• Worm Manipula Bases de Dados no Irã

    A empresa de segurança Symantec, descobriu um worm especializado chamado W32.Narilam, que pode comprometer bancos de dados SQL. A Symantec relatou que o malware estabelece comunicação nos idiomas persa e árabe, e parece atingir principalmente as empresas no Irã. Narilam, por conseguinte, que lembra muito o Stuxnet e as suas variantes. Ele se espalha através de drives flash USB e compartilhamentos de rede. Uma vez dentro de um determinado sistema,começa as buscas infinitas em relação a bancos de dados SQL, que são acessíveis através do Object Linking and Embedding Banco de Dados (OLEDB) API.



    base de dados no Irã é alvo de manipulação de praga cibernética conhecida como "Narilam"


    Ao invés de roubar os dados encontrados para fins de inteligência, o worm começa a modificar ou apagar os dados e pode, segundo a Symantec, causar danos consideráveis. Além disso, o Stuxnet não serviu como elemento de inteligência e foi projetado para sabotar o seu alvo - uma instalação de enriquecimento de urânio em Natanz, no Irã. O objetivo de Narilam, ou de autores do worm, permanecem desconhecidos. No entanto, a Symantec diz que sua análise sugere que os sabotadores parecem ter como alvo registros de dados corporativos.


    Saiba Mais:

    [1] Heise On-line http://www.h-online.com/security/new...n-1756339.html

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L