• Google Adere a Padrão de Segurança HTTPS

    Desde o ano passado, o Google vem se alinhando à tendência do HTTPS. Mas agora todos os seus sites de busca (qualquer domínio www.google.algumacoisa) utilizam o referido protocolo. O padrão torna a conexão entre o internauta e os sites que visita mais segura, criptografando os dados trocados.Isso dificulta que as trocas de informações sejam interceptadas por terceiros, protegendo sua privacidade.

    O Paypal e os sites de internet banking já utilizam o protocolo HTTPS há tempos, mas agora a busca por segurança alcança novos níveis.



    Google traz mais segurança a seus usuários



    Na crescente discussão sobre privacidade e segurança, não são só os dados bancários que os internautas querem manter seguros. Pode parecer banal, mas informações sobre o que você busca valem dinheiro, e o Google sabe muito bem disso. Se, por um lado, o Google preza pela privacidade e segurança de seus usuários (em relação a terceiros) estabelecendo o padrão https para suas buscas, por outro, não hesita em violá-la para alimentar o AdSense, seu sistema de anúncios personalizados, como já foi noticiado aqui.

    Utilizar o protocolo HTTPS é mais uma forma do Google proteger sua privacidade, mas apenas contra a espionagem de terceiros. O Google também oferece opções de privacidade para os usuários que não desejam ser rastreados pelo próprio Google, mas só para usuários do Google Chrome - o navegador deles.


    Saiba mais:

    [1] ZorGloob: http://www.zorgloob.com/2011/10/19/google-full-https/
    [2] SeoReference: http://seoreference.fr/actualites-105_https-google.html
    [3] UnderLinux: http://under-linux.org/como-impedir-...istorico-4467/

    Sobre o Autor: Pedro Taam

    Pedro Taam é pianista, graduando em Física Médica pela UFRJ, editor do periódico científico sobre artes Aguarrás (www.aguarras.com.br) e redator sobre tecnologia para o portal Underlinux (www.under-linux.org).

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L