+ Responder ao Tópico



  1. #625
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    1.207

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    Citação Postado originalmente por sergios Ver Post
    Olá amigos, obrigado a todos pelas respostas. Mas estou profundamente frustrado, por não ter corrigido o problema.
    Semana passada fiz essa postagem aqui. Achando que era simplesmente um desalinhamento da antena.
    Domingo fui ao local e tentei de todas as formas alinhar a antena pra capitar o sinal da TIM em 700MHz. Simplesmente, o sinal da TIM desapareceu totalmente no Amplimax.
    O que me chamou a atenção, é que Claro e Vivo aparecem, com sinal bem fraco, mas aparecem na busca cega. Mas a TIM, nada.
    Inicialmente, achei que era a TIM que estava sem serviço. Mas fui em outro sítio onde instalei o mesmo sistema, apontando pra mesma torre da TIM, e tava funcionando. Ou seja, o problema não é na TIM.
    Minha antena é uma Aquário 4G LTE 700MHz 20 DBI. Como é montada em duas partes, não sei se pode ter ocasionado algum tipo de problema e diminuído sua capacidade de recepção.
    Confesso que isso me deixou muito envergonhado. O pior de não ter corrigido o problema, é não saber qual é o problema.
    sergios ...
    Acho que sei o que está acontecendo ... ou pode
    --agua na antena; isso mesmo se os diretores e refletor forem ocados tampe-os na parte de cima os 3 primeiros diretores e o refletor inclusive; no irradiante( onde está o conector) verifique se não tem nenhuma falha de solda, isolador com problema. Nada de usar silicone, massa de calafetar, durepoxi ou algo do tipo.
    --água no cabo; isso é chato por que na hora de instalar esses caras que se dizem " ténicos" descem com o cabo direto sem o uso da técnica de "pingadeira" usada pelas companhias de luz e teles.
    --Uso de fita isolante nos conectores é um problema sério, com o tempo cria uma espécie de umidade através da cola e mesmo os de alta fusão pode nos enganar. Particulamente só uso se for local aberto e com velocidade de vento muito alto( 50 km/h).
    -- postes de madeira para fixação da antena pode causar uma certa interferência, a vibração do vento interfere na qualidade dos equipamentos conectados. Quando vemos nos carregadores de notebook, TV de LED, roteadores uma espécie de "caixa" é um baloom com ferrite para tirar ou filtrar parte das interferências que existe na rede ou no equipamento; deixemos o misticismo, religiosi de lado... O mastro da antena para mim precisa ser de material condutor e sair do piso( basta sari dele ou apoiado a ele).

    Lembrando que as porcarias da Tim e Vivo entregam com potência alta na inauguração, um ano depois ou antes reduz para potência permitida em Lei; pronto gastaram tempo e dinheiro.
    -Claro segue mais específico quanto a isso, mas infelizmente usa duas faixas diferentes. Navegando a internet em 4 G, ao usar uma chamada de voz cai para 3 G e de 3 G na zona rural para 2 G ou GSM; aí sim temos um problema sério com as antenas. sinal 4 G é 4 km no celular, mesmo que seja visual esse teste já fiz.
    -Oi estava usando 1800 para 3 G, agora segue com 2100, em ligação cai para GSM como a Claro;
    - Tim e Vivo usam 700 MHz para 4 G, muito ruim por sinal e 3 G em 850 MHz e nas ligações em GSM com 900 MHz, nós usuários mal sentimos alguma diferença, que pode dar uma diferença de uns 4 dBm.
    Essa alternância é para que possa fazer a maximização das bandas utilizadas, pouco usamos para ligações de voz e com certeza as operadoras nem usam 1 MHz para canal de voz, enquanto em dados pelo menos 10 MHz. Rede 5 G pode chegar a 400 MHz de banda, sendo a maior do mundo mesmo com 300 MHz. Pelo que entendi, operadoras que ofertarem as melhores contrapartidas como interligar fibras em cidades que não possuem, ligar 4 G em cidades ainda não atendidas além de maior cobertura em rodovias pavimentas.

