Página 5 de 5 PrimeiroPrimeiro 12345
+ Responder ao Tópico



  1. Fábrica tem mais problemas, na compra de insumos as vezes quando o preço sobe alguns fornecedores deixam de trabalhar com algum produto, ao invés de ter 4 ou 5 fornecedores possíveis pro insumo X, você passa a ter só 1, que é o que tem o maior preço.

    Também tem o problema na importação de componentes, um importador que digamos fechava um container todo mês com encomendas diversas, hoje só o faz a cada 2 meses, porque as comprar de componentes baixaram não só pelo aumento do dolar, toda a indústria em geral diminuiu o passo.

    E se você projeta uma linha pra trabalhar a 100% com produção de digamos 100 peças por hora, com custo de digamos R$ 1 mil por hora, quando as vendas caem você precisa baixar a produção pra digamos 50%, pra produzir 50 peças.hora, mas... o custo da linha como um todo não é linear, diminuir a produção em 50% as vezes implica reduzir o custo em apenas 30%. Digamos que a linha produto 50 peças, por R$ 700 por hora. O custo unitário que era de R$ 10 por peça que passou pela linha, passa pra R$ 14 por peça!

    A linha mais rentável é a que trabalha a 100%, otimiza ao máximo. Hora que ela precisa operar só algumas horas, ou em velocidade reduzida, o custo não baixa muito.

    Toda a industria de micro eletrônica, mecânica, ou qualquer linha tipo frigorifico, indústria química, tem essas particularidades, você constrói e bota pra operar a 100% com custo X, mas dia que precisa botar ela apenas a 50% o custo cai 10, 20 ou 30% talvez, não mais que isso, o custo unitário sobe por você produzir menos.

    (Vocês devem passar por isso, em época que tem 100 clientes na fila podem comprar direto do fabricante 100 unidades por R$ 200 cada e pagar em 30/60/90d, mas... quando não tem muitos clientes, aparecem só 2 ou 3, tem que comprar no ML, pagar R$ 280 por unidade, mais uns R$ 50 de frete pelas 3 unidades, e pagar no cartão de crédito (E talvez ficar sem limite no cartão pra comprar outros 3 mês que vem). Pro seu cliente você é o culpado, você é que está lucrando mais, quando na verdade está com pouquíssimos clientes e sofrendo muito pra não subir os preços ainda mais)



    Alias... eu tô com dificuldade de comprar via web até coisa boba tipo RJ-45 da vida, antigamente meia duzia de sites que eu comprava tinham, a R$ 0,12 a 0,25, hoje só 1 ou 2 sites tem, de marcas caras por R$ 0,65. Um monte de componente pequeno assim eu não encontro mais num único lugar, antigamente tinha 3 ou 4 opções onde comprar de tudo, hoje pra 10 componentes tenho que comprar de 8 lugares diferentes (Cada um com seu frete), tá certo que são marcas/qualidades diferentes as vezes, mas o fato simples é que o preço é muuuuuito maior, no geral meu custo em componentes está 4x maior que digamos 2 anos atrás, e a culpa total não é do dolar.

  2. Então rubem, a questão realmente é complexa, mas ai é a hora da empresa mostrar a qualidade de sua administração. Repassar o todo custo adicional para o consumidor, quando é o caso de custos maiores e sazonais, pois nem sempre é e muitas vezes é mesquinharia mesmo, é o mais fácil e menos inteligente.

    Hoje aprendemos que repassar todo o custo ou tentar aproveitar do mercado (o que é mais comum no Brasil) são práticas não muito inteligentes. Quando acontece o problema sazonal como você comentou, é a hora da empresa diminuir os lucros e enxugar as despesas assim otimizando o preço do produto final e mante-lo competitivo para quando sair da fase voltar a margem antiga. Aqui sempre aumentam quando acontece o cenário que descreveu, mas esquecem de baixar quando ele retorna a normalidade.

    No Brasil ainda existe a tendência de ter maior lucro e produzir menos que está na contra-mão da indústria mundial.

    Um belo exemplo é nossa indústria automobilística que sempre jogam a culpa nos altos impostos, mas quando se subtrai os impostos o preço de veículo ainda continua bem maior que o produzido no exterior ainda incluindo impostos locais.

    A margem de lucro das indústrias brasileiras continuam absurdas e abusivas em relação a realidade mundial e quanto a isso não ha o que discutir.



  3. Eu não tenho oque reclamar da intelbras, suporte sempre tem me ajudado. E minha rede intelbras até o momento vai muito bem obrigado.

    A única coisa que me aconteceu recentimente foi 2 rádios simplesmente estavam funcionando e pararam de se comunicar com a porta LAN, acessava o radio normalmente na WAN mais a LAN nem com reza braba.... removi os radios dei um tempo com eles parados e resolvi testar novamente. Resetei e pra minha surpresa (Já estava pensando em levar na garantia) eles voltaram a funcionar, aproveitei e joguei firmware novamente e vou testar em novos clientes. Simplesmente não sei oque ocorreu.

    Fora isso está tudo bem, agora sobre os preços realmente aumentaram muito mesmo.

    Obrigado






Tópicos Similares

  1. Wom-5000 compatível com o protocolo da linha WISP+
    Por Route66 no fórum Intelbras
    Respostas: 11
    Último Post: 25-04-2015, 18:22
  2. Linha UBNT MIMO 3,65GHZ e 900MHZ.
    Por rjunior543 no fórum Redes
    Respostas: 46
    Último Post: 03-08-2010, 13:57
  3. ACL lendo somente parte da linha de um arquivo?
    Por w00dy no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 3
    Último Post: 09-10-2007, 15:52
  4. Limitar tamanho da linha nos posts
    Por felco no fórum Assuntos não relacionados
    Respostas: 1
    Último Post: 16-12-2005, 09:11
  5. Problema no pigtail da linha MP11a
    Por Carlos_Radlink no fórum Redes
    Respostas: 6
    Último Post: 01-10-2004, 10:35

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L