• Área de TI: Real Vocação ou “Simples” Ambição?

    Muitas pessoas ingressam na área de TI devido a paixão que nutrem por tudo que está relacionado a ela. Trabalham muitas vezes de forma incessante, respiram tecnologia. São pessoas que praticamente vivem em função desse universo e não se imaginam, profissionalmente, fazendo outra coisa que não esteja ligada à área.

    Desenvolvedores, Programadores, Administradores, enfim, as denominações no ramo são as mais diversas, onde cada um desempenha a sua função, mas sem ficar bitolado. Essa espécie de intercâmbio entre funções e a expansão cada vez maior do aprendizado, também são fortes características entre os profissionais da área.

    Quando o ingresso neste campo é a priori, por vocação, surgirá um profissional capacitado, competente, procurando aprimorar seus conhecimentos. A busca por tais conhecimentos se torna constante e prazerosa, formando-se assim, um profissional bem sucedido financeiramente. Isso devido ao próprio indivíduo ter alcançado um sólido posicionamento no mercado.

    Quando a área de TI é escolhida pura e simplesmente por ambição, pelo fato de ser um mercado que favorece resultados de alta rentabilidade, oferecendo salários atrativos, o "profissional" não se esforça e nem se preocupa em realizar um trabalho decente. O indivíduo é movido pela ganância, capaz de passar por cima de valores e princípios, usando de trapaça e da boa fé de outros indivíduos que prezam por um trabalho sério.


    Uma parcela desses maus atuantes do ramo até pode ter diplomas, certificações e afins, (da mesma forma que os bons profissionais os possui), porém, não absorveu o conhecimento suficiente (e necessário) para justificar a carreira a ser trilhada, bem diferente daqueles que conquistaram seus títulos através do esforço, do merecimento, dando mostras, na prática, de todas essas conquistas.

    Há também os que possuem muitos conhecimentos, mas não tiveram chances de ingressar em uma faculdade ou fazer cursos comprobatórios de suas habilidades, o que, em algumas situações, é exigido pelo mercado em questão. Isso é aplicado às outras profissões, mas a Tecnologia da Informação é abordada com ênfase, pelo fato de ter se expandido, por ser a mola mestra do mundo moderno e uma grande porta aberta para a lucratividade, em tempos atuais.

    Ambicionar algo é desejá-lo de maneira que pode até ser levada às últimas consequências; esse desejo extremo pode coagir o indivíduo a desrespeitar limites e muitas vezes, perverter o sentido real e correto de muitas coisas. Em sua célebre obra intitulada "O Príncipe", Nicolau Maquiavel dá mostras, de maneira "sutil", de como alcançar o poder, não importando os meios. Ele teria afirmado que os fins determinam os meios, ao invés de justificá-los. E muitos assim o praticam, conduzidos pela falta de escrúpulos.

    No mercado de TI e em outros ramos de atuação, é possível ser bem sucedido financeiramente com base em uma carreira moldada na ética e na honestidade. É lamentável que haja alguns elementos que, usando da falta de caráter e desvios semelhantes, denigram a imagem daqueles que, na íntegra, honram de verdade a sua profissão.
    Comentários 22 Comentários
    1. Avatar de Dado
      Dado -
      Falou tudo que reflete o quadro a nivel internacional relacionado a area de TI.
      Existem muitos profissionais que tem prazer em colocar um servidor para rodar, que fazem tudo para ser o melhor possivel e ser util, sentindo no fim o prazer de dever cumprido (no meu caso agora são 3 horas da manhã acabei configurar um Slack com varias implementações, e é assim que me sinto).

      Mas existem muitas pessoas que ingressam no mercado de TI somente pela ambição e sempre fazendo as coisas o mais rapido possivel sem analizar se é o melhor para o cleinte, para ter o resultado ($$$) mais rapido ainda. Muitas vezes enganando clientes que depois de um tempo ficam sabendo da trapassa, onde acabam desacreditando nos verdadeiros profissionais de TI aqueles que respiram tecnologia e que querem apresentar soluções e não produtos.

