+ Responder ao Tópico



  1. Isso, em PtMP não vejo nem meio motivo pra colocar todos os clientes com o mesmo equipto. É absurdo colocar antena de mais de 20dBi em cliente a menos de digamos 500m, e é absurdo colocar anteninha pequena de 13dBi em algo tipo 2Km, cada distancia tem sinal diferente então pede antena de ganho diferente.

    NV2 pra mim é a mesma escravidão terrível que iPool: Obriga o cliente a escolher entre 1 ou 2 modelos de equipto, porque não tem muita variedade no mercado (Fora SXT, o que mais BARATO tem com NV2?). Airmax ainda acho terrível (Obrigar o cliente a usar uma marca... se alguém me obrigasse a usar digamos Dlink eu ia sair no tapa com um provedor desse), mas pelo menos tem opção, NS Loco M5, NS M5, Airgrid, NanoBeam, NanoBridge, cada um com antena de ganho diferente pra se adequar à distancia.

    (Mas se não usar protocolo proprietário você tem ainda mais possibilidades, SXT lite5, Wom5000, Ns Loco M5, TL-WA7510n, tudo numa faixa de preço mais em conta. SE você pode permitir que o cliente use equipto mais em conta, porque sacanear ele obrigando ele a comprar só SXT?)

    Eu como cliente ia querer enforcar o provedor que me obrigasse a comprar um equipto específico pra rede dele, afinal todo mundo sabe que tem equipamento que serve em QUALQUER provedor.
    (Até CPE dual-band tem, Engenius, e não são ruins (Melhores que TP-Link ou que NS Loco, ou que SXT Lite), nem são muito mais caras)

    Isso de cada provedor usar um equipamento só gera mais lixo tecnológico, é irresponsavel, o usuario é leigo e achando que o equipto do provedor antigo não serve pra nada ele simplesmente joga fora no lixo comum, ou guarda por anos até se deteriorar e não servir pra mais nada, toda geração de lixo tecnológico que puder ser evitada DEVE ser (Especialmente em tempos de crise, SXT ou NS barato só tem agora cometendo o crime de comprar contrabando do paraguai sem NFE).

  2. Rubem essa do paraguas se ta muito equivocado meu parceiro, hj com importa facil "nao lembro se bem esse nome" eu compro 90% do meus produtos via com fornecedor que por sua vez é busca no paraguai "mais de 80% de todos as loja br é via paraguas isso é fato"

    Pago todos os imposto devidos, que por sinal no brasil ja é um ROUBO, porem Mato grosso consegue ser ainda pior que todo o resto em se tratando de taxas e mais taxa, sou obrigado a pagar 2x o mesmo imposto.

    A mas nao é homologado! TO CAGANDO E ANDANDO PRO SELO DA ANATEL.

    Estou com voce 100%, nv2 em ptp da um melhora absurda em ptmp nunca cheguei a testar! Agora airmax sincerramente no inicio do provedor eu bem que tentei mas simplismente nao vi ganho ALGUM, entao instalo oque cliente tiver independente do fabricante "somente esse lixo chamado WOM" nao entra na minha rede.



  3. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Isso, em PtMP não vejo nem meio motivo pra colocar todos os clientes com o mesmo equipto. É absurdo colocar antena de mais de 20dBi em cliente a menos de digamos 500m, e é absurdo colocar anteninha pequena de 13dBi em algo tipo 2Km, cada distancia tem sinal diferente então pede antena de ganho diferente.

    NV2 pra mim é a mesma escravidão terrível que iPool: Obriga o cliente a escolher entre 1 ou 2 modelos de equipto, porque não tem muita variedade no mercado (Fora SXT, o que mais BARATO tem com NV2?). Airmax ainda acho terrível (Obrigar o cliente a usar uma marca... se alguém me obrigasse a usar digamos Dlink eu ia sair no tapa com um provedor desse), mas pelo menos tem opção, NS Loco M5, NS M5, Airgrid, NanoBeam, NanoBridge, cada um com antena de ganho diferente pra se adequar à distancia.

    (Mas se não usar protocolo proprietário você tem ainda mais possibilidades, SXT lite5, Wom5000, Ns Loco M5, TL-WA7510n, tudo numa faixa de preço mais em conta. SE você pode permitir que o cliente use equipto mais em conta, porque sacanear ele obrigando ele a comprar só SXT?)

