Página 2 de 3 PrimeiroPrimeiro 123 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #21

    Padrão Re: ubnt rocket m5

    Que isso gente, a maioria desse fórum começou gato NET, pq essa pressão no cara, o espectro vai encher mesmo, a solução a tia anã liberar, 5.9, 2.5 e 3mhz nem é notar culpa nos outros.

  2. #22

    Padrão Re: ubnt rocket m5

    Pessoal, só responde o cara, em questão de ser gato net, a anatel resolve, so ajuda o cra com a pergunta dele.

    vlw..



  3. #23

    Padrão

    Citação Postado originalmente por fmcjunior Ver Post
    Concordo com a ideia sou provedor, mas fato é que O MP e a tia ANA já se posicionaram, compartilhamento não é crime.
    vender internet sem scm sim.
    se não esta vendendo paciência,
    Junior, eu procuro sempre me atualizar nesta questão legal. Mas posso ter deixado passar batido esta alteração no entendimento.
    Pelo que eu sabia o texto diz que não pode extrapolar a edificação mas não fala nada em ser comercial ou ser até mesmo para uso particular. Para isso existe inclusive o SLP.

    Numa revisão no site da Anatel não encontrei esta informação, mas não duvido que tenha pois é tanta coisa que sai toda semana seja na área técnica seja na área fiscal.
    Seria importante nos postarmos esta informação pois assim ela irá revogar muita coisa.

    Quanto a começar legalizado ou não, creio que o Tigreman não vai ser incomodado tão cedo. Normalmente este tipo de fiscalização só ocorre com denúncia, como foi o meu caso. Só que o concorrente invejoso não sabia da nossa documentação muito bem fundamentada como parceiro de outro SCM. Naquela época era um expediente muito utilizado e hoje em desuso. Era muito bem feito toda a documentação inclusive com emissão de nota fiscal de SCM e de SVA.
    Tanto era correto que a fiscalização nos deu os parabéns e o provedor que nos denunciou deve estar se mordendo até hoje, pois ele fez outras denúncias mas sem sucesso.
    Hoje não temos mais parceria e acho que no Brasil se houver ainda alguém, são muito poucos.
    Se ele optar por expandir para um serviço de provedor, sempre será bem vindo a classe.

    Eu só optei por postar no tópico pois ele levantou uma questão sobre os provedores não permitirem compartilhar sua conexão como se isso fosse ganância da parte deles. Deixemos de lado então a questão legal pois como disse é muito difícil ele ser encontrado.
    Vamos nos fixar só na questão financeira independente se o provedor é pequeno ou grande operadora. Tudo se baseia em cima de cálculos para estabelecer uma estrutura.
    Nós não gostaríamos de encontrar um cliente nosso puxando cabo ou colocando um rádio para concorrer conosco... semana passada achamos um assim e com toda a calma explicamos para ele que não dava para continuar assim, pois nem ele navegava direito e ainda ficavam falando mal do provedor ele e seus vizinhos.

  4. #24

    Padrão Re: ubnt rocket m5

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Junior, eu procuro sempre me atualizar nesta questão legal. Mas posso ter deixado passar batido esta alteração no entendimento.
    Pelo que eu sabia o texto diz que não pode extrapolar a edificação mas não fala nada em ser comercial ou ser até mesmo para uso particular. Para isso existe inclusive o SLP.

    Numa revisão no site da Anatel não encontrei esta informação, mas não duvido que tenha pois é tanta coisa que sai toda semana seja na área técnica seja na área fiscal.
    Seria importante nos postarmos esta informação pois assim ela irá revogar muita coisa.

    Quanto a começar legalizado ou não, creio que o Tigreman não vai ser incomodado tão cedo. Normalmente este tipo de fiscalização só ocorre com denúncia, como foi o meu caso. Só que o concorrente invejoso não sabia da nossa documentação muito bem fundamentada como parceiro de outro SCM. Naquela época era um expediente muito utilizado e hoje em desuso. Era muito bem feito toda a documentação inclusive com emissão de nota fiscal de SCM e de SVA.
    Tanto era correto que a fiscalização nos deu os parabéns e o provedor que nos denunciou deve estar se mordendo até hoje, pois ele fez outras denúncias mas sem sucesso.
    Hoje não temos mais parceria e acho que no Brasil se houver ainda alguém, são muito poucos.
    Se ele optar por expandir para um serviço de provedor, sempre será bem vindo a classe.

