+ Responder ao Tópico



  1. #1
    guardian_metal
    Visitante

    Padrão Filesystem

    Galera é o seguinte:

    Fui até o site http://oss.sgi.com/projects/xfs/index.html que fala sobre SGI XFS mas nem entendi muita coisa. Alguém poderia me explicar o que é o Journaling Filesystem SGI XFS?

  2. #2
    Administrador Avatar de Fernando
    Ingresso
    Jul 2001
    Localização
    Campinas Area
    Posts
    4.996
    Posts de Blog
    4

    Padrão Filesystem

    Cara, é um journaling fs de alto desempenho, projetado pra suportar grandes arquivos e diretórios, criado pela SGI.....
    Ele é rapido, (teoricamente) nao se corrompem arquivos por falha de hardware, etc.....
    Nao tem mto o que dizer heheh



  3. #3
    mcnrocha
    Visitante

    Padrão File System

    Instalei o Fedora Core 1 e estou tentando formatar uma das partições como XFS porém não estou conseguindo.
    Estou usando "mkfs.xfs /dev/hdaXX". O sistema emite msg. de comando inválido. Alguém pode me ajudar.

    Valeu!!!
    Mcnrocha.

  4. #4

    Padrão Filesystem

    vc precisa ter o pacote xfsprogs instalado para ter o mkfs.xfs .....



  5. #5
    mcnrocha
    Visitante

    Padrão Filesystem

    Vou tentar baixar o pacote, porém gostaria de saber se esotu usnado a sintaxe correta. Ao que li, o mkfs serve para criar partições, no meu caso quero formatar uma já existente em EXT3( /dev/hda5 mountada como dbase). Neste caso estou usando o comando certo??

  6. #6
    mcnrocha
    Visitante

    Padrão Filesystem

    Cara, baixei o pacote e instalei. O sistema agora reconhece o comando porém não converte a partição. Só pra lembrar tentando converter uma partição criada na instalação como EXT3.
    Quando ddigito mkfs.xfs /dev/hda5, ele me mostra a lista de parâmetros que o comando possui(como se a sintaxe do coamndo estive errada). Alguém tem alguma idéia para me ajudar.



  7. #7
    gmlinux
    Visitante

    Padrão Filesystem

    Journaling File Systems são sistemas de arquivos que trabalham de forma semelhante a um banco de dados, ele possuem uma área de journaling onde informações sobre transações são armazenadas, assim, se durante uma modificação do sistema de arquivo, ocorrer uma falha de energia, por exemplo, durante a inicialização, ,ele verifica se alguma transação ficou incompleta, se isto ocorreu ele a desfaz, mantendo o sistema de arquivos coerente, de forma mais rápida que o convencional, que deveria rodar um fsck e verificar a coerencia.
    É indicado quando se precisa de uma montagem rápida após uma falha.
    É, por construção, mais lento que os convencionais (ext2 por exemplo) em uso normal.

    Filesystems com journaling: XFS, JFS, ReiserFS e ext3 (só para mencionar os mais comuns)
    Sem journaling: ext2 e minix