Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico



  1. #21

    Padrão Re: Sugestão de antena 5GHz para cliente

    Quanto a WIN240, ou a WR2500n, você não tem muita escolha. Roteadores TPLink comuns, ou outros de 15 ou 16dBm (20dB EIRP) nunca vão chegar perto de 4Km de alcance. A WIN240 e a WR2500n vão, mas também não vão ter o troughput e a estabilidade de um airGrid M2, ou de qualquer RB+cartão. Você não tem opção nessa faixa de preço de nada fantástico.

    Roteadorzinho domestico de 14-15dBm está uns R$ 50-60, Win240 ou WR2500 estão R$ 120-140, já airGrid ou RB+cartão passam facil dos R$ 200-220 (Nesse preço RB+cartão usados, diga-se de passagem), não dá pra comparar eles entre sí com diferença de preço tão grande. Pra alguns usos atuais com notebook ou smartphone novos eles se saem mal porque em modo N eles não tem potencia e sensibilidade fantasticos (Esses 2 citados tem 21dBm, outro da Intelbras tem 18dBm no menor datarate no modo N, então sempre cai pro modo B, e alguns notebooks ou smartphones são movimentados o tempo todo fazendo o sinal variar, não dá tempo pro roteador tem os 3 a 5 pacotes perdidos pra determinar a troca de perfil (O chaveamento entre modos é lento, metade da culpa do modo AUTO é o tempo e processamento perdido na "detecção de qualidade" nesse momento que o sinal varia), esses roteadores só fazem muita diferença no modo B (Onde tem 100, 500 ou 700mW). Não quer dizer que são iguais a um TPLink 741 digamos, mas a diferença de 14 pra 20dBm (No modo N) sozinha não resolve tudo quando tem obstaculos demais dentro de casa, tem que otimizar a configuração pra extrair o maximo do hardware, eu sempre gosto de avisar que "Potencia alta não é tudo", e que "escolher pela potencia do hardware não resolve tudo" (Mas as vezes se dá sorte).

    Se seu provedor usa modo B ou G, eles vão ser ótimos. Se usa modo N eles vão ser a opção menos ruim, mas pelo preço (Ou pela diferença win240 > airGrid M2 HP) não deixam de ser ótimos. Cada um sabe o bolso que tem. Eu uso coisa tipo TPLink, WIG240, ou Gothan, porque atendo gente que nunca na vida pagaria R$ 270 pra ter um airGrid quando um Gothan + antena por R$ 120 resolvem (Povo que troca de provedor por qualquer R$ 5 a menos na mensalidade... que dirá por 200% de diferença no preço do equipamento).

    (Alias, tem versões diferentes da Win240, a que tenho nuns clientes está até escrito 500mW na frente, essa mais recente de 700mW ainda não ví, não sei se é igual e só mudou o software, mas na de 500mW uso potencia limitada, em modo N ela tem só 125mW e isso está bom pra uso domestico, nos clientes em modo B eu nunca uso potencia maxima de nada, já testei muito essas porcarias de 400-600mW na potencia maxima, nível de sinal alto mas a qualidade vai pro ralo, talvez parte do bom desempenho que vejo em modo N são por culpa dessas potencias baixas)

  2. #22

    Padrão Re: Sugestão de antena 5GHz para cliente

    Então ele deve servir, o provedor usa modo B.

    Outra dúvida: vi alguns lugares (que parecem sites de enganação, conhece algum que realmente tenha?) anunciando a venda de partes da NanoBridge, até mesmo ela completa, faltando apenas o rádio. Não que eu vá fazer isso (sai caro e pagaria pela grade à toa), mas daria certo pegar um disco de NanoBridge e fixar uma ponteira de antenas de grade no meio? Funcionaria?

    Como não acho antenas de disco voltadas para cliente em lugar nenhum, e a NanoBridge é a CPE de disco mais barata que existe, se isso aí funcionar, é uma solução barata e melhor (disco vs. grade) que uma antena de grade comum, não é? Claro que para isso compraria só a ponteira, não a antena inteira (a não ser que queira uma grade para churrasqueira, hahaha).



