Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico



  1. Eu tive essa duvida a muitos anos e testei. E funcionar funciona.

    Problema:Cabo RGC58 tem atenuação em 2,4GHz de 1 dBm por metro, em 100 metros perderá 100dBm. Se o radio tem potencia de saída de 20dBm, 20 - 100 = -80dBm, e -80dBm dá pra coisa ridicula tipo 5,5M em B, 6M em G ou 6,5M em N.

    Eu testei isso em radio mais velho tipo Zinwell de 10 anos atras, aqueles sem amplificador de saida, com potencia em G (54) tipo 14dBm, só com 50m de cabo tinha sinal suficiente.

    Radio mais potente que você acha é de 30dBm, e cabo de menor perda em 2,4GHz é RGC213 que tem perda de 0,5dB por metro, se precisa sinal tipo -50dBm pra MCS7 a 40MHz então você pode perder 80dBm apenas, que significa 160m de cabo. Mas RGC213 sai bem mais caro que fibra.

    (E quanto maior a frequencia maior a atenuação, 5GHz vai funcionar em 30m e olhe lá, cabo coaxil só presta em frequencia baixa tipo 100-200MHz, onde a atenuação é algo tipo 10-15% do que é em 2,4GHz (Ou seja, onde 2,4GHz mal funciona em 50m 240MHz vai funcionar em 500m))

    (Alias, em 50m eu lembro de ter conexão péssima apesar de sinal bom, provavelmente muita onda refletida, talvez chipsets modernos lidem melhor com isso, eu testaria SE tivesse alguma redução de custo, mas cabo coaxil hoje é muito mais caro que antena, sai bem mais barato fazer repetidor passivo)


    Bons vendedores informam na fucha técnica dos cabos a atenuação por metro, ou a cada 100m, em diversas frequencias, cabo RGC58 barato tem atenuação tão ruim nos 2,4GHz que eles informam só de 1GHz pra baixo, mas seria interessante ver tabela com atenuação de 5dB em 100m a 100MHz, e 100dB em 100m a 2,4GHz! Isso explica porque rede ethernet usa só 100MHz, é um limite custo x beneficio onde a atenuação é pequena mas a frequencia ainda permite uma boa banda.

  2. O bom é usar com combinador, onde se pode entrar com até 4 ou mais roteadores ou interfaces de celulares e liga a uma única antena, porém a perda de sinal RF na saída é muito grande, assim como na recepção. Para isso o cabo coaxial, conector e principalmente antena precisa ser de ótima qualidade.



  3. confesso que ja tive a mesma duvida, eu imaginava que seria pouca coisa merlhor que usar as antenas, que talvez dariam ums 300metros, mais vi que o @rubem ja testou, tirou minha duvida tb.
    tb tenho outra duvida, se ligasse apenas o conector central a um fio e ligasse tb no centro do proximo roteador e aterrar a carcaça de ambos os roteadores, tai uma coisa que gostaria de testar, mais uma duvida tosca ssrsrs

  4. entao ai que tah kkkk



  5. Citação Postado originalmente por lcesargc Ver Post
    confesso que ja tive a mesma duvida, eu imaginava que seria pouca coisa merlhor que usar as antenas, que talvez dariam ums 300metros, mais vi que o @rubem ja testou, tirou minha duvida tb.
    tb tenho outra duvida, se ligasse apenas o conector central a um fio e ligasse tb no centro do proximo roteador e aterrar a carcaça de ambos os roteadores, tai uma coisa que gostaria de testar, mais uma duvida tosca ssrsrs
    A antena dos roteadores transmite E recebe, tem um CI que fica chaveando entre TX e RX o tempo todo, se não me engano aparece nessa imagem:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         bullet.m2.rf.jpg
Visualizações:	367
Tamanho: 	622,9 KB
ID:      	58935
    Nesse caso tem um CI amplificador, roteador de mesa barato não tem esse amplificador de saída, eles usam só a potencia nativa do chipset (Aquelas coisas péssimas tipo 12dBm em MCS6 802.11n).
    O amplificador envia pra saída potencia tipo 100mW, se ele for pra outro CI similar que estará no processo de transmissão também, ao invez de ter a habitual resistencia que é a antena transmitindo pro ar, ele vai ter o sinal de OUTRO amplificador chegando nele, nunca testei mas acredito que se fizer isso com potencia comum vai é queimar o amplificador.

