Página 2 de 7 PrimeiroPrimeiro 123456 ... ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico

  1. [QUOTE=rafaelpollon;777711]Olá, em relação ao controlador de carga, para uma tensão de 48V eu achei ele meio caro em relação aos normais de 24V. Vou dar minha opinião em relação ao não uso de um conversor para 24V nas baterias. A diferença de potencial (Vcc) entre as 4 baterias é de 48V certo? então use apenas duas baterias em série (da serie de 4 baterias) para somar 24Vcc e alimentar os equipamentos que precisam dessa tensão.

    amigo, você já testou este esquema que esta propondo aqui?, no meu pouco conhecimento em corrente continua isso iria isolar as duas baterias ligadas em seria das outras duas, então não teria os 48 V, resumindo isso não tem como dar certo


  2.    Publicidade


  3. Se for tudo equipto de rede cabeada(E não de RF), pode colocar os equiptos 24V divididos em 3 em cada par de baterias.

    Algo assim:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         solar1.jpg
Visualizações:	68
Tamanho: 	173,3 KB
ID:      	62642


    Não pode colocar rádio com antena aterrada no conjunto de cima e de baixo ao mesmo tempo porque... o negativo de um vai rumo ao negativo dos outros, dá curto.
    (Ethernet tem cabos isolados, RF tem cabos aterrados)

    O equipto 48V não vai consumir até as baterias morrerem, não vai causar descarga profunda, a grande maioria dos rádios licenciados só funcionam acima de uns 40 ou 42V, hora que a tensão das bateria cair abaixo disso (Significando baterias vazias, só 2 ou 3% de carga) o rádio começa a dar erro e desliga.

    Mas isso só presta se os 2 conjuntos de 24V tiverem consumo igual.

    E sobre comprar 4 paineis 12V: Idéia ruim. Os paineis 24V 250W são mais baratos que, digamos, 2 painel 12V 140W.

    Exemplo, 24V 260W a R$ 1069:
    http://minhacasasolar.lojavirtualfc....ar---cs6p-260p

    2 de 12V 150W (Forma 24V 300W), fica R$ 1378:
    http://minhacasasolar.lojavirtualfc....ar---cs6c-150p

    Pra calcular se 2 paineis 24V 260W são mesmo suficientes, precisa saber que equipto é (Pra ver o consumo de cada um, e descobrir o consumo total).

    Radio licenciado geralmente gasta 40W (Alguns são de uns 60W), 40W * 24h = 960W.dia.
    Os painéis 48V 520W (24V 260W + 24V 260W) vão captar por dia uns 48V 2600Wh, ou seja, sobram por dia 2600-960 = 1640Wh pros equiptos gastarem, 1640/24h = 68W por hora (Mas seria bom que gastasse uns 40W apenas, afinal as baterias precisam ser recarregadas pra dias sem sol).


    Se é só 1 equipto 48V, e é radio comum de 40W, também dá pra fazer um sistema todo 24V, e colocar uns conversor DC-DC só pra ele, passando de 24 pra 44V (É bobeira passar pra 48V, eles são feitos pra operar de 42 a 56V, ou 40 a 60V), um desse:
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...so-up-modu-_JM

    (Por mais que promete uns 240W nesse caso, eu não usaria NEM com 120W, mas com uns 80W de consumo tá tranquilo. Com 40W de consumo tá perfeito)

    Um controlador desse:
    http://minhacasasolar.lojavirtualfc....ar-b---ls3024b
    Dá conta tranquilo de 2 paineis 24V 260W, carregando 2 baterias 12V 193Ah.
    (Ou 2 de 225Ah, diferença pequena)

  4. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Se for tudo equipto de rede cabeada(E não de RF), pode colocar os equiptos 24V divididos em 3 em cada par de baterias.

