Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico



  1. #7

    Padrão Re: Diferença dos roteadores linha RF

    Beamforming foi padronizado em 802.11AC, todo chipset que suporta AC então tem que suportar a feature, não é mérito do fabricante da CPE ou roteador, é só usar AC com chipset recente (Tem que ser Qualcomm. O que tem Atheros no nome é antigo, anterior à fusão com a Qualcomm) que terá suporte, mas pra provedor isso não serve, com 2 antenas a 1m uma da outra não tem tempo de transmissão muito diferente pra fazer efeito a 1km, beamforming com 4 ou 5 antenas pra estações a 10-50m faz efeito, mas em uso outdoor com longas distâncias não faz mais, os reflexos no solo e vizinhança detonam com a qualidade dos pacotes, não dá pra confiar em pacote com delay, o negócio é fazer instalação decente mesmo (Zona de Fresnel mais de 100% limpa, ou mais de 200% limpa conforme a banda).

    Todo fabricante agora pode falar que tem beamforming, mas só em AC. Em N não tem como adaptar, só com protocolo proprietário, e com chipset BEM mais caro, nenhum Atheros de R$ 20 suporta isso.

  2. #8

    Padrão

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Beamforming foi padronizado em 802.11AC, todo chipset que suporta AC então tem que suportar a feature, não é mérito do fabricante da CPE ou roteador, é só usar AC com chipset recente (Tem que ser Qualcomm. O que tem Atheros no nome é antigo, anterior à fusão com a Qualcomm) que terá suporte, mas pra provedor isso não serve, com 2 antenas a 1m uma da outra não tem tempo de transmissão muito diferente pra fazer efeito a 1km, beamforming com 4 ou 5 antenas pra estações a 10-50m faz efeito, mas em uso outdoor com longas distâncias não faz mais, os reflexos no solo e vizinhança detonam com a qualidade dos pacotes, não dá pra confiar em pacote com delay, o negócio é fazer instalação decente mesmo (Zona de Fresnel mais de 100% limpa, ou mais de 200% limpa conforme a banda).

    Todo fabricante agora pode falar que tem beamforming, mas só em AC. Em N não tem como adaptar, só com protocolo proprietário, e com chipset BEM mais caro, nenhum Atheros de R$ 20 suporta isso.
    por isso que eu estava falando. os equipamentos caros da wavion , avarion e que tinham essa tecnologia, agora esses roteadores baratos ja tem por isso estranhei



  3. #9

    Padrão Re: Diferença dos roteadores linha RF

    É aquela coisa, suporta o protocolo então pode fazer propaganda sem mentir. Mas pra ter o throguhput substancialmente mais alto precisa bem mais poder de processamento.

    Não que os fabricantes não consigam, quem não consegue é a gente, não consegue pagar R$ 1500 num roteador de mesa. Produto com baixa demanda vende mal, tem que ser fabricado quase em manufatura, o custo de produção aumenta muito quando a demanda é baixa.