+ Responder ao Tópico



  1. #581

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    Liguei hoje para a Elsys. Por enquanto, nada de VoLTE para o Amplimax...

  2. #582
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    1.240

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    chicao48 bom dia;;;
    Com a vivo banda 28 LTE em aplicativo no celular alcançou 11 Mbps com sinal de -79 dBm e 9 dBsinad, era um horário de pouquíssimo tráfego horas mais tarde mal chegou a 4 Mbps mas com 11 dBsinad.
    Com a Claro, banda 5 LTE, alcançou 53 Mbps com sinal de -97 dBm e 10 dBsinad e mais tarde com 23 Mbps e 11 dBsinad.

    Banda 28 por ser de baixa frequência( anos atrás era mais do que alta), embora tenha maior penetração em obstáculos é mais suscetível a interferências. Por exemplo canais 9, 10 e 11 seja analógico ou digital podem interferir na 4ª harmônica da banda 28 ou na 17ª harmônica do canal de FI se não estiverem de acordo com as conformidades da LEI.
    Padrão de cores ( PAL-M) na TV analógica era levado em conta a possível interferência até 28ª harmônica dentro do receptor de TV,
    Por convenção, as operadoras utilizam uma distância de 500 metros entre as torres, primeiro por que as marcas dos equipamentos são diferentes e fabricantes de diversos países( até GSM), hoje segue o mesmo critério mais devido a exposição eletromagnética aos moradores.



  3. #583

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    Citação Postado originalmente por JoaoBC Ver Post
    Liguei hoje para a Elsys. Por enquanto, nada de VoLTE para o Amplimax...
    Acho que a Elsys, só irá mexer com isso, depois da expansão da liberação do VoLTE por parte das operadoras, e isso por enquanto tá muito lento!

  4. #584

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    A tim liberou geral...



  5. #585

    Padrão

    Essa questão de velocidade creio que tem a ver com a largura de banda utilizada. A Tim aqui em minha cidade está usando 15 mhz na banda de 1800 Ghz. A velocidade é boa, mas tem um porém, eles estão usando somente um setor para o 4G e o sinal é direcionado apenas em uma direção cobrindo 120 graus e quem mora em direção diferente do direcionamento da antena setorial simplesmente não pegar nada. Em várias cidades pequenas aqui no norte do Rio eu percebi essa estratégia de cobertura da Tim. Eles não usam os 3 setores tradicionais para cobertura em 360 graus no 4G, provavelmente para economizar em equipamento e utilizam toda a banda em uma única antena, e fazem falsa propaganda de ter a maior cobertura 4G. Em número de cidades sim, mas a cobertura é mal feita e nunca abrange toda a população, principalmente as que estão mais afastadas, pois a medida que se afasta da torre apenas quem está dentro do raio de 120 graus da antena até uns 3 km pega, nas outras direções não existe sinal a poucos metros de distância dependendo, claro, da topografia. A Tv analógica vai completar 1 ano de desligamento agora no fim do mês e até agora nada de uso na banda de 700 mhz, só quero ver o que vão aprontar quando utilizarem o 700, se é que algum dia irão utilizar por aqui!!!!

  6. #586

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    Pessoal, a aquário disponibilizou firmware (atualização) para o celular rural de mesa CA-42S 4G.



  7. #587

    Padrão

    Já se falam em 5G no Brasil, enquanto isso, consta no site telesíntese, que até setembro passado tinha 52 cidades sem sinal 3 e 4G, e somente em 2G.

  8. #588

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    É muito caro instalar e manter uma torre (ERB) para poucos usuários, ainda mais pré-pago



  9. #589
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    1.240

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    Acho que é muito mais por que a maioria das pequenas cidades a Oi não possui velox, 2 G para lá de ruim fazendo a festa par Vivo já com 3 G e caso o compartilhamento de torres seja concluída Claro e Tim entrarão nestas cidades afundando ainda mais a Oi.
    Claro com plano pré-pago de R$ 20,00 e rede 4 G, pode usar 1,5 GB de internet mais 500 minutos de ligações para todo o território brasileiro e ilimitado em sua própria rede; eu pago R$ 140,00 ( snif, sniff) mas tem suas vantagens ...

  10. #590
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    1.240

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    Citação Postado originalmente por JoaoBC Ver Post
    É muito caro instalar e manter uma torre (ERB) para poucos usuários, ainda mais pré-pago
    Não acredito, por que praticamente somos obrigados a por os créditos a cada 59 dias, do contrário os chips podem ser invalidados; Ou que se faça como a Vivo com R$ 300,00 ou mais válidos por um ano. Acabou a franquia de internet, mais $$$$$$ uma excelente "armadilha".