      Meus parabéns Cammyl.
      Com certeza voçe descreveu o quadro de TI muito bem.
    1. Avatar de lemke
      lemke -
      Citação Postado originalmente por Dado Ver Post
      Falou tudo que reflete o quadro a nivel internacional relacionado a area de TI.
      Existem muitos profissionais que tem prazer em colocar um servidor para rodar, que fazem tudo para ser o melhor possivel e ser util, sentindo no fim o prazer de dever cumprido (no meu caso agora são 3 horas da manhã acabei configurar um Slack com varias implementações, e é assim que me sinto).

      Mas existem muitas pessoas que ingressam no mercado de TI somente pela ambição e sempre fazendo as coisas o mais rapido possivel sem analizar se é o melhor para o cleinte, para ter o resultado ($$$) mais rapido ainda. Muitas vezes enganando clientes que depois de um tempo ficam sabendo da trapassa, onde acabam desacreditando nos verdadeiros profissionais de TI aqueles que respiram tecnologia e que querem apresentar soluções e não produtos.

      Meus parabéns Cammyl.
      Com certeza voçe descreveu o quadro de TI muito bem.
      Bom Dia Dado,

      Infelizmente temos que deparar com gente dessa estirpe por aí...enquanto pessoas como você e muitos outros trabalham arduamente até altas horas da madrugada, no intuito de oferecer um serviço de qualidade e sentir-se bem por ter conseguido alcançar suas metas ao final do dia, vem o lado avesso, tentando manchar a imagem dos que realizam seu trabalho com total seriedade.

      Sds,
    1. Avatar de e2net
      e2net -
      Area de TI . . . .Tecnologia da Informação. . . .Ramo este procurado e desejado por muitas pessoas de diverssas cores e idades. . . . .mas poucos tem o dom e a facilidade de aprender mais e mais, contribuindo cada vez mais para o desenvolvimento de uma tecnologia especifica. . . . Muitos hoje procuram esta area pensando cada vez em ter um retorno rápido e satisfatório. . . .mas em certa altura isso é verdade mas o problema é que cada vez mais existe alguem que se diz que sabe fazer alguma coisa na area tecnologica tornando assim o mercado mais barganhado, desvalorizando-o por isso que o mercado esta cada vez mais competitivo e a procura de um mais capacitado . . . .
      Por isso na ideia literaria eu acredito que a TI teria que ser mais uma vocação do que ambição para pessoas que realmente tem o tino para isso . . . .
    1. Avatar de saryshagan
      saryshagan -
      Citação Postado originalmente por e2net Ver Post
      Area de TI . . . .Tecnologia da Informação. . . .Ramo este procurado e desejado por muitas pessoas de diverssas cores e idades. . . . .mas poucos tem o dom e a facilidade de aprender mais e mais, contribuindo cada vez mais para o desenvolvimento de uma tecnologia especifica. . . .
      Concordo com a parte do dom, em partes. Eu diria que dom é apenas um trampolim que facilita o indivíduo a alcançar seus objetivos. mas também afirmo que qualquer cidadão, mesmo sem o dom em determinara área, poderá alcançar o mesmo patamar, depois de muito esforço e dedicação.

      Citação Postado originalmente por e2net Ver Post
      Muitos hoje procuram esta area pensando cada vez em ter um retorno rápido e satisfatório. . . .mas em certa altura isso é verdade mas o problema é que cada vez mais existe alguem que se diz que sabe fazer alguma coisa na area tecnologica tornando assim o mercado mais barganhado, desvalorizando-o por isso que o mercado esta cada vez mais competitivo e a procura de um mais capacitado . . . .
      Sim! Concordo com você, as pessoas parecem estar escolhendo essa área apenas por causa do dinheiro. Mas o que torna tudo isso muito mais alarmante no caso da informática, é o motivo de todos termos (ou já nascermos com) um computador dentro de casa. Não tem aquela máxima que fiz que "todo brasileiro acha que é médico e juíz de futebol"? Pois bem! E só porque o indivíduo possui um computador em casa, também acha que é, no mínimo, técnico em informática. E muitos acreditam que são muito mais do que isso... só porque possuem um computador para "uso pessoal" (onde "uso pessoal" nos dias de hoje está mais para perda de tempo navegando a esmo na Internet, ou jogando, etc).

