+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por SantiagoMG Ver Post
    Prezado Jonas, seguindo sua orientação resolvi pesquisar melhor sobre CSMA e TDMA e entender adequadamente como eles funcionam e para que eles servem para então dar uma opinião.

    Mas antes de dar minha opinião, vou fazer um resumo breve e simples do que é o CSMA e TDMA para que caso alguém que venha a ler e este tópico e não saiba o que é, mas tenha curiosidade, fique por dentro. Observação: Essa descrição é somente uma breve descrição sobre o que eu entendi.

    O CSMA e o TDMA são os chamados Métodos de Acesso ao Meio e tem como função organizar a comunicação entre o a AP e as estações, evitando que duas estações transmitam ao mesmo tempo causando colisoões e portanto atraplhando a comunicação.

    Funcionamento do CSMA: Neste método (que é padrão adotado em redes 802.11) o pacote enviado possui um campo que contém duração prevista para sua transmissão. Esta função é conhecida como Detecção Virtual da Portadora, e o campo que carrega esta informação é conhecido como “Duration Field". O valor extraído deste campo é então registrado num contador decrescente conhecido como NAV (Network Allocation Vector).
    Este contador opera como um cronômetro regressivo que enquanto não for igual a zero significa meio ocupado, e quando é igual a zero, meio livre. Após o NAV atingir o valor zero, um tempo aleatório deve ser aguardado antes da EM transmitir. Este tempo aleatório é conhecido como backoff time. Ele foi criado porque a probabilidade de duas EM transmitirem simultaneamente apóscontador NAV atingir zero é bastante considerável, e colisões não seriam evitadas.
    A probabilidade de colisão reduz a valores muito próximos de zero com a implementação do backoff time entretanto, mesmo com a implementação do Backoff time, poderia ocorrer uma colisão, caso um dos nós não recebesse o valor do contador, podendo transmitir achando que o meio estava livre quando na verdade não está, gerando colisão.
    Para evitar esse problema, foi implementado ao CSMA o método RTS/CTS, onde a estação que deseja transmitir envia um pacote RTS para a estação de destino. Se a estação de destino estiver livre, ela responde com um pacote CTS para a estação transmissora. Sendo assim, todas as estações ligadas ao AP ouvem este pacote e não fazem transmissões por um determinado período de tempo, permitindo assim que a estação transmissora envie seus dados e receba o pacote de reconhecimento (ACK) sem chance de colisões, porém ocorre um aumento no overhead.


    Funcionamento do TDMA:
    No TDMA o acesso ao meio é dividido entre as estações concetadas à estação, sendo que cada estação tem um determinado tempo para transmitir, encerrado esse tempo ela tem que aguardar sua próxima vez. Nesse método não ocorrem colisões e existe a possibilidade de priorização.


    Após esse estudo minhas conclusões são as seguintes:

    1- Com a utilização do RTS/CTS, a chance de colisões no CSMA são mínimas, praticamente zero, portanto não há perda significativa com relação à capacidade de clientes conectados quando comparado ao TDMA, na verdade, ao estudar os dois métodos, o CSMA até me pareceu mais eficiente do que o TDMA na gerencia de acesso ao meio, pois uma estação somete ocupa o meio pelo tempo estritamente necessário para sua comunicação. Essa melhor eficiência pode resultar até numa maior capacidade de clientes. Tanto pode ser verdade que os telefones celulares evoluíram do TDMA para o CDMA e não o ocntrário.

    2- Na verdade a única desvantagem do CSMA seria com relação ao maior overhead, o que com certeza vai resultar em uma menor banda ao usar 802.11 ao invés de TDMA, mas que em muitos casos, como o meu por exemplo, não é problema, pois esse aumento na banda também vem acompanhado de um aumento na latencia, e além de tudo minha a limitação nao está na parte wireless e sim na porta ethernet, sendo assim o aumento de banda não seria usufruido e eu só ficaria com o aumento da latência

    3- Essa questão de usar TDMA está me parecendo que na verdade se trata de uma boa estratégia de marketink da Mikrotik e Ubiquiti na tentativa de nos convencerem a usar seus protocolos proprietários e assim ficarmos vinculados a usar somente equipamentos deles.