  2. #626

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    Citação Postado originalmente por Nilton Nakao Ver Post
    sergios ...
    Acho que sei o que está acontecendo ... ou pode
    --agua na antena; isso mesmo se os diretores e refletor forem ocados tampe-os na parte de cima os 3 primeiros diretores e o refletor inclusive; no irradiante( onde está o conector) verifique se não tem nenhuma falha de solda, isolador com problema. Nada de usar silicone, massa de calafetar, durepoxi ou algo do tipo.
    --água no cabo; isso é chato por que na hora de instalar esses caras que se dizem " ténicos" descem com o cabo direto sem o uso da técnica de "pingadeira" usada pelas companhias de luz e teles.
    --Uso de fita isolante nos conectores é um problema sério, com o tempo cria uma espécie de umidade através da cola e mesmo os de alta fusão pode nos enganar. Particulamente só uso se for local aberto e com velocidade de vento muito alto( 50 km/h).
    -- postes de madeira para fixação da antena pode causar uma certa interferência, a vibração do vento interfere na qualidade dos equipamentos conectados. Quando vemos nos carregadores de notebook, TV de LED, roteadores uma espécie de "caixa" é um baloom com ferrite para tirar ou filtrar parte das interferências que existe na rede ou no equipamento; deixemos o misticismo, religiosi de lado... O mastro da antena para mim precisa ser de material condutor e sair do piso( basta sari dele ou apoiado a ele).

    Lembrando que as porcarias da Tim e Vivo entregam com potência alta na inauguração, um ano depois ou antes reduz para potência permitida em Lei; pronto gastaram tempo e dinheiro.
    -Claro segue mais específico quanto a isso, mas infelizmente usa duas faixas diferentes.
    4 anos atrás, a Tim transmitia o sinal das demais operadoras em roaming, de uma torre de quase 100 metros de altura. Naquela época, aonde o sinal da Tim chegava, o da Claro também. Depois a Claro passou a transmitir o sinal dela por conta própria na mesma torre da Tim; a partir daí, o sinal da Claro não consegue mais chegar no mesmo local onde chegava o sinal da Tim, nem mesmo num local que antes se captava sinal com um LG lanterninha, em frequência de 1800Mh Gsm, pois, tanto a Tim quanto a Claro transmitem Gsm nesta mesma frequência. Aonde o Sinal da Tim chega através de antena rural de 1800Mhz, a Claro na mesma frequência indica apenas emergência; sendo que antes em roaming se conseguia!



  3. #627

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    Citação Postado originalmente por Nilton Nakao Ver Post
    sergios ...
    Acho que sei o que está acontecendo ... ou pode.
    Obrigado Nakao pelas orientações.
    Não sou instalador de antenas, mas tive o cuidado de seguir todas as orientações para uma adequada instalação. Esses cuidados aprendi aqui, lendo as postagens de vocês.
    Se não me engano, os irradiadores são maciços. Na conexão do cabo, coloquei fita de alta fusão. Fiz a pingadeira. Vedei com silicone o topo da mastro, para que a água não entrasse por lá.
    Faz quase um ano que essa antena está lá, com 0% de problemas nos roteadores, AP, Modem, etc. Mas agora aconteceu isso.
    Penso que, pelo fato da antena ser muito grande e ser dividida em duas partes. Creio que a água pode ter entrado em sua junção e ocasionado algum dano.
    Não conheço algum método para testar antena. Principalmente essa, que tem duas partes. Como saber se as duas partes estão funcionando, ou se está funcionando somente uma?
    Na semana do carnaval estarei indo lá, e vou baixar a antena novamente, desmontar, limpar, fazer todos os procedimentos de uma instalação nova.

  4. #628

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    Citação Postado originalmente por sergios Ver Post
    Obrigado Nakao pelas orientações.
    Não sou instalador de antenas, mas tive o cuidado de seguir todas as orientações para uma adequada instalação. Esses cuidados aprendi aqui, lendo as postagens de vocês.
    Se não me engano, os irradiadores são maciços. Na conexão do cabo, coloquei fita de alta fusão. Fiz a pingadeira. Vedei com silicone o topo da mastro, para que a água não entrasse por lá.
    Faz quase um ano que essa antena está lá, com 0% de problemas nos roteadores, AP, Modem, etc. Mas agora aconteceu isso.
    Penso que, pelo fato da antena ser muito grande e ser dividida em duas partes. Creio que a água pode ter entrado em sua junção e ocasionado algum dano.
    Não conheço algum método para testar antena. Principalmente essa, que tem duas partes. Como saber se as duas partes estão funcionando, ou se está funcionando somente uma?
    Na semana do carnaval estarei indo lá, e vou baixar a antena novamente, desmontar, limpar, fazer todos os procedimentos de uma instalação nova.
    Eu tinha uma antena de 900Mhz de 20dbi, ela tem quase 3m de comprimento e é dividida também em 2 partes, mas, se não existe nenhum fio interligando ambas as partes interna da antena, o que vale mesmo é o contato metálico entre ambas as partes. Sendo assim, acho difícil o problema ser nas emendas da antena!