    Eu como cliente ia querer enforcar o provedor que me obrigasse a comprar um equipto específico pra rede dele, afinal todo mundo sabe que tem equipamento que serve em QUALQUER provedor.
    (Até CPE dual-band tem, Engenius, e não são ruins (Melhores que TP-Link ou que NS Loco, ou que SXT Lite), nem são muito mais caras)

    Isso de cada provedor usar um equipamento só gera mais lixo tecnológico, é irresponsavel, o usuario é leigo e achando que o equipto do provedor antigo não serve pra nada ele simplesmente joga fora no lixo comum, ou guarda por anos até se deteriorar e não servir pra mais nada, toda geração de lixo tecnológico que puder ser evitada DEVE ser (Especialmente em tempos de crise, SXT ou NS barato só tem agora cometendo o crime de comprar contrabando do paraguai sem NFE).
    Rubem muito boa a explicação a dúvida é já vi muito aqui no forum que Mikrotik só da com mikrotik, UBNT só com UBNT essa foi a dúvida...

  4. Nessa area que vou atender não tem 2.4 ainda seria com coloca 2.4 ou ir logo pro 5.8 lembrando que vou levar o link em 5.8, mas para repetir ainda dou em duvida o que será melhor?



  5. Citação Postado originalmente por JonasMT Ver Post
    Rubem essa do paraguas se ta muito equivocado meu parceiro, hj com importa facil "nao lembro se bem esse nome" eu compro 90% do meus produtos via com fornecedor que por sua vez é busca no paraguai "mais de 80% de todos as loja br é via paraguas isso é fato"

    Pago todos os imposto devidos, que por sinal no brasil ja é um ROUBO, porem Mato grosso consegue ser ainda pior que todo o resto em se tratando de taxas e mais taxa, sou obrigado a pagar 2x o mesmo imposto.

    A mas nao é homologado! TO CAGANDO E ANDANDO PRO SELO DA ANATEL.

    Estou com voce 100%, nv2 em ptp da um melhora absurda em ptmp nunca cheguei a testar! Agora airmax sincerramente no inicio do provedor eu bem que tentei mas simplismente nao vi ganho ALGUM, entao instalo oque cliente tiver independente do fabricante "somente esse lixo chamado WOM" nao entra na minha rede.
    Do Paraguai você pode importar ou pode contrabandear, não é a origem do país que dita o modo como o produto chega no brasil.

    ImportaFácil geralmente é usado como desculpa por vendedor pilantra, o ImportaFácil tem uma taxa único e generalizada de 60% sobre o preço de custo, não tem nem meia isenção, se usar o ImportaFácil a taxa é 60%.
    Fora essa taxa percentual, existe a taxa de R$ 150 por NFE. Se você comprar 1 RJ45 de US$ 0,1, ou 10 NanoBeam de US$ 100 cada vai pagar a mesma taxa de R$ 150.
    Então é R$ 150 + 60% do valor de aquisição.
    E tem limite de US$ 3000, então não dá pra comprar mundos e fundos e pagar só 60% + R$ 150, vai ter que fazer uma compra pra cada US$ 3000.
    Tá tudo nos sites:
    http://www.correios.com.br/para-voce.../importa-facil
    http://www.correios.com.br/para-sua-.../importa-facil

    Aí você vê que o vendedor é um pilantra (E idiota) quando ele vende por R$ 400 no Paraná (Via ML ou via Web) um produto que no Paraguai custa US$ 89 em grandes lojas tipo a Flytec. É só fazer a conta, dolar a cerca de R$ 3, US$ 89 dá uns R$ 270 (Arredonda pra 90), tem um lucro de R$ 130 aí, mas 60% de R$ 270 seria quanto? Seria R$ 160. Ou seja, só pra pagar o ImportaFácil ele precisaria vender nuns R$ 440. Fica claro que não tem importação legal nenhuma.

    "Mas tem NFE e custa só R$ 400". Aí é OU produto importado legitimamente com carga tributária menor (Insumos tem isenções, mas veja: Insumos pra fomentar a produção local! Uma placa é classificada como componente e ela em teoria precisa mão-de-obra local pra montagem do produto final, essa mão-de-obra é emprego, faz sentido ter carga tributária menor em peças/insumor. Mas... CPE não é bem insumo, tem a mão-de-obra da instalação então nem reclamo tanto, mas fazer isso com coisa tipo smartphone ou notebook é coisa de marginal), OU é produto ESQUENTADO no brasil.

    Como esquentar uma CPE?
    Simples, compra no brasil 1000m de um fio qualquer, cabo ethernet é uma boa, 200 conectores quaisquer baratinhos (RJ-45 é uma boa), faz uma COMPOSIÇÃO de produto usando 1m de cabo e 2 conectores, na descrição ao invez de colocar algo tipo "Cabo de rede" você coloca algo generico tipo "Un. rede CPE5G Nano L", com essa descrição biruta não está claro que está vendendo um NanoStation Loco M5, tem "rede" no nome, usar essa descrição é tão aceitavel legalmente como usar "PatchCord", "Cabo ethernet", "Cabo de dados 10/100/1000".
    Enfim, o cabo e conectores custaram digamos R$ 1 ao todo (Já com impostos), ao invez de colocar o preço de vende de digamos R$ 5, você dá pra esse produto composto o valor de R$ 400, e ninguém na RFB vai suspeitar. Se for optante do Simples a carga tributária incidente será de menos de 6% sobre o valor da NFE. Ou seja, com R$ 1 + 6% você esquenta algo.

