Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico



  1. #21

    Padrão Re: linux nas empresas descordo do Soulinux

    Citação Postado originalmente por soulinux
    Não podemos esquecer: Estação de trabalh é para trabalho. Sou da área de suporte e maior parte dos problemas surgem pela interferencia do usuário, ou seja, instalação de programas indesejados.
    Depois de levantar setor por setor, personalise uma estação de trabalho, par a um. Afirme ao seu superior por exemplo: no setor de cobrança, função é utilizar os programas especificos da área. Para que lotar o micro com jogos, visualisadores de imagens e videos? A compra que fulano faz na internet é para a empresa? O extrato bancario é da empresa?
    É aí que vamos conquistando o nosso espaço. Para o trabalho da empresa a gente corre atrás, para o mero capriclho do usuário que assuma os riscos.
    Para o serviço: Personalisar a area de trabalho: email, impressora, programados indispensáveis a atribuição do empregado, etc. O que sair disso não é por nossa conta. Com um clique e tudo estará pronto.
    Descordo parcialmente de nosso colega "Soulinux" pois não acho certo esse pensamento radical quando ele comenta que "estação de trabalho é para trabalho, que extrato bancario não é da empresa, para que lotar o micro com visualisadores de imagens e videos?". Na minha opnião eu até concordo que estação de trabalho é para trabalho, porém um dos maiores bens de uma empresa deve ser seus funcionários, eles estando felizes com a empresa trabalharaõ melhores e vão dedicar-se mais a empresa, qto a acesso a bancos extratos, pessoais... quem nunca resolveu muitos assuntos bancarios e pagamentos sem ter que sair da empresa apenas pelo site do banco? outra coisa na hora do almoço, o que impede o funcionário de ver seus e-mails particulares com fotos e imagens? pesquisar algo para algum trabalho de faculdade no horario de almoço? a empresa não perde nada com isso, só ganha com a satisfação em trabalhar em uma empresa da valor e preocupa-se com seus funcionários, isso é muito importante para a migração de sistema operacional, pois os usuarios ao invés de prejudicar a implantação do linux se eles estiverem satisfeitos só trará beneficios para a migração.

    Abraço!

    linux é o cara!!!!!!

  2. #22
    leysen
    Visitante

    Padrão Software Livre nas empresas, dificuldades e soluções.

    aeh pessoal olha eu aqui de novo ! sou fã de carteirinha do movimento open source! mas penso da seguinte forma : a questão da migração planejada com treinamentos, projetos de implementação, equipe de implantação, analista de sistemas e tudo mais é bacana, mas, a portabilidade dos softwares próprios da determinada empresa pode se tornar um empecilho . um trabalho que no mínimo é de um mês pode durar até um semestre ou mais! pode-se trabalhar em conjunto com os dois sistemas operacionais, sei que é complicado, mas podemos migrar tudo aos poucos . o ki vcs acham ?



  3. #23

    Padrão Re: Verdadeiro Problema ?

    Citação Postado originalmente por douglas_web
    As pessoas pensam que porque é complexo (difícil), se torna desnecessário alterar qualquer padrão que não seja o da Microsoft.

    Mas se você fala sobre a economia em se usar Linux, todo mundo topa.

    Aí se implanta o servidor e precisa alterar alguma coisa:"ah, mas não é simples como era no Windows?"
    Douglas,

    Tenho que descordar de ti. Hoje um técnico para dar uma manutenção eficaz em um destop ou servidor linux têm cobrando valores da ordem de R$ 100,00 a hora.

    Em grandes centros esse valor sobre bastante.

    Enquanto isso o técnico "zé" que trabalha com ruWindows desde que nasceu faz o mesmo trabalho, em um programa similar, por R$ 30,00 a hora.

    O custo do linux é muito alto na manutenção pela falta de técnicos (que bom pois faço muitos serviços na área e tenho ganhado um montante interessante).

    Att,

    Nataniel Klug

  4. #24

    Padrão Software Livre nas empresas, dificuldades e soluções.

