Página 6 de 6 PrimeiroPrimeiro ... 23456
+ Responder ao Tópico



  1. Parabéns pelo esclarecimento, é esse tipo de comentário técnico que esperamos num fórum.


    Um ponto que não tem relação direta com o PowerDam e seus rendimentos é: O consumidor nem sempre compara o produto com outro similar/concorrente.

    No caso do post, começou falando em GERADOR a combustível fóssil. Eu meti controlador solar no meio da estória não por ser similar ao PowerDam, mas porque provedor de internet (Caso do autor do post inicial, e de quase todo participante do fórum) tem vários opções de ininterruptibilidade, seja com algum sistema auxiliar com energia solar, seja com PowerDam ou com algum no-break comum/barato, seja com gerador a diesel ou gasolina. No comparativo entre opções diferentes todo gerador a combustível líquido sairá perdendo (Ainda que seja o mais silencioso e o menos poluente do mundo), e todo no-break AC terá consumo geral pior que sistemas híbridos com energia solar e eólica.

    (Baixar pra 13,7VDC pra armazenar em bateria, depois inverter pra 120VAC pra alimentar fonte chaveada que vai baixar de novo pra 12VDC pra alimentar equipamento de rede, é um processo ridículo, mesmo com rendimentos altos isso terá consumo geral pior que um sistema que fique apenas com DC em baixa tensão, só perde o gasto no processo de carga da bateria. Isso não tem nada a ver com o PowerDam em específico, mas pra pequeno provedor de internet comum no brasil essa opção existe, ele vai comparar alhos com bugalhos porque as 2 ou 3 opções diferentes entre si resolvem o problema dele. Por isso um post sobre geradores meteu energia solar e no-break AC no meio)

    E eu sempre vou citar que o uso de armazenador em bateria tem suas perdas de eletricidade, é questão ambiental, usar rede AC pra carregar bateria de chumbo ácido terá rendimento ruim sempre, a bateria não armazena tudo o que circula por ela, ainda que a fonte chaveada que a carregue tenha rendimento tão bom quanto 95% (Não sei se é esse, mas quem capricha na inversão deve caprichar na fonte pra carga). Ter essa perda usando uma fonte solar ou eólica não é problema, sol e vendo vão e vem sem custo financeiro nem custo ambiental, mas a rede AC tem custo financeiro e ambiental pra se manter, qualquer melhoria em rendimento, ou qualquer coisa que EVITE seu uso eu sempre vou elogiar.

    (E lamento a falta de nobreak com bateria de lithium no mercado, pra demanda por blackouts diários (Ontem tive um de 4h, e um de 30 min., perdi 2 ciclos (Descarga de 100%) da bateria de chumbo, tendo 4 ou 5 blackouts como esse por semana uma bateria como a indicada no site (Freedom, que eu uso) não chega em 2 anos de jeito nenhum, mas lithium suporta um número de ciclos de recarga muito maior. Em sistema solar o número de ciclos é importante pois é um ciclo por dia, 365 ciclos no ano, se forem 365 ciclos com descarga de 80% a bateria perde metade da capacidade no ano. Ter todos esses rendimentos alto do PowerDam com bateria de chumbo ácido, ainda que AGM ou VRLA, decepciona. Se quiser entender isso como uma crítica ao PowerDam e não à indústria em geral, a vontade)

    Note a sugestão que eu dei de fato:
    https://under-linux.org/attachment.p...8&d=1426886496
    É uma gambiarra horrível, ridícula, mas... é a solução já que nenhum fabricante tem sistema similar pronto pro uso. Ou se tem, não por preço adequado pro Brasil.

    (E citei um nobreak dupla-conversão da APC porque na época não tinha a informação que o PowerDam tinha senoidal limpa, na época tinha APC dupla-conversão de 1kVA por R$ 1 mil (E nos anúncios o PowerDam estava R$ 2 mil), e não tinha essa informação que o PowerDam chega em 95% de rendimento a partir da bateria. Se chega nisso, parabéns, está com qualidade muuuuuito acima dos nobreaks comuns de R$ 1 mil , os mais vendidos no brasil)



    Se o rendimento na inversão é de 95%, e tem algo similar na tensão pra carga das baterias (com black out quase diário isso conta), e a venda no site é feita por aqueles preços lá (Estava me baseando nos quase R$ 4 mil nos anúncio no ML, único lugar com PowerDam a venda anos atrás), eu provavelmente vou usar ele qualquer dia, mas não pela opinião "difamatória" ou "elogiosa" que vi nalgum post, mas por conta desse detalhe técnico não mencionado na aba de especificações técnicas no site (Tá exagerando o poder de influência de um fórum e subestimando o poder de uma ficha técnica exaustivamente detalhada).

  2. Sr. Rubens,

    Nós não vendemos diretamente pelo mercadolivre, temos muitas informações no site www.powerdam.com.br e quem não encontrar tudo o que deseja saber, nós pedimos para entrar em contato.

