Página 3 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por MrLinoX Ver Post
    não estou que é ruim em um ptp pode funcionar mas em alguns casos o SNR alto pode atrapalhar e é totalmente desnecessário vc não concorda ?
    se vc não concorda comigo acredito que todos os seus rádios são configurados no máximo não é mesmo ?




    vc me pediu um link que te ensine a fazer configuração de ptp ? posso começar com um inscrito aqui no under que tem pouca bagagem de radio amigo ai depois vc me pede desculpa ok ?


    obs. estou provando que tem conteúdo na internet assim como eu afirmei ok ? assiste o vídeo que vc nao vai precisar nem se esforçar pra ler

    Eu devo ter me expressado mau, em relação a potência elevada, eu sei que prejudica o data rate, o que eu quero dizer é a soma do noise floor + Sinal, = 50 ~ 54 de SNR, estou em duvida com relação se isso é bom ou ruim

    mais tarde vou usar uma potência negativa na airgrid p/ ver se fixa melhor os data rate em 11/11

  2. MrLinox, desculpa minha falta de atenção mas o zé alves sita isso logo no começo do video, que não se deve exceder mais de 40 SNR, obrigado pela luz amigo



  3. Essa informação que SNR alto é prejudicial não faz sentido. Na zona rural você tem ruído a -116dBm, se der um SNR de 40dB isso dá sinal -76dBm, que é um sinal lixo pra digamos MCS15, mal trafegará alguma coisa, já que é um nível de sinal inclusive abaixo da sensibilidade desse data rate (Geralmente -74dBm). E aí, nesse caso o SNR não conta? Que regra maluca é essa?

    Nesse ambiente com -55dBm um MCS15 dá 100% de CCQ e passa 80Mbps half em 20MHz tranquilo, e de -55 pra -116dBm tem 61dB de SNR. Nesse ambiente, com esse data rate, um SNR de 40dB é completamente inútil, precisa 60dB, mas é porque NÃO TEM ruído então o SNR não conta, o que conta é a sensibilidade do data rate (O dado está no datasheet pra ser usado).


    Uma coisa é sinal alto demais perto do limiar superior de sensibilidade. Geralmente lá pelos -10 ou -20dBm a maioria dos chipset não consegue ler um pacote porque ele satura ao ADC (Conversor analogico-digital, logo na entrada do chipset). Lá pelos -30dBm o dado é meio legível, lá pelos -35 a -40dBm geralmente é tão legível quanto um sinal baixo, ainda distorce uns picos.

    Quem tem o azar de morar em pombal, onde cada vizinho tem um provedor ou um roteador, vai ter aqueles níveis de ruído absurdos tipo -85dBm. Num cenário desse MCS15 com -45dBm (40dB de SNR) vai operar perfeito, e com 45dB de SNR vai começar a cair o throughput mas é porque está começando a saturar o sinal como um todo, está chegando perto do limite superior, não tem relação com SNR (Se o sinal está em, digamos, -55dBm, pra MCS15 vai dar 100% de CCQ e throughput máximo seja com ruído de -96 ou com -116dBm.

    O cálculo que se faz é por numero de erros, um bit error rate de 1 elevado a -4 significa um erro em 10000, ou 0,0001% de erros (Lembrem que são milhões de bits circulando por segundo, um bit com erro inviabiliza um pacote todo as vezes), o cálculo com BER baixo gera tabelas tipo:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         Screen-Shot-2013-10-04-at-3.16.35-PM.png
Visualizações:	124
Tamanho: 	62,5 KB
ID:      	64073

    Isso é o SNR mínimo pra tipo essa taxa de erros. MCS15 é 64QAM, se tiver 25dB de SNR esse cálculo diz que terá um bit com erro a cada 10000. A tabela vai até 1 elevado a -12, ou 1 erro a cada 1000000000000 bits. Mas se prosseguir calculando, com 60dB em 64QAM de SNR vai dar algo tipo 1 erro a cada 1 bilhões de trilhões de bits.

