Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico



  1. Acredito mesmo que seja perca de qualidade na conexão e não problema com mtu, mexer no mtu deve ser feito nunca ou quase nunca, somente se tiver conhecimento específico para isso.

    A parametrização de mtu adequada deve ser a maior possivel em caso de tráfego massivo, em tráfego baixo até pode-se diminuir mas é apenas uma forma de ganhar tempo enquanto soluciona o problema

  2. A única modificação que tem que ser feita em relação ao MTU é o valor do MTU na Em Mpls -> Mpls interface que deve ser no mínimo 1526 (por padrão vem 1508). Antes de modificar verifique qual L2mtu máximo que a porta da sua RB suporta, o valor não deve ser maior do que ele. Pode encontrar isso no link abaixo.
    http://wiki.mikrotik.com/wiki/Manual...n_RouterBoards
    (E de quebra pode dar uma olhada o porque dos 1526)
    O valor deve ser o mesmo em ambas Rb's que fazem parte do Mpls.
    Caso haja algum ptp ubiquiti no meio aumente o Mtu para 1526 ou superior.



  3. Citação Postado originalmente por gustavohp Ver Post
    A única modificação que tem que ser feita em relação ao MTU é o valor do MTU na Em Mpls -> Mpls interface que deve ser no mínimo 1526 (por padrão vem 1508). Antes de modificar verifique qual L2mtu máximo que a porta da sua RB suporta, o valor não deve ser maior do que ele. Pode encontrar isso no link abaixo.
    http://wiki.mikrotik.com/wiki/Manual...n_RouterBoards
    (E de quebra pode dar uma olhada o porque dos 1526)
    O valor deve ser o mesmo em ambas Rb's que fazem parte do Mpls.
    Caso haja algum ptp ubiquiti no meio aumente o Mtu para 1526 ou superior.

    aqui o cenario foi este duas rbs com ptp ubnt ...se aumentar o mtu no ubnt fica lento ,so resolveu baixando o mtu para 1500 no mpls das rbs .
    agora se alguem tiver alguma solução melhor deveria compartilhar assim a gente não quebra tanta a cabeça com coisas deste tipo.

  4. O problema de baixar o MTU do MPLS para 1500 é que os pacotes vão começar a fragmentar, vai aumentar processamento das Rbs sem necessidade (é a mesma coisa que acontece com PPPoE que possui MTU maximo de 1492, quando passa um pacote com mais de 1492 bytes ele precisa "quebrar" o pacote, por isso se usa o change mss.)
    @naldo864
    Não tem segredo na configuração.
    Essa é uma PowerBeam25 de uma ponta do PtP, Mtu em 1550 para ter uma folga (já faz um tempo que ubnt suporta até mtu de 2024 dependendo do equipamento)e o Wds (transparent bride mode) habilitado. Firmware 5.6.2
    http://imgur.com/uxW2yRr

    O Mpls é entre uma Rb1100 e uma Rb493, o maior l2mtu que a 493 suporta é 1526 na ether1.
    http://imgur.com/zEvovIE

    Então em Mpls -> Mpls interface deixo em 1526.
    Se você por exemplo tiver Mpls com varias Rb's o MTU do Mpls tem que ser o mesmo em todas elas e ser no minimo 1526 para não fragmentar.






Tópicos Similares

  1. Concentrador PPPoE
    Por magnusrk8 no fórum Redes
    Respostas: 6
    Último Post: 28-09-2009, 22:42
  2. Radius + concentrador PPPoE
    Por mktguaruja no fórum Sistemas Operacionais
    Respostas: 3
    Último Post: 02-08-2009, 17:40
  3. Concentrador PPPoE backup pro caso do principal parar
    Por maiconfontana no fórum Redes
    Respostas: 4
    Último Post: 19-02-2009, 11:44
  4. Dois Concentradores PPPoE em paralelo??
    Por magnusrk8 no fórum Redes
    Respostas: 2
    Último Post: 18-02-2009, 15:54
  5. 2 Concentrador PPPOE - Mikrotik
    Por Luciana-Martins no fórum Redes
    Respostas: 2
    Último Post: 15-04-2008, 11:37

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L