    Pra finalizar, cabe ressaltar que na minha rede tenho base com quase 50 clientes conectados e que não tem apresentado nehum problema, na verdade estão muito bem até agora. Daqui um tempo essa base vai ter 100 clientes ou mais, aí simj podererei ter certeza se a realmente o TDMA suporta mais clientes que o 802.11


    P.S. Desculpem pela extensão da resposta, mas não tinha como ficar menor.
    A tempos não via aqui uma resposta tão técnica baseada em pesquisas.

    A parte que mais me chamou atenção é quando diz que é uma questão de marketing, isso tem que ser levado e muito em consideração para dizer algo sobre tecnologia. Tem gente por ai que é como papagaio só repete o que os outros dizem, nem se da o trabalho de verificar a veracidade da informação, ao menos você Santiago me parece não fazer parte desse time.PARABÉNS.

  2. Santiago, você quase entendeu a diferença entre as tecnologias, mas vou te explicar corretamente.

    1) Não é CSMA. É CDMA!

    2) Os celulares evoluíram de CDMA para TDMA, e não o contrário. Não confunda com W-CDMA.

    3) O CDMA funciona da seguinte forma:

    (Sem RTS/CTS). Quando uma estação quer transmitir, ela verifica se não há ninguém transmitindo e então inicia a sua transmissão. Em ambientes indoor, funciona bem, pois todas as estações se "ouvem". Mas em redes outdoor, como as nossas, as estações clientes ficam longe uma das outras e muitas não conseguem escutar as demais. Então a estação cliente inicia a sua transmissão, pensando que ninguém está transmitindo e acontece a famosa "colisão de pacotes", pois duas ou mais estações estão transmitindo ao mesmo tempo.

    (Com RTS/CTS). Ela faz exatamente o que acontece acima, entretanto antes de iniciar a transmissão, o cliente envia um pacote chamado "RTS - Request To Send". O AP então transmite outro pacote chamado "CTS - Clear To Send" quando nenhuma estação está transmitindo, autorizando a estação que solicitou a começar a transmitir. Todos os clientes ouvem esse "CTS" e então param de transmitir, aguardando terminar a transmissão do cliente que solicitou. As colisões de pacotes diminuem com esse recurso, mas não terminam, pois ainda acontecem colisões durante as requisições de RTS e quando alguma estação cliente não escuta o "CTS". O maior problema do RTS/CTS é que isso diminui o throughput da rede, pois para cada transmissão são usados mais 2 pacotes (RTS e CTS). Em alguns casos, a implementação de RTS/CTS causa mais lentidão na rede do que não usa-la.

    4) O TDMA funciona exatamente do jeito que você disse. Cada estação transmite durante o seu tempo, sem necessidade de RTS/CTS, sem colisões de pacotes, de forma ordenada. É a forma mais eficaz de transmissão.

    Santiago, não deixe se enganar. Estude mais, peça opinião das pessoas com mais experiência e verá que os seguintes pontos são verdades incontestáveis.

    Numa rede "outdoor" com muitos clientes:
    - Com CDMA existem MUITAS colisões de pacotes.
    - Com TDMA não existem colisões de pacotes dos clientes da mesma rede.
    - Com CDMA o throughput da rede é menor.
    - Com CDMA a latência é muito variável e chega a causar perda de pacotes.
    - Com TDMA a latência é constante e não há perda de pacotes por esse motivo.
    - TDMA é superior ao CDMA.

    Como você disse, Mikrotik e Ubiquiti querem SIM empurrar TDMA em você. Se você não quer, azar o seu!

    Abraços,
    Jonas Lima



  3. Citação Postado originalmente por JonasMT Ver Post
    Estou montando um pop novo com apc m5 + Basestation e wom 5000 c/ ipool ON, pronto temos um protoloco tdma rodando na rede correto?

    Pois ja to de saco cheio de rocket queimando porta lan, e sim ja fiz todo o blabla discutido em todo topico. Ubnt é um baita radio pelo seu valor, mas este problema de porta queimando ou caindo pra /10 ja me encheu as paciencia.

    Se ipool nao presta, o geito vai ser continuar sendo mulher de malandro da ubnt.
    Chará, WOM 5000 não tem iPool, portanto é somente CDMA.

  4. Olá,

    Me dei ao luxo de entrar nesse debate, trabalhei muitos anos com celulares e creio que posso embasar meus conhecimentos nas experiências que tenho na área...

