Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico



  1. #21

    Padrão Padronização no Linux......

    a questao nao é mexer em nada e sim nao deixar que mesmo o root faca bobagens e acabe com o sistema. quanto a padronizacao é ideal que ela aconteca, pois pego um programa .rpm, depois talvez nao consiga usar este .rpm num debian, isto e foda cara, se tivesse apenas UM pacote eu poderia leva-lo para qualquer sistema linux(padronizado) e pronto, e quanto aos tar.gz, cara é um saco vc ter que esperar uma hora para o bicho compilar e no final descobrir que deu um erro de sei la o que e aquela ser a hora mais improdutiva que vc ja teve, sem falar que isto nao e ideal para o usuario desktop(donas de casa, medicos...). como ja devo ter dito nao apenas padronizar a instalacao mas tb padronizar bibliotecas e fazer com que os desenvolvedores usem estas bibliotecas, tentando assim diminuir os malditos erros de dependencia, quem quiser usar uma biblio nao padrao que a inclua no seu programa. quem tiver uma ideia melhor para resolver o problema das dependencias, favor colocar neste forum.

  2. #22

    Padrão Padronização no Linux......

    Bom eu soh vou dizer uma coisa, o windows ta a merda q ta e os usuários deles sao tao ignorantes qto um analfabeto com um livro na mão, sabem pq isso???? justamente por causa dessa merda q o windows tem "eu faço pra vc" o povo tem q largar mão de serpreguiçoso e ler mais,estudar, soh a informação faz o cara crescer... eu sei q tem gente q num liga a minima pra como instalar as coisas mas esse tipo de pessoa soh ajuda a crescer o monopolio do Win....
    Resumindo o Linux eh tão facil quanto qq outra coisa, vc soh tem que ler um pouco mais, e nessas leituras vc acaba descobrindo coisas q nunca imaginou, eu acho q o Linux ta mto bom do jeito que está e espero que continue assim, o unico problema q eu vejo eh a compatibilidade com alguns tipos de hardware...

    mais um detalhe o ideal do linux eh ser customizavel, pra deixar do jeito q vc quiser, como vc vai conseguir isso deixando tudo igualzinho???? ateh jah existe um padrao que sao os sources pra vc compilar(tar.gz) mas quem eh q usa isso? 10% das pessoas?



  3. #23

    Padrão Padronização no Linux......

    Citação Postado originalmente por PiTsA
    duuurdd!!! então na sua visão, instalou o sistema operacional depois não é possivel mais mexer em nada, pois ninguem tem permissão!

    root = administrador! só esteja logado como ele se vc realmente tem ciencia dos seus atos! Aposto que depois do "chmod -R a=-rwx /" vc vai ter ciencia de q nunca mais ira fazer isto no seu sistema como root.
    e pra resolver o problema de root poder mexer em tudo tb tem solucao, use o LIDS com isso vc bloqueia ateh um "pai de santo" alterar alguma coisa

  4. #24

    Padrão Padronização no Linux......

    Citação Postado originalmente por mistymst
    mas bom isso tudo jah ta melhorando.. o kurumin ta fazendo um otimo trabalho em relacao ao drivers, inclusive de softmodens, a impressao ate que nao ta TAO dificil... o Morimoto fez varios icones que eh soh o cara clicar que ele faz tudinho, pow a ideia muito boa.
    Realmente... cada vez mais o Kurumin facilita as coisas... para usuários finais, ele está ficando muito prático... é a minha distro preferida... :}

    Mas sobre a enquete... Para iniciante, tudo é complicado. Em qualquer área... não seria o Linux diferente.

    O Windows é tão prático que eu preciso intervir nos meus usuários... eles apanham e feio, mesmo com todas as facilidades de instalar/desinstalar... a questão é conhecimento. Interesse mesmo... como eles não tem, o Windows é tão problemático quanto o linux...

    Para quem começa é assim mesmo, novo mundo... (para mim é ainda). Mas foi o que me disseram uma vez e fui obrigada a concordar: só achamos o Linux diferente pq tem o Windows para se basear. Se você jogar um cara pela primeira vez num computador e ensinar ele usar Linux, para ele o Windows que será um bicho papão... costume.

    Claro que praticidade é bom. Alguém já disse que time is money... mas o que importa é que há muitas pessoas engajadas em melhorar ainda mais as distribuições...



  5. #25

    Padrão Padronização no Linux......

    Citação Postado originalmente por 1c3_m4n
    e pra resolver o problema de root poder mexer em tudo tb tem solucao, use o LIDS com isso vc bloqueia ateh um "pai de santo" alterar alguma coisa
    o problema disso é que ele não gosta de passar "horas e horas" como ele disse, compilando um programa...

    imagine ele patcheando um kernel e compilando ele....

  6. #26

    Padrão Padronização no Linux......

    aheuhauehe ta certo mas ai entra no q eu falei no outro post
    o povo tem q largar mao de querer tudo pronto e estudar/ler +, soh assim eles vao crescer, e isso num eh soh pra linux neh, eh pra toda a vida



  7. #27

    Padrão Padronização no Linux......