    Essa tabela explica porque AC exige mais sinal, AC usa 256QAM, precisa 7dB a mais de SNR (Mas todo mundo arredonda e diz que precisa 10dBm a mais de sinal que MCS15).

    Dá pra achar muita tabela ditando que o SNR mínimo pra MCS15 é de 30dB, tipo
    https://under-linux.org/attachment.p...2&d=1432917041
    ou
    http://image.slidesharecdn.com/v1brk...?cb=1324564314
    O cálculo exato deve levar em conta o tipo de antena, uma antena patch de 4 elementos vai permitir SNR 1 ou 2dB menor que uma antena de 12 elementos. Fora que o próprio método de medir nível de sinal e de ruído muda conforme fabricante (Até a Wikipédia diz isso)

    PRECISAR mais de 35dB de SNR geralmente não precisa, mas se 30dB é o MÍNIMO, como o MÁXIMO vai ser algo tão próximo? E porque o fabricante no datasheet diz que a SENSIBILIDADE de cada data rate mas não diz que SNR cada data rate exige? Não dá pra olhar só pra SNR, ou só pra margem de entre sinal e sensibilidade, tem que pesar tudo, e pesar também os outros usos no canal (Ter um SSID a -75dBm nem sempre incomoda, mas se não for só um AP emitindo SSID e tiver de fato troca de muitos pacotes a -75dBm, aí encomoda, o Airview dos firmwares mais novos da Ubiquiti tá aí pra isso, mostra os níveis de sinais ao longo do canal (Não só a existência de um SSID no canal), e mostra o numero de hits por segundo no canal, é ótimo pra detectar se tem só um SSID ou se tem tráfego real no canal:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         03_airview1.png
Visualizações:	52
Tamanho: 	713,1 KB
ID:      	64074
    Tem tanto informação e tanto dado, mas... o SNR tem pouco espaço, e é assim porque ele não é O dado importante, não dá pra se basear apenas nele, não adianta ter 35dB de SNR mas usar um canal que está em uso pesado na vizinhança, ou ter 40dB de SNR mas isso significar -75dBm de sinal com um ruído inexistente (Um SXT da vida vai ler -110 a -120dbm de ruído em locais onde não tem ruído).



    ___________________________________________________________________________________



    Agora voltando ao modo B do Airgrid:

    Os sinais de RX no Airgrid são em torno de -48dBm, tá até alto demais pra modo B.
    Mas como está o sinal recebido nos Airlive? Alias, baixa a potência neles em uns 5dBm, esse sinal de -48dBm é alto demais pra um data rate tão baixo. Modo B é antiquado, ele foi feito pra sinais mais baixos, os primeiros equiptos B de 2000 mal tinham 12 ou 14dBm de potência, se trabalhava com sinais tipo -60dBm sem problemas.

    Bom, nesses momentos de data rate baixo tem tráfego? Sem tráfego é normal vários equipamentos diminuírem de data rate.
    E... esse canal não está em uso na vizinhança? Modo B é bem sujeito a cair de throughput quando tem outros equiptos usando o mesmo canal, ele foi desenvolveido em 1998 e naquela época ninguém sonhava que cada casa teria um roteador, o modo N tolera bem melhor outros rádios usando parte do canal.

    Nos Airlive, não tem como fixar o data rate? Os 5460 que eu usei permitiam, e... usar 12M ou 18M em G permite os mesmos sinais baixos (Tipo -65dBm) mas com throughput muito maior, testa usar os Airlive fixos em 18M em G (E ajusta a potência neles pra ficar nuns -55dBm, se baixa a potência em 3dBm o sinal no destino cai 3dBm (De -52 pra -55dBm, digamos), é bem simples ajustar potência conforme sinal no destino).