  3. #23

    Padrão Re: Sugestão de antena 5GHz para cliente

    A ponteira de NanoBridge é a mesma independente do tamanho da antena. A ponteira do airGrid até encaixa, mas o ganho será menor porque a distancia do foco não é igual (Fora que airGrid só tem uma polaridade, não tem lucro nenhum usar disco em patch tipo o dos airGrid), mas ainda assim acho que em 4Km deve funcionar.

    Quanto a outras ponteiras, tipo de Aquario ou Proeletronic, se errar 1cm já perde uns 10dBi de ganho, não vale muito e pena ficar mechendo.

    Tem bacia usada de airGrid e Nanobridge a venda em muito lugar mesmo, ou só a ponteira a venda. que eu saiba o fabricante vende a ponteira avulsa (Porque queima), acho que tem gente que vende só a ponteira (Pra quem teve azar) e tem todo o lucro nela, por isso vende a bacia mais em conta (Fora o frete, pra MIM custa uns R$ 120 o frete de um nanobridge de 25dB, o frete de apenas uma ponteira custa R$ 25).

    Eu compraria antena usada no ML mas não faria adaptação em bacia de nanobridge, a não ser que fosse pra hoje usar um dipolo 2,4 e depois trocar por um de 5,8GHz, mas o ajuste dá muito trabalho, antigamente tinha umas parabolicas (Banda C, TV) sem marcação nenhuma, montei uma dessa e levei umas 4 horas pra ajustar direito polarização e foco, nessas antenas a polarização é mais facil (0º ou 90º, sem erro) mas teria que usar uma rosca-sem-fim pra ajustar distancia focal e tal, ir vendo nível de sinal, ter certeza que não é lobulo secundario e tal, dá muito trabalho. Antena disco usada deve ter por uns R$ 60-80, hoje todo mundo quer antena de dupla polarização por isso vendem as velhas single-pole baratinhas.

  4. #24

    Padrão Re: Sugestão de antena 5GHz para cliente

    Olá.

    Estava vendo por aqui e achei a antena de disco MM-5825, da Aquário. Já tinha visto ela antes, mas nunca pesquisei o preço, achava que era bem cara. Pedi o orçamento em algumas lojas que ainda não responderam, mas acho que deve beirar os R$200, pelo que vi em pesquisas.

    Então, o que me diz dessa antena? Ela se sai melhor que essa OIW de grade que havia citado? Considerando que terá a outra antena de 2.4GHz logo abaixo da de 5GHz e que provavelmente a antena não ficará em um nível mais alto que o do telhado, podendo então ocorrer reflexão, a proteção que o disco oferece contra interferências por trás (e um pouco de cada lado, já que é curvo) ajuda nesse caso?

    Outra coisa: vi gente falando que essa antena só presta mesmo para frequências acima de 5.7GHz, abaixo disso é impraticável (vi outros falarem que nas frequências baixas, próximo a 5.2GHz ela é melhor, vai entender). Essa antena é projetada para 5.7~5.8GHz. Como você disse que operar fora das frequências projetadas, ao menos com a OIW, não deve causar muita perda, esses problemas aí devem ser específicos da construção dessa Aquário, certo? Eles devem ter levado bem a sério o intervalo de frequência de operação dessa antena...

    Vi que nos modelos mais recentes, a Aquário incorporou um "dipolo de faixa larga, que permite a utilização fora da faixa original de frequência". Será que isso resolveu os problemas? Não sei quando foi feita essa alteração, então não dá para saber se os problemas que o pessoal relataram ocorreram antes ou depois da alteração do dipolo.

    Outra coisa: todas antenas que vi, de até uns R$200, tem como potência máxima 10W ou 50W. Está certo esse valor de 100W dessa OIW ou eles erraram ao colocar no site?

    Até mais.