      É uma pena! E quando você vai ver, é tudo um bando de guri que ainda nem tirou as fraudas. E só porque possui um desktop com Windows pirata em casa, já se acha o ban-ban-ban em informática. Eu também queria falar sobre o problema da pirataria no Brasil. Mas isso deixa para um outro post...

      Citação Postado originalmente por e2net Ver Post
      Por isso na ideia literaria eu acredito que a TI teria que ser mais uma vocação do que ambição para pessoas que realmente tem o tino para isso . . . .
      Com certeza, vocação é o principal componente, não para o mercado, mas para o próprio cidadão que almeja determinada vaga, em determinada área. Como disse na primeira parte de seu comentário. Ter o dom, é apenas poder alcançar as metas de forma mais rápida e fácil. Mas isso não impede ninguém que não tenha o dom, de poder alcançar os mesmos objetivos. No final, mesmo se a pessoa tiver o dom, mas não tiver dedicação, ela vai falhar como qualquer outra.
    1. Avatar de Fernando
      Fernando -
      Citação Postado originalmente por saryshagan Ver Post
      Concordo com a parte do dom, em partes. Eu diria que dom é apenas um trampolim que facilita o indivíduo a alcançar seus objetivos. mas também afirmo que qualquer cidadão, mesmo sem o dom em determinara área, poderá alcançar o mesmo patamar, depois de muito esforço e dedicação.
      De acordo. O dom ajuda uma pessoa alcançar certo degrau muito mais rápido que outra que não o possui, porém ele sozinho não faz milagre. Você pode ter o maior QI do mundo e continuar capinando na roça a vida toda, se não estudar e usar sua capacidade de aprender.

      Abraços,
      Fernando
    1. Avatar de code
      code -
      Eu já tive vários problemas desse tipo dentro das empresas, e já vi vários casos semelhantes acontecendo ao meu redor. As coisas sempre começam assim: são pessoas inescrupulosas, que usam de todos os recursos escusos e infames para difamar e desmoralizar aquele colega de trabalho que está apenas fazendo o seu trabalho - sendo profissional. E na maioria das vezes, eles até mesmo conseguem fazer com que aquele verdadeiro profissional perca o emprego, enquanto o mau-carater e desqualificado continua empregado, sendo mais um a atrapalhar o crescimento da própria empresa em que trabalha.

      Normalmente os indivíduos que fazem isso não possuem nem conhecimento para se manter em seus empregos, e nem caráter como cidadãos. E quando aparece alguém com profissionalismo suficiente dentro da mesma empresa, na hora, eles se sentem ameaçados. E pode ter certeza que eles farão de tudo para te derrubar - principalmente utilizando mentiras e sabotagens ao seu trabalho.

      E o pior é que, na maioria esmagadora das vezes, esse mau-caráter consegue o que quer: mandar quem é profissinal para fora da empresa. Esse é um problema que acontece em empresas de todo o país, mas vemos muito mais disso acontecer na área tecnológica (principalmente informática). São empresas de pequeno, médio e até grande porte, abrigando esses ineptos e dispensando bons profissionais. Agora... por que isso acontece?

      Minha teoria é a seguinte: o problema para isso está no topo da empresa. Direto em seu dono, ou presidente, e se espalha para os níveis mais baixos da empresa. Pensem bem: como uma empresa pode deixar um inepto ser um de seus funcionários? E, pior ainda, como eles são capazes de proteger esses mesmos inescrupulosos, e mandar embora profissionais competentes? Má-administração? Não! É pior que isso! Chamar esses empresários de "mau-administradores" é ofender a classe. Na minha visão, parece que o topo da empresa se identifica com esse tipo de gente, esão tão péssimos profissionais quanto os que abrigam em seu ambiente de trabalho. E vemos muito disso acontecer no Brasil, e de forma muito assustadora. A cada dia que passa, parece que a concentração de ineptos aumenta, e o número de profissionais qualificados diminui constantemente.

