+ Responder ao Tópico

  1. Citação Postado originalmente por ronei10 Ver Post
    Concordo plenamente. Mas vai questionar com elas pra ver.
    È isto que digo, tera que gastar dinheiro bom em coisa ruim, pois para liberarem será através de ação judicial.
    Quanto ao numero de operadoras por poste segundo a normativa que me encaminharam da Energisa é no máximo 3.


  2.    Publicidade


  3. Da eletrobras sao cinco. O problema que em muitos lugares a OI sozinha usa os cinco pontos.

  4. Vou relatar minha experiencia com concessionária.
    A orientação documental que recebi exige SCM pois senão como a concessionaria vai ter certeza que não está lidando com ilegal?
    Com projeto e documentação encaminhada e aprovada pela concessionária, copias vão para Anatel e Aneel para que estas agencias homologuem. Só depois é que sai a autorização para implantação.
    Então, se no futuro cair a exigência de SCM, com certeza as concessionárias não vão poder exigir. Elas não podem se colocar acima das decisões de uma Agência Reguladora Federal.

    Por enquanto fica tudo como sempre esteve.

  5. Acho ki mesmo podendo atender até 5 mil clientes sem o SCM você não poderá entrar para os postes assim como não poderia entrar em leilão de banda por exemplo.

    Enviado via D5833 usando UnderLinux App

  6. no final isso tudo vai se tornar uma bagunça, uma desordem, um caos... definitivamente vai prostituir o mercado de telecomunicações, não digo no sentindo de favorecer ou privar as grandes teles, digo no sentido em que um poste vai ter a realidade do céu ate o inferno, vai ter de tudo na rua, e aqueles que batalharam para colocar seu provedor dentro de todas as exigências vai ficar no prejuízo, se de fato isso acontecer todos que passaram por todas as exigências podem processar o estado, simplesmente porque vai envolver a questão de LUCRO CESSANTE; como pode vc se vestir a rigor para uma determinada situação, sendo que no dia do evento os organizadores vão aceitar qualquer traje, dando oportunidade para aqueles que ficaram no sub-mundo ou operando paralelamente na clandestinidade. eu vou ser o primeiro a entrar com uma ação, ou ate mesmo mobilizar membros que compartilham do mesmo pensamento, por fim, hoje em dia já esta bagunçado, pois a Anatel cobra R$ 400,00 e eu fui um dos beneficiados com esse valor, porem não concordo, segundo deixa a livre a contratação de qualquer link pra revender, e não cumpre com as fiscalizações necessárias para coibir esses "póvedores" quem não tem nem conhecimento técnico para operar... daqui uns dias não teremos nem postes, nem frequências de rádio licenciados e nem link, o jeito vai ser apelar para melhor e mais rentável atividade, vender espetinho no ponto de ônibus e lembrar do tempo em que ser provedor de internet era realizar um sonho. como eu sempre disse nesse forun, não sou contra a maneira com que se começa um provedor, pode ser pirata, adsl etc, eu sou contra a pessoa ou provedor permanecer no status de gato net e ainda por cima se achar o "póvedor" de internet e ficar fazendo graça dentro do mercado desrespeitado aqueles que batalharam para estar em perfeita normalidade com os órgãos reguladores... no final S.C.M pra mim vai representar Somos Como Merda e ponto final.


  7.    Publicidade




Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L