• Funcionários de Call Center na Índia Vendem Informações de Usuários

    De acordo com o jornal Daily Mail, um extenso grupo de funcionários de um call center localizado na Índia, estaria vendendo dados confidenciais pertencentes aos usuários pelo irrisório valor de $0,03. Para averiguar o caso, os repórteres do The Sunday Times foram à paisana até a Índia e tentaram descobrir a veracidade da informação. Pelas suspeitas levantadas, os funcionários desse call center teriam acesso a muitos dados privados de clientes, podendo compartilhá-los com os comerciantes e criminosos.


    "Consultores" de TI Vendem Dados Confidenciais para Cibercriminosos


    Infelizmente, a resposta foi positiva. Nesse contexto, dois "consultores" da área TI estavam prontos para atender e oferecer para venda, mais de 45 diferentes conjuntos de informações sobre cerca de 500.000 usuários britânicos. Dentre as informações encontradas nos conjuntos de dados estavam incluídos nomes completos, endereços, números de telefones e de cartões de crédito, além de informações detalhadas dos cartões de débito desses clientes (como numeração, data de validade e até mesmo os três dígitos verificadores de segurança de cada cartão).

    Os dados financeiros são, definitivamente, um verdadeiro prêmio para os cibercriminosos. Porém, o resto das informações é uma mina de ouro para os comerciantes. Levando em consideração a visão ampla que os "consultores" tem sobre a vida pessoal dos usuários, os esforços para comercializar os dados ficam voltados para a segmentação de usuários que sejam melhor sucedidos, ou seja, eles trabalharão com a venda de informações que lhes der mais lucro.

    De acordo com o Daily Mail, cerca de 330.000 pessoas estão empregadas em call centers na Índia. Devido a esse grande número de indivíduos trabalhando na área citada, distribuídos pelo país inteiro, existe a possibilidade de que esses "consultores" não sejam os únicos a realizar esse tipo de transação. Algumas empresas britânicas já fecharam os call centers que mantinham na Índia, e transferiram para outros países.


    Saiba Mais:

    [1] Help Net Security http://www.net-security.org/secworld.php?id=12643

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L