+ Responder ao Tópico



  1. Mais um cometario sobre o assunto, vc comenta em torre quadrada 4 pontos de aterramento. Isso de colocar 4 hastes de aterramento, vc precisa no minimo 50% da altura em malha.

  2. Tá mas muita gente fala que não podemos ter 2 aterramentos um perto do outro pq se um ficar com menor resistência o raio desce por ele.



  3. 1) Uma coisa e aterramento do para-raio e outra, bem diferente, aterramento dos equipamentos.

    2) O aterramento do para-raio tanto faz se ele esta com cabo de cobre isolado da torre ou utiliza a propria torre como descida. As tensoes e correntes envolvidas na caida do raio na torre vao induzir na torre toda de qualquer jeito (por esse motivo nao mais se utiliza condutores de cobre descendo isolados).

    3) Voce quer que um raio caia na sua torre?????, se SIM , aprimore o aterramento da mesma para impedancia menor 8 ohms. Se NAO, nao se preocupe em por para-raios. O para raios e para ATRAIR o raio . Os equipamentos que estao na torre vão sofrer mais com esse fenomeno. Deixe o raio cair na torre do lado!!!!!!!!

    4) Para Aterrar os equipamentos no abrigo se utiliza o mesmo aterramento da entrada de energia. Esse sim muito importante, pois é por ai que entram as SOBRE TENSÕES inducidas pelos raios que caem na rede eletrica de distribuição. Sempre instale uma barreira como ser Nobreak ou Estabilizador antes dos equipamentos.

  4. assunto bem controverso.... me parece.

    Temos torres com cabo de cobre grosso descendo e isolado da estrutura da torre e não tivemos ainda problemas nestas torres.

    A grande verdade é que nem eu nem a maioria de nós faz projeto SPDA para instalar proteção. Então dizer que proteje ou não, seria negar o papel do engenheiro.

    No meu caso, não usamos terrômetro para conferir. Então se está dando certo dá para dizer que foi por acaso, por isso que acho o assunto controverso. Mas para engenheiros ele não é controverso. Pura ciência aplicada. Nós é que de vez em quando inventamos algo...que para uns parece funcionar e para outros não.

    Querem ver um caso controverso? ter ou não ter dois aterramentos separados? Segundo engenheiros, desde que não haja diferença de potencial entre eles, não há problema algum.
    Mas na prática tem vários relatos de problemas... então, será que a ciência está errada? ou faltou a medição com o terrômetro? ou faltou a inspeção periódica?



  5. Conversei com nosso engenheiro elétrico novamente hoje pela manha, nem ele deu certeza sobre oque fazer, ficou meio assim vai que ele manda fazer depois da um raio e queima tudo sobra para ele. Ele ficou de estudar certinho e assim que tiver algo mais concreto entrava em contato novamente, assim que obtiver resposta volto a postar.






Tópicos Similares

  1. Guia de aterramento prático
    Por Magal no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 03-12-2008, 09:32
  2. Mais sobre aterramento elétrico (iniciantes)
    Por Magal no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 01-12-2008, 23:57
  3. A importância do aterramento
    Por Magal no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 15-10-2008, 13:59
  4. Aterramento em clientes
    Por redewpf no fórum Redes
    Respostas: 6
    Último Post: 12-08-2008, 12:30
  5. Aterramento
    Por niltonpess no fórum Sistemas Operacionais
    Respostas: 5
    Último Post: 28-11-2007, 11:16

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L