• Verificação de Segurança no Internet Explorer

    O especialista em segurança Brian Krebs, ilustrou como diferentes abordagens estatísticas podem fornecer perspectivas diversificadas sobre a segurança do navegador. Por exemplo, se você simplesmente contar as vulnerabilidades, o Internet Explorer pode ser muito bem comparado aos seus concorrentes. Se, por outro lado, você olhar apenas para vulnerabilidades que são exploradas na verdade, as estatísticas referentes ao Internet Explorer não emitem os dados reais, diz Krebs.


    Especialista Brian Krebs faz uma avaliação sobre o nível de segurança apresentado pelos navegadores, com destaque para o Internet Explorer


    Krebs calcula que 275 vulnerabilidades foram reportadas para o Google Chrome, só em 2011, 97 para o Mozilla Firefox, e apenas 45 para o Internet Explorer. Usando este método, o Internet Explorer parece apresentar uma história "sólida" em relação à segurança. No entanto, olhando para a quantidade das estatísticas de exploits 0-Day que realmente se espalhou por sites mal-intencionados,o Internet Explorer ocupa uma posição muito atrás de outros navegadores.

    Sendo assim, entre os meses de janeiro de 2011 e setembro de 2012, Krebs contou 89 dias em que os usuários do Internet Explorer foram expostos à vulnerabilidades de segurança que estavam sendo ativamente exploradas, em comparação com nenhuma delas para o Google Chrome ou para o Mozilla Firefox. Krebs argumenta que, "a exploração ativa é a qualificação mais importante de uma real falha 0-Day ". Para o especialista, é isso o que realmente importa do ponto de vista do usuário.


    Saiba Mais:

    [1] Krebs On Security http://krebsonsecurity.com/2012/10/i...er/#more-16949

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L