    Citação Postado originalmente por PiTsA
    Um outro ponto são os aplicativos especificos que uma empresa precisa utilizar no seu dia a dia. Muitas soluções como o Wine tentam "tapar este buraco", mas não resolvem o problema. Hoje, existe no mercado uma fatia imensa a ser explorada pelas empresas de desenvolvimento de Software, para portarem ou criarem aplicativos para Linux, mas ao meu ver, eles ainda estão engatinhando nisso, esperando para fazer isso num futuro próximo, quando o Linux estiver mais próximo ainda das empresas, mas se eles ficarem esperando tanto tempo, esse dia nunca irá chegar.
    Pitsa,

    O maior problema que enfrento em migrar Windows/Linux é o software.

    Esses dias vendi um computador para um cliente e ele queria Linux, pq ele não ia pagar licensa da Microsoft e tal.

    Resultado, ele precisou de um gerenciamento de estoque (um programa simples de contas a receber e a pagar). Para Windows existe 200 opções, algumas pagas e outras free.

    Agora para Linux o bixo pegou! Eu não consegui encontrar nenhuma opção Free (para Gnome ou KDE) e as unicas foram modos texto (bem simples e tosco, e o cara querendo uma base de dados com fotos e tudo mais).

    Resultado: fiquei com a cara no chão e o cliente comprou o Windows XP. Colocou um programa chamado MaxControl (que custa R$ 160,00 a licensa) e faz tudo o que ele precisa.

    Att,

    Nataniel Klug



  5. #25

    Padrão Software Livre nas empresas, dificuldades e soluções.

    Bem Colegas.. n sei como é aí no brasil, mas aqui em portugal o esquema é difrente..
    ká as pessoas não têm vontade de mudar.. e olham para um desafio como se fosse um problema, em vez de pensarem que o software livre pode reduzir custos, olham logo de lado e dizem que diminui a productividade.. e klaro que isso NÃO é verdade!
    eu pelo menos ainda n vejo mto o uso de software livre aqui em portugal, lojas, bancos etc etc, tudo usa windows.. o porquê é simples..

    Os engenheiros que fazem o software seja ele de gestão ou de outra coisa qq, fazem em plantaforma windows.. logo quem compra, é obrigado a mudar pra windows..

    Drivers de hardware, são poucos os fabricantes que possuem pra linux, verdade seja dita.. e aí o windows ou Mac continuam á frente..

    Programas mto bons, mtas das vezes so existem para windows e Mac..
    mais uma vez o linux perde terreno..

    depois temos o outro problema dos standars.. apesar de existir o LSB (Linux Standard Base) já na sua versão 3, muitas distros continuam a fazer tudo á sua maneira.. umas com gnome, outras com KDE, outras com xfce.. etc etc.. klaro que os utilizadores finais, acabam por ficar confusos.. aprenderam algo no computador do amigo, xegam á empresa e apesar de ser linux, tudo está difrente..

    Apesar de ser adepto fiel do LINUX, coisa que infesta todos os meus computadores , acho que o linux ainda precisa dum "empurrão" para que fique bem no "Desktop Corporativo" .. mas para lá caminhamos manos