  5. #25

    Padrão Re: Sugestão de antena 5GHz para cliente

    Pra mim estão no mesmo nível Aquario, Oiw e Ototech. Classifico um pouco a baixo de maneira geral as ProEletronic, porque elas tem modelos de grade simples assim:
    http://www.macrovirtual.com.br/anten...i-5828b-2819/p
    Não é uma antena ruim, eu uso, mas é inferior as de grade chapeada em aluminio, tipo:
    http://www.macrovirtual.com.br/anten...m-5821-18718/p
    (Alias, na última ProEletronic 28dB paguei R$ 128, praticamente o mesmo dessa Aquario de 21dB)
    Inferior mais na durabilidade e risco de amassar (Se você forçar a grade você tira do foco), como o dipolo é igual não sei se dá pra afirmar que há muita diferença na qualidade da conexão quando há sinal suficiente.

    Se é por falta de preço:
    http://www.macrovirtual.com.br/anten...5-8-ghz-1977/p
    (Essa Macro fica em cuiabá, tem uns 25 anos de funcionamento, é confiável, o preço via site não é dos melhores porque MT tem carga tributária meio chata, mas é uma boa referencia de preços)

    Quanto a frequencia ideal, dá uma olhada no datasheet:
    www.linkteck.com.br/site/upload/downloads/MM-5825.pdf
    O VSWR ideal está em exatamente 5,8GHz, se você tem sinal limitado que te deixe com SNR baixo, ou tem muito ruído e consequentemente SNR baixo, e usar potencia alta (5GHz sempre precisa potencia alta), você não vai ter em 5885 o mesmo troughput que terá em 5800MHz, se usar um canal de 40MHz algumas portadoras chegarão melhor que outras, se tiver SNR baixo isso muda até 10% do troughput. Mas a antena raramente é o gargalo em PTMP, isso só faz sentido se preocupar em PTP de alta demanda.

    Mas se você tem sinal suficiente, está longe da margem de ruído, vai ter o mesmo troughput seja em 5720 ou 5800MHz, diferença pequena no ganho ou no VSWR só é visível em ambiente ruim.

    Levando em conta que no brasil podemos usar de 5725 a 5850, essa antena está mais do que perfeita. Existem antenas de frequencia como 5,4 ou 6GHz porque a Anatel tem resoluções permitindo o uso de frequencias diversas pra ENLACES, ou seja, antena direcional de 6GHz faz sentido, uma CPE domestica ou uma setorial nessa frequencia não faz sentido. Veja aqui uma resolução, a sobre os 5,9 a 6,4GHz:
    http://legislacao.anatel.gov.br/reso...-resolucao-105
    (O texto é bem claro, é pra ponto-a-ponto! E quem faz PTP precisa comprar antenas em algum lugar, natural que os distribuidores wifi tenha equip. pra PTMP ou pra cliente mas também pra PTP, o problema é provedor que confunde as coisas e usa 5,4GHz pra PTMP simplesmente porque a frequencia está disponível no equipamento (Que por default nem sempre vem configurado pro brasil))



    Quanto ao limite de 100W, é isso mesmo, provavelmente nem ensairam isso direito porque ninguem nunca vai usar, é calculo teorico de acordo com o tipo de fiação, se aplicar potencia alta (Mais de 10W) em trilha fina ou fio fino ele aquece e com o tempo enferruja ou enruga, mas se o elemento é grosso (Dipolo pode ser) aguenta 50 ou 100W tranquilo. Mal se usa 2 ou 3W no brasil, qualquer antena aceita pelo menos 10W aqui, a maioria é 50 ou 100W, mas provavelmente é calculo teorico, não ensaio (Dia que alguém usar 100W nisso deve derrubar tudo quanto é conexão num raio de uns 10Km...)

  6. #26

    Padrão Re: Sugestão de antena 5GHz para cliente

    Ops... a grade chapeada que digo que é mais rígida, mais difícil ter erro em foco, é essa:
    http://mlb-s1-p.mlstatic.com/14809-M...3_052014-Y.jpg
    Pra mim que a Aquario de 21dB usava isso, mas acho que é a L-com que usa (Hyperlink).