      Como uma empresa quer crescer, se o seu motor não funciona direito, e ainda sabota sua própria estrutura interna? As empresas no Brasil nunca vão conseguir se destacar no próprio país, ou mesmo no mundo, se esse tipo de atrocidade continuar a ocorrer dentro de seus próprios "quintais".
    1. Avatar de tuxdahora
      tuxdahora -
      Muito bom o seu post CammyL. Meus parabéns! Concordo com suas idéias. Realmente existem muitos incompetentes no mercado de trabalho, na área de informática. São pessoas que estão lá apenas por ambição. E parece que a concentração desse tipo de gente só tem aumentado nos quadros de funcionários das empresas de informática no Brasil :-D
    1. Avatar de Fernando
      Fernando -
      Citação Postado originalmente por code Ver Post

      Minha teoria é a seguinte: o problema para isso está no topo da empresa. Direto em seu dono, ou presidente, e se espalha para os níveis mais baixos da empresa. Pensem bem: como uma empresa pode deixar um inepto ser um de seus funcionários? E, pior ainda, como eles são capazes de proteger esses mesmos inescrupulosos, e mandar embora profissionais competentes? Má-administração? Não! É pior que isso! Chamar esses empresários de "mau-administradores" é ofender a classe. Na minha visão, parece que o topo da empresa se identifica com esse tipo de gente, esão tão péssimos profissionais quanto os que abrigam em seu ambiente de trabalho. E vemos muito disso acontecer no Brasil, e de forma muito assustadora. A cada dia que passa, parece que a concentração de ineptos aumenta, e o número de profissionais qualificados diminui constantemente.

      Como uma empresa quer crescer, se o seu motor não funciona direito, e ainda sabota sua própria estrutura interna? As empresas no Brasil nunca vão conseguir se destacar no próprio país, ou mesmo no mundo, se esse tipo de atrocidade continuar a ocorrer dentro de seus próprios "quintais".

      Acho que ai já existem pensamentos diferentes. Do ponto de vista da empresa, essa linha tem mais de uma vertente. Se for uma empresa pequena ou até média, é com certeza essencial que a(s) torre(s) de liderança dediquem mais atenção aos funcionários, à qualidade do ambiente de trabalho, balanceamento de skill, etc. Já do ponto de vista das empresas grandes a coisa é bem diferente, é complicado colocar isso de uma forma que eu não me faça soar indiferente, mas visto de cima, a base da pirâmide de uma grande empresa são números. Quando a coisa se estabiliza, você não precisa se preocupar com o funcionário a afim de mantê-lo em seu repertório; As filas vão sempre ser enormes e cheias de pessoas menos ou mais competentes que um, e dispostos a ganhar menos, trabalhar mais, sob circunstâncias diversas, etc.

      Citação Postado originalmente por code Ver Post
      Chamar esses empresários de "mau-administradores" é ofender a classe. Na minha visão, parece que o topo da empresa se identifica com esse tipo de gente, esão tão péssimos profissionais quanto os que abrigam em seu ambiente de trabalho. E vemos muito disso acontecer no Brasil, e de forma muito assustadora. A cada dia que passa, parece que a concentração de ineptos aumenta, e o número de profissionais qualificados diminui constantemente.
      Concordo em parte, denovo seguindo minha opinião de que isso definitivamente se aplica à pequenas empresas, entretando nas grandes empresas em labirintos financeiros, budgeting e afins, desde que o cenário se faça transparente ao cliente (seja ele interno ou comercial), esse tipo de administração são os ases de gerência de programa/projetos que temos hoje em dia.

      É claro que você como líder tem que sempre estar alinhado às politicas da empresa, valores e afins, e se no final ela for mesmo uma 'máquina', ao fim de cada caminho sempre existe uma bolha se enchendo, e cedo ou tarde ela vai estourar.

