Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico



  1. #7

    Padrão

    Citação Postado originalmente por microcell Ver Post
    Poderia ser feito dessa forma, porém aqui na cidade a operadora que oferecem um serviço "descente" de sinal 3/4g eh a vivo e os planos dela são os mais caros do mercado.
    OK!

  2. #8
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    1.121

    Padrão Re: Duvida sobre compartilhamento de internet

    Atualmente existe muitos dos micro-provedores em cidades. Onde moro, tem duas só como matriz e outras 3 ou 4 de outras cidades ou estados vizinhos( BA e ES) além das operadoras de celular e telefonia fixa( Velox); bem ou ruim estão conseguindo pagar o arroz e feijão.
    Procuraria essas empresas, verifique se possui registros e contrataria o serviço. Aqui muitas propriedades rurais contrataram serviços; não é o fato de ter ou não os equipamentos, conhecimento mas sim numa logística como um todo.
    Eu gastaria o triplo disso contratando a internet do que ter uma compartilhando a minha rede, num momento que mais preciso fico correndo feito um louco o dia todo para descobrir que uma fonte de 20 Reais queimou no meio do caminho, e perdi 10 vezes mais não dependendo da internet; contratando o serviço, provedor de serviços é que se vire mesmo que cobre para reestabelecer o serviço.

    Paguei Há dois anos atrás 60 Reais para trocar dois LNBFs ( mão-de obra), que não deve ter gasto mais do que 90 minutos, eu teria gasto o dobro do tempo em apenas uma antena; ele recebeu a sua remuneração, eu não fugi da minha rotina de trabalho ou seja nós dois ganhamos.
    Se fosse nos EUA, estaria rico só com orientações mas poderia estar pobre também; Nada me faz duvidar lá fora que "gringos" não estejam ficando ricos só nessas ajudas que trocamos pelos fóruns, mas se castigo vier com certeza de uma forma ou outra terão.

    Minha internet é sob fidelidade, os equipamentos não são meus exceto o roteamento; eles procuram manter o zelo do serviço, embora não esteja no contrato, sabem que existe multa caso eles não cumpram o que pode sair caro, muito caro.
    Cada um é dono do seu dinheiro, como fará juz a isso não interfiro. Tive clientes que pagou o triplo do valor comercial pelo cliente, mas voltas meses depois satisfeito não tem preço de ambas as partes.

    Você vai compartilhar a sua internet, são inúmeras as licenças, engenheiros, órgãos de fiscalização etc; Se não tiver um bom capital social envolvido não vale a pena. Pode precisar disso ao dar a entrada junto ao ministério das comunicações e o requisito é bem próximo ao setor jurídico para concurso público caso seja pessoa física.
    Temos uma legislação mais avançada e flexíveis do mundo no setor de telecom e internet, mas engana-se porque somos os mais sensurados do mundo.



  3. #9

    Padrão Re: Duvida sobre compartilhamento de internet

    Editei a resposta abaixo

  4. #10

    Padrão Re: Duvida sobre compartilhamento de internet

    Citação Postado originalmente por Nilton Nakao Ver Post
    Atualmente existe muitos dos micro-provedores em cidades. Onde moro, tem duas só como matriz e outras 3 ou 4 de outras cidades ou estados vizinhos( BA e ES) além das operadoras de celular e telefonia fixa( Velox); bem ou ruim estão conseguindo pagar o arroz e feijão.
    Procuraria essas empresas, verifique se possui registros e contrataria o serviço. Aqui muitas propriedades rurais contrataram serviços; não é o fato de ter ou não os equipamentos, conhecimento mas sim numa logística como um todo.
    Eu gastaria o triplo disso contratando a internet do que ter uma compartilhando a minha rede, num momento que mais preciso fico correndo feito um louco o dia todo para descobrir que uma fonte de 20 Reais queimou no meio do caminho, e perdi 10 vezes mais não dependendo da internet; contratando o serviço, provedor de serviços é que se vire mesmo que cobre para reestabelecer o serviço.

    Paguei Há dois anos atrás 60 Reais para trocar dois LNBFs ( mão-de obra), que não deve ter gasto mais do que 90 minutos, eu teria gasto o dobro do tempo em apenas uma antena; ele recebeu a sua remuneração, eu não fugi da minha rotina de trabalho ou seja nós dois ganhamos.
    Se fosse nos EUA, estaria rico só com orientações mas poderia estar pobre também; Nada me faz duvidar lá fora que "gringos" não estejam ficando ricos só nessas ajudas que trocamos pelos fóruns, mas se castigo vier com certeza de uma forma ou outra terão.