    E... esses Airlive estão ligados em antenas externas né? Porque se for a antena 5dBi interna, não tem como garantir qualidade com paredes e telhados no meio do caminho, nível de sinal alto não garante legibilidade do pacote. O sinal pode chegar por reflexos em outras paredes até dentro de casa, o nível de sinal fica alto mas a legibilidade de cada pacote é baixa. 11Mbps em modo B devia dar throuhput de uns 4 a 4,5Mbps em situações ideias, mas com paredes e cia no caminho é comum empacar em 2Mbps até mesmo com sinais altos, não dá pra garantir qualidade quando a zona de Fresnel não está 100% limpa (Se zona de Fresnel é importante, a visada é mais que importante), em 2,4GHz a zona de Fresnel é tão grande que uma árvore ou um poste a 2m de distância do lado pode "do nada" começar a atrapalhar, tem como dar uma ajustada melhor em antena (Digamos virando 1° mais pra cima que o ideal), mas acho que o maior problema é achar uma faixa do espectro em 2,4GHz que não tenha ninguém usando, o canal 9 é afetado por quem usa do canal 5 ao 13 (Em cheio do 6 ao 12), entre ter um vizinho só emitindo SSID e ter um efetivamente trocando dados o dia todo a coisa muda, o canal em USO com sinal -75dBm atrapalha muuuuuito mais que um canal apenas emitindo SSID lá pelos -65dBm.

    http://www.extremetech.com/wp-conten..._WLAN.svg_.png

  4. Citação Postado originalmente por Julianolinux Ver Post
    MrLinox, desculpa minha falta de atenção mas o zé alves sita isso logo no começo do video, que não se deve exceder mais de 40 SNR, obrigado pela luz amigo

    Julianolinux só estou aqui querendo ajudar... Não precisa se desculpar, eu mesmo que tenha 99% de certeza do que estou falando ainda deixo bem claro, estou apenas afirmando que pode dar certo, como diz a primeira lei de Murphy Se algo pode dar errado, dará.
    Estamos aqui para aprender juntos e por isso que eu digo: testar errar e acertar algumas e no fim deixar certo.




  5. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Essa informação que SNR alto é prejudicial não faz sentido. Na zona rural você tem ruído a -116dBm, se der um SNR de 40dB isso dá sinal -76dBm, que é um sinal lixo pra digamos MCS15, mal trafegará alguma coisa, já que é um nível de sinal inclusive abaixo da sensibilidade desse data rate (Geralmente -74dBm). E aí, nesse caso o SNR não conta? Que regra maluca é essa?

    Nesse ambiente com -55dBm um MCS15 dá 100% de CCQ e passa 80Mbps half em 20MHz tranquilo, e de -55 pra -116dBm tem 61dB de SNR. Nesse ambiente, com esse data rate, um SNR de 40dB é completamente inútil, precisa 60dB, mas é porque NÃO TEM ruído então o SNR não conta, o que conta é a sensibilidade do data rate (O dado está no datasheet pra ser usado).


    Uma coisa é sinal alto demais perto do limiar superior de sensibilidade. Geralmente lá pelos -10 ou -20dBm a maioria dos chipset não consegue ler um pacote porque ele satura ao ADC (Conversor analogico-digital, logo na entrada do chipset). Lá pelos -30dBm o dado é meio legível, lá pelos -35 a -40dBm geralmente é tão legível quanto um sinal baixo, ainda distorce uns picos.

    Quem tem o azar de morar em pombal, onde cada vizinho tem um provedor ou um roteador, vai ter aqueles níveis de ruído absurdos tipo -85dBm. Num cenário desse MCS15 com -45dBm (40dB de SNR) vai operar perfeito, e com 45dB de SNR vai começar a cair o throughput mas é porque está começando a saturar o sinal como um todo, está chegando perto do limite superior, não tem relação com SNR (Se o sinal está em, digamos, -55dBm, pra MCS15 vai dar 100% de CCQ e throughput máximo seja com ruído de -96 ou com -116dBm.