    Eu só optei por postar no tópico pois ele levantou uma questão sobre os provedores não permitirem compartilhar sua conexão como se isso fosse ganância da parte deles. Deixemos de lado então a questão legal pois como disse é muito difícil ele ser encontrado.
    Vamos nos fixar só na questão financeira independente se o provedor é pequeno ou grande operadora. Tudo se baseia em cima de cálculos para estabelecer uma estrutura.
    Nós não gostaríamos de encontrar um cliente nosso puxando cabo ou colocando um rádio para concorrer conosco... semana passada achamos um assim e com toda a calma explicamos para ele que não dava para continuar assim, pois nem ele navegava direito e ainda ficavam falando mal do provedor ele e seus vizinhos.
    Legal gosto desse tipo de discussão madura, gostei mesmo.
    vou postar a abaixo as decisões realemnte Não achei a materia sobre a a antel, acho que me enganei sobre ela, mas o TRF negou o pedido do MPF alegando que compartilhar era crime em suma o TRF afirma que compartilhar não é crime, desculpem eu fiz uma embola com os nomes de quem disse o que, amas em suma o que importa mesmo é a decisão.
    Nos temos que pensar um pouco mais amplo quanto ao compartilhamento, vamos a alguns fatos.
    Estou terminando uma central de monitoramento GPS em suma dispositivos gps com 3g, isso só é possível porque custa 0,50 dias, seria inviável 29,90 + 15 de sms, lembrando que isso é 50 quando usa, o gprs geralmente esta desligado, mas o uso não pode ser para fins comerciais, bem aqui eu já quebrei a regra e mais certa de 50 mil chips deveriam ser desligados, bem faça as contas 750 mil mês só pra tim, com esse serviço tenho na minha rede dois gatonet, descobri que eles vendiam sentei conversei com os caras, eles claro ficaram desesperados, so que eu pensei se eu cortar eles vão contratar de outro e fazer a mesma coisa, logo fiz uma proposta isso porque lembrei de mim quando comecei, o cara olhou pra mim abriu um sorriso e disse fechado não tenho um margem de lucro ideal, mas ele não é meu concorrente ele é meu parceiro, quando ele não consegue atender pra quem ele liga, pra mim.
    Penso eu que estamos agindo da mesma forma que as grandes agem conosco, sinceramente se esse cara que eu ajudei crescer e engolir minha empresa foi culpa de minha incompetência com o cliente e não que ele me passou a perna, tenho mais recursos que ele, mais experiência, tenho tudo a mais que ele, então ajudar não é um problema.



  5. #25

  6. #26

    Padrão Re: ubnt rocket m5

    Citação Postado originalmente por fmcjunior Ver Post
    Que isso gente, a maioria desse fórum começou gato NET, pq essa pressão no cara, o espectro vai encher mesmo, a solução a tia anã liberar, 5.9, 2.5 e 3mhz nem é notar culpa nos outros.
    O espectro enche justamente porque qualquer um coloca uma antena em cima do telhado de casa e geralmente na potência máxima. Não estou falando nem em gatonet, e sim de gente que não sabe o que está fazendo. Pra qualquer atividade, formal ou não, vc tem que ter um mínimo de preparo e estudo.
    Eu comecei com empresa formal, e procurei pessoas experientes para me orientar no que eu ainda não dominava.
    E quanto à Anatel, não resolve nada. Se resolvesse a situação não estava do jeito que está.



  7. #27

    Padrão

    Com certeza Junior, é na multidão de participantes que um assunto pode ser resolvido. Ninguém é dono da verdade.
    Pelo menos nessa área de telecom a coisa é muito contraditória.
    Nestes links por ex que são do mesmo caso, os Juízes por unanimidade entenderam que pode ser legal a prática. Mas veja lá que a notícia diz que cabe recurso.

    Só me chamou a atenção um dos argumentos do juíz relator que disse não estar comprovado nenhum dano ao espectro, nem ao fornecedor da conexão.
    Eu discordo disso mesmo não sendo advogado. Por exemplo, foi feito laudo radiomátrico para saber se não houve dano? Ao fornecedor da conexão com certeza há dano, pois ele irá deixar de fechar contrato com outros da região porque um cliente seu usurpa este direito.
    No exemplo que você citou eu tinha pensado nisso e acabei me esquecendo. Se o cara está disposto a distribuir porque então não entrar num acordo com ele? Logicamente este acordo passa por uma reformulação da maneira de entregar o sinal. Pelo menos fazer um ponto a ponto para ele e não fazer em cima de uma conexão compartilhada, mesmo que com plano aumentado. Todos sabemos que a conexão não será a mesma.
    E o juíz deixou de levar em conta os aspectos regulatórios da Anatel. Me parece pela notícia que muitas vezes também não é completa, mas me parece sim que ele não fez diferenciação entre SCM e SVA.
    Quando o sujeito coloca um cabo ou coloca um rádio, ele está transportando o sinal e isso é SCM. SVA é considerado outro tipo de serviço, como hospedar um site em servidores, como prestar serviço de autenticação num servidor, como faz o Terra, UOL e tantos outros ao fornecer login e senha para ADSL.