    Vou ter que rever meus gostos, eu tenho umas muito boas, pequenas, provavelmente 19dB, troquei uma por Airgrid 23dB e o troughput caiu, achei que era Aquario mas é Hyperlink/L-com.

    L-com acho que todo mundo vai concordar que é 1ª linha e vale os R$ 400 que custa (E nem tem mais no brasil, a uns 5 anos tinha porque Aquario, ProEletronic e OIW fabricavam brinquedos perto dos produtos HyperLink da época, hoje a diferença é bem menor, dá pra usar Aquario onde não há missão crítica sem problemas)



  7. #27

    Padrão Re: Sugestão de antena 5GHz para cliente

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Se é por falta de preço:
    http://www.macrovirtual.com.br/anten...5-8-ghz-1977/p
    (Essa Macro fica em cuiabá, tem uns 25 anos de funcionamento, é confiável, o preço via site não é dos melhores porque MT tem carga tributária meio chata, mas é uma boa referencia de preços)

    Obrigado pela sugestão. É a loja com melhor preço que vi até agora, vou esperar para ver o que as outras me respondem (detesto ter que pedir orçamento, por que não deixam o preço lá logo?).

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    O texto é bem claro, é pra ponto-a-ponto! E quem faz PTP precisa comprar antenas em algum lugar, natural que os distribuidores wifi tenha equip. pra PTMP ou pra cliente mas também pra PTP, o problema é provedor que confunde as coisas e usa 5,4GHz pra PTMP simplesmente porque a frequencia está disponível no equipamento (Que por default nem sempre vem configurado pro brasil))
    É isso que acontece aqui. Nos scans que já fiz já vi APs do provedor aqui em 5.1, 5.2, 5.4, 5.8, etc. Não sei qual a frequência do AP que vou usar (não sei qual é o SSID dele nem tenho mais meios de fazer outro scan). Vou ver se consigo a informação com eles, mas acho que será difícil. E mesmo que consiga, se eles usarem algum canal baixo nesse AP, lá pros 5.4GHz, por exemplo, como é que eu faço? As únicas antenas que vi suportando o intervalo 5GHz todo são essas para PTP mesmo.

  8. #28

    Padrão Re: Sugestão de antena 5GHz para cliente

    Se preocupa com isso não, deixa pra pensar nisso dia que fizer um PTP de alto nível.

    Mesmo que o provedor use antena importada tipo basestation, o ponto ideal de uso da maioria delas é 5,7-5,8GHz, num ou outro modelo em uma polarização tem vswr menor lá pelos 5,2GHz, mas provedor não cuida isso, até porque o diagrama de irradiação não é perene em todos os angulos (Ganho maior lá pelos 30° de frente, bem menor perto dos 90 ou 120° (Limite da antena)).

    Zona de fresnel comprometida atrapalha bem mais que frequencia ideal da antena, se tem provedor que não liga pra zona de fresnel ("Mas tem visada") a última coisa que vai se preocupar é com elemento irradiante que suporte banda larga com muitas portadoras e com a frequencia ideal de uso.



  9. #29

    Padrão Re: Sugestão de antena 5GHz para cliente

    Ok. Agora, sobre essa MM-5825, ela parece ter alguns probleminhas. Parece que os componentes dela não são galvanizados a fogo, e nem ao menos pintados. Se não me engano, mal as peças de fixação são pré zincadas, mas nem disso tenho certeza.
    Tem um vídeo do @allac (Allan Caldas) em que ele mostra uma MM-5825 ou MM-5830, - não lembro qual, mas são praticamente iguais - onde ela esta com os parafusos de fixação no disco todos enferrujados, bem como os parafusos na ponta do dipolo.

    Tem alguma coisa que dá pra fazer para evitar a ferrugem? Vi falar em passar óleo, graxa, pintar os parafusos, etc., mas acho que isso pode interferir na reflexão do disco e sensibilidade do dipolo. Vi também sugerirem o uso de hidro repelente, que tanto resolve o problema da ferrugem como dizem ajudar a reduzir os problemas de perda de qualidade durante chuvas. O que diz sobre isso? O que dá pra fazer?