    O cálculo que se faz é por numero de erros, um bit error rate de 1 elevado a -4 significa um erro em 10000, ou 0,0001% de erros (Lembrem que são milhões de bits circulando por segundo, um bit com erro inviabiliza um pacote todo as vezes), o cálculo com BER baixo gera tabelas tipo:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         Screen-Shot-2013-10-04-at-3.16.35-PM.png
Visualizações:	124
Tamanho: 	62,5 KB
ID:      	64073

    Isso é o SNR mínimo pra tipo essa taxa de erros. MCS15 é 64QAM, se tiver 25dB de SNR esse cálculo diz que terá um bit com erro a cada 10000. A tabela vai até 1 elevado a -12, ou 1 erro a cada 1000000000000 bits. Mas se prosseguir calculando, com 60dB em 64QAM de SNR vai dar algo tipo 1 erro a cada 1 bilhões de trilhões de bits.

    Essa tabela explica porque AC exige mais sinal, AC usa 256QAM, precisa 7dB a mais de SNR (Mas todo mundo arredonda e diz que precisa 10dBm a mais de sinal que MCS15).

    Dá pra achar muita tabela ditando que o SNR mínimo pra MCS15 é de 30dB, tipo
    https://under-linux.org/attachment.p...2&d=1432917041
    ou
    http://image.slidesharecdn.com/v1brk...?cb=1324564314
    O cálculo exato deve levar em conta o tipo de antena, uma antena patch de 4 elementos vai permitir SNR 1 ou 2dB menor que uma antena de 12 elementos. Fora que o próprio método de medir nível de sinal e de ruído muda conforme fabricante (Até a Wikipédia diz isso)

    PRECISAR mais de 35dB de SNR geralmente não precisa, mas se 30dB é o MÍNIMO, como o MÁXIMO vai ser algo tão próximo? E porque o fabricante no datasheet diz que a SENSIBILIDADE de cada data rate mas não diz que SNR cada data rate exige? Não dá pra olhar só pra SNR, ou só pra margem de entre sinal e sensibilidade, tem que pesar tudo, e pesar também os outros usos no canal (Ter um SSID a -75dBm nem sempre incomoda, mas se não for só um AP emitindo SSID e tiver de fato troca de muitos pacotes a -75dBm, aí encomoda, o Airview dos firmwares mais novos da Ubiquiti tá aí pra isso, mostra os níveis de sinais ao longo do canal (Não só a existência de um SSID no canal), e mostra o numero de hits por segundo no canal, é ótimo pra detectar se tem só um SSID ou se tem tráfego real no canal:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         03_airview1.png
Visualizações:	52
Tamanho: 	713,1 KB
ID:      	64074
    Tem tanto informação e tanto dado, mas... o SNR tem pouco espaço, e é assim porque ele não é O dado importante, não dá pra se basear apenas nele, não adianta ter 35dB de SNR mas usar um canal que está em uso pesado na vizinhança, ou ter 40dB de SNR mas isso significar -75dBm de sinal com um ruído inexistente (Um SXT da vida vai ler -110 a -120dbm de ruído em locais onde não tem ruído).



    ___________________________________________________________________________________



    Agora voltando ao modo B do Airgrid:

    Os sinais de RX no Airgrid são em torno de -48dBm, tá até alto demais pra modo B.
    Mas como está o sinal recebido nos Airlive? Alias, baixa a potência neles em uns 5dBm, esse sinal de -48dBm é alto demais pra um data rate tão baixo. Modo B é antiquado, ele foi feito pra sinais mais baixos, os primeiros equiptos B de 2000 mal tinham 12 ou 14dBm de potência, se trabalhava com sinais tipo -60dBm sem problemas.