    Mas o chipset não pode "ver" que o outro radio está transmitindo e esperar a vez dele? Poderia se ele fosse programado pra isso, mas não são, os radios comuns definem quando transmitir (TX) e quando receber (RX) com base nas requisições que chegam, e mesmo que não haja NENHUMA conexão ele está transmitindo SSID, e ainda que esteja em modo cliente ele está sempre respondendo pacotes de sincronia mesmo que NENHUM dado de usuário esteja passando. Wifi não é como humanos conversando onde um fala e o outro escuta, é mais tipo uma conversa de biruta onde um responde "ahã" depois de CADA palavra que o outro fala, e no final de cada frase fala 1 ou 2 termos que resumam a frase pra ficar claro que entendeu (Um tipo de checksum), wifi troca dados o tempo TODO, com usuário usando internet ou não, wifi na verdade NÃO É internet, wifi é rede, rede se mantém em pé havendo trafego ou não.

    Em roteador sem amplificador tem capacitor e cia desacoplando algumas frequencias, como eles operam com potencia baixa acho que não queimaria a saída (TX), mas... os chipsets provavelmente ficariam malucos recebendo um p*ta sinal em digamos 10dBm quando não estão transmitindo! Se um cliente com sinal -20dBm já TRAVA uns chipsets, imagina subir 30dBm e chegar a 10dBm. Alias, acho que até travaria se a potencia fosse 0dBm (Que não é 0 watt, 0dBm é 1mW (1dBm é 1,25mW), mas -1dBm não é potencia negativa, é simplesmente menos que 0, ou seja, é menos de 1mW, de modo que -1dBm é 0,8mW, e -10dBm é 0,1mW, a sensibilidade dos chipsets é de 0,00000001mW, imagina então que algo tipo 0,1mW é 10000000 vezes mais potente que a sensibilidade. Seria como se nosso ouvido já que suporta até uns 140dB de ruído, fosse sensível a ponto de ouvir uma agulha caindo a 100m de distancia, já que isso seria algo tipo 0,00000014dB).

    Roteador geralmente aceita sinal tipo -20 a -95dBm, abaixo de -95 ele não consegue entender (É tudo ruído), e acima de -20 (Alguns -10, alguns -30dBm varia) é um sinal tão forte que ele é ilegível, e pequenos repiques no sinal geram dados fantasmas que o chipset tenta reconhecer mas trava por excesso de dados (Bota uma buzina marítima de 152dBm do lado de alguém pra ver se não desmaia ou no mínimo deixa zonzo (Fora danos no tímpano, mas faz isso com baladeiros, eles geralmente já furaram o tímpado e perderam sensibilidade e capacidade cerebral a muito tempo)), então ter um sinal de 1 ou 2dBm de um roteador do lado deve travar o chipset de qualquer forma.

    Pra fazer casamento de envio você precisaria um casador físico, um duto que ressone em digamos 2412MHz, e outro que ressone em 2472MHz, assim TX e RX seguirão por caminhos diferentes afinal frequencias diferentes tem largura de onda diferente, mas não vejo tanta utilidade nisso, hoje tá temos hardwares com chipsets programados pra usar multiplas antenas, ao invez de 2 radios na mesma antena é mais lucrativo usar um chipset mais poderoso, mas como o problema nunca é entre radio e antena, e sim entre os clientes e as antenas, é melhor usar mais antenas, usar um chipset que controle 3 antenas, e mesmo que não faça mimo o chipset decide qual antena usar (Se você pegar um bom roteador de mesa de 3 antenas ele saberá fazer isso), não terá 3x o throughput de 1 antena, só terá mais estabilidade por usar diversidade de meios de envios e recebimento, o que se usa hoje que é 2 polarizações diferentes é o que há de mais eficiente e barato pra longa distancia (100-10.000m), em distancia pequena o uso de multiplas antenas na mesma polarização é o que há de mais eficiente e barato pra distancia pequena (3-30m), isso usando wifi, porque se falar em gsm/3g/4g aí é outro tipo de sinalização (RX é feito em um canal, TX em outro, é antena dupla e o uso de canais distintos permite efetivamente RX e TX ao mesmo tempo, e potencia de TX alta ao mesmo tempo que tem sensibilidade alta, wifi nasceu pra ser barato e não pra antender 60 pessoas com uma antena).