    Concordo com o que foi dito pelo 1c3_m4n, mas o comodismo eh dificil de ser vencido.
    Imagine uma pessoa que soh sabe executar : "duplo clique + next + browse + next + finish"
    estah com a curiosidade encalhada neste ponto. Quando comecei a compilar meus primeiros programas chegueu a pensar "que que eh essa tal de configure + make..." nada a ver... que sessao... que saco...
    Mas agora depois de muitas e muitas horas perdidas acho a melhor opção, para certos casos eh claro.
    E sistemas que todos tem poderes soh funcionam por um milagre, e gerenciar licenca de softwares entaum... praticamente impossivel.

  8. #28

    Padrão Padronização no Linux......

    Cara isso é mais ou menos democracia...
    Digamos assim, se só existisse o Gol como carro popular (.exe) todo mundo andaria somente de gol. Mas entre diversos carros populares que existem, tem muitas pessoas que preferem, inclusive, o Gurgel (odiado por muitos).
    Concordo plenamente contigo, que este negócio de apt-get, rpm e o kct³ são um pé no saco, e dificultam muito a vida do cara que trabalha com várias distribuições. Concordo também quando você diz que deveria existir algum instalador padrão, mas acho que para chegar nisso teriamos MUITA discussão.... pois afinal, são muitas opções que temos aqui.
    Porém, isso é uma vantagem, pois caso o rpm não funcione, podemos contornar isso com o apt-get, com o .bin, etc....
    Isso também é uma vantagem... ter opção



  9. #29
    guardian_metal
    Visitante

    Padrão Padronização no Linux......

    Não quero ser chato mas a facilidade é muito importante sim. Sabe aquela secretária do seu chefe que é dondoca e nem next-next-finish ela sabe dar? Na verdade ela só sabe é dar mesmo mas isso é outra história. Não adianta sermos utópicos e querermos que as pessoas estudem e fiquem compilando um milhão de programas, isso não é prático. Nós vivemos num mundo real, de negócios, de agilidade. Devemos criar algo que essa secretária apenas dê um comando ou aperte um botão e esteja instalado o programa que ela quer. É fácil e rápido e não compromete a estabilidade do sistema. Um problema que vejo nos linuxers é que para não virar next-next-finish eles preferem que a compilação de um programa seja feita com 1 milhão de linhas só para dificultar e parecer diferente. Nisso a redhat, debian, mandrake e etc levam vantagens pelo rpm e pelo deb.. fica fácil.. eu poderia usar o slackware para não quero ficar compilando com um milhão de linhas e por isso escolhi o red hat.. é fácil e prático e não preguiçoso como pensam..

  10. #30

    Padrão Padronização no Linux......

    antes eu so usava o windows, mas nunca gostei da microsoft e do bill
    (ate hj ainda nao gosto) tanto pelo que pensam como pelo que sao
    como pelo que querem que o mundo seja. vi no linux uma alternativa ao maldito monopolio
    da micro$oft, pensei: o linux pode ser solucao. ja sabia que ia encontrar dificuldades,
    mas tudo na vida tem dificuldade nao é mesmo? pensei entao que diferente do
    fanaticos linuxers ou dos microserfs poderia ajudar a melhorar o linux,
    por isso estou tentando analisar o que tem a ser feito no linux e o que
    podia ter neste sistema, por isso coloquei minhas ideias(bom uso o linux a + ou -
    6 meses) para tentar aperfeicoar este.
    ice_man se informar é importante sim, mas se o linux é melhor que o windows pq
    ainda a maioria usa windows? o usuarios sao preguicosos? se o computador foi feito
    para todos pq nao torna-lo uma ferramenta amigavel aos nao profissionais da
    computacao poderem usa-lo sem problemas?
    ok o linux tem que ser customizavel assim cada deixa ele como bem gosta mas
    torna-lo pratico nao implica dizer que ele deve perder a customizacao. dizer
    que praticidade leva a perda de customizacao, aumento no numero de erros
    do programa ou incentiva a preguica entre ou usuarios, isto depende
    de quem faz o programa ou do nivel de interesse dos usuarios, torna o linux
    menos pratico, diminuir o numero de next next finished so vai espantar cada
    vez mais os novos provaveis usuarios do linux. concordo com a sukkubus, tempo
    é dinheiro, tb concordo com o vonlinkerstain(que nick é esse) e com o guardian_metal.
    torna o linux pratico e amigavel nao vai torna-lo um sistema pior,
    apenas mais atraente.

    tentarei entao fazer uma lista de problemas que possuo, ai vcs veem e
    dao sua opniao ok?



  11. #31

    Padrão Padronização no Linux......