    Algo assim:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         solar1.jpg
Visualizações:	68
Tamanho: 	173,3 KB
ID:      	62642


    Não pode colocar rádio com antena aterrada no conjunto de cima e de baixo ao mesmo tempo porque... o negativo de um vai rumo ao negativo dos outros, dá curto.
    (Ethernet tem cabos isolados, RF tem cabos aterrados)

    O equipto 48V não vai consumir até as baterias morrerem, não vai causar descarga profunda, a grande maioria dos rádios licenciados só funcionam acima de uns 40 ou 42V, hora que a tensão das bateria cair abaixo disso (Significando baterias vazias, só 2 ou 3% de carga) o rádio começa a dar erro e desliga.

    Mas isso só presta se os 2 conjuntos de 24V tiverem consumo igual.

    E sobre comprar 4 paineis 12V: Idéia ruim. Os paineis 24V 250W são mais baratos que, digamos, 2 painel 12V 140W.

    Exemplo, 24V 260W a R$ 1069:
    http://minhacasasolar.lojavirtualfc....ar---cs6p-260p

    2 de 12V 150W (Forma 24V 300W), fica R$ 1378:
    http://minhacasasolar.lojavirtualfc....ar---cs6c-150p

    Pra calcular se 2 paineis 24V 260W são mesmo suficientes, precisa saber que equipto é (Pra ver o consumo de cada um, e descobrir o consumo total).

    Radio licenciado geralmente gasta 40W (Alguns são de uns 60W), 40W * 24h = 960W.dia.
    Os painéis 48V 520W (24V 260W + 24V 260W) vão captar por dia uns 48V 2600Wh, ou seja, sobram por dia 2600-960 = 1640Wh pros equiptos gastarem, 1640/24h = 68W por hora (Mas seria bom que gastasse uns 40W apenas, afinal as baterias precisam ser recarregadas pra dias sem sol).


    Se é só 1 equipto 48V, e é radio comum de 40W, também dá pra fazer um sistema todo 24V, e colocar uns conversor DC-DC só pra ele, passando de 24 pra 44V (É bobeira passar pra 48V, eles são feitos pra operar de 42 a 56V, ou 40 a 60V), um desse:
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...so-up-modu-_JM

    (Por mais que promete uns 240W nesse caso, eu não usaria NEM com 120W, mas com uns 80W de consumo tá tranquilo. Com 40W de consumo tá perfeito)

    Um controlador desse:
    http://minhacasasolar.lojavirtualfc....ar-b---ls3024b
    Dá conta tranquilo de 2 paineis 24V 260W, carregando 2 baterias 12V 193Ah.
    (Ou 2 de 225Ah, diferença pequena)
    Boa tarde Rubens,

    Desculpe me intrometer no assunto, mas vc parece ser grande conhecedor, pode me tirar 2 dúvidas;

    1 - Esses controladores baratos que são vendidos como MPPT na verdade são PWM não é ?

    2 - Se eu utilizar uma painel subdimensionado para o meu consumo, porém ligado diretamente na rede (inversor com grid tie) eu irei abater do meu consumo ou apenas com um medidos específicos bidirecionais e projeto homologado?

    Tenho muito interesse em energia solar mas o banco de baterias eu acho muito oneroso, mesmo que traga as vantagens, porém as perdas são grandes e as baterias além de caros tem ciclos definidos. Penso em testar um painel e ver quanto pode gerar de rendimento porém para homologar vi que é uma labuta, por isso da ideia de ligar direto e qual é a consequência.

  5. 1 - Os controladores MPPT baratos são MPPT mesmo! MPPT é basicamente um conversor dc-dc, que reduz de, digamos 17V no painel solar, pra 13,8V na bateria. E nos últimos anos os conversores dc-dc estão baratos pra caramba.
    Um desse você pode usar tranquilamente num painel de 10W, pra carregar uma bateria 12V 7A:
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...own-lm2596-_JM

    2 - Correto, precisa ter medidor específico, tanto os mecânicos como os eletrônicos tem travamento pra não voltar (Nos mecânicos é trava fixa, ele fica forçando mas nunca volta, nos eletrônicos ele simplesmente não registra nada no sentido oposto, mas ambos permite a volta da energia).

    Eu fico na área de ação da Energisa, e se pedir eles colocam o medidor bidirecional, só que pedem a nota fiscal do inversor grid tie homologado (Sejá lá o que isso significa, não sei quem homologaria isso no brasil). Eu até já perguntei por inversor homologado mas só me disseram que poderiam fazer verificação in loco pra ver o aparelho, não descobri como pedir isso, só me garantiram que até tem como conseguir.



