+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Lightbulb Dúvida em iniciar um provedor via radio

    Olá pessoal preciso da ajuda de vocês. Tenho um link de 10 mg, e na minha região não tem banda larga, só internet discada. Vou montar um provedor, mas ae muitas dúvidas surgiram. Aqui tem que ser via radio, e para isso pensei em colocar uma Rb 750lg e fazer o multi- ponto com as basestation APC 2M-90 da Intelbras, e utilizar o CPE WOG 212 da Intelbras nos clientes juntamente com outro roteador, para que o cliente tenha acesso a rede cabeada e WI-FI. Sendo assim a primeira duvida é; terei que usar 4 basestation de 90° para atingi os 360° pretendido, sendo que a rb750 só tem 4 entradas RJ45, devo utilizar 1 primeira para me conectar com o modem, coloco cada ante em cada porta ou uso um switch em uma das porta da rb, e as antenas no switch, configuro as basestation e os CPEs em modo bridge e o roteador do cliente discando PPPoe para rb? Me ajudem. Terei 15 clientes a 1 mega ate conseguir aumentar minha conexão com o provedor.

  2. #2

    Padrão Re: Dúvida em iniciar um provedor via radio

    Porque não utilizar 5.8 ?



  3. #3

    Padrão Re: Dúvida em iniciar um provedor via radio

    Olá amigo por ser em área rural, ser mas barata.

  4. #4

    Padrão Re: Dúvida em iniciar um provedor via radio

    Amigo, pelo valor, não compensa. A CPE WOM 5000 MiMO da Intelbras é mais barata e muito melhor do que essas 2.4, isso se você quiser usar as Intelbras mesmo. 2.4 vai te dar dor de cabeça no futuro.
    Em relação às portas, usa um swith. Ficaria assim:
    RB:
    Porta 1: entrada link
    Porta 2: saída link cliente
    Porta 3: saída link você
    Porta 4 e 5 desligada.
    Porta 2 configurada com servidor PPPoE ou Hotspot jogando para o swith e o swith jogando nos painéis.



  5. #5

    Padrão Re: Dúvida em iniciar um provedor via radio

    Área rural com CPE minúscula dessa?

    Esse "rural" aí é quintal doméstico tipo uma casa a 50m da outra? Só se for, porque CPE minúscula dessa mal passa de 3Km de alcance.

    E 2,4GHz é PIOR pro uso rural, a zona de fresnel é MAIOR em frequencia mais baixa, logo, em 2,4GHz você precisa colocar as antenas mais ALTAS que se usar 5GHz.

    E se pra 5GHz já falta zona de fresnel limpa, imagina pra 2,4GHz!

    Única vantagem de 2,4GHz seria conexão sem visada, mas esse tipo de coisa só se faz pra quebra-galho tipo 512Kbps. Se liberar uns 3Mbps pra cliente sem visada há tanta perda de pacote e reenvio desses pacotes perdidos que 3 clientes desse tipo já acabam com a capacidade de processamento de um AP tipo Rocket ou RB711 (Com a APC 2M 90 não deve ser muito diferente, NLoS exige detalhes e equiptos diferentes, PtMP sem visada é pra conexãozinha mini tipo 0,5Mbps e olhe lá).

    Se falar em alcance tipo 4Km ou mais vai precisar antenas de maior ganho nos clientes, não adianta AP com setorial de 19dBi se o cliente tiver só 12dBi, pra 4Km o cliente precisaria algo na casa dos 18dBi pra cima em antena.

    Airgrid M5 seria uma boa, mas é polarização simples, não vai poder vender tanta banda agregada quanto venderia se os clientes usassem Nanobeam.

    Com WOG212 e B ou N nunca ví desempenho bom (Usando setoriais de 17dBi) nem em 2Km, mas tem quem diga que consegue algo quase bom em 3Km. Eu prefiro limitar o uso dessa coisa minúscula a 1,5Km.

    Sinceramente não vejo como fazer atendimento rural em algo tipo 10Km com 2,4GHz, pra planinhos de 400 a 700Kbps até vai, mas hora que colocar 10 clientes de 1Mbps com zona de fresnel meia-boca (E em 2,4GHz a zona de fresnel em 10Km é de 18m! Ou seja, tem que colocar o mastro 9m acima dos obstaculos!) o AP já vai ter desempenho péssimo (Enquanto se tivesse boas instalações, com todos os clientes com zona de fresnel 100% limpa, poderia colocar mais de 30 antes do desempenho COMEÇAR a cair).

    Fora que com a antena de 60° da WOG212 ia pegar reflexo aos montes do chão, ela ia ter que processar milhões de dados pra separar os dados que precisa, esse processamento todo se traduz em ping ruim, um pacote vai rápido e outro demora, pra navegação boba no facebook mal se nota, mas quem quiser usar voip não vai conseguir direito, webcam e cia também vão enroscar o tempo todo, remediar isso com aumento de velocidade é um quebra-galho caro e tira a banda dos outros clientes que estão próximos e tem visada com zona de fresnel limpa.

  6. #6

    Padrão

    Citação Postado originalmente por andfonsek Ver Post
    Amigo, pelo valor, não compensa. A CPE WOM 5000 MiMO da Intelbras é mais barata e muito melhor do que essas 2.4, isso se você quiser usar as Intelbras mesmo. 2.4 vai te dar dor de cabeça no futuro.
    Em relação às portas, usa um swith. Ficaria assim:
    RB:
    Porta 1: entrada link
    Porta 2: saída link cliente
    Porta 3: saída link você
    Porta 4 e 5 desligada.
    Porta 2 configurada com servidor PPPoE ou Hotspot jogando para o swith e o swith jogando nos painéis.
    Muito obrigado pelas dicas . Em relação as clientes todos estão em um raio de 600mt da antena, e terei no maximo 15 clientes. Será que este sistema não me atende?



  7. #7

    Padrão Re: Dúvida em iniciar um provedor via radio

    Obrigado pelas aulas, só não vale cobrar por elas.
    Tu é Fera.

  8. #8

    Padrão Re: Dúvida em iniciar um provedor via radio

    Citação Postado originalmente por odtec Ver Post
    Muito obrigado pelas dicas . Em relação as clientes todos estão em um raio de 600mt da antena, e terei no maximo 15 clientes. Será que este sistema não me atende?
    Não compensa investir em 2.4 mais... Hoje, pra te dar um exemplo, eu tenho 3 clientes em toda minha rede que usam 2.4, desses 3, 2 são clientes próximos, um a 100 metros de distância e o outro, a 30 metros de distância mais ou menos, e eles já sofrem com as oscilações... É como o amigo acima disse, quando colocar 10 clientes a 1mb, vai começar a ferrar todo o resto da rede.
    Vai de 5.8 que é sucesso hehe