    Entendemos suas colocações e não discordamos da maioria delas, exceto de especificar o rendimento irreal do nosso equipamento. Se possível acesse o site www.powerdam.com.br e faça algum tipo de simulação com o dimensionador para entender que o resultado não é o mesmo que considerar uma bateria de 240AH, em um regime de descarga de 100Ah, tendo o mesmo desempenho em um regime de 20 horas.

    Com relação ao aquecimento, o nosso equipamento utiliza transformador convencional de muito boa qualidade (similar ao que é usada pelo Xantrex) mas que em decorrência da pesada estrutura metálica das placas retém calor que não é facilmente dissipado. Esse calor retido pode ser confundido com dissipação excessiva de potencia.

    O Powerdam também só aciona o cooler quando a temperatura interna atinge um nível pré estabelecido. Se o cooler funcionar ininterruptamente vamos ter problemas frequentes, como excesso de poeira, maresia, etc.

    São muito os detalhes e esse sistema foi desenvolvido para atender determinados nichos, que inclui a substituição de geradores em determinadas aplicações e é por isso que fazemos referencias comparativas com gerador na divulgação com o objetivo de informar as pessoas mais leigas, que muitas vezes compram um gerador para alimentar um refrigerador que armazena vacinas, como exemplo!

    O Powerdam não foi projetado exclusivamente para atender uma determinada aplicação, é um equipamento que vem sendo utilizado em larga escala por usuários domésticos, comércio e indústria em geral, para atender as mais diversas aplicações, desde alimentação de equipamentos de manutenção de vida (UTIs domésticas e móvel) até mesmo para manter um refrigerador móvel para transporte de sorvetes ou ar condicionado em casas de praia! Existem caso especiais, como o caso de chaveiro, costureira móvel..,etc. O tipo de inversor que usamos é único capaz de suportar a partida de motores elétricos e por isso abandonamos a tecnologia recente no caso do Powerdam.

    Os preços antigos referiam ao Powerdam de 1000W, hoje só temos o de 2000W . As importações retornarão com equipamentos de 600W, 1000W, 2000W, 3000W, 4000W, 5000 e 6000W. Acima de 3000W o barramento DC será de 24V e de 5000W em diante 48V. Vamos ter a opção do Powerdam hibrido com MPPT (controlador de carga).

    Sabemos que um equipamento de 1000W não é o ideal para o consumo de 300W, comum no caso dos provedores, mas temos também avaliado que a maioria opta por um banco de baterias de alta capacidade e dessa forma não é viável um Powerdam de 600W com o carregador mais potente do que o inversor! Temos muito usuários usando o Powerdam 2000W, mesmo que a carga seja baixa, mas porque precisam recarregar banco de baterias de até 5000AH!

    Com relação a comparação com geradores, mais uma vez, estamos nos referindo aos casos em que o Powerdam atende com muita vantagem a demanda antes atendida por geradores acionados por motores a explosão, e são muitos os casos que atendemos, onde, por exemplo, a pessoa estava desesperada sem saber como instalar um gerador dentro de um apartamento, para manter uma iluminação composta de lâmpadas de LED que um Powerdam com 02 baterias conseguiu manter por 24 horas!

    São casos assim, você sabe muito bem buscar a melhor solução mas as pessoas comuns não e nós estamos apenas buscando atender também essas pessoas, se for caso para gerador nós vamos dizer isso!

    Estarei a sua disposição para discutir e aprofundar no assunto. Aproveito para informa-lo sobre a nossa experiência com geradores, pois já tivemos o maior parque de no-breaks dupla conversão do Brasil, instalados em todas as dependências do Banco do Brasil em mais de 4000 munícipios. Posso te dizer que se o gerador não for muito bom as variações de frequência não permitem o no-break detectar a energia como estável e pode continuar no modo baterias até o desligamento por bateria baixa.

    São muitos os casos em que o usuário usa um gerador de baixo custo e não consegue manter no-breaks em geral. Intencionalmente o Powerdam já é menos sensível as variações de frequência justamente para evitar esse problema mas temos que manter uma faixa segura, pois não é recomendado manter a saída no modo rede se a frequência de entrada estiver fora dos padrões suportáveis pela maioria das cargas.

    Estaremos atentos para oferecer a melhor opção para os provedores, no passado já fabricamos carregadores especiais de 48V, 72V etc. de alto rendimento e sabemos que quanto menos transformações ocorrerem menores serão as perdas e por isso não descartamos soluções inteligentes no futuro para atender, de forma extremamente racional e otimizada, as demandas especificas de baixo consumo dos provedores.



  3. Atendendo pedidos do Fabricante removi os posts do @rubem que não representavam a realidade do fabricante.






Tópicos Similares

  1. 2 AP´s 2000 na mesma torre
    Por Kandango no fórum Redes
    Respostas: 0
    Último Post: 16-09-2005, 13:12
  2. Porque pede senha para imprimir na estacao win98?
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 22-06-2005, 13:02
  3. 2 ominis na mesma torre
    Por emanuel no fórum Redes
    Respostas: 9
    Último Post: 05-12-2004, 23:10
  4. Alterar senha do usuário samba na estação windows
    Por iramfaria no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 7
    Último Post: 22-04-2004, 15:28
  5. cups com impressora na estação windows
    Por herrera no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 13-12-2003, 10:01

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L