Página 2 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. 17dBm de potencia de saída tá meio baixo pro meu gosto, se tiver omni ou antena de VSWR ruim isso cria oscilação no troughput mesmo.
    Eu colocaria uns 19dBm se a antena for comum.
    (Se for omni não sei, nunca consegui nada satisfatorio com elas)

    Mas se for uma antena Basestation ou L-com de ganho de uns 17dB pra cima, essa potencia seria suficiente pra ter estabilidade.

    Falo da potencia porque essa estação que está com CCQ ruim pode estar recebendo sinal baixo, ou tendo ruído por conta de vizinhança, cabo proximo a lampada fluorescente, ou fonte com ripple, ou seja, o problema pode estar no cliente, e cliente com conexão ruim afeta todos conectados na mesma antena/roteador.

  2. Amigo primeiramente vc precisa passar quantos cliente esta na omni e qual distancia do mais próximo e o mais longe , ai da para tentar te ajudar



  3. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    17dBm de potencia de saída tá meio baixo pro meu gosto, se tiver omni ou antena de VSWR ruim isso cria oscilação no troughput mesmo.
    Eu colocaria uns 19dBm se a antena for comum.
    (Se for omni não sei, nunca consegui nada satisfatorio com elas)

    Mas se for uma antena Basestation ou L-com de ganho de uns 17dB pra cima, essa potencia seria suficiente pra ter estabilidade.

    Falo da potencia porque essa estação que está com CCQ ruim pode estar recebendo sinal baixo, ou tendo ruído por conta de vizinhança, cabo proximo a lampada fluorescente, ou fonte com ripple, ou seja, o problema pode estar no cliente, e cliente com conexão ruim afeta todos conectados na mesma antena/roteador.
    Rubem, por gentilza, o que venha a ser uma "fonte com ripple".

    Abraço.

  4. Ripple na tensão é basicamente variação rapida na tensão, causado por calculo incorreto dos capacitores.
    (Ou consumo incorreto pros capacitores presentes, ou capacitores com ESR alterada)

    Uma explicação mais detalhada:
    http://en.wikipedia.org/wiki/Ripple_(electrical)

    Mas como imagens valem mais que palavras, ó como o ripple aparece no osciloscopio:
    https://www.google.com.br/search?q=r...&tbm=isch&sa=X

    Ripple geralmente é coisa boba em fonte, tipo fonte de 12V com ripple de 100mV (0,1V) quando o consumo fica nuns 300mA. Problema é que tem fonte 12V ruim (Projeto ruim, ou componentes de qualidade ruim que as vezes dão problema e as vezes não) que manda ripple tipo 400mV quando o consumo passa dos 400mA, com ripple desse não tem Bullet que resista, o VRM interno dos roteadores e RB's passa a tensão de entrada pra algo tipo 2,5, 3,3 e 5V, mas justo esse VRM (Voltage Regulator Module) é que costuma ficar louco quando é alimentado com tensão com ripple, geralmente faz o roteador ressetar, mas as vezes ele manda ripple pros 2,5 ou 3,3V que alimentam a etapa de RF, de modo que a etapa de RF é afetada pela fonte mesmo tendo um VRM no meio do caminho (Tipo capacitor estufado em fonte ATX que faz micro travar, toda placa-mãe tem uns VRM's pra varias partes, isso não devia incomodar tanto em teoria, mas na prática incomoda))



  5. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Ripple na tensão é basicamente variação rapida na tensão, causado por calculo incorreto dos capacitores.
    (Ou consumo incorreto pros capacitores presentes, ou capacitores com ESR alterada)

    Uma explicação mais detalhada:
    http://en.wikipedia.org/wiki/Ripple_(electrical)

    Mas como imagens valem mais que palavras, ó como o ripple aparece no osciloscopio:
    https://www.google.com.br/search?q=r...&tbm=isch&sa=X

    Ripple geralmente é coisa boba em fonte, tipo fonte de 12V com ripple de 100mV (0,1V) quando o consumo fica nuns 300mA. Problema é que tem fonte 12V ruim (Projeto ruim, ou componentes de qualidade ruim que as vezes dão problema e as vezes não) que manda ripple tipo 400mV quando o consumo passa dos 400mA, com ripple desse não tem Bullet que resista, o VRM interno dos roteadores e RB's passa a tensão de entrada pra algo tipo 2,5, 3,3 e 5V, mas justo esse VRM (Voltage Regulator Module) é que costuma ficar louco quando é alimentado com tensão com ripple, geralmente faz o roteador ressetar, mas as vezes ele manda ripple pros 2,5 ou 3,3V que alimentam a etapa de RF, de modo que a etapa de RF é afetada pela fonte mesmo tendo um VRM no meio do caminho (Tipo capacitor estufado em fonte ATX que faz micro travar, toda placa-mãe tem uns VRM's pra varias partes, isso não devia incomodar tanto em teoria, mas na prática incomoda))
    Olá Rubem, entendi! Novamente obrigado pela explicação. Você já havia me explicado sobre como definir o "Jitter" p/ a minha rede, que por sinal foi de grande ajuda.

    Eu sei que sai fora do proposito do tópico, mas agora meu cenário mudou, o Jitter já não é o mesmo. Eu tive que tirar algumas antenas e agora (provisoriamente), estou c/ uma omni 5.8 da Linktech + Bullet M5, porém agora o tempo de resposta dos pings oscilam muito, mesmo c/ pacotes de 50k, quanto c/ pacotes de 1450k.

    Abraço.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 19
    Último Post: 19-04-2015, 08:30
  2. Respostas: 5
    Último Post: 19-10-2014, 01:36
  3. Respostas: 11
    Último Post: 08-10-2011, 19:44
  4. Respostas: 24
    Último Post: 27-05-2010, 12:13
  5. CCQ variando e sinal bom - PTP
    Por ottolima no fórum Redes
    Respostas: 2
    Último Post: 08-05-2009, 08:21

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L