  11. #591

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    Citação Postado originalmente por JoaoBC Ver Post
    É muito caro instalar e manter uma torre (ERB) para poucos usuários, ainda mais pré-pago
    Décadas atrás as operadoras sustentavam essa tese; inclusive virou até matéria de telejornal. Hoje, por livre espontânea pressão do governo federal, vários distritos rurais com meia dúzia de habitantes tem que ter pelo menos o sinal de uma operadora!

  12. #592

    Padrão

    Amigos, só a título de curiosidade. Sabem me informar, se usar duas antenas de frequências diferentes ligadas num divisor de sinal, daria melhor resultado do que uma antena quadriband?

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         4g..png
Visualizações:	20
Tamanho: 	10,6 KB
ID:      	69926



  13. #593

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    Citação Postado originalmente por chicao48 Ver Post
    Amigos, só a título de curiosidade. Sabem me informar, se usar duas antenas de frequências diferentes ligadas num divisor de sinal, daria melhor resultado do que uma antena quadriband?

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         4g..png
Visualizações:	20
Tamanho: 	10,6 KB
ID:      	69926
    A antena cortada na frequência certa sempre.é melhor que uma quadriband.

    Agora em 850/700mhz, montar um esquema assim é igual ou pior que utilizar uma única antena, a não ser que:
    Você monte os cabos bem curtos até a junção, menor ou igual a 50cm cada um, a perda de sinal no cabo vai ser mínima e com certeza o resultado vai ser muito bom. Principalmente porque antenas quadriband tem ganho médio de 14dBi, enquanto antenas pra cada banda chegam a 20dBi.
    Eu testaria com uma única antena antes de montar esse esquema. Provavelmente a de 700mhz. Provavelmente irá funcionar o 3G em 850mhz só com uma antena, mas com sinal menor. Como iria servir basicamente pra voz e não dados, daria conta.

    Prefira modelos da Aquário. Proeletronic é frágil e ruim de ganho nessas bandas baixas. Qualquer outra marca é lixo

  14. #594

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    Citação Postado originalmente por sphreak Ver Post
    A antena cortada na frequência certa sempre.é melhor que uma quadriband.

    Agora em 850/700mhz, montar um esquema assim é igual ou pior que utilizar uma única antena, a não ser que:
    Você monte os cabos bem curtos até a junção, menor ou igual a 50cm cada um, a perda de sinal no cabo vai ser mínima e com certeza o resultado vai ser muito bom. Principalmente porque antenas quadriband tem ganho médio de 14dBi, enquanto antenas pra cada banda chegam a 20dBi.
    Eu testaria com uma única antena antes de montar esse esquema. Provavelmente a de 700mhz. Provavelmente irá funcionar o 3G em 850mhz só com uma antena, mas com sinal menor. Como iria servir basicamente pra voz e não dados, daria conta.

    Prefira modelos da Aquário. Proeletronic é frágil e ruim de ganho nessas bandas baixas. Qualquer outra marca é lixo
    E se fosse 3G em 2100Mhz e 4G em 700Mhz, usando esse mesmo esquema?



  15. #595

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    Citação Postado originalmente por chicao48 Ver Post
    E se fosse 3G em 2100Mhz e 4G em 700Mhz, usando esse mesmo esquema?
    Aí sim haveria muita vantagem em uma montagem assim, tendo em vista a grande diferença de frequências.

    Eu só recomendaria não utilizar uma antena de celular para 2100mhz, aquelas tipo pirulito. Eu recomendaria uma antena grande tipo grelha pra wifi 2.4ghz. Elas trabalham muito melhor que as tipo pirulito (yagi)

  16. #596

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    Citação Postado originalmente por sphreak Ver Post
    Eu recomendaria uma antena grande tipo grelha pra wifi 2.4ghz. Elas trabalham muito melhor que as tipo pirulito (yagi)
    É verdade. Antenas de grade são as mais indicadas para frequências altas; excluindo as antenas de bacia da Foxtell. Eu já tive uma ótima experiência com a antena de grade triband da proeletronic, na frequência de 1800Mhz, na distância de 20 km em linha reta da torre; num local que pega sinal de celular só quase por milagre, kkkkk!



  17. #597
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    1.240

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    Citação Postado originalmente por chicao48 Ver Post
    Amigos, só a título de curiosidade. Sabem me informar, se usar duas antenas de frequências diferentes ligadas num divisor de sinal, daria melhor resultado do que uma antena quadriband?

