * Roda AirMax 5.1.2

    A CPE Krazer 5GHz 1T1R 150Mbps 26dbm com Antena de 20dBi XPOL (abertura 20 graus) c/ fonte PoE e Suporte Pan e Tilt a R$ 163.90 (R$ 189.90) * Roda AirMax 5.1.2

    Com a Antena de 20dBi XPOL a distancia e a largura de banda fica excelente, recomendo ela!

    Para clientes com necessidades de MiMo 2T2R HxV 300Mbps, segue a proposta do novo equipamento lançado em fevereiro que concorre com a NM5 e MaxxStation.

    Krazer KN5 = 300Mbps Atheros 2x2 até 1000mW de potência antena integrada de 18dBi c/ fonte poe 24v a R$ 189.90 (frete gratis acima de 10 peças via PAC ou Transportadora para todo brasil)
    http://www.krazer.com.br/cpekn5/

    entrem em contato direto com a venda na fabrica.

    aceitamos pagamento com cartão bndes.

    todos produtos com nota fiscal.

    Gerente de Vendas: Val Campos
    [email protected]
    Vivo Fixo: (19) 3256-5557
    Vivo Fixo: (19) 3245-0708
    NET Fixo: (19) 3342-8100
    Tim Fixo: (19) 4107-1111
    Tim Cel: (19) 8421-3666
    Nextel: (19) 7824-5217
    Radiol: 55*85*159811
    Erick, boa tarde!

    Não entendi o preço da antena, é R$ 149.00, ou R$ 169.00 ?



  11. #31

    Padrão Re: Um bom motivo para se utilizar Intelbras WOM 5000

    Prezado Jonas, primeiramente gostaria de agradecer pelas respostas, que são muito claras, didáticas e num excelente nível técnico, e também gostaria de agradecer por ter instigado o debate sobre o uso do protocolo TDMA, pois até ontem nem sabia como funcionava corretamente essa questão de controle de acesso ao meio.

    Bom, mas para dar prosseguimento ao debate, eu vou colar abaixo um link de um excelente material sobre o padrão IEEE 802.11 do Departamento de Engenharia de Sistema da UFRJ, para servir de referencia para algumas colocações que vou fazer. E sugiro a todos que leiam o documeto inteiro, pois é EXCELENTE!!


    http://www.garf.coppe.ufrj.br/PDFs/csma_ca_eduardo.pdf


    Minhas Observações:

    1- Jonas, com relação à nomenclatura, infelizmente tenho que lhe informar que o equívoco ocorrido foi de sua parte mesmo, e o o nome correto adotado pela IEEE é CSMA e não CDMA. Na verdade o mais correto mesmo é CSMA-CA. Mas na verdade isso nem é tão importante, o importante é entender o funcionamento e isso você demonstrou que conhece plenamente.

    2- Mas o que tem chamado minha atenção é essa informação de que o TDMA suporta mais clientes conectados do que o CSMA-CA, pois não consegui encontrar em nenhum outro documento a não ser dos próprios fabricantes Mikrotik e Ubiquiti, sendo que a única explicação que eles dão para esse aumento da capacidade é a inexistência de colisão e o menor overhead, mas agora analisando mais friamente a gente começa a notar que essas colisões não são tão prejudiciais assim e que na verdade elas não acontecem com a intensidade que eles nos fazem acreditar que acontecem, principalmente com o uso do RTS/CTS

    E para ficar ainda mais fundamentado vejam o que está escrito nesse documento da UFRJ que postei o link, em sua pagina 2: "Quando falamos de protocolos de acesso ao meio estamos interessados em encontrar uma forma eficiente de compartilhar o recurso mais caro e escasso de uma rede de telecomunicações, o meio de transmissão. É importantíssimo perceber também que um canal compartilhado é uma excelente forma de prover conectividade entre várias estações. Nas redes de computadores o tráfego é dito ser em rajadas ou seja, uma estação gera tráfego durante muito pouco tempo mas quando o faz necessita de muitos recurso da rede .Devido a esta característica os métodos de alocação fixa como o TDMA e o FDMA não são uma boa solução. É mais sensato pensar num método onde toda a banda seja alocada a um único usuário durante um curto período de tempo. O jogo neste caso é como controlar o acesso a este canal compartilhado de uma forma que a banda de transmissão seja dividida de forma eficiente entre os muitos usuários."


