• Oracle: Transformação do OpenOffice.org em Projeto Open Source Comunitário

    Nesta última sexta-feira 15 de abril, a Oracle Corporation fez um anúncio sobre seus planos de transformar o OpenOffice.org em um projeto de código aberto puramente comunitário. A companhia não pretende mais oferecer uma versão comercial da suíte. De acordo com Edward Screven, Arquiteto Chefe da Oracle, foi declarado o seguinte:

    "Devido ao enorme interesse em aplicações livres de produtividade pessoal, e a rápida evolução das tecnologias de computação pessoal, nós acreditamos que seria melhor para o projeto OpenOffice.org ser gerenciado por uma organização direcionada em atender à um grande número de interessados em um modelo não-comercial. "Queremos começar a trabalhar o mais rápido possível com membros da comunidade, para levar adiante o sucesso contínuo do Open Office. A companhia continuará prestando suporte à adoção de formatos de documento baseados em padrões abertos, como o Open Document."

    Talvez seja um pouco tarde para a tomada desta decisão, principalmente devido a grande quantidade de usuários que aderiu ao LibreOffice. E os que podiam ser considerados melhores desenvolvedores do OpenOffice, certamente já não fazem mais parte do projeto.


    Saiba Mais:

    [1] Oracle Giving OpenOffice.org to Community: http://osdir.com/Article10736.phtml

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


    Comentários 4 Comentários
    1. Avatar de sergio
      sergio -
      Demoraram para "abrir" os olhos... agora já foi.
    1. Avatar de misterbogus
      misterbogus -
      fazer isso depois que o mundo todo pulou já pulou fora é fácil.

      para mim isso está com cara de remendo.
    1. Avatar de ilsahec
      ilsahec -
      Acredito que devemos ignorar essa decisão e continuar com o apoio ao LibreOffice
    1. Avatar de osmano807
      osmano807 -
      Citação Postado originalmente por ilsahec Ver Post
      Acredito que devemos ignorar essa decisão e continuar com o apoio ao LibreOffice
      Concordo... no máximo pegar algumas features que não violem licenças.
    + Enviar Comentário

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L