    Minha internet é sob fidelidade, os equipamentos não são meus exceto o roteamento; eles procuram manter o zelo do serviço, embora não esteja no contrato, sabem que existe multa caso eles não cumpram o que pode sair caro, muito caro.
    Cada um é dono do seu dinheiro, como fará juz a isso não interfiro. Tive clientes que pagou o triplo do valor comercial pelo cliente, mas voltas meses depois satisfeito não tem preço de ambas as partes.

    Você vai compartilhar a sua internet, são inúmeras as licenças, engenheiros, órgãos de fiscalização etc; Se não tiver um bom capital social envolvido não vale a pena. Pode precisar disso ao dar a entrada junto ao ministério das comunicações e o requisito é bem próximo ao setor jurídico para concurso público caso seja pessoa física.
    Temos uma legislação mais avançada e flexíveis do mundo no setor de telecom e internet, mas engana-se porque somos os mais sensurados do mundo.
    Então, aqui na minha cidade, temos 3 provedores oficiais. ja procurei todos e nenhum deles tem interesse em colocar a internet la. dizem que não vale a pena. porque seria um investimento grande e pouco retorno. conheço outros 3 que fazem em parceria, porem a resposta eh a msm(muito investimento e pouco retorno). No local possui apenas 3 casas. Por isso pensei em compartilhar a minha, apenas para uso no galpão msm(para uso pessoal, e não distribuição). Tenho o tecnico que faria essa configuração,porem tenho duvidas a respeito do funcionamento e principalmente, medo de fiscalização.



  5. #11
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    1.121

    Padrão Re: Duvida sobre compartilhamento de internet

    Faria o seguinte, na realidade são duas alternativas ou melhor três.
    1- Internet via satélite; cerca de 250 ao mês sem bônus e franquia que varia de acordo com o plano contratado
    2- Usar a rede de celular, pode-se aproveitar para efetuar ligações, possui franquia mas whattsapp é ilimitado. Conforme o plano, ou recarga outras redes sociais são gratuitas.
    3- Conversaria com um dos provedores, para te entregar num determinado ponto( alto de um morro), deste levaria para o ponto desejado mas equipamentos por sua conta. Neste morro, se não for do assinante aconselho que se faça um contrato de locação ou seção só para essa finalidade. Aqui se faz isso, e os aparelhos são alimentados por baterias e painéis solares e torres triangulares.
    Dois provedores fazem isso, mas um deles não se preocupa com aterramento, ação do vento, limite da zona de fresnell apresentando problema de conexão.
    Investimento inicial é alto, mas um deles( meu cliente) teve essa torre em sua fazenda, hoje ele aluga para que seja levado a internet em outros pontos( 3), ou seja internet de graça. Desta torre, se leva internet mais 15 km e por conta disso deu problema nem dá tempo de reclamar rsrsrs. Desta torre para sua sede na fazenda é 900 metros.

    Entre 10 e 15 anos atrás, paguei 270 Reais por um roteador para conectar a 2 PCs para uma conexão de 300K, logo depois aumentou para 1M e em 2010 ou 2012 com wi-fi. Lembro até hoje o quão era caro isso, devo ter gasto uns 500 Reais na época mas a partir da minha casa distribui internet para mais 3 casas, hoje cada casa tem seu contrato com provedor de serviços. Hoje por conta do whattsapp e netflix, tendo internet estão dando adeus à TV e telefonia fixa na área urbana, e algumas propriedades rurais já está começando a acontecer isso.

    Conforme o caso, nos primeiros 60 dias pode ter perda de produtividade dentre os funcionários mas logo recupera até pode ter um aumento; aqui todas as propriedades rurais e até mesmo comerciais tiveram aumento, alguns me relataram que tiveram mudanças nos hábitos alimentares, funcionários pagam suas contas pelo celular entre outros.
    Uma cliente me disse: Nilton gastei 8 mil contra a vontade do meu marido, com 2 meses se a internet estiver ruim ele é o primeiro que xinga e os funcionários estão produzindo mais e melhor, foi o gasto desnecessário mais bem feito que você me aconselhou.