+ Responder ao Tópico



  1. Jorgilson, pior que nao tenho parente fora do pais =/ Ja me foi oferecido ajuda para importar mais tive problemas com pedido parado 110d na receita mesmo tudo pago nos conforme, depois disso fiquei cabreiro.

    Sou mais pegar direto de fornecedor BR, pois no paraguas nao creio que o preço vá ser muito menor com esse dollar a 3,00

  2. Citação Postado originalmente por JonasMT Ver Post
    Jorgilson, pior que nao tenho parente fora do pais =/ Ja me foi oferecido ajuda para importar mais tive problemas com pedido parado 110d na receita mesmo tudo pago nos conforme, depois disso fiquei cabreiro.

    Sou mais pegar direto de fornecedor BR, pois no paraguas nao creio que o preço vá ser muito menor com esse dollar a 3,00
    Vc tem razão, o pior é que nossos governantes só prestam para cobrar impostos, raça maldita esse tal de político.



  3. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Se colocar a conta na ponta do lapis, são 154dBm de perda em 200Km.
    Como ele tem antena da propria UBNT de 34dBi, e em BPSK a potencia é de 26dBm, são 60dBm EIRP.
    60 - 154 = -94dBm no ar.
    Com 34dBi de ganho, passa de -94 pra -60dBm.
    Em BPSK no datasheet a sensibilidade é de -90dBm com canal de 10MHz de largura.
    -90 + 60 = 30dBm de margem.
    Pra BPSK uma margem de 30dBm tá muito boa pra essa distancia (Pra 10Km até uns 12dBm de margem serviria)

    Duvido que dê 100% de CCQ nesse caso, mas o "até XX distancia" na publicidade sempre leva em conta até 10% de perdas. É uma perda que pra mim é inaceitável, mas... funcionar em 200Km é pra funcionar, 30dBm de margem pra mim que só dá 100% de CCQ até uns 40Km, mas não quer dizer que não conecte.

    (Em 200Km o bicho pega é com zona de fresnel e cia, mas o "Até 200Km" sempre tem um monte de porém's. O AF5U não cita tanta distancia porque? Provavelmente por falta de radome no mercado. As antenas do AF5U são de menor ganho, 23dBi, comparando com 34dBi são 11dBi a menos, 22dBm a menos de sinal ao todo (Em 100Km a queda de sinal é de uns 148dBm, o problema não é distancia, seria devaneio por poeira, chuva, reflexo no solo devido a falta de radome e o angulo maior dos AF5U (Comparado a um dish 34dBi com radome) e etc)

    Achar um morro de 500m com um vale no meio pra fazer PTP com 200% da zona de fresnel limpa complica, mas possibilidade existe (Balão <> Balão seria um bom teste).




    Não mechi com muitos links grandes mas a partir de certa distancia uma margem sinal/sensibilidade de apenas 20dBm é pouco, passa pra 25dBm lá pelos 25Km, e 30dBm de margem lá pelos 35Km, ficando abaixo disso nunca tive CCQ tipo 98%, e acima disso sempre tive 100%.
    (Ou seja, -45dBm pra MCS15 a 20MHz)

    Em distancia grande eu acho -51dBm um sinal baixo, não permite muita coisa.
    (Mas nuns 20Km passa muita banda)
    Rubem no meu caso que tenho -51 de sinal com RB912 em 44km, caso eu mude elas para NETMETAL AC, que segundo o fabricante tem mais potência de sinal na RF do que a RB915, esse sinal melhoraria? e consequentemente o througput?

    A NETMETAL funciona so em N? ou só funciona mixed? em caso de poder deixa em modo N? ela por se só daria um sinal melhor que a 912?

  4. @delegato, sim ele funciona só em N ai fica a msm coisa que uma rb912 porem com maior processamento! Eu ja usei ela no lugar de uma 912 o ganho de sinal foi praticamente 0 fez foi piora kkkkkkk

    Enlace 38km dish 34 sinal na epoca -40



  5. Tem que ver que o "mais potência" na maioria dos casos é passar a potencia de 22dBm pra 24dBm, isso é um aumento de 2dBm no sinal no outro lado, vai passar de -51 pra -49dBm, onde uma margem de sinal de 19dBm não dá CCQ decente, passar pra 21dBm de margem também não vai fazer milagre.