      Abraços,
      Fernando
    1. Avatar de lemke
      lemke -
      Citação Postado originalmente por tuxdahora Ver Post
      Muito bom o seu post CammyL. Meus parabéns! Concordo com suas idéias. Realmente existem muitos incompetentes no mercado de trabalho, na área de informática. São pessoas que estão lá apenas por ambição. E parece que a concentração desse tipo de gente só tem aumentado nos quadros de funcionários das empresas de informática no Brasil :-D
      Pra eles, pouco importa o naipe do serviço que vai ser prestado e sim o dinheiro que vai entrar.O foco é viabilizar entrada de dinheiro, mesmo que de forma inconsequente. Porém, o dinheiro que chega fácil, vai embora mais fácil ainda.

      Sds,
    1. Avatar de code
      code -
      Citação Postado originalmente por psy Ver Post
      Acho que ai já existem pensamentos diferentes. Do ponto de vista da empresa, essa linha tem mais de uma vertente. Se for uma empresa pequena ou até média, é com certeza essencial que a(s) torre(s) de liderança dediquem mais atenção aos funcionários, à qualidade do ambiente de trabalho, balanceamento de skill, etc. Já do ponto de vista das empresas grandes a coisa é bem diferente, é complicado colocar isso de uma forma que eu não me faça soar indiferente, mas visto de cima, a base da pirâmide de uma grande empresa são números. Quando a coisa se estabiliza, você não precisa se preocupar com o funcionário a afim de mantê-lo em seu repertório; As filas vão sempre ser enormes e cheias de pessoas menos ou mais competentes que um, e dispostos a ganhar menos, trabalhar mais, sob circunstâncias diversas, etc.
      Sim! Eu também concordo com a sua posição. Acredito que meu principal erro foi generalizar demais a causa, para poupar digitação. Da maneira como eu escrevi, esse tipo de problema nas pequenas, e parte das empresas de médio porte existentes, podem até se encaixar como uma luva em minha teoria anterior. Mas as grandes companhias realmente não ficam muito bem representadas (ou quase nada).

      Citação Postado originalmente por psy Ver Post
      Concordo em parte, denovo seguindo minha opinião de que isso definitivamente se aplica à pequenas empresas, entretando nas grandes empresas em labirintos financeiros, budgeting e afins, desde que o cenário se faça transparente ao cliente (seja ele interno ou comercial), esse tipo de administração são os ases de gerência de programa/projetos que temos hoje em dia.
      Eu poderia reescrever para as grandes, que esses problemas ocorrem em nichos isolados de sua máquina funcional. Pelo tamanho de uma empresa (e com todo esse porte), sua pirâmide pode ser vista de maneira diferente. Poderíamos dizer que em cada nível existe seu próprio conjunto de "pirâmides funcionais". E em algumas delas podem ocorrer esses casos, que, por não estarem indiretamente na alçada do alto da pirâmide (que como você mesmo disse, e eu concordo: a parte debaixo da pirâmide é sempre vista pelo topo como "números"), possui uma certa liberdade de autonomia em sua administração no dia-à-dia. E casos como esse, quando acontecem, são identificados de forma isolada, mas sem a ligação direta do alto da pirâmide, e sim por eventuais problemas de liderança do topo dessas pirâmides de nível.


      Citação Postado originalmente por psy Ver Post
      É claro que você como líder tem que sempre estar alinhado às politicas da empresa, valores e afins, e se no final ela for mesmo uma 'máquina', ao fim de cada caminho sempre existe uma bolha se enchendo, e cedo ou tarde ela vai estourar.
      Sim! Em grandes companhias, a administração se torna muito mais complexa (mas não impossível) de se efetuar. E é preciso ter em seu corpo de funcionários líderes de cada setor, sub-setor, etc, a confiança de se ter um bom profissional alinhado com os interesses da empresa. Eu até poderia dizer que muitos desses problemas poderiam ser evitados com um RH competente, que esteja sempre em buscas de bons profissionais para as empresas, e ao mesmo tempo, possuam autonomia e integração com as diversas pirâmides funcionais de cada nível na empresa, para acompanhar o desenrolar desse profissional enquanto ele pertencer ao quadro de funcionários da empresa (isso claro, alémd e todas as atribuições-mil de um RH competente). Afinal, RH, principalmente em uma grande empresa, não serve somente para contratar novos funcionários.