    As extintas Maxitel (TIM), Telemig(Vivo) e ATL (Claro) usavam da tecnologia TDMA em seus aparelhos, no estado de MG, RJ e ES, já a Telefônica (Vivo) era a única que usava CDMA, no estado do RJ, ES e SP se não me engano, e vou te contar, a qualidade de voz era bem melhor, algo até muito citado em suas propagandas, e até pouco antes da implantação do GSM as redes CDMA de celular da Telefônica operavam a todo vapor, inclusive já com planos de pacote de dados, coisas inexistentes no mundo TDMA, sem contar que os aparelhos CDMA era muito mais evoluídos... Aonde entra o Wireless nessa história toda?

    Bem, voz e dados são trafegados em pacotes, logo se a qualidade CDMA é melhor... Tem algo errado aí em dizer que TDMA é tão superior ao CDMA, não tiro o mérito do TDMA, com seus protocolos proprietários, Nv2, AirMax e etc... O tempo passa as coisas evoluem, é a ordem natural das coisas, hoje o TDMA esta sim a frente. Discordo muito de você citar que MK não casa bem com UBNT, ou vice versa, os protocolos proprietários são bons sim!! Mas não essa maravilha toda, basta procurar aqui no fórum, inúmeros casos de pessoas que desligaram o AirMax, por aumento de latência e até mesmo lentidão, creio que uma rede bem planejada e principalmente bem configurada, pode oferecer sim bons resultados em modo "genérico" (todos os equipamentos operando no mesmo modo, no caso N, porém de marcas diferentes) não é o ideal, claro, mas hoje em dia não dá pra se amarrar somente em uma marca, já viu os preços de Intelbrás? A grande incidência de problemas com UBNT? O jeito é levar da maneira que cabe no bolso, e que funcione bem, porque meu amigo, teoria e bancada é uma coisa, agora no campo... A história muda e muito...

    Abraços

    Citação Postado originalmente por jlima2001 Ver Post
    Santiago, você quase entendeu a diferença entre as tecnologias, mas vou te explicar corretamente.

    1) Não é CSMA. É CDMA!

    2) Os celulares evoluíram de CDMA para TDMA, e não o contrário. Não confunda com W-CDMA.

    3) O CDMA funciona da seguinte forma:

    (Sem RTS/CTS). Quando uma estação quer transmitir, ela verifica se não há ninguém transmitindo e então inicia a sua transmissão. Em ambientes indoor, funciona bem, pois todas as estações se "ouvem". Mas em redes outdoor, como as nossas, as estações clientes ficam longe uma das outras e muitas não conseguem escutar as demais. Então a estação cliente inicia a sua transmissão, pensando que ninguém está transmitindo e acontece a famosa "colisão de pacotes", pois duas ou mais estações estão transmitindo ao mesmo tempo.

    (Com RTS/CTS). Ela faz exatamente o que acontece acima, entretanto antes de iniciar a transmissão, o cliente envia um pacote chamado "RTS - Request To Send". O AP então transmite outro pacote chamado "CTS - Clear To Send" quando nenhuma estação está transmitindo, autorizando a estação que solicitou a começar a transmitir. Todos os clientes ouvem esse "CTS" e então param de transmitir, aguardando terminar a transmissão do cliente que solicitou. As colisões de pacotes diminuem com esse recurso, mas não terminam, pois ainda acontecem colisões durante as requisições de RTS e quando alguma estação cliente não escuta o "CTS". O maior problema do RTS/CTS é que isso diminui o throughput da rede, pois para cada transmissão são usados mais 2 pacotes (RTS e CTS). Em alguns casos, a implementação de RTS/CTS causa mais lentidão na rede do que não usa-la.

    4) O TDMA funciona exatamente do jeito que você disse. Cada estação transmite durante o seu tempo, sem necessidade de RTS/CTS, sem colisões de pacotes, de forma ordenada. É a forma mais eficaz de transmissão.

    Santiago, não deixe se enganar. Estude mais, peça opinião das pessoas com mais experiência e verá que os seguintes pontos são verdades incontestáveis.

    Numa rede "outdoor" com muitos clientes:
    - Com CDMA existem MUITAS colisões de pacotes.
    - Com TDMA não existem colisões de pacotes dos clientes da mesma rede.
    - Com CDMA o throughput da rede é menor.
    - Com CDMA a latência é muito variável e chega a causar perda de pacotes.
    - Com TDMA a latência é constante e não há perda de pacotes por esse motivo.
    - TDMA é superior ao CDMA.