    Mesmo que leve alguns anos (aqui mal chove, mas não é só isso que causa ferrugem) para enferrujar, não quero ter que trocar a antena ou partes dela daqui a um tempo por um detalhe como esse que poderia ter sido resolvido. Talvez eu possa até trocar os parafusos originais por equivalentes galvanizados, se conseguir encontrá-los...

  10. #30

    Padrão Re: Sugestão de antena 5GHz para cliente

    Parafuso enferrujado é curioso, se você vai em qualquer loja e compra parafuso, seja Ciser ou mais barato, vai enferrujar?
    Eu sempre compro os mais baratos (Portanto raramente Ciser, menos ainda Wurth) e só enferruja o que esqueço em lugar que empoça agua.
    Meu pai era mecanico agricola e cresci do lado de algumas oficinas do ramo, trabalhei com isso antes dos 18 anos, e equip. agricola sempre leva chuva e sol, passa meses parado e só é usado por poucas semanas no ano, e não era regra ter parafuso enferrujado, era excessão. Por isso eu desconfio que ferrugem é de cada ambiente, tenho antenas de grade enferrujadas, são de 2009 a 2011, mas outras dos mesmos modelos, em uso pelo mesmo período, não tem nenhum traço de ferrugem, e minha cidadezinha é toda plana, tem uns 3x3 Km, não tem um "bairro" com "micro-clima" diferente, é tudo seco e quente 7 meses do ano (Exceto a noita, que é frio), e leva chuva 5 meses. O problema me parece lugar em sombra de arvore, que mantém umidade durante boa parte do dia, tipo sombra de um pé de manga (Sombra pro lado, se de manhã pega sol terá o sol mais fraco, dependendo da época do ano o sol vai pro lado e algumas antenas ou telhados ficam na sombra a parte mais quente do dia).

    Minhas L-com estão na torre desde 2009 e tem muita ferrugem, é superficial, parece feio e até pensei em trocar, mas notei que é só a galvanização ou pré-zincagem que enferrujou, o metal por baixo está intacto (Mas é feio). Passei WD40 duas vezes e parece que melhora o aspecto por uns meses.

    Se fosse coisa mais perto do chão daria pra passar WD40 ou outro spray barato 3x ao ano (Nos mercados aqui do interior tem um de R$ 4 o frasco de 200ml (150g), pra essa função não é tão ruim (WD40 custa R$ 20!)). Mas se tudo estiver ainda novo, tem verniz spray, é o preço de tinta em spray, recomendo ColorGyn, provavelmente R$ 15 a lata (Pra uns 2m²). Não impede a ferrugem nos mastros que uso, mas diminui bastante (Porque uso ferro comum, sem tratamento).
    Não sei bem porque mas me parece que a cor Aluminio pra Rodas é que cobre de forma a permitir menos ferrugem. PARECE que essa cor é mais fina (Independente da marca) e preenche melhor a cobertura, mas claro que nunca testei coisa aberrante tipo roxo ou laranja, só notei que os suportes que pintei de preto, branco, bege ou cinza escuro parecem bem mais enferrujados que os que pintei com aluminio pra rodas (E até testei tinta emborrachada e de alta temperatura, mas não mudam a ferrugem nos suportes de ferro comum).



  11. #31

    Padrão Re: Sugestão de antena 5GHz para cliente

    Tem uma antena da 2Flex bem interessante, a 2F-5158D24 (http://www.2flex.com.br/antena-disco-2f-5158d24.php). Tem 24dBi e VSWR ≤= 2.0, mas a qualidade de fabricação dela é infinitamente superior às Aquários, além de supostamente ser desenvolvida visando toda a faixa 5GHz (5.1~5.8GHz) e ser bem mais barata.

    Sabe onde posso encontrar os produtos da 2Flex? Tinha a Baixada Net, que o Allan Caldas cita nos vídeos dele, mas eles não estão mais vendendo online.