      E baseado neste meu "remendo" de explicação, queria propor um novo ponto de análise. Acredito que as pequenas e (em alguns casos) médias empresas, nunca conseguirão se tornar uma grande empresa enquanto houver esse tipo de problema em seu quadro de funcionários. Claro que esse não é o único problema existente que as impeça de crescerem. Este é apenas mais uma das "barreiras" que pequenas empresas precisam superar (ou saber como nunca precisar passar por isso) para poderem crescer.
    1. Avatar de Fernando
      Fernando -
      Citação Postado originalmente por code Ver Post
      Sim! Eu também concordo com a sua posição. Acredito que meu principal erro foi generalizar demais a causa, para poupar digitação. Da maneira como eu escrevi, esse tipo de problema nas pequenas, e parte das empresas de médio porte existentes, podem até se encaixar como uma luva em minha teoria anterior. Mas as grandes companhias realmente não ficam muito bem representadas (ou quase nada).



      Eu poderia reescrever para as grandes, que esses problemas ocorrem em nichos isolados de sua máquina funcional. Pelo tamanho de uma empresa (e com todo esse porte), sua pirâmide pode ser vista de maneira diferente. Poderíamos dizer que em cada nível existe seu próprio conjunto de "pirâmides funcionais". E em algumas delas podem ocorrer esses casos, que, por não estarem indiretamente na alçada do alto da pirâmide (que como você mesmo disse, e eu concordo: a parte debaixo da pirâmide é sempre vista pelo topo como "números"), possui uma certa liberdade de autonomia em sua administração no dia-à-dia. E casos como esse, quando acontecem, são identificados de forma isolada, mas sem a ligação direta do alto da pirâmide, e sim por eventuais problemas de liderança do topo dessas pirâmides de nível.




      Sim! Em grandes companhias, a administração se torna muito mais complexa (mas não impossível) de se efetuar. E é preciso ter em seu corpo de funcionários líderes de cada setor, sub-setor, etc, a confiança de se ter um bom profissional alinhado com os interesses da empresa. Eu até poderia dizer que muitos desses problemas poderiam ser evitados com um RH competente, que esteja sempre em buscas de bons profissionais para as empresas, e ao mesmo tempo, possuam autonomia e integração com as diversas pirâmides funcionais de cada nível na empresa, para acompanhar o desenrolar desse profissional enquanto ele pertencer ao quadro de funcionários da empresa (isso claro, alémd e todas as atribuições-mil de um RH competente). Afinal, RH, principalmente em uma grande empresa, não serve somente para contratar novos funcionários.
      Concordo plenamente!

      Citação Postado originalmente por code Ver Post
      E baseado neste meu "remendo" de explicação, queria propor um novo ponto de análise. Acredito que as pequenas e (em alguns casos) médias empresas, nunca conseguirão se tornar uma grande empresa enquanto houver esse tipo de problema em seu quadro de funcionários. Claro que esse não é o único problema existente que as impeça de crescerem. Este é apenas mais uma das "barreiras" que pequenas empresas precisam superar (ou saber como nunca precisar passar por isso) para poderem crescer.
      Excelente, de fato eu também compartilho da mesma visão, acredito que empresas melhores precisam primeiro alcançar seu modelo de excelência pra crescer --até porque este vai ser seu principal diferencial contra as grandes-- e ganhar espaço, uma vez estável ai sim você começa a ficar 'menos humano' e lidar mais com números e recursos do que funcionários, e ser uma grande.
    1. Avatar de corradini
      corradini -
      boa...
    1. Avatar de magrock
      magrock -
      Simplesmente, Fantastico assunto, muito bem discutido, esse é aquele tipo de postagem que voce imagina a um bom tempo e vê todo o seu pensamento a respeito ali, escrito e estampado para todos veem, estou impressionado...
      Parabéns
    1. Avatar de lemke
      lemke -
      Citação Postado originalmente por magrock Ver Post
      Simplesmente, Fantastico assunto, muito bem discutido, esse é aquele tipo de postagem que voce imagina a um bom tempo e vê todo o seu pensamento a respeito ali, escrito e estampado para todos veem, estou impressionado...
      Parabéns
      Obrigada!