    (Mas geralmente se coloca mais atravessador na estória, alguém faz esse esquentamento e emite nota de R$ 200, quem vende pra você compra por R$ 330, com nfe de R$ 200, mas esse sim emite NFE no valor de R$ 400)

    SE todo mundo importasse legalmente a arrecadação de impostos seria muito maior e o percentual de cobrança poderia ser reduzido (quanto menos gente paga, maior é o valor percentual, o estado tem custos fixos pra pagar, ser funcionário público com "estabilidade" todo mundo quer, pagar a carga tributária que sustenta isso ninguém quer).

    MT ao menos tem uns retornos de ICMS, na forma do MT Fomento (Juro maior que agiota, não sei como alguém usa aquela porcaria), e as vezes umas linhas especiais de empréstimos pra empresas que arrecadam ICMS (Fora FCO, que não é só de MT e não tem relação direta com ICMS), o problema pra mim nunca foi a carga tributária, mas sim cliente burro que acha que está em SP e quer pagar R$ 60 em algo que em SP ou no Paraguai custa R$ 60, quem quer viver num lugar tem que saber o custo dele.

    (De carga tributária muita gente reclama, mas se filiar em partido e ir em convenção nos dias de definir candidatos isso ninguém vai, tem convenção com 50 pessoas, de onde saem 10 candidatos a vereador, e 2 são eleitos (2 de 9 no interior), são 50 pessoas definindo o rumo de 22% do poder de voto na camara de vereadores (E caso da minha currutela 22% da população são 4,5 mil pessoas!). Os politicos pilantras nascem pequenos, como vereadores, se não tem ninguém nos diretorios MUNICIPAIS chamando o pilantra pelo nome certo e colocando ele no seu lugar, ele vai ser candidato, vai sorrir e cumprimentar muita gente, ser eleito e reeleito, e nunca vai alterar pinóia nenhuma de carga tributária. Melhoria se faz de baixo pra cima, não adianta tentar resolver as coisas na base da canetada de cima pra baixo, povo que tem "lei que não pega" ou "imposto que eu não pago" é um povo nativamente corrupto que só vai eleger corruptos, um bom começo é ridicularizar os pilantras e ladrões que esquentam NFE ou revendem produto contrabandeado sejá paraguai, bolívia, miami, china...

    A lei permite a compra de até X dolares por pessoa física fora do país, mas NÃO pra revenda! Não é porque pode COMPRAR que pode REVENDER. Pessoal confunde a figura do sacoleiro tradicional com a "Lei do Sacoleiro", mas essa lei (De 2011) só dá carga tributária unificada de 25% e mais nada, se faz muito isso no Parana porque lá o ICMS nesse caso é 3% (3% + 25% = 28%). Só que: Isso é pra lojinha/camelô com CNPJ que vende pra consumidor final! Ela veta precisamente a venda pra outras empresas (Ou seja, revenda NÃO PODE usar isso, um NS anunciado no ML que com NFE pra você empresa custa R$ 220 (US$ 50 no PY) com certeza não usou ImportaFácil (Afinal seria 60% sobre os US$ 50), nem é abonado pela Lei do Sacoleiro, OU isso é estoque velho, OU é comprado como insumo pra integrador (Isenção que não devia ser pra revenda), OU é produto esquentado na forma de composição/processo similar.

    (E não sei pra que importar do Paraguai, se o troço é fabricado no leste europeu ou china, povão só importa do paraguai porque tem preguiça de aprender ingles. Fazer os produtos passarem pelo paraguai só tem gerado uma economia calcada em algo superfluo como importar e repassar produtos, não gera carga tributária pro paraguai então o país tem sistema de saúde, segurança e ensino com poucos recursos, e tira mão-de-obra que podia estar trabalhando em algo que efetivamente gera divisas pro país (Agricultura, no caso do PY ele tem muita aptidão), o Paraguai nem tem porto marítimo pra justificar a atuação como repassador de mercadoria importada, essa atuação salvou o país da miséria a 50 anos mas hoje atrapalha mais que ajuda, manter trabalhador ganhando 500 mil Guaranis pra ficar sentado cuidando de barraquinha de "importados" na fronteira não é tão diferente de pagar bolsa-familia, isso impede que o sujeito morra de fome, mas não ajuda em nada no futuro dele, não está gerando ou repassando informação/conhecimento, não está dando formação, não está gerando divisas pro país, a longo prazo acaba é incentivando criminalidade, porque quando surge a oportunidade de por 1 milhão de Guaranis levar um carro roubado de Foz do Iguaçu até Assunção o sujeito não pensa 2 vezes, são 2 meses de salário (E um brasileiro possivelmente ia cobrar o equivalente a 10 milhões de guaranis devido ao risco).