    Então para não criticarmos o companheiro que abriu o tópico, poderíamos incentiva-lo a procurar o provedor e oferecer sua localização para ampliação do serviço. Relembrando que eu só entrei neste assunto porque ele disse que o fornecedor era ganancioso, ou coisa parecida. Me senti na obrigação de defender os provedores que tem corajosamente levado adiante seus projetos, muitas vezes sacrificando horas de descanso, arriscando financeiramente e até mesmo como meio de sobrevivência.
    Não é justo que alguém venha em cima do trabalho de outros tirar vantagem sem remunerar adequadamente esta vantagem. E o compartilhamento em cima de um plano residencial de internet, todos sabemos que não remunera ninguém a não ser a quem o pratica. E o dito juíz não levou isso em consideração, pelo contrário até menosprezou o investimento do provedor.

    Nós aqui também já fizemos isso, transformando a conexão do cliente em um POP e remunerando ele por isso. Todos saem ganhando.

  8. #28

    Padrão Re: ubnt rocket m5

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Com certeza Junior, é na multidão de participantes que um assunto pode ser resolvido. Ninguém é dono da verdade.
    Pelo menos nessa área de telecom a coisa é muito contraditória.
    Nestes links por ex que são do mesmo caso, os Juízes por unanimidade entenderam que pode ser legal a prática. Mas veja lá que a notícia diz que cabe recurso.

    Só me chamou a atenção um dos argumentos do juíz relator que disse não estar comprovado nenhum dano ao espectro, nem ao fornecedor da conexão.
    Eu discordo disso mesmo não sendo advogado. Por exemplo, foi feito laudo radiomátrico para saber se não houve dano? Ao fornecedor da conexão com certeza há dano, pois ele irá deixar de fechar contrato com outros da região porque um cliente seu usurpa este direito.
    No exemplo que você citou eu tinha pensado nisso e acabei me esquecendo. Se o cara está disposto a distribuir porque então não entrar num acordo com ele? Logicamente este acordo passa por uma reformulação da maneira de entregar o sinal. Pelo menos fazer um ponto a ponto para ele e não fazer em cima de uma conexão compartilhada, mesmo que com plano aumentado. Todos sabemos que a conexão não será a mesma.
    E o juíz deixou de levar em conta os aspectos regulatórios da Anatel. Me parece pela notícia que muitas vezes também não é completa, mas me parece sim que ele não fez diferenciação entre SCM e SVA.
    Quando o sujeito coloca um cabo ou coloca um rádio, ele está transportando o sinal e isso é SCM. SVA é considerado outro tipo de serviço, como hospedar um site em servidores, como prestar serviço de autenticação num servidor, como faz o Terra, UOL e tantos outros ao fornecer login e senha para ADSL.

    Então para não criticarmos o companheiro que abriu o tópico, poderíamos incentiva-lo a procurar o provedor e oferecer sua localização para ampliação do serviço. Relembrando que eu só entrei neste assunto porque ele disse que o fornecedor era ganancioso, ou coisa parecida. Me senti na obrigação de defender os provedores que tem corajosamente levado adiante seus projetos, muitas vezes sacrificando horas de descanso, arriscando financeiramente e até mesmo como meio de sobrevivência.
    Não é justo que alguém venha em cima do trabalho de outros tirar vantagem sem remunerar adequadamente esta vantagem. E o compartilhamento em cima de um plano residencial de internet, todos sabemos que não remunera ninguém a não ser a quem o pratica. E o dito juíz não levou isso em consideração, pelo contrário até menosprezou o investimento do provedor.

