• Botnet Mariposa Ressurge

    Desde o momento em que foi veiculada a notícia de que a polícia espanhola prendeu três indivíduos suspeitos de executar o botnet Mariposa, estava sendo esperado que fosse o fim da linha para um dos maiores botnets já detectados e incluídos nos relatórios de segurança. A dimensão da botnet, que conseguiu infectar 13 milhões de máquinas em mais de 190 países do mundo, veio em consequência da capacidade de propagação excepcional da variante do worm Palevo, usado para causar infecção de computadores.

    A propagação nociva foi feita através de redes P2P, e através de mensagens instantâneas. Ele "copiou-se" em dispositivos de armazenamento que podem ser removidos, e em redes de compartilhamento de arquivos. Como a praga não foi totalmente eliminada, ela se reestruturou e agora, volta a preocupar os experts da área de segurança.


    Saiba Mais:

    [1] The Resurrection of the Mariposa Botnet: http://www.net-security.org/malware_news.php?id=1733

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L