    3- Com relação ao prejuízo à comunicação causado pelas colisões e sobre o uso do RTS/CTS também é necessário nós refletirmos e ver se vale a pena usar ou não, pois vejam o que está descrito no documento da UFRJ em sua página 13, após analisarem a utilização do RTS/CTS: "...a diferença fundamental entre os dois modos de acesso, enquanto o modo básico apresenta um overhead maior, quando ocorre uma colisão, o tempo desperdiçado no modo de reserva é muito menor (igual ao RTS), intuitivamente pode-se concluir que a eficiência dos dois é função do tamanho do pacote, se o pacote for pequeno não existe motivo para realizar uma reserva de recursos é melhor transmitir imediatamente, mas se o pacote for grande o modo de reserva é melhor pois se houver uma colisão o tempo período com esta colisão é bem melhor, por isso que o padrão especificou um modo híbrido de funcionamento que utiliza o mecanismo de RTS/CTS apenas quando os quadro são maiores que um certo valor."



    4- Com relação ao troughput e ao links de longa distância, pelo menos pra mim não há dúvidas que o NV2 e Airmax tem se mostrado melhor. Pois em todos os testes que realizei houve ganho quando de sua implementação no lugar do 802.11.


    5- Já com relação ao número de clientes por setor até o momento a minha conclusão é de que realmente existe uma grande chance dessa "tendência" mercadológica de pregar em usar TDMA na verdade ser muito mais um apelo de marketing para ficarmos vinculados a um fabricante e não fundamentado em razões técnicas. Talvez até seja melhor mesmo em uma determinada rede, pelas características dessa rede específica, mas não dá pra afirmarem que será melhor em todos e nem na maioria dos casos.

    Na minha opinião o ideal será nós mesmos concluirmos isso através de testes práticos para então descobrirmos a realidade, pois pelo menos na teoria o TDMA perde para o CSMA-CA no quesito número clientes por base.

  12. #32

    Padrão Re: Um bom motivo para se utilizar Intelbras WOM 5000

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Jonas, você já montou o pop? E este Wom 5000 já foi ativado? Pois vendo no site da Intelbrás, não cita que ele tenha o Ipool (Tdma). Já a linha APC tenho certeza que tem.

    Quanto ao RTS, faço uso deste recurso com bons resultados.
    Mas ele não deve se igualar ou suplantar o TDMA.
    Não uso TDMA para comparar, mas esta tem sido a tendência dos fabricantes.
    Tanto é que está aí o Airmax, NV2, Ipool.

    Na verdade uso, mas em ponto a ponto nas repetidoras. Então não dá para fazer comparações.

    O aumento de banda pelo que entendi deve se dar por causa do protocolo N aliado ao Mimo que alguns modelos apresentam.
    Tanto é que se for 1x1 o máximo é 65mbps que agregado seriam os 150mbps anunciados nos produtos.
    o 2x2 é que teoricamente daria os 300mbps.

    Já o controle de choque de pacotes com tdma que não tem a ver com a banda passante parece ser mais eficiente, pelo que andei lendo.
    Nao montei ainda, no momento subi apenas 2x das 4 basestation c/ rocket.

    Como tenho 2 apc para aqui "comprei para um ptp mas acabei usando rocket" pensei em usar ambos junto com a rocket e nos cliente wom e comparar com as celular que ja tenho com base+rocket + airmax on

    Mesmo com clientes a 600mts em media poluiçao "quase 0" o dtma faria tanta diferença?


    edit:
    filzek
    Quanto aos equipes da krauzer seria possivel comprar apenas umas 2 a 3 unidades para teste?



  13. #33

    Padrão Re: Um bom motivo para se utilizar Intelbras WOM 5000

    Santiago, ao menos em teoria, a vantagem de nao termos colisoes de pacotes é de nao ter ou ter menos reenvios.

    Cada reenvio de pacotes que alguém tem que fazer, seja o ap emissor ou ap receptor, gasta-se tempo e recursos da rede, se pudermos evitar isso, economizamos algo em recursos e aumentamos a banda passante, pois ao evitar reenviar pacotes, podemos ocupar a rede com enviar pacotes "úteis".

    Segundo li o Zé Alves comentando, um equipamento UBNT M pode ter 111 conexoes simultâneas (a limitacao é interna no software), e caso tenhamos um cliente 112, ele entra na lista de espera. Sem o uso do Airmax, esse rádio conectaria uns 80 clientes, embora encontre isso relativo, mas nao tenho dados técnicos para corroborar ou reprovar a informacao.

    De fato, o uso de TDMA é mais mercadológica do que técnica, por isso como já vi vários colegas falando aqui, na hora que a bomba explodir e um fabricante abandonar o barco, basta desativar o protocolo proprietário e viver de N puro, coisa que o Andrio já faz a tempos.

    Hoje eu tenho um setor com UBNT, e como já ando com um pé atrás com eles, estou pensando em:
    1-Chutar o protocolo para as cucuias e fazer uma salada mista de equipamentos N no segundo pop;
    2-Testar outro provedor de equipamentos (seja Mikrotik, seja Intelbras, seja Deliberant, seja quem for);
    3-Dar uma nova chance a UBNT e continuar o pop com Airmax.