    Nós aqui também já fizemos isso, transformando a conexão do cliente em um POP e remunerando ele por isso. Todos saem ganhando.
    Verdade, um dos nosso maiores problemas é que o brasil tem muito cacique e pouco índio, se vc vai instalar uma torre,tem que pedir autorização, pra anatel,pra prefeitura pra meio ambiente, e no final das contas como ninguém manda em definitivo e ninguém desmanda, fato que poucas prefeituras sabem o que fazer, estou instalando uma torre de 16 metros em uma cidade grande é o engenheiro da prefeitura que me colocar na mesma regra das operadoras de celular quer 20 metro de distancia das casas e mais um milhão de laudos e projetos, a frase dele foi a sequinte nunca tivemos uma caso desse, resumindo eu que vou ter que ensinar pra ele.



  9. #29

    Padrão Re: ubnt rocket m5

    <......> Então para não criticarmos o companheiro que abriu o tópico, poderíamos incentiva-lo a procurar o provedor e oferecer sua localização para ampliação do serviço. Relembrando que eu só entrei neste assunto porque ele disse que o fornecedor era ganancioso, ou coisa parecida. Me senti na obrigação de defender os provedores que tem corajosamente levado adiante seus projetos, muitas vezes sacrificando horas de descanso, arriscando financeiramente e até mesmo como meio de sobrevivência.
    Não é justo que alguém venha em cima do trabalho de outros tirar vantagem sem remunerar adequadamente esta vantagem. E o compartilhamento em cima de um plano residencial de internet, todos sabemos que não remunera ninguém a não ser a quem o pratica. E o dito juíz não levou isso em consideração, pelo contrário até menosprezou o investimento do provedor.

    Nós aqui também já fizemos isso, transformando a conexão do cliente em um POP e remunerando ele por isso. Todos saem ganhando. <....>



    AGORA EU COLOQUEI FÉ NA DISCUSSÃO, DISSE TUDO AGORA. 1929, EU COMO VARIOS OUTROS ESTAMOS NOS SACRIFICANDO PARA CONSEGUIR MONTAR UM PROVEDOR. COMO VOCÊS COMEÇARAM, NÃO É FÁCIL, POIS OS EQUIPAMENTOS SÃO CAROS, E ALEM DO MAIS AS VEZES O EQUIPAMENTO QUE USAMOS NÃO DA CERTO PARA TIPO DE SERVIÇO, AI TEMOS DE IR TESTANDO E GASTANDO COM ISSO, NÃO QUE FIQUE PERDIDO, MAIS INVESTIMENTO SEM PRECISÃO NO MOMENTO, ISSO PARA DAR AOS NOSSOS CLIENTE UMA EXCELENTE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO.

    MAS EM TUDO, NUNCA DEIXE OS OBSTÁCULOS ATRAPALHAREM O PROJETO, SEMPRE CAINDO E SE LEVANTANDO, A CADA DIA COM MENOS TOMBO.

  10. #30

    Padrão Re: ubnt rocket m5

    Citação Postado originalmente por Max Networks Ver Post
    AGORA EU COLOQUEI FÉ NA DISCUSSÃO, DISSE TUDO AGORA. 1929, EU COMO VARIOS OUTROS ESTAMOS NOS SACRIFICANDO PARA CONSEGUIR MONTAR UM PROVEDOR. COMO VOCÊS COMEÇARAM, NÃO É FÁCIL, POIS OS EQUIPAMENTOS SÃO CAROS, E ALEM DO MAIS AS VEZES O EQUIPAMENTO QUE USAMOS NÃO DA CERTO PARA TIPO DE SERVIÇO, AI TEMOS DE IR TESTANDO E GASTANDO COM ISSO, NÃO QUE FIQUE PERDIDO, MAIS INVESTIMENTO SEM PRECISÃO NO MOMENTO, ISSO PARA DAR AOS NOSSOS CLIENTE UMA EXCELENTE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO.

    MAS EM TUDO, NUNCA DEIXE OS OBSTÁCULOS ATRAPALHAREM O PROJETO, SEMPRE CAINDO E SE LEVANTANDO, A CADA DIA COM MENOS TOMBO.
    Sei bem como é isso. Foram 5 anos sem poder ver a cor do dinheiro. Pelo contrário, tudo que eu ganhava reinvestia e ainda desviava da minha profissão para investir no provedor.
    Só começamos a ver resultados o dia que paramos de crescer,hehehe... Nosso provedor ainda é pequeno, outros vieram e o mercado foi se dividindo. Perdemos sim alguns clientes, mas não me preocupo com o concorrente. Ele precisa ter o espaço dele também. Afinal não somos donos do mundo.
    Mas não posso concordar em investir tanto tempo e recursos para que depois meu cliente vá revender nosso trabalho e gerar prejú para nós.



  11. #31

    Padrão Re: ubnt rocket m5

    Verdade, concordo com você 1929.

