• Existem Alternativas para o Google Wave?

    É! O Google Wave, o fantástico (mas pouco utilizado) sistema de colaboração em tempo real, já tem data programada para morrer, e por isso algumas pessoas estão procurando e divulgando as possíveis alternativas já existentes para este ainda vivo Google Wave. O fato é que o Google Wave foi e está sendo muito pouco utilizado. Então fica realmente difícil (para não dizer, ilógico) apresentar "substitutos" para um serviço que não existe igual, e ainda é considerado por muitos como "inovador". Pena que não "caiu" no gosto do público.

    Apesar dos "mundos e fundos" que prometia, o Google Wave não vingou; pelo menos não como a empresa queria. O site já tem data marcada para fechar, e o prazo para os futuros (mas poucos) órfãos é até o final desse ano de 2010. Para esses não haverá substitutos a altura (e eu também concordo). Mas podemos citar algumas das sugestões que alguns sites estão fazendo, quem sabe vocẽ não pega uma onda até eles e gosta da nova praia?

    A primeira (possível) alternativa seria voltar aos primórdios pré-Google Wave e voltar a utilizar o Gogle Apps. E foi exatamente o que muitos usuários do Wave fizeram: voltaram para suas "origens". Esse retorno as origens já vem acontecendo muito antes do anúncio de morte do Google Wave. Muitos usuários que experimentaram essa poderosa suíte, acharam-na tão confusa, que resolveram desistir da miríade.

    Para quem não lembra, um dos eventos mais tristes do Google Wave foi a subutilização do EtherPad da AppJet. O EtherPad é o editor em tempo real que muitos usuários gostavam de utilizar, permitindo o compartilhamento de edição de documento de forma fácil, com direito a histórico de edição e um chat integrado. Não podemos dizer que ele é uma versão light do Wave, mas chegou perto de suas funcionalidades. Você pode ter acesso ao produto de forma gratuita através da EtherPad Foundation, ou pela TypeWith.me.

    Já o ShareFlow provavelmente é o mais próximo que um aplicativo existente conseguiu chegar as funcionalidades e integração do Google Wave. Assim como o futuro-falecido, o ShareFlow destina-se a reduzir sua carga de e-mail através da elaboração de documentos e conversas entre usuários de forma fluida. Tudo funciona em uma única página que pode ser editada de forma simultânea e em tempo real. Porém, diferente do Wave, o ShareFlow parece ter uma integração maior com o e-mail, onde cada fluxo possui seu próprio endereço para postagem, a partir de seu serviço de e-mail preferencial. Seria esse um ponto positivo em relação ao Wave?

    O serviço do ShareFlow também permite o armazenamento de até 1 GB de dados no plano livre, caso você esteja interessado. Diferente do Google, essa é mais uma das firmas que acham que vão ganhar dinheiro com agregação de usuários a serviços melhorados na forma paga.

    Citando mais três, temos o Basecamp, o Huddle, e o Central Desktop. Todos são produtos SaaS (Software as a Service), ms se você está mudando diretamente do Wave, poderia tentar o WizeHire. Ele é o único SaaS que parece ser o único que pretender chamar a atenção dos futuros-órfãos do Wave, oferecendo para os primeiros 500 novos usuários que se registrarem, um ano livre para uso de uma conta padrão. Mas como o anterior, esse é mais um serviço pago. E depois de um ano? Vão fazer o que? Se render e começar a pagar por um serviço que não chega aos pés do Wave? É melhor ficar com o Google Apps.

    O que podemos resumir aqui é que "alternativas" ao Google Wave existem, mas são "insuficientes" mesmo como estepe, além de muitas serem pagas (para planos mais avançados, com mais funcionalidades e/ou recursos). Teste-os se assim o desejar, mas não vá com muitas esperanças, ou poderá acabar "tomando um caixote".


    Notícias Relacionadas:

    - A Extinção do Google Wave


    Links de Interesse:

    - 10 great alternatives to Google Wave

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L