Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
Klabundee, nós também usamos o NV2 para enlace.
Mas tenho uma dúvida. O protocolo TDMA na verdade estabelece um tempo para cada estação ser atendida.
Como no caso do enlace a estação é uma só, que vantagem teria no NV2?
Ou o protocolo reconhece que há uma só estação a ser atendida e daí o tempo é dividido sempre por 1 ou seja não sofre alteração?
Me parece que o NV2 seria mais indicado para atender clientes?

Estabelecemos o tempo do NV2 em 2ms que é o default, mas já notei que se o enlace oscilar este tempo é muito curto. Tem que subir um pouco senão fica desconectando.
Olá 1929,
eu também já tive/tenho esse questionamento..
Não chegamos a um bom resultado usando o NV2. Eu não gostei mesmo sempre tendo bons resultados com Mikrotik (Nstreme).

Hoje para PTP uso Rocket M5, Nano Bridge ou se precisar RB+Cartão, XR5 com Nstreme.
De tanto tentar consegui ter um bom resultado com PTP Ubnt (Que no inicio não rendia, não trafegava muitos PPS).
Uso praticamente todos em 20Mhz com AirMax, bem alinhado, sinal entre -50 / -55, um canal com pouca interferência.. 35/15Mb e 1-2ms.
Quando chega perto de 30Mb de consumo passo para 40Mhz e trabalho com 55/20Mb.. pra não ficar sempre com equipamento no limite.
Em 40Mhz sobe um pouco o ping, mas nada absurdo.. 2-4ms, só que é mais suscetível e causa mais interferência.
Tenho um enlace com Rocket TI e esse funciona bem também, consegue um pouco mais de troughput que o Rocket comum.

Tenho um enlace de Rocket que estamos ligando um PTP de fibra agora..
2x RB2011..
Olha o gráfico do enlace:

Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         2n7ju9t.jpg
Visualizações:	142
Tamanho: 	73,5 KB
ID:      	51460

Att.