Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico



  1. #7
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    1.121

    Padrão Re: Por que os provedores usam roteadores e não modems?

    Pequenos provedores costuma utilizar via rádio ou UTP; via rádio normalmente é um Mikrotik, Ubiquiti ou Intelbrás, mas via UTP é conectado via roteador do cliente onde atualmente um modem é muito caro em relação ao roteador com wi-fi.
    Infelizmente em nossas construções, nada é previsto para essa empregabilidade até poderia usar sistema de tubulação do telefone mas este mesmo ainda foi adaptado em suas construções, hoje temos de aliar conceito com iluminação e paisagismo além do aquecimento e refrigeração conforme o país.
    Aí está, onde vamos colocar essa belezinha, sala, cozinha, corredor, quarto, cadê a tomada, xiiiiiiiiiiiiii.
    Via fibra, UTP ou telefone; vem um eletricista, caminhão com excesso de altura, um motorista bêbado quebrando o cabo mobilizando toda uma equipe para reparo, ou seja raramente teremos uma internet boa ao longo do ano. Cidades que possuem rede subterrânea, retirar os cabos inutilizados e substituir por fibras, sai caro, muito caro e o mesmo acontece com rede aérea.
    Vinte anos atrás, gastei centenas de metros de fio telefônico, segurança, cabo coaxial para TV e mais uns 60 metros de cabo UTP. a excessão do cabo UTP, dois terços poderiam ser retirados e a TV está caindo no esquecimento que pouco custa para não ter ele. Retirar isso vai demandar uma logística muito complicada.
    Esses cabos em desuso, recebem uma indução externa interferindo sobre o cabo que estão em uso; muitos acreditam que isso não aconteça, mas eu sim e mantenho-os energizado sem carga na ponta em corrente contínua. companhias telefônicas costumam fazer isso, chamam "sinal de bateria".

  2. #8

    Padrão Re: Por que os provedores usam roteadores e não modems?

    São duas necessidades comuns a todos provedores para que o cliente acesse a internet através do provedor, e cada provedor tem sua própria forma lidar com elas.
    Uma é a conversão de sinal de meios diferentes, outra é roteamento entre redes.

    As tecnologias utilizadas pelos provedores para levar o sinal da rede do provedor até o cliente normalmente são Fibra óptica (Luz), par metálico de telefonia com DSL(sinal elétrico), cabo coaxial, ondas rádio frequência, etc etc, ou seja .são tecnologias mais adequadas para longas distancias, pois os clientes podem estar a quilômetros do provedor.
    (Estudar as tecnologias do modelo OSI camadas 1)

    E a tecnologia mais comum utilizada na instalação de redes locais de empresas e residencias é o cabo (UTP) que utiliza pares metálicos trançados que podem atender com lances de até 100 metros, e também Wifi comum que conhecemos que transmite ondas de radio, essas tecnologias são mais adequadas para essa finalidade de criar redes locais que normalmente se estendem ao espaço de uma casa ou empresa.
    (Estudar modelo OSI camadas 1 2 e Ethernet)

    Então são tecnologias que normalmente utilização meios de transmissão diferentes, devido as necessidades diferentes.

    E para que seja possível a comunicação entre redes que utilizam meios de transmissão diferentes, é necessário a função do modem, que converte o sinal de um meio de transmissão para outro meio transmissão, por exemplo o sinal de luz da fibra óptica que vem do provedor para o sinal elétrico do cabo metálico da rede local do cliente.
    Até aqui esta resolvido um problema da conversão dos sinal entre meio diferentes, e isso o modem resolve (no caso o modem pode ser modem adsl, ONU da fibra óptica, radio do provedor via radio, etc etc)

    A outra necessidade é rotear pacotes entre a rede IP do cliente e a rede IP do Provedor/Internet, e
    isso é feito pelo equipamento que tem a função de roteador.
    (Estudar modelo OSI camadas 3)

    Se essas duas funções (conversão de sinal e roteamento) forem realizadas, cabe a cada provedor decidir como realizar.

    Normalmente os modens das teles e os rádios dos provedores via rádio, realização as duas funções no mesmo equipamento, ou seja o modem ou radio alem de converter o sinal também fazem o roteamento.(camadas 1 2 3 modelo OSI)

    Mas pode ser que o provedor decidiu que cada função vai ser feita por um equipamento separado, a ONU vai fazer apenas a função de modem, e um roteador vai fazer a função de rotear.
    Provedor via radio a mesma coisa, o radio pode fazer tudo converter e rotear, ou apenas converter o sinal e um roteador separado vai rotear.

    Existem provedores que atendem o clientes via cabo UTP, neste caso só um roteador é necessário, pois não existe a necessidade de conversão do sinal.

    Concluindo, existem equipamentos de todos tipos e que fazem apenas uma função ou acumulam todas.
    Tem equipamento, que faz 3 em 1, converte roteia e distribui sinal wifi, ou tudo separado, ou apenas duas funções.

    Cabe ao provedor e (as vezes junto com cliente) decidir a melhor opção.

    OBs. Quando equipamento não esta fazendo a função de roteador normalmente dizemos que esta em modo bridge.
    Última edição por ory0n; 27-05-2019 às 20:57. Razão: Detalhes



  3. #9
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    1.121

    Padrão Re: Por que os provedores usam roteadores e não modems?

    ory0n gostei da sua citação.
    Minha rede era toda estática, as LANs em bridge; mas por conta de ter que ficar programando vários modens rurais ficava difícil de ficar trocando o IP em meu PC, tanto que instalei uma chave 4 polos, 2 posições para não ter de ficar comprando os conectores RJ45.
    Na atualização do windows, ao reiniciar perdi tempo precisei formatar mas acredito que tem mais a ver com ping ou os equipamentos a reconhecerem as portas/camadas.

    No meu celular pelo menos, quando isso acontece passa automaticamente no serviço de dados da operadora, algo impossível no desktop. Nossos dispositivos, programas ou aplicativos exigem a velocidade cada vez maior e confiabilidade, alguns roteadores com porta POE possuem melhor confiabilidade naquela porta.
    Desde 2012, uso com 2 roteadores, sendo uma apenas para autenticar PPPoE, ou IP seja dinâmico ou estático. Com um roteador, tenho passado uma certa raiva, e olha que é apenas 2 clientes conectados, vez ou outra chega a 5 apenas no horário comercial e nos dias úteis. O ruim que consumo o dobro de energia para ter algo melhorzinho para um link de 3M.