  5. #629

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    Citação Postado originalmente por sergios Ver Post
    Obrigado Nakao pelas orientações.
    Não sou instalador de antenas, mas tive o cuidado de seguir todas as orientações para uma adequada instalação. Esses cuidados aprendi aqui, lendo as postagens de vocês.
    Se não me engano, os irradiadores são maciços. Na conexão do cabo, coloquei fita de alta fusão. Fiz a pingadeira. Vedei com silicone o topo da mastro, para que a água não entrasse por lá.
    Faz quase um ano que essa antena está lá, com 0% de problemas nos roteadores, AP, Modem, etc. Mas agora aconteceu isso.
    Penso que, pelo fato da antena ser muito grande e ser dividida em duas partes. Creio que a água pode ter entrado em sua junção e ocasionado algum dano.
    Não conheço algum método para testar antena. Principalmente essa, que tem duas partes. Como saber se as duas partes estão funcionando, ou se está funcionando somente uma?
    Na semana do carnaval estarei indo lá, e vou baixar a antena novamente, desmontar, limpar, fazer todos os procedimentos de uma instalação nova.
    Eu não me preocuparia com água no corpo da antena. Essas Yagi são um corpo metálico que influenciam as ondas fisicamente por meio dos diretores metálicos. Então se não tem diretores tortos, quebrados ou ausentes e/ou ainda obstruídos fisicamente e de maneira visível, não esquente.
    Quanto a antena ser em 2 partes, para dar algum problema só se ela afrouxar e ficar excessivamente "dobrada" no local da emenda. Ficaria até bizarra de se ver.

    Nem o dipolo é suscetível a água. Os da Aquário são maciços. Mas fácil entortar do que entrar água.

    Agooora... O conector a história é diferente. O N fêmea da antena tem uma cavidade onde encaixa a cápsula do N macho do cabo. E aí mora o problema com água. Se não estiver bem apertado o conector pro anel de vedação encostar e se a fita de auto-fusão não for de qualidade o BO é certo. Forma uma bolsa de água dentro do conector. E essa água não evapora nunca! Fica ali atormentando e corroendo malhas, soldas, etc.
    Então a dica é: corte um palmo do cabo e troque o conector N. Deixe o ferro de solda encostado por um minuto +ou- na rosca do N da antena. Isso deixa o alumínio morno e ajuda a evaporar qualquer água remanescente.
    E o mais importante: Utilize fita de auto-fusão 3M. Ela é a única que funde em uma borracha e isola direito. As outras do mercado (Foxlux principalmente) ressecam no sol e chegam até a cair da antena. 3M é quase eterna.

  6. #630

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    Citação Postado originalmente por chicao48 Ver Post
    Eu tinha uma antena de 900Mhz de 20dbi, ela tem quase 3m de comprimento e é dividida também em 2 partes, mas, se não existe nenhum fio interligando ambas as partes interna da antena, o que vale mesmo é o contato metálico entre ambas as partes. Sendo assim, acho difícil o problema ser nas emendas da antena!
    O corpo da antena Yagi não tem nenhuma função de emissão/recepção de RF. A função é de dar direcionalidade ao sinal. Quanto mais diretores, maior o ganho da antena. O que manda mesmo que não pode ter nenhum problema físico, mecânico, de infiltração, etc é o dipolo. A parte oval lá no pé da antena.
    E nas antenas da Aquário os dipolos são maciços. Pra ferrar com eles só na marretada praticamente.
    Agora se antena for da Proeletronic tudo é feito de banana. Encostou quebrou.