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         4g..png
Visualizações:	20
Tamanho: 	10,6 KB
ID:      	69926
    Radio-frequência é rádio-frequência tem seus comprimentos de ondas diferentes; como trabalho ou lido com isso desde 1980 com os famosos PXs que popularizou muito entre os taxistas além do radio-amadorismo, estudantes de eletrônica e hobistas, hoje nada mais do que internet e vamos lá pelo conceito que aprendi e vivenciei::::::::
    Em 1893 o padre Landell apresentou em São Paulo telefonia sem fio; em suas patentes previu a comunicação por satélite e raio laser.
    1- todo cabo coaxial seja de 75 ohms ou 52 ohms possui uma velocidade angular( tipo permissividade elétrica no vácuo) fornecido pelo fabricante.
    2- cada frequência ou uma banda para facilitar ou reduzir custos tem um comprimento de onda. Nos celulares estamos falando de 0,5; 0,4 e provavelmente 0,1 mt. em 3 GHz e aproximando para 0,01 mt. enquanto uma FM comercial é 3 metros até 6 metros conforme o país.
    3- existe filtros de cavidade mecânico que se constitui em passa alta e passa baixa( 0,24 GHz e 0,26 GHz) mas o emprego de frequências acima de 800 MHz pode ser feito em sistemas irradiantes( antena log-periódica). Infelizmente como tudo se é copiado, antenas homologadas são poucas no mercado e custam caro.

    Muitos aqui fazem isso, como se faz no chute a queima no estágio de RF é alto sem contar que pode gerar várias harmônicas interferindo no aparelho auditivo, marca-passo caso alguém esteja próximo deste. Ahhhhh mas é no meio do mato, "num tem pobema" será ??????????????

  18. #598

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    Citação Postado originalmente por Nilton Nakao Ver Post
    Radio-frequência é rádio-frequência tem seus comprimentos de ondas diferentes; como trabalho ou lido com isso desde 1980 com os famosos PXs que popularizou muito entre os taxistas além do radio-amadorismo, estudantes de eletrônica e hobistas, hoje nada mais do que internet e vamos lá pelo conceito que aprendi e vivenciei::::::::
    Em 1893 o padre Landell apresentou em São Paulo telefonia sem fio; em suas patentes previu a comunicação por satélite e raio laser.
    1- todo cabo coaxial seja de 75 ohms ou 52 ohms possui uma velocidade angular( tipo permissividade elétrica no vácuo) fornecido pelo fabricante.
    2- cada frequência ou uma banda para facilitar ou reduzir custos tem um comprimento de onda. Nos celulares estamos falando de 0,5; 0,4 e provavelmente 0,1 mt. em 3 GHz e aproximando para 0,01 mt. enquanto uma FM comercial é 3 metros até 6 metros conforme o país.
    3- existe filtros de cavidade mecânico que se constitui em passa alta e passa baixa( 0,24 GHz e 0,26 GHz) mas o emprego de frequências acima de 800 MHz pode ser feito em sistemas irradiantes( antena log-periódica). Infelizmente como tudo se é copiado, antenas homologadas são poucas no mercado e custam caro.

    Muitos aqui fazem isso, como se faz no chute a queima no estágio de RF é alto sem contar que pode gerar várias harmônicas interferindo no aparelho auditivo, marca-passo caso alguém esteja próximo deste. Ahhhhh mas é no meio do mato, "num tem pobema" será ??????????????
    Desculpe a sinceridade Nilton. Mas é muito texto nada a ver e pouca prática.

    Na prática a teoria é diferente!



  19. #599
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    1.240

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    Citação Postado originalmente por sphreak Ver Post
    Desculpe a sinceridade Nilton. Mas é muito texto nada a ver e pouca prática.

    Na prática a teoria é diferente!
    Aí é o que você se engana, trabalhei/brincando com eletrônica desde 1976 então com 12 anos e quatro anos mais tarde ingressei no curso técnico formal( 4 anos a nível médio) e em 1984 em uma empresa de raio-comunicação como estagiário.
    Após a efetivação, na primeira reunião técnica provei que prática e teoria andam lado a lado, até mesmo a engenheiros que passaram pela Siemens, Telefunkem entre outras; tive conflitos inclusive com engenheiros da DENTEL que passou a ser MINFRA e hoje ANATEL em questão de homologação de estação fixa ou repetição.

    Meu filho é engenheiro, ufaaa e lembro que um determinado professor comentou que teoria e prática são diferentes, disse a ele que não o conflitasse que em suas férias iria explicar com mais detalhes, foi o que fiz.

    Sou um cara chato com áudio, tenho dois receivers que queimaram a lâmpada piloto, substituí por LEDs e ligados em corrente alternada de 3 volts ou contínua mesmo. Nota-se o aúdio distorcido, em um deles voltei para lâmpada incandescente, vua-a-lá ficou como original; no outro são 12 tipo pingo d'agua de 6 volts. Engraçado que em um tem bargraph( VU), função tudo por LED, e outro um Philips apena no FM stereo. Tenho uma explicação teórica para isso, mas sem ensaio laboratorial é complicado; diria que é como trafegar com chuva e farol de LED( somente) aceso durante a noite principalmente se for adaptado.

  20. #600

    Padrão

    Enquanto o Brasil tem um dos piores 4G do Mundo, a China...

    Internet 6G deve ser até 8 mil vezes mais rápida que 5G