+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Migração EoIP para MPLS/VPLS

    Estou iniciando a migração conforme citado no tópico.

    Estou com alguns problemas e preciso de informações de como proceder.

    O cenário de exemplo é como abaixo.
    R1 -> R2 -> R3

    o R1 fecha o VPLS com o R2, os PPPoEs conectam normalmente
    o R1 também fecha o VPLS com o R3, porem nada de conseguir trafegar algo nesse caminho, nem IP muito menos o PPPoE.

    Alguma sugestão da comunidade em o que posso estar cometendo de erro?

  2. #2

    Padrão Re: Migração EoIP para MPLS/VPLS

    sim, o OSPF esta rodando 100%, e estou fechando pelas lo. As VPLS estao fechando, somente nao trafegando. O MPLS esta rodando igualmente nos 3 routers. Primeiro achei que fosse algo das versões 6.xx mas testei em outra rede isolada da mesma que estava em processo de migração e tambem nao passou.



  3. #3

    Padrão Re: Migração EoIP para MPLS/VPLS

    R1
    mpls interface print
    Flags: X - disabled, * - default
    # INTERFACE MPLS-MTU
    0 * all


    interface vpls print
    Flags: X - disabled, R - running, D - dynamic, B - bgp-signaled, C - cisco-bgp-signaled
    0 R name="vpls-00" mtu=1522 l2mtu=1522 mac-address=02:E21:3C:3A:49 arp=enabled disable-running-check=no remote-peer=172.17.204.7
    vpls-id=0:30 cisco-style=no cisco-style-id=0 advertised-l2mtu=1522 pw-type=raw-ethernet use-control-word=default

    1 R name="vpls-01" mtu=1522 l2mtu=1522 mac-address=02:E21:3C:3A:49 arp=enabled disable-running-check=no remote-peer=172.17.204.7
    vpls-id=01:31 cisco-style=no cisco-style-id=0 advertised-l2mtu=1522 pw-type=raw-ethernet use-control-word=default

    2 R name="vpls-02" mtu=1522 l2mtu=1522 mac-address=02:E21:3C:3A:49 arp=enabled disable-running-check=no remote-peer=172.17.204.7
    vpls-id=02:14 cisco-style=no cisco-style-id=0 advertised-l2mtu=1522 pw-type=raw-ethernet use-control-word=default

    3 R name="vpls-03" mtu=1522 l2mtu=1522 mac-address=02:E21:3C:3A:49 arp=enabled disable-running-check=no remote-peer=172.17.204.7
    vpls-id=03:15 cisco-style=no cisco-style-id=0 advertised-l2mtu=1522 pw-type=raw-ethernet use-control-word=default

    4 R name="vpls-04" mtu=1522 l2mtu=1522 mac-address=02:19:20:66:97:45 arp=enabled disable-running-check=no remote-peer=172.17.204.6
    vpls-id=04:01 cisco-style=no cisco-style-id=0 advertised-l2mtu=1522 pw-type=raw-ethernet use-control-word=default

    5 R name="vpls-05" mtu=1522 l2mtu=1522 mac-address=02:19:20:66:97:45 arp=enabled disable-running-check=no remote-peer=172.17.204.6
    vpls-id=05:02 cisco-style=no cisco-style-id=0 advertised-l2mtu=1522 pw-type=raw-ethernet use-control-word=default

    6 R name="vpls-06" mtu=1522 l2mtu=1522 mac-address=02:19:20:66:97:45 arp=enabled disable-running-check=no remote-peer=172.17.204.6
    vpls-id=06:03 cisco-style=no cisco-style-id=0 advertised-l2mtu=1522 pw-type=raw-ethernet use-control-word=default

    7 R name="vpls-07" mtu=1522 l2mtu=1522 mac-address=02:19:20:66:97:45 arp=enabled disable-running-check=no remote-peer=172.17.204.6
    vpls-id=07:01 cisco-style=no cisco-style-id=0 advertised-l2mtu=1522 pw-type=raw-ethernet use-control-word=default

    8 R name="vpls-08" mtu=1522 l2mtu=1522 mac-address=02:19:20:66:97:45 arp=enabled disable-running-check=no remote-peer=172.17.204.6
    vpls-id=08:02 cisco-style=no cisco-style-id=0 advertised-l2mtu=1522 pw-type=raw-ethernet use-control-word=default

    9 R name="vpls-09" mtu=1522 l2mtu=1522 mac-address=02:19:20:66:97:45 arp=enabled disable-running-check=no remote-peer=172.17.204.6
    vpls-id=09:03 cisco-style=no cisco-style-id=0 advertised-l2mtu=1522 pw-type=raw-ethernet use-control-word=default

    10 R name="vpls-10" mtu=1522 l2mtu=1522 mac-address=02:AA:8F:EB:5C:0D arp=enabled disable-running-check=no remote-peer=172.17.204.2 vpls-id=10:14
    cisco-style=no cisco-style-id=0 advertised-l2mtu=1522 pw-type=raw-ethernet use-control-word=default


    Nas outras as RBs a configuração é semelhante.
    As VPLS com o remote-peer=172.17.204.7 que é a ID=0-3 estão registradas porem sem conseguir trafego.