    De tudo, a única coisa que tenho certeza é que compensa trabalhar com N puro, nada de B/G, já que ai temos limitacoes na banda passante, coisa que o N aumenta.

  14. #34

    Padrão Re: Um bom motivo para se utilizar Intelbras WOM 5000

    A Wom 5000 não tem o protocolo Ipool, uso ela aqui e não tem.



  15. #35

    Padrão Re: Um bom motivo para se utilizar Intelbras WOM 5000

    Pessoal, esse WOM 5000 nao é o modelo Tp-Link licenciado pela Intelbras? Se for nao tem protocolo proprietário nao.

    Os Intelbras que tem ipool sao os APC e os PtP, que sao equipamentos Ligowave/Deliberant licenciados.

  16. #36

    Padrão Re: Um bom motivo para se utilizar Intelbras WOM 5000

    Citação Postado originalmente por Roberto21 Ver Post
    A Wom 5000 não tem o protocolo Ipool, uso ela aqui e não tem.
    Como esta o desempenho da criança?

    Tive informaçao hj de um revendedor que embreve intelbras vai lançar um concorrente para o nano loco m5 mas desta vez com ipool. Unica parte ruim é que os valores vao ser semelhantes.

    Como meu pop central vou manter o airmax ON, pretendo pegar umas antenas krazer e maxxstation para teste

    edit:

    EribertoTorres

    Ja falei para alguns revendedores e eles tem batido o pé que nao é a mesma antena.
    Proxima semana devo receber algumas e ja tiro a duvida.



  17. #37

    Padrão Re: Um bom motivo para se utilizar Intelbras WOM 5000

    Santiago, neste ponto, o texto da UFRJ não faz sentido:

    Nas redes de computadores o tráfego é dito ser em rajadas ou seja, uma estação gera tráfego durante muito pouco tempo mas quando o faz necessita de muitos recurso da rede .Devido a esta característica os métodos de alocação fixa como o TDMA e o FDMA não são uma boa solução. É mais sensato pensar num método onde toda a banda seja alocada a um único usuário durante um curto período de tempo.
    O que o TDMA faz é exatamente isso: alocar toda a banda a um único usuário durante um curto período de tempo.

    Isto é exatamente o que a UFRJ diz ser o mais sensato, mas diz que TDMA não é uma boa solução. Completamente sem sentido!

    Quando digo que o TDMA é melhor que o CSMA, afirmo isso por conhecimento técnico e por experiência própria.

    Na minha rede, existem as 2 tecnologias funcionando e digo: o desempenho nos POP's com TDMA é substancialmente melhor que nos demais. Devido a essa minha experiência é que me embaso ao indicar para todos redes com TDMA.

    Abraços,
    Jonas Lima

  18. #38

    Padrão Re: Um bom motivo para se utilizar Intelbras WOM 5000

    Olá Jonas!

    O desempenho é o ''esperado'' fora alguns bugzinhos que a antena tem no que diz respeito ao firmware tá rodando de boa como o esperado em ''N''.

    Nos ultimos 10 dias tiveram 3 atualizações de firmware, nessa terceira a antena chegou na estabilidade, antes estava uma porcaria.

    Quanto a maxxstation vai sem medo (rsss) coloca o firmware 5.1.2 e surpreenda-se...Estou pedindo mais 20 maxxstation para o POP em N, se precisar vai para o POP Airmaxx.

    Minha ideia inicial foi fugir da dependência de protocolos proprietários, e me surpreendi com o desempenho de algumas antenas, a questão é que nós elegemos o Airmax como o melhor e nem nos damos o trabalho de testar outras, e quando testamos se ela der qualquer problema já condenamos a antena, o que estou fazendo é dar uma chance a outros fabricantes e como disse algumas como a Maxxstation não fica atras não.



  19. #39

    Padrão Re: Um bom motivo para se utilizar Intelbras WOM 5000

    Agora tao oficializando a pirataria em cima do Airmax, mas todos funcionam com o sistema até a versao 5.1.2. Nao seria mais bonito licenciar o protocolo e usar uma versao atual?

    Jonas, eu lembro que alguns equipamentos da Intelbras sao Tp-Links remarcados, aqui no fórum mesmo me tiraram a dúvida e quero ver esse CPE com Ipool, se for verdade, estao aparecendo concorrentes de peso e nome para a UBNT no mercado, e eles que criem vergonha na cara e coloquem produtos na rua e melhorem a qualidade dos equipamentos.

  20. #40

    Padrão Re: Um bom motivo para se utilizar Intelbras WOM 5000

    Bom a procura por equipamentos UBNT é ENORME por isso o preço não cai nunca, o que aconteceu com CD/DVD vai acontecer com Airmax...Simples assim.

    A maxxstation funciona também com o ultimo firmware da ubnt...Só tem um probleminha com o MAC (rsss)