• Google: Maior Segurança para Android com Criptografia de Tablets

    A intenção do Google, no presente momento, é tornar o seu sistema móvel open source Android ainda muito mais atrativo para o mundo dos negócios, através da implementação de ferramentas de administração de TI para o Google Apps, com a capacidade de criptografar tablets ou localizar remotamente um smartphone perdido e resetar o PIN.

    Segundo declarações feitas pelo gerente de produtos Mayur Kamat, com esta nova versão das ferramentas Google Apps, os funcionários poderão rapidamente, garantir um dispositivo com Android 2.2+, seja ele perdido ou roubado, localizando o mesmo em um mapa, chamando o dispositivo, resetando o PIN ou a senha remotamente através do novo website My Devices. O Android 2.2 é usado em telefones móveis, enquanto o Android 3.0 é voltado para os tablets, como o Motorola MOT Xoom.

    A exigência do uso de criptografia do tablet é conseguida através de uma API, que permite aos administradores reforçar políticas como a própria criptografia, e o já mencionado reset do PIN. Como já vem acontecendo com os smartphones que executam a plataforma Android, parece que os tablets vão suportar somente o sistema de criptografia no nível de software, e não de uma maneira mais agressiva no nível do hardware.

    Incluindo o popular serviço de e-mail Gmail, o Gdocs, Calendar e muitas outras aplicações, o Google Apps for Business custa 50 dólares. Com mais de 300.000 dispositivos ativados por dia, globalmente, o Android está presenciando uma rápida aprovação da era pós-PC, disse Kamat. "O Android é um sistema que funciona muito bem com o Google Apps, mas nós estamos trabalhando para torná-lo uma excelente escolha, tanto para usuários finais, quanto para às empresas e escolas."

    O anúncio divulgado nesta semana não traduz a possibilidade de limpar remotamente todos os dados de um dispositivo com o sistema Android, uma funcionalidade fundamental para muitas organizações de TI. Porém, o Google já anunciou a limpeza remota e outras novidades em outubro do ano passado, ao lançar o Google Apps Device Policy, que pode ser baixado através do Android Market.


    Recursos Avançados e Ferramentas de Administração

    Conforme declarações feitas pelo Google, o aplicativo em questão, integrado à uma conta Google Aps, permite "apagar todos os dados de dispositivos móveis roubados ou perdidos; ele permite ainda bloquear dispositivos depois de um determinado período de inatividade; exigir senha em cada telefone; definir tamanho mínimo para senhas mais seguras; além da exigência de que essas senhas combinem letras e números".

    Google Apps for Mobile também inclui importantes ferramentas de administração para os rivais iPhone, BlackBerry, Windows Mobile e Symbian. A capacidade de gerenciar vários tipos de dispositivos, será fundamental para qualquer plataforma de gerenciamento móvel. Isso porque o mercado de smartphone não é dominado por um único fornecedor. A Microsoft recentemente, por exemplo, expandiu seu sistema de recursos de gerenciamento central voltado para iPhones, iPads, Android e Symbian.


    Links de Interesse:

    - CIO News

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L