    Bom, nesses momentos de data rate baixo tem tráfego? Sem tráfego é normal vários equipamentos diminuírem de data rate.
    E... esse canal não está em uso na vizinhança? Modo B é bem sujeito a cair de throughput quando tem outros equiptos usando o mesmo canal, ele foi desenvolveido em 1998 e naquela época ninguém sonhava que cada casa teria um roteador, o modo N tolera bem melhor outros rádios usando parte do canal.

    Nos Airlive, não tem como fixar o data rate? Os 5460 que eu usei permitiam, e... usar 12M ou 18M em G permite os mesmos sinais baixos (Tipo -65dBm) mas com throughput muito maior, testa usar os Airlive fixos em 18M em G (E ajusta a potência neles pra ficar nuns -55dBm, se baixa a potência em 3dBm o sinal no destino cai 3dBm (De -52 pra -55dBm, digamos), é bem simples ajustar potência conforme sinal no destino).


    E... esses Airlive estão ligados em antenas externas né? Porque se for a antena 5dBi interna, não tem como garantir qualidade com paredes e telhados no meio do caminho, nível de sinal alto não garante legibilidade do pacote. O sinal pode chegar por reflexos em outras paredes até dentro de casa, o nível de sinal fica alto mas a legibilidade de cada pacote é baixa. 11Mbps em modo B devia dar throuhput de uns 4 a 4,5Mbps em situações ideias, mas com paredes e cia no caminho é comum empacar em 2Mbps até mesmo com sinais altos, não dá pra garantir qualidade quando a zona de Fresnel não está 100% limpa (Se zona de Fresnel é importante, a visada é mais que importante), em 2,4GHz a zona de Fresnel é tão grande que uma árvore ou um poste a 2m de distância do lado pode "do nada" começar a atrapalhar, tem como dar uma ajustada melhor em antena (Digamos virando 1° mais pra cima que o ideal), mas acho que o maior problema é achar uma faixa do espectro em 2,4GHz que não tenha ninguém usando, o canal 9 é afetado por quem usa do canal 5 ao 13 (Em cheio do 6 ao 12), entre ter um vizinho só emitindo SSID e ter um efetivamente trocando dados o dia todo a coisa muda, o canal em USO com sinal -75dBm atrapalha muuuuuito mais que um canal apenas emitindo SSID lá pelos -65dBm.

    http://www.extremetech.com/wp-conten..._WLAN.svg_.png
    Sempre acompanho seus posts, Sensacional amigo

    O Cenário esse...

    Como AP - Airgrid M2 HP 17x24

    Potência (- 4)

    20 Mhz

    Canal 9 (canal livre 9 e 7) Usei o airview spectrum analyzer

    b/g/n Mixed

    Sem Senha apenas MAC ACL, de resto as configurações ficaram em default

    CPE - 2 Airlive 5460 + Antenas Aquario 2.4Ghz 27DBi com cabo de 10 metros (um vizinho do lado do outro)

    Potência 8dbi (potência minima permitido pelo aparelho de setar)

    Banda B Only

    Distancia de 300 metros do PTMP

    pessoal o ping está bom 1ms á 4ms, esporadicamente tem 1 perca de pacote a cada 50 tempos, só agora minha duvida é porque nem sempre as 2 estações ficam setado 11/11 constante, mais tarde vou testar o modo G only nas estações, e leio com mais dedicação suas informações Rubem






Tópicos Similares

  1. Mikrotik aceitando apenas clientes com sinal bom
    Por peritinaicos no fórum Redes
    Respostas: 17
    Último Post: 14-04-2016, 20:57
  2. Respostas: 13
    Último Post: 14-05-2011, 08:24
  3. Respostas: 4
    Último Post: 10-12-2009, 13:47
  4. lentidão com sinal bom em aprouter!
    Por cls7007 no fórum Redes
    Respostas: 15
    Último Post: 25-10-2009, 14:37
  5. Respostas: 4
    Último Post: 24-05-2009, 15:47

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L