    (Ah, e se ligar "só um fio", unindo GND, o fio ressonaria e perderia pro ar muita energia, ele seria uma antena, chegaria no outro radio talvez não 10dBm, mas sim uns 8 ou 9dBm, qualquer fio solto GERALMENTE manda pro ar menos de 2mW, que é pouco mais de 2dBi geralmente, a função de cabo coaxil é impedir que o cabo mande muita coisa pro ar, se colocar um fio desencapado ele vira antena, nas medidas erradas ele é uma antena bem ineficiente, mas sempre é uma antena (Num cabo coaxial de pouca malha você pode conectar pelo fio e não pela antena, é só chegar perto, cabo coaxial é uma antena de digamos -20dBi mas isso é uma antena ainda, se a potencia do radio é 10dBm ele vai mandar pro ar um sinal de -20dBm, em alguns centimetros você deve perder 30dBm, e então terá a centimetros do cabo um sinal de -50dBm (Depende da malha do cabo))

    Já ligar multiplas antenas num mesmo radio é tranquilo, a potencia de emissão de cada uma cai, ver ter vswr atrapalhando, mas tem muito menos problemas que TENTAR ligar varios radios numa única antena.

    Você pode colocar multiplos radios no mesmo refletor, usando algum tipo de guia-ondas (Ondas percorrem tubos, é só ter o diametro apropriado), varios emissoes num mesmo refletor, as vezes é mais interessante levar sinal pelo ar em dutos do que sofrer as atenuações dos cabos (Quanto maior a frequencia maior a atenuação), mas de qualquer maneira nada disso serve pra wifi em uso comum, os chipsets comuns fazem RX e TX toda hora sem esperar, se juntar multiplos elementos ressonadores num mesmo refletor um radio vai atrapalhar o outro, só isso. Se uma setorial do lado da outra (20cm, digamos) já faz CCQ cair, imagina varios elementos com sinais de varios radios na mesma antena!

    (Varios elementos ligados no MESMO radio forma uma antena de maior ganho, mas um elemento ligado em cada radio forma uma zona com desempenho lixo)

    Se a multiplexação com radios wifi DIFERENTES fosse funcional pode ter certeza que já teriamos produtos pra isso a venda, usar uma omni Ubiquiti AG13 em 2 ou 3 Rockets, pra ter 100 clientes simultaneos, seria de muita economia, mas não dá, o fato de fazer RX e TX pela mesma via e mesma frequencia atrapalha tudo, o que seria funcional é um radio com varias etapas de RF, digamos um WAVION WBS, o chipset central define qual radio vai transmitir, um único chipset controla tudo.
    (Usando MK dá pra fazer TX numa saída e RX em outra, mas pra PtMP não consigo imaginar como ter muito lucro com isso, fazer MIMO é mais eficiente já que já temos 802.11n que suporta isso em chipsets baratos, MIMO torna todas essas gambiarras em coisas totalmente ineficientes)






Tópicos Similares

  1. Duvida de Gateway. Tosca mais nao tenho como Testar
    Por leonardosimas no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 6
    Último Post: 16-10-2008, 16:01
  2. Duvidas Modem Speedy..?
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 04-09-2002, 18:34
  3. Duvidas Ipchains / Iptables!!!
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 20-08-2002, 14:39
  4. Limitar o logon e outra duvida ..
    Por MarcelScan no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 28-07-2002, 14:35
  5. Limitar o logon e outra duvida ..
    Por MarcelScan no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 24-07-2002, 20:45

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L