  12. #32
    Alex Rock Avatar de alexrock
    Ingresso
    Jan 2006
    Localização
    S. J. do Rio Preto-SP
    Posts
    828

    Padrão Re: ubnt rocket m5

    Citação Postado originalmente por tiagoestevao Ver Post
    Camarada, procure contratar uma conexão própria. É crime partilhar internet residencial. Os amigos do Fórum não deveriam ajudar pessoas a burlarem os produtos dos seus próprios negócios.
    Isso depende da legislação local.
    Amigo @tigreman, de qual pais (ou região) vc é?



  13. #33

    Padrão

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    mais uma vêz tigreman não me leve a mal... Mas o entendimento não é este.

    A questão não está em cobrar ou não cobrar... Mas em extrapolar os limites de uma edificação onde chega teu sinal por cabo.
    é comum ver na net, principalmente em foruns de consumidores haver expressões de defesa do compartilhamento. Mas existe um desvio aí....
    Se compartilhar dentro da edificação nem a anatel pode fazer nada. Talvez a empresa que forneça o sinal poderia agir quando se sentisse lesada por exemplo dentro de um prédio, onde teoricamente não extravasa o prédio, mas legalmente extravasa no caso de um apartamento ser considerado um ente consumidor e o apartamento do lado ser outro ente consumidor. Neste aspecto existe conflitos de entendimento pois a lei não é tão clara.

    No momento que usa a via pública, seja por cabo ou seja pelo espaço aéreo a norma é clara como diria o arnaldo... Isto é perfeitamente entendível pois se não houvesse normas a bagunça seria maior ainda. E ninguém iria investir em estrutura melhorada para que outros ou ganhassem em cima ( o que parece não ser o seu caso), ou que dessem prejuízo na medida que o seu vizinho não vai assinar com o provedor pois tem de graça do lado.
    E daí poderíamos levantar outra questão: Como acompanhar a tecnologia, como manter qualidade sem retorno financeiro? Ninguém faz milagres.
    E tem um aspecto técnico onde o fornecedor de internet está planejado para lhe oferecer o serviço num ambiente compartilhado. Se a sua conexão começar a não dar rendimento por ter mais usuários do que o esperado no plano, como fica a imagem do provedor? Que o serviço não presta?
    Tivemos um caso aqui que o cliente se retirou mesmo com a conta dele apresentando um consumo altíssimo. Ele deu um celular para cada filho e ainda deu senha do roteador interno dele para os vizinhos. Nós não podíamos fazer nada a não ser esperar o estouro. Ele toda semana reclamava que a net era lenta, mas para nós o consumo estava sempre lá em cima. Agora ele deve estar enchendo o saco de outro provedor.
    Entendeu porque o compartilhamento além do que o plano suporta é também prejudicial?
    Amigos, o dhcp para os meus clientes é feito pelo meu mikrotik. não deixo os roteadores dos clientes em dhcp server ativado. Resumindo... quem quer seja que entre na minha rede precisará de um login.

  14. #34

    Padrão Re: ubnt rocket m5

    Olha eu sem bem o que é a dificuldade, comecei pq a única que chegava era oi frame raley, 512k R$1800,00, na ong que eu trabalhava.
    nesse momento no BRASIL temo 48% da população sem internet, desses almenos, 25% querem internet, logo não temos concorrência na verdade, e o problema de interferência acho que não seria um problema, já que não tem internet.
    Olha nos podemos olhar para esses problemas como um problema ou como uma oportunidade, sei que parece meio não logico, mas quando nos pagávamos 1800,00 olhei pra isso como uma oportunidade, hoje sou dono de uma empresa em três estados.
    sendo assim vamos a alguns fatos, os gatonet não vão acabar, a interferência não vai acabar, o compartilhamento não vai acabar. ok esse é o cenário, e agora o que faremos com isso???
    reclamar e dizer que a tia deveria fazer isso ou aqui lo com eles e fato não faram.



  15. #35

    Padrão

    Citação Postado originalmente por katraka Ver Post
    Sem mencionar uma outra questão, que é a utilização de equipamentos de rádio frequência por gente despreparada sem a menor noção. É por isso que o espectro está cada vez mais poluído e cada vez mais difícil trabalhar com internet a rádio. Agora qualquer curioso coloca um rocket na frequência 5.8 no telhado de casa e nem sabe pra que serve.
    Concordo contigo, o pessoal pega uma antena "25 dbi" e sai poluindo tudo por ai.