    Quanto ao mercado de servidores, sem duvida,o linux já domina

  6. #26

    Padrão publicidade

    Pessoal, acho sinceramente que um dos grandes problemas é a desinformacao. Já disse que um dos grande problemas é o desconhecimento do funcionário. Outro problema ENORME é o medo por parte da diretoria. Veja os fatos (piadinha de mal gosto...): A empresa usa sistemas baseados em programas da microsoft a dez, quinze anos, desde que resolvel migrar do novell ou porque qunado comprou os seus 486 eles vinham com windows 3.11, então chega um bando de gente e diz que o TCO vai diminuir se eles instalarem om tal de Linux.
    Mas, dá uma olhada: essa semana estamos dando um curso introdutório de Linux, e o cordenador do lugar está também fazendo o curso. Então explicamos sobre distribuicoes, GPL, e o cara entra em parafuso: "mas como assim, não tem nenhum comite central, um chefe, como é que pode ser LIVRE?". Esta é a sensacão de muitos que ocupam cargos de chefia em empresas, a sensacao de que este negocio pode parar de ser suportado a qualquer momento, e então , o que faco na minha empresa? o que eu paguei é feito por uma grande empresa, estável, etc.
    É necessário mostrar aos que ocupam cargos com decisão como o custo de migracão, depois de um tempo se torna irrisório em face da diminuicao com custos de licencas, de servidor parado e problemas ocasionados com falhas de seguranca, mas também é importante utilizar TODOS os argumentos que os big players do mercado internacional de software e hardware usam para concvence-los da migracao. Se a IBM e a Novell apoiam, é porque há merito. Grupos de administradores e empresas pequenas poderiam tentar fazer "campanhas" pela adocão de software livre de forma pontual e regional, de forma a diminuir os custos para estas campanhas. Tudo bem que empresas NANICAS como a minha não tem recursos para fazer uma palestra ou para convidar empresários para um coquetel com palestras e sorteio de brindes como a IBM faz (participei de um e achei que o material publicitário que eles prepararam é excelente), mas não podemos esquecer que a propaganda é a alma do negócio. Passar a imagem de setor empresarial bem organizado pode certamente atrair clientes, pois os empresários tem muitas vezes a imagem de pessoas que trabalham com software livre como a de um bando de moleques com óculos fundo de garrafa com aparelhos enormes e nenhuma vida social, ou um bando de anarquistas/marxistas cabeludos fumadores de maconha que querem libertar o mundo com software.
    É parte da profisionalizacão de quem trabalha com software livre usar também os métodos do pessoal de software propietário, apesar de muitos serem ideológicamente contra a nocão de software livre como um outro modelo de negócios, se queremos torná-lo viável, é preciso utilizar os seus meios, com publicidade e etc.



  7. #27

    Padrão Software Livre nas empresas, dificuldades e soluções.

    Olá,

    nós da informática vendemos soluções, muitas vezes catequisamos o cliente numa solução que imaginamos a mais correta. É visível em qualquer fórum de distros linux ou de sites voltados para linux, pra não falar dos *bsds, perguntas sobre um certo serviço rodando em linux em que o solicitante desconhece os comandos básicos da distribuição. Como que um profissional assim, que se aventura numa solução para o cliente, conseguirá arrolar vantagens e desvantagens dos diversos SOs?
    Quanto mais os profissionais de informática estiverem seguros quanto ao SL mais soluções baseadas em SL serão implantadas.

  8. #28

    Padrão Software Livre nas empresas, dificuldades e soluções.

    ai, pessoal, acabei de sair de uma loja de tintas, que esta pensando em migrar pra linux, só que foram 10 minutos de conversa e surgiu o primeiro problema, o software da Suvinil, só roda em window$.

    Argumentei, mais brecou a conversa e só voltaremos a conversar
    depois que o vendedor e o técnico da suvinil forem consultados.

    adivinhem o que vai acontecer ?



  9. #29
    cortez__
    Visitante

    Padrão Re: Software Livre nas empresas, dificuldades e soluções.

    Bom dia.

    Linux é mais um ideia que SO.
    Uma idéia constirui em:

    pensamento(ideia) - processo discursivo - aplicabilidade comercial

    Ou seja, nem tudo que pensamentos chega a entrar em um processo discursivo nem muito menos tem aplicabilidade comercial.
    Quando vc vai vender algo, vc vende um ambiente customizado que atenda as necessidades da empresa ou pessoa que vc esta prospectando...
    Por isso é dificil pra VC talvez vender, pois é dificil acreditar no potencial de alguem sem portifolio. È quase como o processo seletivo de um emprego.
    Se vc é novo não tem experiencia, na outra ponta vc não serve pq esta velho d+.
    Então não trabalho?!?! è uma questão apenas de MKT pessoal :P


    [email protected]

    Att,
    Marcos Vinicius M. da Silva Junior
    "Linux is Commerce"