    Citação Postado originalmente por hostjunior Ver Post
    Rubem muito boa a explicação a dúvida é já vi muito aqui no forum que Mikrotik só da com mikrotik, UBNT só com UBNT essa foi a dúvida...
    Sobre isso de "MK só funciona com MK", não tem maior inverdade. É só olhar pro mercado wifi como um todo: Todo mundo tem roteador TP-Link ou Dlink, se cada marca funcionasse só com equipto da marca todo mundo precisaria smartphone ou notebook TP-Link ou Dlink, produtos que NEM EXISTEM.

    Tudo o que segue o padrão 802.11x conecta em no que usa o mesmo padrão 802.11x (N com N, G com G, B com B, etc). Quem tem AP Mikrotik onde um NS não conecta OU configurou algo errado ou tem equipamento defeituoso (Idem pra AP UBNT, ou AP Intelbras, ou AP da Krazer que seja!).

    Quem vende planos tipo 10Mbps, pra 40 clientes simultaneos, e faz comodato ou vende equipto a preço de custo (Vive da internet, não de esfolar os clientes na compra do equipto) aí sim tem motivo pra colocar um Rocket em painel Airmax, e ativar Airmax (Ou qualquer TDMA-like da vida). Mas quem vende planinhos de até 2Mbps, e tem 10-15 clientes conectados num Omnitik ou que seja um NS Loco M5 como AP, não tem motivo pra escravizar os clientes a uma marca.

    Quem faz instalação porca tipo CPE a 1 palmo acima do telhado, ignorando zona de fresnel, vai ter CCQ ruim nesses clientes, usando NV2 ou Airmax (Ou iPool) o AP da torre não vai ficar trocando dados o tempo todo, ele vai enfileiras tudo, vai falar com um cliente por vez, o cliente de sinal vai ter um tempo X pra trocar dados, depois o AP vai pro próximo da fila. O throughput desse cliente não necessariamente será muito maior, mas esse cliente não vai atrapalhar os outros. Já se for uma instalação bem feita, como TODOS os clientes respeitando a zona de fresnel, sem sinal muito alto ou muito baixo, ai TDMA faz pouco efeito, já é uma rede boa e TDMA vai simplesmente dar 10% a mais de throughput ao todo, mas o limites dos provedores raramente é o trafego agregado em painel, mas sim link dedicado (Um Omnitik com apenas NS Loco M5, SXT e TL-WA7510n deve dar trafego agregado de 20-25Mbps se configurar pra ter alcance tipo 2Km, se tiver 15 clientes de 2Mbps cada duvido MUITO que eles gerem todo esse trafego, que sejam 18 clientes de 3Mbps cada, ainda duvido que o trafego agregado passe dos 15Mbps!).

    Num boa rede os protocolos proprietários resolvem problemas que essa rede não tem. Mas numa rede com instalações porcas (Especialmente falta de zona de fresnel, por colocar antenas baixas) TDMA faz mais diferença.

    TDMA tem suas vantagens, mas boa rede (Com boas instalações) já tem mais capacidade agregada de banda do que os clientes na prática consomem, o gargalo num boa rede não é esse. E uma boa rede é coisa simples de fazer: Não atender cliente sem visada ou onde não dá pra deixar a zona de fresnel quase totalmente limpa. Provedor tem que dizer NÃO as vezes, quem tem rede boa recebe propaganda grátis dos clientes (Boca-a-boca) e não precisa ficar indo atras de cliente. E SE for, não pode sair atirando pra todo lado, tem que ver a região onde teria visada mais limpa e investir naquela região com panfletos e cia, nada de ir entregar panfleto a 2Km em região cheia de arvores de 15m de altura, tem que fazer propaganda dirigida onde tem melhor visada.






Tópicos Similares

  1. Dúvidas sobre PMTP Omnitik
    Por alvescomunicacao no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 15
    Último Post: 29-03-2017, 12:13
  2. Dúvida sobre Omnitik
    Por Pedro90 no fórum Mikrotik
    Respostas: 7
    Último Post: 07-02-2017, 10:27
  3. Duvidas sobre Log access.log do SQUID !!!
    Por Danielvb no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 23-11-2002, 15:46
  4. duvida sobre o syslog
    Por augustolynx no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 29-10-2002, 07:50
  5. DUVIDA, SOBRE DYNAMIC DNS NO APACHE ???
    Por _Luigi_ no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 4
    Último Post: 13-10-2002, 08:07

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L