    Eles não fazem questão disso pelo seguinte: Nossa fonte de energia é primariamente hidroelétrica, pra manter nível de rio abaixo das represas precisa vazão igual, uma leve diminuída no consumo durante a tarde ensolarada não ajuda muito já que esse consumidor certamente vai consumir igual os outros de noite.
    Nos EUA e Europa ainda vivem naquela de usar carvão ou combustível fóssil, qualquer economia que fizer de dia ajuda, pois é carvão ou diesel a menos sendo gasto.

    No brasil, agora que chove muito, tem represa com ladrão aberto 24x7, porque simplesmente não tem consumo suficiente pra usar todas as turbinas 24x7. E... ainda que consumíssemos muito agora, daqui 1 mês os níveis baixam, a industria e os cidadãos continuariam a consumir, e teríamos que ativar umas termoelétricas a gás natural ou diesel pra resolver.

    Enfim, não espero ver nem muita propaganda nem muito uso de inversor grid tie no brasil, pelo tipo de fonte de energia que temos não tem muito lucro economizar de tarde pra consumir de noite, nem nas usinas nucleares tem economia (Uma vez começada a fissão, o processo dura semanas ou meses com os mesmos eletrodos, o calor tá lá e precisa circular água pra resfriar, se essa circulação não for aproveitada pra gerar eletricidade você não está lucrando nada). Eu não vejo como má vontade a operadora dificultar a instalação de medidores bidirecionais, porque isso ajuda o bolso do consumidor, mas não ajuda em nada o sistema elétrico nacional.

    (Fora aquela possibilidade do consumidor passar a consumir de noite TUDO o que ele "voltou" de dia, tipo ligar ar-condicionado das 19h até as 7h, instalar chuveiro de 7500W, enfim, gastar de noite muuuuuuuito mais eletricidade que o normal, só porque a conta vem baixa ou zerada. Aqui na área rural tem locais sem medidor (Quem vai rodar 150Km pra ir em fazenda ver medidor?), emitem conta baseada em média antiga (Vem coisa tipo R$ 50), alguns percebem e aproveitam pra comprar por 2 moedas aqueles aparelhos antigões Springer Carrier de 21.000 BTU's que consomem 2KW, e ligam eles a noite toda sem dó, e só fazem isso porque "não pagam pelo que consomem", pagam uma média irreal. Enfim, na terra natal da lei de Gerson é complicado implantar isso, a chance de mau uso é enorme, eu não reclamaria se a operadora colocasse mil obstáculos pra instalação, eu entendo os riscos de mau uso)

  6. Alias, agora li o "subdimensionado" do ponto 2:

    Se colocar um painel de, digamos, 50W, sendo que o controlador de carga consumir 55W, vai depender da quantidade exata de sol pra definir quanto vai "sair" do painel e quanto vai sair da fonte paralela ao painel.

    O painel 50W, se tiver um consumo de 10W, vai ter tensão na casa dos 16V ou 17V, se paralelo a ele estiver uma fonte de 15V esse consumo sairá todo do painel.
    (E a fonte só vai gastar o que chamamos de corrente quiescente, só o que ela consome por "estar na tomada")

    Agora... se desse painel de 50W for consumido 35W, aí a tensão nele cai pra menos de 15V, aí alguma coisa passará a ser consumida da fonte em paralelo.

    Enfim, esse uso de fonte 24x7 na tomada, paralelo a um painel, não aproveita direito a captação do painel, acaba "economizando" pouca eletricidade.

    (Mas esse uso não tem a ver com inversão grid tie, os inversores grid tie aproveitam direitinho a energia dos paineis, por isso custam R$ 3 ou 4 mil, enquanto um inversor comum de mesma potência nem chega em R$ 500. O exemplo que dei acima é o que muito provedor usa, com painel e uma fonte chaveada ligados na entrada de um controlador solar, só haverá economia de eletricidade se desligar a fonte chaveada de dia)




Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L