• Rumores Quentes sobre o iPhone da Verizon

    Como o próprio título diz, é um rumor. Mas um rumor que muitos analistas e especialistas acreditam que se tornará realidade muito em breve, e os usuários terão um iPhone 4 pela Verizon, quebrando a hegemonia da AT&T, atual companhia de telecomunicação com contrato exclusivo (mas temporário) para o iPhone 4 da Apple. De acordo com as informações que estão salpicando em todos os editoriais, a Verizon já poderá estar vendendo o novo (e reformulado) iPhone em janeiro de 2011. E estamos a menos de 6 meses dessa data. O que reforça esse boato, acreditem, está em um suposto pedido de semicondutores feito pela Apple a Qualcomm.

    Smartphones como o iPhone são construídos a partir de uma série de componente4s eletrônicos, que são obtidos individualmente pelos fornecedores. por exemplo, o chipset baseband principal do iPhone 4, responsável pelo processamento de voz e dados de comunicação, vem direto da Infineon. Já o chipset responsável pelo GPS vem da Broadcom. Também é fato que as compras de componentes realizadas e a fabricação não costuma revelar conexões fortes para OEMs de handsets individuais. Mas em alguns casos, os componentes possuem um "DNA" que pode ser rastreado através da cadeia de abastecimento. por exemplo, os rumores sobre o lançamento do iPad começaram a se fortalecer quando a imprensa descobriu que a Apple estava produzindo telas de LCD maiores que o normal.

    Para atualizações típicas de iPhones baseados em GSM (o modelo que funciona na rede da AT&T), os fornecedores e a família de de produtos de componentes se mantêm razoavelmente consistente entre os modelos. Mas um iPhone que pudesse ser vendido pela Verizon, teria de ser compatível com o padrão CDMA, oq eu tornaria seu "DNA" destacado de outros iPhones, e facilmente poderíamos rastrear sua cadeia de abastecimento, sua fonte.

    Atualmente o fornecedor dominante de chipsets CDMA é a Qualcomm, a maior companhia fabricante de chips no mundo. E a Apple nunca nunca havia procurado chipsets baseband da Qualcomm. Caso a Qualcomm planejasse encomendas para a Apple, haveria um efeito cascata em toda a cadeia de suprimentos para a linha de montagem do iPhone. E um iPhone baseado em CDMA poderia vender de 2 a 3 milhões de unidades nas primeiras semanas. Essa estimativa baseia-se na última venda do iPhone 4 neste ano.

    O lead-time associado com topo da cadeia de semicondutores é muito longo, tendo algumas vezes a duração de até 26 semanas. E o fornecimento está apertado atualmente, fazendo com que essa regra funcione como um trem carregado com vários vagões, e sua velocidade de abastecimento no mercado, e a Apple está com problemas de abastecimento para sua linha de montagem do iPhone 4 e iPad.

    E agora os "finalmente": fontes com conhecimento de toda essa situação, e que tem acompanhando esse "mercado" com pente-fino garantem que a Apple submeteu pedidos para milhões de unidades de chipsets CDMA da Qualcomm, para dezembro desse ano. E conhecendo o processo e o tempo de fabricação, o produto final pode já estar pronto em janeiro de 2011. O interessante é que o produto final, o iPhone 4 da Verizon, já viria com as devidas correções do problema de recepção de antena, apresentado pelo atual gadget comercializado pela AT&T.

    Claro que são especulações, rumores, que possuem certo embasamento. Mas é impossível dar 100% de garantia. Teremos que aguardar o início de 2011, por um pronunciamento oficial da Apple sobre o tema.


    Notícias relacionadas:

    - AT&T não tem Medo de Perder Exclusividade nas Vendas do iPhone
    - T-Mobile Será a Primeira a Comercializar o BlackBerry Curve 9300 3G
    - Os Motivos para a Demissão de Papermaster da Apple
    - Apple Correndo Atrás do Prejuízo com Patch para iPad e iPhone
    - A Grande Oportunidade da Apple
    - Mark Papermaster deixa a Apple
    - RIM Negocia sobre Proibição de Serviços do BlackBerry na Arábia Saudita


    Links de Interesse:

    - Why The Verizon iPhone Rumors are True

    Sobre o Autor: saryshagan


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L