• Motorola Adquire Aloqa

    A Motorola Inc., empresa fabricante do aclamado smartphone Droid X, comprou a Aloqa GmBH, uma empresa privada com sede em Munique, Alemanha, para poder ter acesso a software que permite qualquer usuário de handsets receber informações sobre eventos em sua proximidade, além de promoções de serviços e produtos. O Aloqa, software de mesmo nome, será integrado ao Motorola Mobility, a unidade de dispositivos móveis da companhia. De acordo com um informe da unidade da Motorola em Illinois, os termos da aquisição não foram divulgados.

    Ao que parece, a Motorola irá integrar o programa da Aloqa com o seu software Motoblur, que já oferece conteúdo para seus aparelhos de telefonia. E o software da Aloqa pode identificar a localização dos usuários através de seus telefones, permitindo assim que anunciantes possam enviar informações sobre locais, eventos ou promoções na região em que o usuário estiver no momento.

    Esse programa não é novidade, e já está em uso por mais de 1 milhão de usuários, que já haviam baixado o programa, até então compatível com o sistema operacional Android, da rival Google.

    A Motorola tem encontrado certo sucesso na reconstrução de sua divisão de celulares em torno do Android. Para se ter uma ideia, o Droid X, que roda Android, já se esgotou a tempos das prateleiras, com sua procura superando todas as expectativas da empresa. O mesmo aparelho foi completamente vendido pela Verizon Wireless, e nas lojas da Best Buy Co., logo após seu lançamento em julho deste ano de 2010, sendo bem aceito tanto no plano casado com operadora, e no independente.

    Muitos de vocês sabem que os smartphones rodando o sistema operacional Android compete com o iPhone da Apple, e com a série BlackBerry da RIM (Research In Motion), em um mercado de telefonia móvel bastante acirrado. Claro que os principais mercados ainda são Estados Unidos e Europa.

    A Aloqa, baseada em Munique, na Alemanha, é liderada por seu CEO (Chief Executive Officer) Sanjeev Agrawal, um ex-chefe de marketing de produtos do Google. De acordo com o website da companhia, a Aloqa possui apenas 17 empregados, e seu escritório nos Estados Unidos se localiza em Palo Alto, Califórnia - na mesma região que muitas das maiores e mais conceituadas empresas de tecnologia do mundo.

    Porém, mesmo com o anúncio de aquisição, as ações da Motorola não tiveram nenhum crescimento, quanto mais acentuado. Muito pelo contrário: cada papel da companhia havia caído 7 centavos de dólar, indo para US$ 8,30, até as 10:30 da manhã de hoje, na Bolsa de Valores de Nova York. As ações da companhia já haviam crescido 7,7 por cento este ano, antes do dia de hoje.

    Com a aquisição da Aloqa, a Motorola tem em mãos um dos aplicativos de maior sucesso entre smartphones movidos a Android, tanto dos seus aparelhos, quanto de seus concorrentes. E como fica agora? Será que a Motorola irá monopolizar o aplicativo apenas para seus smartphones com Android, ou deixará aberto seu uso pelos seus concorrentes-irmãos? A empresa deve pensar seriamente em sua estratégia neste mercado. Se fechar, concorrentes desse aplicativo poderão surgir como num "passe de mágica", completamente reescritos para não haver problemas de infração de patentes, o que prejudicaria a criadora do Droid X.

    Porém, se a empresa investir no seu desenvolvimento, e continuar a permitir seu uso (mesmo que pago) por todos os smartphones de seus concorrentes, e investir pesado no serviço de informações, poderão formar uma corrente a mais contra o iPhone da Apple.

    Pode parecer sem importância, mas a Motorola tem em mãos um aplicativos com potencial para "quebrar" o mercado de conteúdo via smartphones. Ela só precisa "saber" utilizar o mesmo da melhor maneira possível, e isso exige muito investimento da empresa.


    Links de Interesse:

    - Motorola Buys Aloqa for Smartphone Location Software
    Comentários 1 Comentário
    1. Avatar de Não Registrado(s)
      Não Registrado(s) -
      Isso não é bom... Não gostaria de ser rastreado.
    + Enviar Comentário


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L