+ Responder ao Tópico



  1. #1
    Futuremax
    Visitante

    Padrão Wine - a revenche

    Legal, consegui instalar o Wine e fazer ele funcionar rodando vários programas pra M$ Rwindow$, porém, como esse kra trabalha com portas seriais???? Tenho um programa de monitoramento telefonico e só funfa se a porta serial estiver corretamente plugada e funcional.... PS. Só vi o erro do programa e nada mais pude fazer, testei vários outros programas e todos funcionaram, exceto essa KAKA!!!!!!

    Obrigado pela atenção <IMG SRC="images/forum/icons/icon_confused.gif"> <IMG SRC="images/forum/icons/icon_confused.gif">

  2. #2
    Futuremax
    Visitante

    Padrão Wine - a revenche

    Algum help??



  3. #3
    Futuremax
    Visitante

    Padrão Wine - a revenche

    Vou ter que usar Rwindow$ mesmo?????? Socorro!!!!!
    <IMG SRC="images/forum/icons/icon27.gif">

  4. #4
    Futuremax
    Visitante

    Padrão Wine - a revenche

    Sei que estou sendo chato, mas realmente quero abolir o Rwindow$ da minha rede, pelo menos nos servidores, o resto não tem problema, ninguém sabe como ele trabalha com as seriais???PLEASE!!!



  5. #5
    Futuremax
    Visitante

    Padrão Wine - a revenche

    PLEASE!!!!!!!!! <IMG SRC="images/forum/icons/icon27.gif"> <IMG SRC="images/forum/icons/icon27.gif">

  6. #6
    Futuremax
    Visitante

    Padrão Wine - a revenche

    AAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!!!!!!!!!!!!



  7. #7
    Futuremax
    Visitante

    Padrão Wine - a revenche

    TO PIRANDO!!!!

  8. #8
    Mr_Dexter
    Visitante

    Padrão Wine - a revenche

    DESCULPA CARA... EU NÃO PODER TE AJUDAR POIS MAJO MENOS QUE VC, ALIAS VOU PEDIR UMA AJUDA PARA VC, ESTOU TENTANDO FAZER O ACCESS FUNCIONAR E ATÉ AGORA NADA... SERÁ QUE VC PODERIA ME DIZER QUAIS FORAM OS PASSOS USADOS PARA O WINE FUNCIONAR??? <IMG SRC="images/forum/icons/icon_wink.gif">



  9. #9
    Futuremax
    Visitante

    Padrão Wine - a revenche

    Instalando o Wine 20030115

    Faça download do Wine no site http://www.winehq.com, baixe o arquivo wine-20030115.tar.Z, copie esse arquivo para o diretório / e descompacte-o lá:

    tar -xzvf wine-20030115.tar.Z

    Ele vai criar um diretório com o nome /wine-20030115, agora vamos fazer a preparação para instalação do Wine. Depois vá até o diretório /wine-20030115/tools e digite:

    ./wineinstall

    Ele vai fazer uma sucessão de perguntas e vai instalar o wine, se ele não terminar a instalação sozinho é pq algo de errado aconteceu e então preste atenção na mensagem de erro que ele indica exatamente o que aconteceu....

    Depois para ele funcionar basta wine arquivo.exe

    Lembre-se que o wine deve ser rodado apenas em modo gráfico mas tem que ser chamado pelo shell...

    É só isso, espero ter ajudado, mas acho que o problema é exatamente o programa que eu estou usando ser feito em Delphi, pois achei registros que indicam que o Delphi não roda legal com o Wine, mas é só o Access que vc não faz funcionar ou nenhum aplicativo??? Se precisar de ajuda é só me chamar, pois estamos aki pra isso mesmo, nos ajudarmos.... e não esquenta se não pode me ajudar, por enquanto ninguém conseguiu....

  10. #10
    Futuremax
    Visitante

    Padrão Wine - a revenche

    Mais um detalhe, vc não pode instalá-lo omo root, deve ser um usuário comum pra que tudo funcione, o resto o wineinstall faz por vc....



  11. #11
    Mr_Dexter
    Visitante

    Padrão Wine - a revenche

    VALEU CARA... É ISSO QUE ME FAZ CADA DIA MAIS E MAIS PARTICIPAR DESSA COMUNIDADE "A VONTADE DE AJUDAR OS OUTROS E COMPARTILHAR AS EXPERIENCIAS". BOM QUAIS PROGRAMAS VC CONSEGUIU RODAR, VC CONSEGUIU RODAR O ACCESS??? <IMG SRC="images/forum/icons/icon_smile.gif">

  12. #12
    Futuremax
    Visitante

    Padrão Wine - a revenche

    Não o access eu nem tentei, mas tive bons resultados com o M$Word, além de programas simples como notepad e calculadora, rodaram sem problemas....



