+ Responder ao Tópico



  1. Se tem GVT na região porque vc acha que eles vão comprar de vc??

  2. Não recomendo HOTSPOT, porque é uma DESGRAÇA você ser obrigado a abrir aquela velharia dos anos 90 chamada NAVEGADOR pra se logar. Existe autenticação de outras formas, hotspot é absurdamente ridícula, hotspot prevê aqueles leigos sentados numa cadeira na frente dum monitor CRT com o IE6 aberto. Internet não é isso, coloca a autenticação num roteador dentro da casa do cliente (Se ele recebe via radio coloca a CPE pra se autenticar, se ele recebe via cabo não precisa autenticação, mas tem que limitar a velocidade da porta ethernet dele, mas é mais facil colocar autenticação também, um mísero AP wifi de R$ 40 ou 50 no cliente não mata ninguém).

    Se falta link o negocio é rotear a rede, e não deixar em bridge. Bridge leva todo pacote do pc do cliente até o modem, se houver perda no trajeto o modem é que vai perder tempo requisitando denovo o dado perdido, se rotear cada roteador se comunicará com o roteador a seguir com responsabilidade sobre os pacotes perdidos.

    Veja que colocar o modem em bridge não tem nada a ver com a rede em bridge, dá uma olhada nalgum conteúdo de redes na web.
    Modem em bridge, com a RB450G discando, pode ser uma boa, mas o resto da rede, isto é, Rocket em cima do predio, NanoStation no outro predio, e roteador wifi em cada cliente, estes devem estar roteando os pacotes e não em bridge. Bridge você usa pra redezinha domestica ou soho.

    E a RB450G aguenta 40 clientes simultaneos tranquilo (Veja diferença entre simultaneos e pagantes). Teria que configurar nela um servidor radius (Pros roteadores wifi dos clientes, conectados pela porta wan, discarem o PPPOE), servidor dhcp, e fazer o controle de banda neles, podendo setar pra cada cliente uma velocidade diferente.

    Mas realmente, se tem GVT por aí, quem vai contratar conexão via radio? Será que tem tanto leigo que não tem consciencia da gigante diferença na velocidade?



  3. Vc me aconselhar deixar o morem roteado ou em bridge? Qual o melhor? Se eu colocar o rb450g para discar deixano o modem em bridge apors passar pelo rb o sinal vai sair ja disponivel p uso? Fica mais instavel assim a conecao? Quero deixar da melhor forma possivel p que fique bem estavel. Ou seria melhor deixar o modem roteado dsitribuindo o sinal uniformemente p todos? Com o rb450g posso controlar toda a rede tando o modem em bridge ou retado? Ja que hotspot é uma merda como vc sugere o controle sobre clientes? Na maioria dos clientrs possuo roteador wifi e em outros nao..o cabo vai direto p o pc. Qual a melhot forma de gerenciar todos sem ser hotspot? Vale a pena comprar o rb450g p gerenciar essa rede ou deixa ela direto c o modem roteado c esta agora dsitribuindo tudo via switch? O rb450g discando a net fica normal como se tivese roteado o modem? Libera p conectar smart tv, smartfone e etc?

  4. Recomendação que eu já tinha explicitado nos posts: Modem em bridge, RB450G discando a conexão do modem, RB450G como servidor radius, é basicamente a opção no Mikrotik, em queue ou pcq você limita o trafego com um profile único ou vários.

    (Hotspot permite discado no desktop ou notebook caso o usuario não queira wifi em casa, você configura discador 1 vez na vida e usa até morrer (Ou até formatar o windows mes que vem porque a criança confiou na proteção do Avast ou pporque visitou o Baixaki e encheu de adwares...). PPPOE permite conectar assim que liga o PC, não precisa ficar logando no browser (Afinal você deve DESCINCENTIVAR o uso do browser, incentivar app mobiles e serviços como messengers, pois eles consomem muuuuuuuito menos banda que navegação em navegador a 1366x768, com video em 360p e cia (Smartphone barato pega video a 144 ou 240p, messenger tipo WhatsApp usa 10% da banda que abrir o maldito Facebook pra usar o chat do site, etc). Mas o melhor: Colocou roteador wifi em casa? Põe ele pra discar PPPOE, aí a rede wifi do cliente fica 100% livre de autenticação (Mas configura encriptação wpa2 na rede wifi, claro).