    Como você disse, Mikrotik e Ubiquiti querem SIM empurrar TDMA em você. Se você não quer, azar o seu!

    Abraços,
    Jonas Lima



  5. Citação Postado originalmente por Smart Ver Post
    Olá,

    Me dei ao luxo de entrar nesse debate, trabalhei muitos anos com celulares e creio que posso embasar meus conhecimentos nas experiências que tenho na área...

    As extintas Maxitel (TIM), Telemig(Vivo) e ATL (Claro) usavam da tecnologia TDMA em seus aparelhos, no estado de MG, RJ e ES, já a Telefônica (Vivo) era a única que usava CDMA, no estado do RJ, ES e SP se não me engano, e vou te contar, a qualidade de voz era bem melhor, algo até muito citado em suas propagandas, e até pouco antes da implantação do GSM as redes CDMA de celular da Telefônica operavam a todo vapor, inclusive já com planos de pacote de dados, coisas inexistentes no mundo TDMA, sem contar que os aparelhos CDMA era muito mais evoluídos... Aonde entra o Wireless nessa história toda?

    Bem, voz e dados são trafegados em pacotes, logo se a qualidade CDMA é melhor... Tem algo errado aí em dizer que TDMA é tão superior ao CDMA, não tiro o mérito do TDMA, com seus protocolos proprietários, Nv2, AirMax e etc... O tempo passa as coisas evoluem, é a ordem natural das coisas, hoje o TDMA esta sim a frente. Discordo muito de você citar que MK não casa bem com UBNT, ou vice versa, os protocolos proprietários são bons sim!! Mas não essa maravilha toda, basta procurar aqui no fórum, inúmeros casos de pessoas que desligaram o AirMax, por aumento de latência e até mesmo lentidão, creio que uma rede bem planejada e principalmente bem configurada, pode oferecer sim bons resultados em modo "genérico" (todos os equipamentos operando no mesmo modo, no caso N, porém de marcas diferentes) não é o ideal, claro, mas hoje em dia não dá pra se amarrar somente em uma marca, já viu os preços de Intelbrás? A grande incidência de problemas com UBNT? O jeito é levar da maneira que cabe no bolso, e que funcione bem, porque meu amigo, teoria e bancada é uma coisa, agora no campo... A história muda e muito...

    Abraços

    Boa meu garoto, penso assim como você. Conheço as tecnologias também, antes de ter o provedor tinha uma autorizada de aparelhos eletrônicos, tinha 10 autorizadas e estava sempre trabalhando dia a dia com o que aparecia de mais recente no Brasil.

    Conheço também as armadilhas da industria, temos uma rede de porte médio aqui e me peguei muito dependente da UBNT, então resolvi ''descentralizar'' e montar outros POP's com outras tecnologias, até agora está indo bem, sem usar protocolo proprietário as minhas opções de hardware são diversas, temos mais de 800 clientes em protocolos proprietários e quero acabar com essa dependência.

    Trabalhamos com setorização e cada POP nosso vai em média 100 clientes, então montei o POP intelbrás (só em N) e estamos associando os clientes neles, o bom dessa experiência é que estamos descobrindo hardwares de qualidade que não deixam nada a desejar a Ubiquiti como a antena da Maxxstation, é uma maravilha, depois de atualizar o firmware dela ela trabalha em (A,B,N) acredite, pode-se ativar o Airmax ou não dependendo do que se precisa ela é a antena (atualmente) ideal.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 26
    Último Post: 23-01-2016, 12:46
  2. TP-Link TL-WA7510N ou Intelbras WOM 5000?
    Por Poemander no fórum Intelbras
    Respostas: 53
    Último Post: 26-05-2015, 18:52
  3. Respostas: 5
    Último Post: 06-02-2015, 18:00
  4. Intelbras wom 5000
    Por hizunspire no fórum Intelbras
    Respostas: 35
    Último Post: 22-09-2013, 23:53
  5. TL-WA5210G um Bom Equipamento para 2.4 Ghz
    Por OnlineZap no fórum Redes
    Respostas: 40
    Último Post: 06-06-2012, 19:17

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L