  13. #13
    Visitante

    Padrão Wine - a revenche

    rodei ate o flash com ele....
    mas naum consegui rodar o corel draw, pq da pau nas fontes de letra dele,
    nem o kazaa lite..... se alguem conseguiu rodar o kazzalite com o wine posta aqui que eu quero saber o santo q fez isso.... <IMG SRC="images/forum/icons/icon_razz.gif">

  14. #14
    Futuremax
    Visitante

    Padrão Wine - a revenche

    Eu já tentei a rede Gnutella mas realmente a rede Kazaa é bem mais rápida, possui muito mais arquivos e esse era um dos motivos pelos quais usava o Ruindows para acessar a internet enquanto baixava arquivos pelo Kazaa. Agora não preciso mais <IMG SRC="images/forum/icons/icon_smile.gif">

    Tudo começou com as dicas do site

    http://www.christian-gerner.de/compu...a.htm#englisch

    e

    http://appdb.winehq.com/appview.php?appId=747



    Vou descrever o que fiz:


    --------------------------------------------------------------------------------

    1- Baixei e instalei o wine da Codeweavers, que está em

    http://www.codeweavers.com/technology/wine/download.php

    Poderia ser também o Wine original, mas o da Codeweavers é muito mais fácil de configurar e já é suficientemente atualizado para o nosso fim.

    OBS: Antes removi o wine que vinha no Conectiva Linux 8 (muito antigo por sinal) usando

    apt-get remove wine


    --------------------------------------------------------------------------------

    2- Rodei o comando winesetup como usuário comum (não root !) e configurei o básico (nada especial), como o visual, drives virtuais,
    etc. Eu escolhi o modo "fake" de instalação, que cria um subdiretório ~/.wine/fake_windows que simula uma instalação windows.


    OBS: Eu não sei se funcionaria usando o outro modo, que aproveita uma partição FAT que contenha uma instalação Windows. De qualquer jeito o
    modo fake permite que se rode o Kazaa mesmo sem o Windows na máquina. Bastam algumas DLLs do Ruindows 98.


    --------------------------------------------------------------------------------

    3- Depois de finalizada a configuração gráfica, um arquivo ~/.wine/config é gerado. Editei-o e coloquei manualmente as seguintes linhas no final:

    [AppDefaults\\kazaa.exe\\DllOverrides]
    "commctrl" = "native"
    "comctl32" = "native"
    "comdlg32" = "native"
    "msvcrt" = "native"
    "shdoclc" = "native"
    "shdocvw" = "native"
    "shlwapi" = "native"
    "urlmon" = "native"
    "wininet" = "native"


    --------------------------------------------------------------------------------

    4- Copie as seguintes DLLs de alguma instalação Win98 ou 95 (estão no C:\WINDOWS\SYSTEM ):

    commctrl, comdlg32, comctl32, msvcrt, shdoclc, shdocvw, shlwapi.dll, urlmon and wininet.

    para o diretório ~/.wine/fake_windows/Windows/System


    OBS 1: Não copie as DLLs de um Windows NT 4, 2000 ou XP (não funcionarão).

    OBS 2: Verifique também se alguma das DLLs que vc copiou está em letras maiúsculas; caso esteja, converta o seu nome para letras minúsculas somente. O Windows não diferencia maiúsculas de minúsculas mas o linux sim. Caso o wine não consiga carregar alguma das DLLs por este motivo ou por falta dela, surgirá uma mensagem de erro na inicialização do Kazaa (algo tipo "Failed to create empty document&quot<IMG SRC="images/forum/icons/icon_wink.gif"> e este não funcionará.

    OBS 3: Contribuição recebida de Paulo Junqueira ([email protected]):

    "Quero contribuir com sua "receita de bolo". Não tenho 95/98 instalado, consequentemente, tive de sair caçando as DLL na net. Achei um site chamado http://www.dll-files.com/. Neste pude obter quase todas as dlls, menos a shdoclc.dll. Como ainda não arrumei a tal, ainda não pude testar o Kazaa, mas mesmo assim, acho que cabe relacionar em seu artigo alguma forma de obter estas dlls. "

    OBS 4: Contribuição recebida de Marcos J. Setim ([email protected]):

    "Li seu tutorial sobre o kazza + wine e percebi que houve uma pequena dificuldade quanto a obtenção das dlls, mas com um pouco de pesquisa no google encontrei este site http://bartendavid.linuxbelgium.net/howto_install_kazaa.html que contém todas as DLLs necessárias. (basta abrir a página e olhar no canto que tem kazaa_dll.tar.gz)."

    Para facilitar, a URL do arquivo kazaa_dll.tar.gz é

    http://users.pandora.be/bartendavidg...zaa_dll.tar.gz


    --------------------------------------------------------------------------------

    5- Baixe o programa Kazaa Lite de http://www.kazaalite.com/ ou http://www.kazaalite.tk/ . Ele é uma versão "diet" do kazaa usada no Windows que não contém spywares e propagandas. Depois execute o arquivo .exe (eu testei com a última versão, 1.7.2) com o wine assim:

    wine ./kazaa_lite_172_english.exe

    Aparecerá a tela do instalador. Depois de instalado, o programa estará em

    ~/.wine/fake_windows/Program Files/KaZaA Lite/Kazaa.exe

    OBS 1: Testei também com a versão 2.00 do Kazaa Lite e, embora também tenha funcionado, fechou várias vezes por erros, geralmente quando tentava acessar os menus de opções enquando baixava várias músicas. A versão 1.72 e a versão 2.00 também podem ser baixadas aqui no meu site.

