+ Responder ao Tópico



  1. Sim, nas versões mais novas do RouterOS, pode referenciar interfaces pelo nome que ele entende. Mas o segundo "interface" não ta certo. Você pode usar "ethernet" ali se quiser, ou "wireless" se a interface que for habilitar/desabilitar for wireless. Mas não precisa. Outra coisa, o "set" vem antes da definição do item que vai sofrer a alteração. Assim:

    Código :
    /interfaces set ether5 disabled=yes

  2. Ok,
    Mas pelo que tinha entendido de como fazer a descrição, funciona +/- como o endereço no windows explorer (por exemplo), ou seja, em árvore, dai o menu que acessa é Interfaces - ethernet - dai o set, então ficaria assim;

    / interfaces ethernet set ether5 disabled=yes

    correto?

    se eu quisesse me referir a uma bridge seria

    / bridge set bridge1 disabled=yes

    Correto?

    Só gostaria de entender se interpretei corretamente como descrever o endereço da função.



  3. É praticamente isso gabrielest.

    Porém, a árvore no terminal é formada por recursos, para referência a recursos, do RouterOS. Não é "exatamente" igual a uma árvore de diretórios, mas é bem parecida. Para entender bem, você realmente pode pensar nela dessa forma, só tem que considerar algumas diferenças.

    Por exemplo, o sub-menu "interface" é onde se encontram todas as interfaces do RouterOS. Dentro desse sub-menu, por conseguinte, se encontram além de, digamos assim, "sub-recursos", TODAS as interfaces existentes, inclusive as bridges que você citou. Além disso, o Winbox difere um pouquinho da linha de comando; não existe "/bridge" por exemplo, "bridge" é um sub-recurso que fica dentro do sub-menu "interface".

    Você pode imaginar que, o sub-menu interface é um diretório com TODOS as interfaces, como se fossem arquivos, e que "bridge", "ethernet", "vlan" e etc são sub-diretórios, dentro dos quais você não encontra arquivos físicos, mas apenas referências a arquivos no diretório pai (interface) que dizem respeito as características daquele diretório. Por exemplo, dentro de "/interface ethernet" você tem vários arquivos que são referências (links simbolicos no Linux) a interfaces que estão dentro de "/interface" que são do tipo "ethernet".

    Ou seja, a interface "ether1" por exemplo, existe tanto dentro de "/interface" quando dentro de "/interface ethernet". Assim como a interface "wlan1" existe tanto dentro de "/interface" quando dentro de "/interface wireless".

  4. Citação Postado originalmente por inquiery Ver Post
    É praticamente isso gabrielest.

    Porém, a árvore no terminal é formada por recursos, para referência a recursos, do RouterOS. Não é "exatamente" igual a uma árvore de diretórios, mas é bem parecida. Para entender bem, você realmente pode pensar nela dessa forma, só tem que considerar algumas diferenças.

    Por exemplo, o sub-menu "interface" é onde se encontram todas as interfaces do RouterOS. Dentro desse sub-menu, por conseguinte, se encontram além de, digamos assim, "sub-recursos", TODAS as interfaces existentes, inclusive as bridges que você citou. Além disso, o Winbox difere um pouquinho da linha de comando; não existe "/bridge" por exemplo, "bridge" é um sub-recurso que fica dentro do sub-menu "interface".

    Você pode imaginar que, o sub-menu interface é um diretório com TODOS as interfaces, como se fossem arquivos, e que "bridge", "ethernet", "vlan" e etc são sub-diretórios, dentro dos quais você não encontra arquivos físicos, mas apenas referências a arquivos no diretório pai (interface) que dizem respeito as características daquele diretório. Por exemplo, dentro de "/interface ethernet" você tem vários arquivos que são referências (links simbolicos no Linux) a interfaces que estão dentro de "/interface" que são do tipo "ethernet".

    Ou seja, a interface "ether1" por exemplo, existe tanto dentro de "/interface" quando dentro de "/interface ethernet". Assim como a interface "wlan1" existe tanto dentro de "/interface" quando dentro de "/interface wireless".
    Perfeito,
    E no caso de uma bridge ficaria assim então:

    / interface bridge set bridge1 disabled=yes

    Mas isso acontece só com as interfaces ou com alguma outra área do routerOs também...??
    Tinha percebido que a parte de interfaces é meio que um resumo de onde esta tudo referente a elas...mas os outros menus estão bem divididos e elaborados, a exmplo do IP.



  5. Pode ser só:

    Código :
    /interface set bridge1 disabled=yes

    Pois o sub-menu "interface" possui TODAS as interfaces dentro dele, inclusive as bridges. Mas claro que você pode referenciar ela com "/interface bridge" também, caso você queira uma "consistência interpretativa" melhor. Mas acho que isso só seria interessante dentro de um script mais complexo.


    Bom, o "ping" por exemplo, é uma ferramente que está no "/", porém, no Winbox, ele ta dentro de "tool".






Tópicos Similares

  1. Script para desativar regra do thunder em caso de down !
    Por lednet no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 3
    Último Post: 29-11-2016, 11:37
  2. Respostas: 17
    Último Post: 22-08-2015, 08:55
  3. Respostas: 3
    Último Post: 22-04-2014, 11:10
  4. Respostas: 6
    Último Post: 07-08-2012, 08:06
  5. Script para desativar e abilitar PPPOE
    Por rfm no fórum Redes
    Respostas: 0
    Último Post: 09-07-2007, 08:02

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L