• Kmart Vendendo Tablet com Android ao Preço de iPod nano

    Essa notícia irá confirmar que o sistema operacional Android do Google nunca foi restrito para uso em smartphones. Ele também é capaz de rodar em tablets vendidos pelo Kmart. Ou melhor, pisa, pois o produto já se esgotou. O detalhe é que o tablet estava sendo vendido ao preço de um iPod nano, ou seja, US$ 150,00. Em um encarte promocional do Kmart, uma rede de varejo que vende de jóias a computadores, circulando até semana passada, estava presente um tablet Augen Gen-78 com 7 polegadas de tela touchscreen rodando o sistema operacional Android versão 2.1. O mesmo estava a venda com desconto de US$ 20,00 (normalmente vendido a US$ 170,00).


    O tablet é vendido "pelado", mas do jeito que se apresenta é mais do que suficiente e funcional. Outra vantagem além do preço é o que vem embarcado neste pequeno possante, que vai fazer muita gente pensar duas vezes antes de sequer tentar comprar um iPad da Apple por mais de US$ 500,00:

    Sistema Operacional: Android 2.1 (sem suporte)
    Tela Touchscreen: 7 polegadas com resolução de 800x480 pixels
    Wireless: WiFi 802.11G
    Disco: 2GB de armazenamento + slot SD (até 32GB)
    Memória: 256MB of RAM (a mesma do iPad)
    Saídas: HDMI para visualização de 720P display externo
    SKU: 811470015254

    O tablet da Augen pode ser facilmente utilizado como leitor de e-book, e já vem preparado com app para YouTube, Google Maps e Skype.

    E esse tablet parece agradar a todos os fregueses. Para os hackers, a Cyanogen já tem o Android 2.2 Froyo completamente funcional testado nesse tablet. E para quem não concorda com a exclusão do Flash do iPad, o tablet vem com os devidos plugins instalados. Apenas um ponto contra: esse dispositivo não terá acesso ao Android Market já que o Google não havia aprovado o uso de seu sistema operacional nesse tablet.

    Mas acredito que esse revés é pequeno demais para impedir sua aquisição, principalmente pelos hackers. Esse tablet da Augen vem embarcado com um conjunto bastante interessante de funcionalidades. E tudo isso por menos de um terço do valor inicial de venda do iPad (o modelo com menos recursos). E o seu preço, imbatível, pode alavancar de vez a venda da "sensação do momento". Em um mundo cada vez mais afogado em crises econômicas crescentes, a cada dia que passa são poucos os afortunados que realemnte podem pagar por um iPad. Mas já esse tablet da Augen, o leque de potenciais compradores aumenta consideravelmente.

    Infelizmente para nós brasileiros, nada de tecnologia estrangeira chega as nossas mãos por um preço justo. São impostos sobre impostos sobre impostos, e o mais barato dos produtos chega sempre a preços "proibitivos" para a maioria dos consumidores comuns. Enquanto o país não favorecer (mesmo) a criação de produtos de informática em solo brasileiro, essa situação "ridícula" nunca vai mudar (isso sem contar na eterna dependência tecnológica que vivemos).

    Mas para o Google, o que importa é o quanto se espalham os produtos embarcados com seu sistema operacional. A Gigante da Internet quer ver nada mais nada menos que quantidade, e conseqüentemente, maior uso de seus "produtos". Quanto maior o acesso de tablets, smartphones, netbooks, e quem sabe computadores de uso geral, com o seu sistema operacional, maior o número de usuários utilizando seus serviços como E-Mail, Vídeos do YouTube, Mapas, e assim por diante.

    Outro fator interessante é que por esse preço convidativo, muitos usuários poderão conhecer o sistema operacional Android precisar adquirir um smartphone e uma conta de uso em uma operadora. Lembrem-se: nem todos são hackers. A maioria esmagadora da população é, e continuará sendo, usuária final em tudo que diz respeito a tecnologia.


    Links de Interesse:

    - Attention Kmart shoppers: $149 Android tablet on aisle 5[/CENTER]

    O tablet é vendido "pelado", mas do jeito que se apresenta é mais do que suficiente e funcional. Outra vantagem além do preço é o que vem embarcado neste pequeno possante, que vai fazer muita gente pensar duas vezes antes de sequer tentar comprar um iPad da Apple por mais de US$ 500,00:

    Sistema Operacional: Android 2.1 (sem suporte)
    Tela Touchscreen: 7 polegadas com resolução de 800x480 pixels
    Wireless: WiFi 802.11G
    Disco: 2GB de armazenamento + slot SD (até 32GB)
    Memória: 256MB of RAM (a mesma do iPad)
    Saídas: HDMI para visualização de 720P display externo
    SKU: 811470015254

    O tablet da Augen pode ser facilmente utilizado como leitor de e-book, e já vem preparado com app para YouTube, Google Maps e Skype.

    E esse tablet parece agradar a todos os fregueses. Para os hackers, a Cyanogen já tem o Android 2.2 Froyo completamente funcional testado nesse tablet. E para quem não concorda com a exclusão do Flash do iPad, o tablet vem com os devidos plugins instalados. Apenas um ponto contra: esse dispositivo não terá acesso ao Android Market já que o Google não havia aprovado o uso de seu sistema operacional nesse tablet.

    Mas acredito que esse revés é pequeno demais para impedir sua aquisição, principalmente pelos hackers. Esse tablet da Augen vem embarcado com um conjunto bastante interessante de funcionalidades. E tudo isso por menos de um terço do valor inicial de venda do iPad (o modelo com menos recursos). E o seu preço, imbatível, pode alavancar de vez a venda da "sensação do momento". Em um mundo cada vez mais afogado em crises econômicas crescentes, a cada dia que passa são poucos os afortunados que realemnte podem pagar por um iPad. Mas já esse tablet da Augen, o leque de potenciais compradores aumenta consideravelmente.

    Infelizmente para nós brasileiros, nada de tecnologia estrangeira chega as nossas mãos por um preço justo. São impostos sobre impostos sobre impostos, e o mais barato dos produtos chega sempre a preços "proibitivos" para a maioria dos consumidores comuns. Enquanto o país não favorecer (mesmo) a criação de produtos de informática em solo brasileiro, essa situação "ridícula" nunca vai mudar (isso sem contar na eterna dependência tecnológica que vivemos).

    Mas para o Google, o que importa é o quanto se espalham os produtos embarcados com seu sistema operacional. A Gigante da Internet quer ver nada mais nada menos que quantidade, e conseqüentemente, maior uso de seus "produtos". Quanto maior o acesso de tablets, smartphones, netbooks, e quem sabe computadores de uso geral, com o seu sistema operacional, maior o número de usuários utilizando seus serviços como E-Mail, Vídeos do YouTube, Mapas, e assim por diante.

    Outro fator interessante é que por esse preço convidativo, muitos usuários poderão conhecer o sistema operacional Android precisar adquirir um smartphone e uma conta de uso em uma operadora. Lembrem-se: nem todos são hackers. A maioria esmagadora da população é, e continuará sendo, usuária final em tudo que diz respeito a tecnologia.


    Links de Interesse:

    - Attention Kmart shoppers: $149 Android tablet on aisle 5

    Sobre o Autor: code

    Administrador e Editor do Portal Under-Linux, desenvolvedor Linux e FOSS para Linux, autor de livros e artigos, atuando na área de Educação Digital e P&D com AI.

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L