    Citação Postado originalmente por rivo
    torna o linux pratico e amigavel nao vai torna-lo um sistema pior,
    apenas mais atraente.
    esse eh exatamente o ponto, alguem conhece alguma coisa no mundo (nao soh linux) que faça tudo e funcione direito??? ainda não temos "tecnologia" pra isso, concordo q tem q se tornar uma coisa mais pratica principalemte para usário, entao temos que dividir os linux em 2, um soh pra usuario e outro soh pra servidores, assim nossos servidores num ficam cheio de "inutilidades"....

    eh por isso que falei tudo akilo, tornar tudo uma coisa soh num vai ser solução

  12. #32
    guardian_metal
    Visitante

    Padrão Padronização no Linux......

    Mas tornar uma coisa só pelo o que entendi não seria usar o mesmo linux para desktop e servidor. O ideal é fazer apenas um padrão de linux para desktop e um padrão de linux para servidor e assim pode manter todas as empresas atuais de linux e as que virão. Pelo o que entendi o rivo disse sobe manter a "facilidade" de alguns pacotes para todas as distros e assim evitar baixar rpm pra red hat ou rpm pra mandrake e por ae vai, pois é uma zona que não acaba mais..



  13. #33

    Padrão Padronização no Linux......

    bom....padrão para linux....existe um, e a maioria segue ele, é o LSB.....

    tentaram meio que padronizar o linux para servidores, veja o UnitedLinux como exemplo, um monte de empresa envolvida e até hoje não vingou..... =P...

    guardian_metal, se vc acha que no slackware é necessário compilar tudo, vc esta enganado, ele tem o sistema de pacotes tgz, funciona como se fosse os rpm e deb e tals...mas ao inves de vc digitar seu "rpm -i" eu digito "installpkg" ....

    vc tem q estar indgnado com as distros que adotaram "rpm", pois elas formam esta bagunça que vc ve.....

    eu no slack não tenho problema nenhum, pois ate pacotes "rpm" é possivel instalar nele, tendo o gerenciado de pacotes instalado nele....
    mas não uso pois uso o sistema de pacotes tgz dele...

    agora nunca vi uma secretária que soubesse instalar um programa, ainda mais em empresas, como a minha, tudo que eles precisam o pessoal da informatica instala.....windows é mesma coisa na maioria das empresas....os usuários da rede não tem permissão para instalar programas, somente o pessoal do setor de informatica....


    agora, meu, abram a mente, não venham colocar opniões aqui das outras distribuições, aquele pessoal que só usou na vida o conectiva, redhat/fedora..... se for falar de slackware, tenha usado ele por um bom periodo, e conhecido bem as caracteristicas dele.... e não por 1 ou 2 dias, e ainda mal mexeu nele.....serve pro debian tb..... o mesmo serve para os KuruUsers da vida... não venham pedindo pra mudar isto e aquilo, se vcs só usam o kurumim, e nunca aprenderam a fundo outras distros...

  14. #34

    Padrão Padronização no Linux......

    para aqueles que querem saber de uma padronização dos RPMs:

    http://br-linux.org/noticias/002862.html



  15. #35

    Padrão Padronização no Linux......

    Citação Postado originalmente por guardian_metal
    Não quero ser chato mas a facilidade é muito importante sim. Sabe aquela secretária do seu chefe que é dondoca e nem next-next-finish ela sabe dar? Na verdade ela só sabe é dar mesmo mas isso é outra história. Não adianta sermos utópicos e querermos que as pessoas estudem e fiquem compilando um milhão de programas, isso não é prático. Nós vivemos num mundo real, de negócios, de agilidade. Devemos criar algo que essa secretária apenas dê um comando ou aperte um botão e esteja instalado o programa que ela quer. É fácil e rápido e não compromete a estabilidade do sistema. Um problema que vejo nos linuxers é que para não virar next-next-finish eles preferem que a compilação de um programa seja feita com 1 milhão de linhas só para dificultar e parecer diferente. Nisso a redhat, debian, mandrake e etc levam vantagens pelo rpm e pelo deb.. fica fácil.. eu poderia usar o slackware para não quero ficar compilando com um milhão de linhas e por isso escolhi o red hat.. é fácil e prático e não preguiçoso como pensam..
    Na verdade cara, isto é uma das vantagens dele também ... pois ao mesmo tempo que você pode ser next next (as vezes) você também pode ser hacker (no sentido de conhecer a fundo) com isto vc tem o que escolher...
    Claro que ele ainda não é muito fácil de se trabalhar.. mas se você ver a evolução pela qual ele passou nos últimos anos, vc veria que ele está evoluindo rápido..

  16. #36

    Padrão Padronização no Linux......

    Citação Postado originalmente por guardian_metal
    Mas tornar uma coisa só pelo o que entendi não seria usar o mesmo linux para desktop e servidor. O ideal é fazer apenas um padrão de linux para desktop e um padrão de linux para servidor e assim pode manter todas as empresas atuais de linux e as que virão. Pelo o que entendi o rivo disse sobe manter a "facilidade" de alguns pacotes para todas as distros e assim evitar baixar rpm pra red hat ou rpm pra mandrake e por ae vai, pois é uma zona que não acaba mais..
    MAs ai vc duplica os trabalhos...
    Pois tudo que o cara fizer em um, terá que refazer no outro padrão..