• NoSQL para MySQL

    Durante a MySQL Conference & Expo 2011, que está sendo realizada esta semana, a Oracle está apresentando uma version labs do banco de dados livre. Entre os avanços apresentados pela versão está um otimizador melhorado, que permite que determinadas consultas sejam processadas mais rapidamente, e a integração de memcached tanto em servidores individuais quanto em grupos. Memcached armazena seus dados como chaves e seus valores, inteiramente na RAM. Isso permite que os dados sejam acessados ​​de forma significativamente mais rápida que os dados armazenados em discos rígidos, de maneira habitual.

    As mudanças permitem que a tecnologia NoSQL seja executada dentro do processo do servidor MySQL, com a finalidade de reduzir a latência para consultas memcached. Em computadores individuais, NoSQL atualmente utiliza apenas uma tabela InnoDB, mas várias tabelas estão previstas para se tornar disponíveis no futuro.

    "Key" e "value" no memcached são cada uma das colunas na tabela. Várias colunas podem ser definidas como o valor de uma chave memcached, e um elemento personalizável é usado para separar entradas individuais. Como os dados são armazenados em uma tabela InnoDB, ela pode ser consultada e editada através de comandos SQL. O daemon memcached integrado, até agora, só está disponível para Linux.

    Uma postagem no blog InnoDB fornece maiores detalhes sobre todo esse processo de funcionamento e integração. Alternativamente, memcached pode ser usado em uma instalação de cluster do MySQL, como descrito em outro post publicado no blog.


    Saiba Mais:

    [1] MySQL Expo and Conferenece 2011: http://en.oreilly.com/mysql2011/
    [2] Transactions on InnoDB: http://blogs.innodb.com/wp/2011/04/g...daemon-plugin/

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L