      Foi a soma de muitas experiências que, infelizmente, acontecem dentro desse contexto.

      Sds,
    1. Avatar de leandrolopeswifi
      leandrolopeswifi -
      Sabiasssssssssssssssss palavras! Parabens cammyl.
      bjo.
    1. Avatar de Jim
      Jim -
      Eu discordo do texto.
    1. Avatar de lemke
      lemke -
      Citação Postado originalmente por Jim Ver Post
      Eu discordo do texto.
      Oi Jim, boa tarde...

      Tens todo o direito de concordar ou discordar de determinado texto/assunto abordado, mas se quiser ou puder justificar o motivo da discordância, seria muito bom...

      Sds,
    1. Avatar de Jim
      Jim -
      Eu penso que o ser humano é capaz de se adaptar.

      Quando comecei minha faculdade de sistemas de informação, eu era servente de pedreiro e o que eu ganhava nem dava pra pagar a facul.

      Eu achava que ia aprender a "mexer no computador". Fiz essa escolha porque o mercado estava muito saturado nas outras áreas e eu queria ganhar $$$ com a profissão.

      Mesmo sem achar que esta seja a profissão dos sonhos (adoro meu trabalho), trabalho e estudo pra caramba.

      Trabalhar no que gosta é privilégio de poucos (adoro meu trabalho II).

      Se eu sou equivalente aos que "tem o dom" não sei, mas também não sou nada do que o texto diz.

    1. Avatar de saryshagan
      saryshagan -
      @Jim, ninguém está falando que você é assim, como o texto aponta. O post da CammyL está apenas reportando que existem muitas pessoas nesse mercado de trabalho, que estão lá apenas pelo dinheiro, e não por amor a profissão. E o que é pior, gente que é capaz de tudo, inclusive agir de má fé, para prejudicar seus colegas de trabalho, e assim poder continuar a sua escalada como funcionário na empresa.

      E que ótimo que você não se enquadra na descrição deste post. Seja um bom profissional sempre! Não importa o tipo de trabalho que esteja executando. Seja ele serviço de pedreiro, ou gerência de TI.
    1. Avatar de lemke
      lemke -
      Citação Postado originalmente por Jim Ver Post
      Eu penso que o ser humano é capaz de se adaptar.

      Quando comecei minha faculdade de sistemas de informação, eu era servente de pedreiro e o que eu ganhava nem dava pra pagar a facul.

      Eu achava que ia aprender a "mexer no computador". Fiz essa escolha porque o mercado estava muito saturado nas outras áreas e eu queria ganhar $$$ com a profissão.

      Mesmo sem achar que esta seja a profissão dos sonhos (adoro meu trabalho), trabalho e estudo pra caramba.

      Trabalhar no que gosta é privilégio de poucos (adoro meu trabalho II).

      Se eu sou equivalente aos que "tem o dom" não sei, mas também não sou nada do que o texto diz.


      Pelo que eu pude entender, você escolheu a área de TI pelo fato de querer ganhar um bom dinheiro, mas também você complementou que adora o seu trabalho, que inclusive trabalha e estuda a beça, o que é muito bom pra tua carreira...

      O foco do texto, como você percebeu, é voltado para os mercenários inconsequentes que integram a área de TI e para aqueles que se esforçam muito para subir cada vez mais profissionalmente, aliando a vocação com os anseios de uma boa colocação no mercado.

      Sendo você uma pessoa que trabalha, estuda muito, adora o que faz, isso só vai te acrescentar positivamente.

      Sds,
    + Enviar Comentário


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L