    O que percebi que na RB que esta entre o caminho, no caso o R2 não esta enviando a label "target"
    # TRANSPORT LOCAL-TRANSPORT PEER SEN
    0 DOTV 172.17.204.1 172.17.204.6 172.17.204.1:0 yes
    1 DO 172.17.204.7 172.17.204.6 172.17.204.7:0 no

  4. #4

    Padrão Re: Migração EoIP para MPLS/VPLS

    poderia passar um cenario:
    MTU das Interfaces MPLS
    MTU das VPLS
    MTU dos Servidores PPPoE

    esse cenario em uma rede com varios roteadores.



  5. #5

    Padrão Re: Migração EoIP para MPLS/VPLS

    MTU esta baixo no minímo 1526 [1].

    E se tiver UBNT fazendo ponto a ponto, OSPF deverá subir em NBMA, pois não há suporte a multicast, além de setar o mesmo MTU configurado no mikrotik



    [1] http://wiki.mikrotik.com/wiki/Manual...n_RouterBoards

  6. #6

    Padrão Re: Migração EoIP para MPLS/VPLS

    Citação Postado originalmente por Arthur Bernardes Ver Post
    MTU e Advertised L2MTU da VPLS em 1500.

    MTU dos servidores PPPoE em 1480.

    O MTU das interfaces MPLS vai depender muito de quais roteadores estão na sua rede, pode dize-los aqui?

    Quem manda na sua rede tem que ser o menor L2MTU, tem alguma RB450G, RB750G, RB493, RB411 ou RB433? Caso não tenha nenhuma delas pode colocar o MPLS MTU em 1530, caso tenha o menor L2MTU delas se não me engano é 1522, então configure esse valor em TODOS os roteadores da rede MPLS, agora caso tenha algum UBNT no meio coloque 1500.
    Em Todos os casos quem MANDA na rede é 1100 ou CCR. A rede não tem UBNT, pura mikrotik, entre os caminhos todos os modelos citados acima



  7. #7

    Padrão Re: Migração EoIP para MPLS/VPLS

    Citação Postado originalmente por caicarabruno Ver Post
    MTU esta baixo no minímo 1526 [1].

    E se tiver UBNT fazendo ponto a ponto, OSPF deverá subir em NBMA, pois não há suporte a multicast, além de setar o mesmo MTU configurado no mikrotik



    [1] http://wiki.mikrotik.com/wiki/Manual...n_RouterBoards
    Alguns equipamentos tem interfaces que permitem somente 1522 de MTU, digo interfaces fisicas ETHERNET

  8. #8

    Padrão Re: Migração EoIP para MPLS/VPLS

    Então você não pode incrementar o cabeçalho e se não pode não use!
    Pois você vai causar a fragmentação dos pacotes além do reenvio de pacotes, degradando seu serviço gerando instabilidade e perca de pacotes.

    Solução enquanto não houver upgrade nos equipamentos:

    Autenticação em cada RB
    Centralizar apenas o Radius.

    pronto, assim sua rede não será acometida dos males citados acima.

    Abraços



  9. #9

    Padrão Re: Migração EoIP para MPLS/VPLS

    Neste caso ele esta considerando a VLAN, como você pode ver na Imagem da url, sendo assim há o incremento de mais 4 aos 1526.

  10. #10

    Padrão Re: Migração EoIP para MPLS/VPLS

    Resumindo, segue um cenário

    RB1000 --------------- RB750 ------------------------- RB800
    VLAN + MPLS ------ VLAN + MPLS ------------- MPLS

    Olhando a primeira vista deveria funcionar, já que as interfaces permitem uma L2MTU como o descrito acima certo?



  11. #11

    Padrão Re: Migração EoIP para MPLS/VPLS

    Citação Postado originalmente por ricardoandre Ver Post
    Resumindo, segue um cenário

    RB1000 --------------- RB750 ------------------------- RB800
    VLAN + MPLS ------ VLAN + MPLS ------------- MPLS

    Olhando a primeira vista deveria funcionar, já que as interfaces permitem uma L2MTU como o descrito acima certo?
    Pela sua estrutura, baseando-se a partir da ether2 da sua RB750, você chega no máximo a 2028 para L2MTU, portanto sua MTU pode chegar a este Valor!

    Pelo que eu entendi, você vai Fechar uma VLAN e por dentro dela vai fechar o MPLS+VPLS?

    Lembrando que o Calculo acima é somente para MPLS+VPLS.

    Faça um laboratório antes de implementar em sua rede de produção com o GNS3.


    Abraços!