• Redes Sociais: Proibição de Acesso em Grande Parte das Organizações Corporativas

    De acordo com o levantamento "Riscos Globais de Segurança em TI", feito através da Kaspersky Lab, em parceria com a B2B Internacional, foram constatadas quais as atividades que são limitadas nos ambientes corporativos. Em virtude dessa pesquisa, as redes sociais são consideradas como uma das maiores ameaças à segurança, juntamente com variadas maneiras de compartilhamento de arquivos.

    O acesso às redes sociais é totalmente bloqueado em mais de 50% das empresas inquiridas nesta pesquisa, enquanto o restante limita este acesso de alguma outra maneira. Analisando como um todo, as informações obtidas colocaram as redes como a segunda atividade de maior proibição, ficando atrás dos programas de compartilhamento de arquivos peer-to-peer (P2P). As demais atividades que aparecem na lista de proibições, incluem games on-line, acesso a determinados sites, streaming de vídeo e serviços de mensagens instantâneas.

    As redes sociais também foram inseridas no contexto das atividades de acesso que oferecem maior perigo, quando acessadas por funcionários de algumas empresas. De acordo com a pesquisa, 35% das companhias entrevistadas fizeram esse apontamento. Costin Raiu, diretor de pesquisa global da Kaspersky Lab, disse que as empresas estão preocupadas não somente com a produtividade, mas principalmente com a segurança, e isso define o escopo de atividades restritas dos funcionários". O diretor acha que as redes sociais são vistas como uma atividade demorada e como uma fonte potencial de ataques de malware, além de uma grande no que se refere às informações confidenciais.


    Saiba Mais:

    [1] Convergência Digital http://convergenciadigital.uol.com.b...d=28636&sid=18

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L