    Distribuir internet via switch comum já comentei que é a coisa mais insegura do mundo, vírus circula via rede, sniffer captura pacote de navegação ou messenger e rouba dados (Pra spam, pra roubo).

    E já te falei, ESQUECE o modem em bridge, isso não tem NADA a ver com a sua rede DEPOIS da RB450G estar em bridge. Um roteador ele ISOLA as redes, e por questão de segurança e diminuir trafego de pacote parcialmente corrompido você TEM QUE isolar o desktop do seu cliente do modem.

    Releia os posts se precisar, você perguntou coisas já respondidas.
    (E já respondidas em centenas de posts no forum, procura por Queue list, pcq, pppoe, rede em bridge, rede roteada, e se for conteúdo complexo procura primeiro no google por curso de redes, porque ME PARECE que você não está entendendo a tarefa do roteamento, está achando que roteamento é coisa difícil de configurar, mas não é, ao colocar um mísero roteador wifi de R$ 40 num cabo de rede esse roteador está roteando os pacotes wifi antes de passar pra rede, exsite melhora significativa ao fazer isso porque rede wifi perde pacote, SE essas perdas fossem todas repassadas pro modem responder o modem não ia aguentar mais que 2 ou 3 clientes com o uTorrent no default baixando 3 torrents cada, é muuuuuuito pacote pra um modem lidar, você tem que rotear a rede (Removendo switch) para que o processamento de rede seja distribuído pelos roteadores no caminho, para que 1 conexão não use todo o processamento da RB ou do modem.

    (Imagina um mensageiro lesado que só repassa o recado, esse é o switch e a bridge. Já o analista que recebe a informação, analisa a utilidade ou validade dela, e repassa a informação (Não o "recado") depois de ter certeza, esse é o roteador. Se você tiver só esses garotos de recado te trazendo frase decorada depois de frase decorada você fica louco com tanta informação errada, você é um só então precisa quem analise as informações antes que cheguem até você, pra que só chegue informação relevante. Rede faz algo parecido, um switch é interessante quando você quer inteligar todos os usuarios, mas provedor precisa ISOLAR os usuarios (Por questão de segurança, é muito facil capturar dados via rede em bridge), a rede roteada ajuda na redução de uso de processamento da RB (Não te deixa louco com um monte de recado ilegível), e ajuda no isolamento dos clientes (Não permite que o vizinho A (Aquele fofoqueiro!) escute qual a senha do Hotmail do vizinho B quando este falar ela no telefone)



  5. @rubem , no hotspot dá para deixar a autenticação por MAC. Daí vai entrar direto sem precisar abrir o navegador para autenticar.
    O gerenciador que usamos tem opção para configurar autenticação automática no hotspot.
    Apesar de que sem navegador não se faz quase nada.

    Com certeza um PPPOE com login e senha configurado no rádio do cliente é muito funcional.
    Testamos aqui o PPPOE mas o resultado não foi tão estável como no hotspot. Tivemos vários clientes que a performance caiu bastante.
    Deu até para brincar com os modos de autenticação do cliente. Com acesso remoto, hora dava para testar com hotspot, hora com pppoe. Assim se comparava o desempenho em tempo real.
    Cliente que mantinha o desempenho, deixamos em pppoe. Cliente que caia o rendimento ou que ficava toda hora desconectanto e outros até que não navegavam mais, daí retornavmos para hotspot.
    Nas CPE tem opção para autenticar pppoe por demanda, manualmente ou permanente e mesmo nestes últimos a conexão para vários caia toda hora.

    Ouvi dizer que pppoe é muito mais exigente quanto a rede.

    E por isso não é qualquer kit que vai funcionar bem, seja hotspot ou pppoe ou qualquer outra forma.
    Como você já disse, o negócio é fugir de kits prontos. Montar algo bem projetado, com começo, meio e fim...






Tópicos Similares

  1. Respostas: 10
    Último Post: 23-10-2012, 04:34
  2. Respostas: 7
    Último Post: 07-07-2011, 07:22
  3. Respostas: 12
    Último Post: 19-01-2011, 15:23
  4. Respostas: 24
    Último Post: 06-04-2009, 21:00
  5. Respostas: 3
    Último Post: 21-12-2005, 09:13

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L