  12. #32

    Padrão Re: Sugestão de antena 5GHz para cliente

    VSWR de 2.0 é alto demais, é maximo aceitavel, é muito mais que o normal (1.5 pra 1).

    O que que esse povo fez no elemento na ponteira pra ter VSWR tão grande? Não conhecia essa marca, e me assustei com isso.

    A diferença de 1.5:1 pra 2.0:1 nem é o fim do mundo, com VSWR de 2 aumenta 30% o retorno comparado a 1.5, provavelmente o noise floor vai subir uns 5-8dB, e potencia de saída... com 1.5 você perde 4%, com 2.0 você perde 11%, esses 7% de diferença significaria poder usar uma antena 20dBi 1.5:1. Mas o problema é que GERALMENTE o pessoal do marketing coloca o menor VSWR conseguido nalguma frequencia utilizavel, uma Aquario de 5,725-5,885GHz que fala ter VSWR <1,5:1 vai ter VSWR tipo 1.6-1.7 em boa parte desse range, só em uma faixa de 20 ou 30MHz vai ficar tão baixo como 1.5. Se essa 2Flex fala em menor ou igual a 2.0:1 IMAGINO que ela fique em torno disso em boa parte do range (Range inútil no brasil). Duvido muito que o ponto que ela eventualmente baixa pra coisa tipo 1.7:1 seja numa frequencia utilizavel/utilizada no brasil.

    Ou seja, o custo de ter antena de range tão grande é perder desempenho por conta de VSWR alto.

    Não sei bem como converter VSWR alto em noise floor a mais, em radios antigos/basicos (PX e cia) o problema de diminuir durabilidade só começa lá pelos 5:1 com potencia tipo 10W pra cima, em pacote digital (9600bps) quando o medidor de ROE marcava valor alto mal se conseguia 300bps, tinha que ajustar antena, nível de sinal não mudava mas o medidor de ROE sim (E ROE é VSWR, só muda a escala).



  13. #33

    Padrão Re: Sugestão de antena 5GHz para cliente

    Ah, uma pena então essa 2Flex ter esses problemas. A qualidade física dela é infinitamente superior às Aquários.

    Falei com a Aquário e disseram que os únicos tratamentos que dão nas partes não pintadas (parafusos e fixadores) são banho com Geomet e pré-zincagem. Se eu realmente pegar a MM-5825, espero que ela dure no mínimo uns 5 anos sem enferrujar. A antena de grade que tenho atualmente é da Aquário, então o tratamento dela deve ser o mesmo. Já tem uns 4 anos que uso ela e não parece ter criado ferrugem.

  14. #34
    Avatar de Maxs França
    Ingresso
    Feb 2013
    Localização
    Santa Cruz da Vitória - Ba
    Posts
    102

    Padrão Re: Sugestão de antena 5GHz para cliente

    Citação Postado originalmente por TsouzaR Ver Post
    Ah, uma pena então essa 2Flex ter esses problemas. A qualidade física dela é infinitamente superior às Aquários.

    Falei com a Aquário e disseram que os únicos tratamentos que dão nas partes não pintadas (parafusos e fixadores) são banho com Geomet e pré-zincagem. Se eu realmente pegar a MM-5825, espero que ela dure no mínimo uns 5 anos sem enferrujar. A antena de grade que tenho atualmente é da Aquário, então o tratamento dela deve ser o mesmo. Já tem uns 4 anos que uso ela e não parece ter criado ferrugem.
    Tem um ptp de um provedor aqui na minha cidade com essa antena aquario mm-2825, desde 2008, e a distancia é uns 15km, e não tem nenhum sinal de ferrugem na antena não,



  15. #35

    Padrão Re: Sugestão de antena 5GHz para cliente

    Citação Postado originalmente por Maxs França Ver Post
    Tem um ptp de um provedor aqui na minha cidade com essa antena aquario mm-2825, desde 2008, e a distancia é uns 15km, e não tem nenhum sinal de ferrugem na antena não,
    Obrigado pelo relato, mais um ponto a favor dessa MM-5825.