    Só 2dBm não muda muita coisa, AC tem sensibilidade 2 ou 3dBm PIOR que N (Afinal passa de 64 pra 256 pontos na modulação, precisa maior definição), onde N em MCS15 já está bom aí sim N com 2 ou 3dBm a mais de potencia poderia usar AC digamos num MCS8 (MCS8 em AC não tem nada a ver com MCS8 de N (2x MCS0), não confundir), mas pra usar MCS9 em AC vai precisar uns 7 ou 8dBm a mais de sinal (Que N em MCS15).

    -51dBm não dá nem pra MCS15 em N, a sensibilidade é -76dBm então isso é só 25dBm de margem, e pra mim que depois dos 30Km só existe 100% de CCQ com 30dBm de margem (Com 25Km bota aí uns 27 ou 28dBm de margem), só lá pelos -46dBm de sinal que teria 100% de CCQ e throughput maximo (Em 5Km até 12dBm de margem serve, lá pelo 15Km precisa 20dBm de margem, mas depois dos 30Km precisa muito mais, aparentemente existe algum tipo de devaneio em distancia longa, ou muito reflexo (efeito multipath) que faz com que mesmo tendo sinal teoricamente bom o throughput seja meia-boca, aqui no interior nunca consegui convencer fazendeiro a usar radome então não sei se é efeito multipath ou não (Radome com espuma lateral reduziria isso, ia diminuir o angulo)).

    Se já tem 100% de CCQ em MCS15, e sinal sobrando, aí sim acho que vale a pena "evoluir" pra AC.
    AC é modulação com mais pontos que N, então exige sinal ainda maior. Dia que surgir um 512QAM vai precisar ainda mais sinal (Tipo -30dBm!).

    Em 44Km a perda no ar é de 140dBm, perda caso tenha 100% da zona de fresnel limpa, sem agua na borda, etc, etc e etc. Com 60dBm EIRP (25dBm no radio, 35dBi na antena) você tem 60 - 140 = -80dBm, com 35dBi de antena você tem -80 + 35 = -45dbm de sinal. Então que é possível ter sinal suficiente pra MCS15 em 44Km até é.

    Mas na prática a queda de sinal atual deve passar de 140dBm, porque zona de fresnel 100% limpa (Ou 200% limpa caso passe sobre agua, vegetação úmida e etc) em 44Km acho meio impossível. E esse problema não é nem de N nem de AC, é do mundo ser como é (Relevo, mato, agua, cidades...)

    Se tem -51dBm de sinal, com antena de 34dBi, -51 - 34 = -85dBm, -85 + 140 = 55dBm EIRP, seria 34dBi de antena e 21dBm de radio, passar o radio pra 24dBm ia passar o sinal de -51 pra -48dBm, ACHO que ainda não ia dar 100% de CCQ nem em MCS15 (Talvez nem em MCS14), mas ia dar uns 98% de CCQ e throughput já muito bom, mas com sinal insuficiente tanto N como AC não passam toda a banda, se não for pra ficar com sinal perfeito não vejo porque investir em AC, com 256QAM precisa ainda mais sinal que com 64QAM, não tem como lutar contra isso.
    (Se seu radio está em 22 ou 23dBm hoje, tem que ver aquela perda de 0,5dBm no pigtail de 30cm feito com cabo LMR300, aquela perda de 0,5dBm por uma antena estar 1% girada pra esquerda com relação a outra, tem que ver o 0,5dBm de perda causada pela VSWR de 1:1,7 no canal usado pela antena (Tem que ver no datasheet qual o canal de menor VSWR, e ter a certeza que esse canal já está poluído na vizinhança), enfim, tem sempre 2 ou 3dBm extras de perdas que também não tem como resolver, por isso tanta gente fala que AC precisa 10dBm a mais de potencia que N, é um arredondamento pra cima pra ter margem boa.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 98
    Último Post: 28-03-2016, 22:02
  2. Novo AirFiber 24HD
    Por Kleber Teodoro no fórum Redes
    Respostas: 13
    Último Post: 27-04-2015, 09:16
  3. Respostas: 47
    Último Post: 08-04-2014, 12:03
  4. Respostas: 67
    Último Post: 27-10-2012, 20:54
  5. Respostas: 36
    Último Post: 27-03-2012, 11:19

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L