    OBS 2: Atualmente (11/12/2002) está sendo distribuída a versão 2.0.2 do Kazaa Lite. Infelizmente esta versão não instala no wine, abortando com um erro dizendo que é necessária uma versão do Windows maior do que um determinado número (se não me engano, 4.1). Não consegui um jeito de instalar essa versão mais nova. Não sei se foi de propósito para não rodar sobre o wine ou se é a falta de alguma chave no registry.

    OBS 3: Na versão 1.72 (pelo menos) as fontes da parte esquerda da janela de procura de arquivos apresentará fontes quase ilegíveis. Isto pode ser resolvido copiando-se as fontes do windows no mesmo do "fake-windows" que está em ~/.wine/fake_windows . Eu não identifiquei exatamente quais as fontes são necessárias. Quem souber me avise. O problema acabou sendo resolvido sem querer quando instalei o M$ Office 97 após o Kazaa Lite. Ele deve ter copiado as fontes necessárias para o fake_windows.


    --------------------------------------------------------------------------------

    6- Para executar o programa, use

    wine ~/.wine/fake_windows/Program Files/KaZaA Lite/Kazaa.exe

    ou usando

    wine c:\Program Files/KaZaA Lite/Kazaa.exe

    No menu Tools->Options do programa configure um login e as suas opções para o programa, tal como faria no Windows.

    OBS: O wine da codeweavers criou automaticamente também um ícone de atalho no desktop KDE para o Kazaa Lite, exatamente como faz no Windows <IMG SRC="images/forum/icons/icon_smile.gif"> Caso isso não aconteça, basta criar na mão mesmo.


    --------------------------------------------------------------------------------

    7- Tudo o que for baixado pela internet ficará por default em

    ~/.wine/fake_windows/Program Files/KaZaA Lite/My Shared Folder


    --------------------------------------------------------------------------------

    Acho que isso é tudo...



  15. #15

    Padrão Wine - a revenche

    Bom, ainda prescisa do help com as portas seriais? bom la vai

    wine.conf

    [serialports]
    "Com1" = "/dev/ttyS0"
    "Com2" = "/dev/ttyS1"

    eh basicamente isso, creio que deve funcionar <IMG SRC="images/forum/icons/icon_smile.gif">

    *Here follows the complete howto.

    4.1.2.8. The [serialports], [parallelports], [spooler], and [ports] Sections
    Even though it sounds like a lot of sections, these are all closely related. They are all for communications and parallel ports.

    The [serialports] section tells wine what serial ports it is allowed to use. "ComX" = "/dev/ttySY"



    Replace X with the number of the COM port in Windows (1-<IMG SRC="images/forum/icons/icon_cool.gif"> and Y with the number of it in X (Usually the number of the port in Windows minus 1). ComX can actually equal any device (/dev/modem is acceptable). It is not always necessary to define any COM ports (An optional setting). Here is an example: "Com1" = "/dev/ttyS0"



    Use as many of these as you like in the section to define all of the COM ports you need.

    The [parallelports] section sets up any parallel ports that will be allowed access under wine. "LptX" = "/dev/lpY"



    Sounds familiar? Syntax is just like the COM port setting. Replace X with a value from 1-4 as it is in Windows and Y with a value from 0-3 (Y is usually the value in windows minus 1, just like for COM ports). You don&acute;t always need to define a parallel port (AKA, it&acute;s optional). As with the other section, LptX can equal any device (Maybe /dev/printer). Here is an example: "Lpt1" = "/dev/lp0"



    The [spooler] section will inform wine where to spool print jobs. Use this if you want to try printing. Wine docs claim that spooling is "rather primitive" at this time, so it won&acute;t work perfectly. IT IS OPTIONAL. The only setting you use in this section works to map a port (LPT1, for example) to a file or a command. Here is an example, mapping LPT1 to the file out.ps: "LPT1:" = "out.ps"



    The following command maps printing jobs to LPT1 to the command lpr. Notice the |: "LPT1:" = "|lpr"



    The [ports] section is usually useful only for people who need direct port access for programs requiring dongles or scanners. IF YOU DON&acute;T NEED IT, DON&acute;T USE IT!

    "read" = "0x779,0x379,0x280-0x2a0"

    Gives direct read access to those IO&acute;s.

    "write" = "0x779,0x379,0x280-0x2a0"

    Gives direct write access to those IO&acute;s. It&acute;s probably a good idea to keep the values of the read and write settings the same. This stuff will only work when you&acute;re root.