Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico



  1. #7

    Padrão

    não é que eu vá comprar as antenas. já as tenho. Queria por segunda omni pra atender os clientes próximos à base.

    Quanto ao teste de ruido, esse das placas ralink são completamente malucos. Um tempo atrás o sinal de um concorrente aumentou muito, e quando eu conectava à rede dele, mostrava ruido de 76% ou dm, nem lembro qual a medida que a placa usava pro ruído, mas era a barrinha quase cheia. Fiquei achando que o cara usava amp. Depois de um tempo subi um mkt com uma wlan idêntica à dele, e os meus clientes com ralink ficavam acusando ruído de 76% na minha conexão também.... E o netstumbler, você diz, colocar ele em um pc e conectar às omni pra ver o ruído? O mkt nas configs da interface, na aba stats, mostra um valor lá referente a ruido. Por ele eu não posso ir me baseando?

    E no futuro, quando eu colocar setoriais no alto de minha torre, como farei pra atender os clientes próximos? Não terei que ter uma omni a meia altura de qualquer modo?

  2. #8

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Gosulator Ver Post
    são omnis sim. pretendo ter uma distância de 15mt entre elas, e canais bem distantes, uns 8 canais de diferença
    Esses 15 metros de distancia são na vertical ? Se for não tem problemas, porque o angulo de irradiação vertical das omnis não passa de 35 a 40 graus, isso se ela for de baixo ganho (8 dBi), porque se tiver alto ganho (15 a 19 dBi) esse angulo não passa de 7 graus.



  3. #9

    Padrão

    essa era minha dúvida. Só que, eu tenho uma omni de 18dbi mágica. a 35mt de altura, consigo que um cliente fique com sinal -60 a menos de20mt da base da torre, com a direcional NO CHÃO (não é encaixada em um tubo, e esse tubo fica no chão não, a antena fica lá solta no chão, apontada pro alto da torre) e 10mt de rgc58. Creio que ela não irradei assim paralelamente, então não devo ter problemas na omni de cima, mas quero saber um modo sem achismos de testar, pra saber se vale a pena colocar essa segunda omni, ou melhor atender os clientes próximos com sinal -70/-75.

    grato.

    ps: vou postar outra dúvida aqui pra não criar tópico novo:

    14:19:07 wireless,info 00:ZZ:ZZ:ZZ:ZZ:[email protected]: disconnected, extensive data
    loss
    14:24:04 wireless,info 00:XX:XX:XX:XX:[email protected]: disconnected, extensive data
    loss
    14:30:29 wireless,info 00:XX:XX:XX:XX:[email protected]: disconnected, extensive data
    loss
    14:40:08 wireless,info 00:XX:XX:XX:XX:[email protected]: disconnected, extensive data
    loss
    14:42:34 wireless,info 00:XX:XX:XX:XX:[email protected]: disconnected, extensive data
    loss
    vocês costumam receber muitos logs desses de seus aps? Isso aí nem chega a desconectar o cliente do ap, pois o uptime dele não muda, e sua conexão pppoe com o server também não cai.

  4. #10

    Padrão

    Bem, vou explicar melhor... Quando afirmei que os angulos de irradiação vertical das omnis era diretamente proporcional ao seu ganho, ou seja, quanto maior o ganho menor o angulo de irradiação vertical e maior a distancia do lobulo principal e vice-versa eu não falei das irradiações fora do lobulo principal. Se vc observar um diagrama de irradiação vertical de uma omni de alto ganho vc vai notar que ela também irradia em angulos de 45 a 50 graus mas com um sinal bem fraco que não chega a 200 metros. Lógico que seus clientes quase no pé da torre vão achar o sinal, mas muito fraco e com muitas variações, poruqe essas irradiações não são do lubulo principal.



  5. #11

    Padrão

    Citação Postado originalmente por AriDiretoTelecom Ver Post
    Bem, vou explicar melhor... Quando afirmei que os angulos de irradiação vertical das omnis era diretamente proporcional ao seu ganho, ou seja, quanto maior o ganho menor o angulo de irradiação vertical e maior a distancia do lobulo principal e vice-versa eu não falei das irradiações fora do lobulo principal. Se vc observar um diagrama de irradiação vertical de uma omni de alto ganho vc vai notar que ela também irradia em angulos de 45 a 50 graus mas com um sinal bem fraco que não chega a 200 metros. Lógico que seus clientes quase no pé da torre vão achar o sinal, mas muito fraco e com muitas variações, poruqe essas irradiações não são do lubulo principal.
    eu entendi isso perfeitamente bem Ari. Só que como eu te disse, eu tenho uma omni que creio eu ter sido mal produzida, e a irradiação na base da torre dela é muito forte, muito mais do que é uma hyperlink por exemplo. Por causa disso, tenho receio de que ela jogue o sinal para a omni hyperlink que vai ficar no alto da torre (teria que jogar o sinal num ângulo de 89g50m ou algo do tipo, uma vez que a omni mágica vai ficar a uns 10 cm da torre). Por ter esse receio, quero saber como posso medir a quantidade de interferência de forma exata, sem achismos, pra ver se a interferência está comprometendo o funcionamento pleno da hyperlink ou não.

  6. #12

    Padrão

    fiz uns testes aqui, conectei a segunda omni a um pc e predi ela na base da torre. Consegui com esse pc me conectar ao ap no alto da torre, com o ap acusando sinal -75 para esse pc com a omni na base. A transmissão de dados está bem baixa. raramente dá um pulo pra 800kbps de tx (média de 100kbps), e rx sempre abaixo de 100kbps (testando ambos rx e tx ao mesmo tempo).

    Resumindo a ópera, acham que a qualidade que eu ganho colocando os clientes próximos à torre ( uns 8, que ficam -75 na antena de cima) na antena de baixo vai valer a pena tendo em conta uma possível perda de qualidade devido a certo nível de interferência entre as 2 omni?? Lembrando que vão ser 15mt de distância entre a de cima e a de baixo, e uma vai usar canal 2 e outra canal 7 ou 11

    abraço
    Última edição por Gosulator; 30-11-2007 às 17:08.