• JavaScript: Linguagem Padrão para Aplicações no GNOME

    Em pleno GNOME Developer Experience Hackfest em Bruxelas, a comunidade de desenvolvedores do GNOME abordou o problema da especificação de uma linguagem de desenvolvimento canônico para a criação de aplicações para o desktop GNOME. De acordo com um post de Blog feito por Travis Reitter, engenheiro da Collabora e desenvolvedor GNOME, os integrantes da equipe deste ambiente de desktop são frequentemente questionados sobre quais ferramentas deveriam ser utilizadas para escrever uma aplicação do GNOME. Até agora não havia nenhuma resposta definitiva. Porém, a equipe de desenvolvimento parece querer padronizar com a linguagem JavaScript para os aplicativos voltados para o usuário, enquanto ainda mantem a recomendação do uso da linguagem C para escrever as bibliotecas de sistema.



    O Evento

    O Hackfest ocorreu nos dias anteriores ao FOSDEM 2013, conferência também realizada em Bruxelas que também foi bem atendida por representantes de diferentes empresas de código aberto. No evento, Reitter também informou que havia um "amplo consenso" para a adoção de uma única linguagem para o desenvolvimento de aplicações do GNOME. Ele destacou que uma linguagem canônica permite que os desenvolvedores possam preparar documentações de forma facilitada, além do compartilhamento desse conhecimento com os novatos que sempre adentram a comunidade de desenvolvedores. Essa padronização também ajuda na integração de aplicações que são escritas posteriormente para o desktop com a sua própria infraestrutura.

    A Padronização

    Apesar do fato que a linguagem JavaScript esteja sendo recomendada para a criação de aplicações do GNOME, os desenvolvedores continuam salientando que continuarão dando suporte para as outras linguagens. "É fundamental que todos entendam essa decisão como um plano para elevar a linguagem, as conexões, as ferramentas e a documentação para um nível de qualidade ainda não alcançado. Essa não é uma decisão de abandonar as outras linguagens [de programação]", finalizou Reitter.


    Saiba Mais:

    - Heise Online: JavaScript becoming default language for GNOME apps

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L